27 de setembro de 2012

A Promessa (Promise Me) - Richard Paul Evans



Livro: A Promessa (Promise Me)
Autor (a): Richard Paul Evans
Número de Páginas: 288
Editora: Lua de Papel


Um livro despretensioso é isso que posso dizer. Comecei a ler com certo receio, mas logo fui envolvida por uma bela história.

Beth é casada com Marc e eles tem uma filha de 6 anos, Charlotte. Beth acredita que tem um casamento feliz, mas um dia sua vida desmorona quando ela descobre que Marc  a está traindo e o expulsa de casa, para piorar sua filha fica doente.

O tempo passa e ela aceita Marc de volta, por dois motivos, primeiro ela ainda gosta dele e segundo, eles descobrem que ele tem câncer e não tem mais muito tempo de vida.

Depois da morte de Marc, Beth está sozinha, sem amor, sem dinheiro e uma filha doente para cuidar. Em uma manhã fria ela conhece Matthew.

O inicio deles é difícil, pois ela não quer se envolver com ninguém, mas pouco a pouco eles vão conquistando a confiança um do outro.

Matthew guarda um segredo que irá mudar para sempre a vida dos dois por conta de uma promessa feita a uma pessoa que ele ama muito.

- Você não pode me prometer que tudo ficará bem – falei, amarga. Não é uma promessa que poderá cumprir.
Ele se voltou para mim com um sorriso peculiar e inteligente.
- Você ficaria surpresa com as promessas que posso cumprir. (Pág. 112)

Eu não esperava o desenrolar deste livro, fiquei muito surpresa e achei bem interessante a proposta do autor. Foi muito rápido de se ler, talvez porque eu tenha ficado envolvida com a história.

Eu gostei da Beth, ela é uma mulher forte e responsável, sofre muito pela traição do marido e pela filha que está doente e aí quando ela achava que tudo estava perdido aparece Matthew na vida dela, ela fica perdidamente apaixonada por ele, mas é praticamente um amor impossível, para realizá-lo eles teriam que passar por cima de uma pessoa muito importante em suas vidas que é claro só lendo vocês irão descobrir quem é.

E Matthew é um querido, no inicio comecei gostando dele, lá pelo meio do livro fiquei com ódio por conta de uma atitude e depois de entender seus motivos comecei a amá-lo.

- Estou dizendo que ele é humano. E errar é humano. Perdoar... bem, é amor. (Pág. 56)

O que não gostei foi do final, o autor escreveu o que era certo, mas eu gostaria muito que fosse diferente e também alguns pontos ficaram no vácuo, sem explicação.



Recomendo essa história linda.

Outra Capa:




 

25 de setembro de 2012

Garotas de Vidro (Wintergirls) - Laurie Halse Anderson



Livro: Garotas de Vidro (Wintergirls)
Autor (a): Laurie Halse Anderson
Número de Páginas: 272
Editora: Novo Conceito

Perturbador.

Está é a única palavra que me ocorre para Garotas de Vidro. Um livro diferente de tudo que já li, confesso que fiquei um pouco chocada.

O livro trata de distúrbios alimentares como anorexia e bulimia.

Lia é uma garota de 18 anos e sofre de anorexia, ela já foi internada algumas vezes e eu acredito que o que não deixa ela se “curar” é o seu lado psicológico já muito abalado.

“O topo do morro está coberto por centenas de besouros pretos reunidos para o banquete de carniça: o pessoal da escola, os pais que sempre comparecem a tudo.” (Pág. 130)

A situação de Lia se agrava quando ela descobre que sua melhor amiga foi encontrada morta no banheiro de um hotel. Cassie tinha ligado 33 vezes para Lia e ela não atendeu e isso a perturba muito, tanto que ela começa a ter visões  de Cassie a culpando por sua morte.

Lia é totalmente transtornada, não come praticamente nada e quando come conta as calorias, faz exercícios físicos exaustivamente e outras coisas que não vou contar.

“Eu não deveria. Não posso. Não mereço. Sou uma gorda gigante e tenho nojo de mim mesma. Eu já ocupo espaço de mais. Sou uma hipócrita feia e malvada. Sou um problema. Sou um lixo. Quero dormir e não acordar, mas não quero morrer. Quero comer como uma pessoa normal, mas preciso ver meus ossos ou vou me odiar ainda mais e poderia arrancar meu coração ou tomar todos os comprimidos já fabricados na história.” (Pág. 197)

Como disse, este livro é diferente de tudo que já li, achei que a autora sobe medir bem os dramas, trabalhou bem em Lia com o que era real e alucinações (que ela frequentemente tem) e ainda trouxe a tona o relacionamento de Lia com os pais, sua madrasta e sua irmã emprestada.

O mais interessante é que lia não usa o amor de um homem para tentar se reerguer, ela foca tudo em sua família e nela mesma até porque ela tem muitas dificuldades em se relacionar. Até figura um cara no livro,  no inicio achei que ele ia ser o “amor” que iria salvar ela, mas me enganei.

Vi algumas pessoas comentado que não gostaram da capa, pois eu adorei, acho que tem tudo a ver com Lia. A narrativa é envolvente, teve momentos que eu estava tão compenetrada que me perdia juntos nas alucinações dela.

Quando acabei o livro, fiquei pensando, como pessoas fazem isso consigo mesmo, é difícil de acreditar.

Recomendo este livro, apesar de uma leitura diferente, gostei muito.

Outras Capas: 
Se eu visse a 1ª capa em um livraria, juro que não comprava o livro.

Beijos a todos!

24 de setembro de 2012

Lançamentos, Eventos e Divulgações #7

Olá,
Hoje, algumas divulgações de nossos parceiros.



Adriana Vargas

A autora Adriana Vargas divulga o seu nove livro Vozes do Silêncio que será lançado na Bienal de 2013.
Onde encontrar a autora:
 

Jéssica Anitielli



Grupo Editorial Pensamento

Alguns lançamentos do mês de Setembro do grupo Pensamento.
Clique nas imagens que será direcionado para o livro.