18 de setembro de 2013

Só Gosto do Cara Errado - Laura Conrado

Livro: Só Gosto do Cara Errado
Série: Freud, Me Tira Dessa!Teen #1
Autor (a): Laura Conrado
Número de Páginas: 164
Editora: Novo Século
Compre aqui.

Sinopse: Priscila é uma adolescente de 14 anos que, como qualquer outra garota, deseja ter um namorado. O problema é que ela acumula paixões por caras impossíveis, comprometidos, e que não levam nada a sério. Até que surge em sua escola o Cristiano, um gato de covinha por quem Pri se apaixona. Ela faz de tudo para atrair a atenção de Cris com a ajuda de suas inseparáveis amigas: Ana Luiza, Júlia e Rafaela. Contudo, a necessidade de se mostrar perfeita começa a prejudicá-la no colégio e a faz se desentender com uma de suas melhores amigas. Para piorar, o esforço de Pri em agradá-lo parecia não surtir efeito, afinal, o rapaz vivia sumindo. Chateada, ela pede ajuda à mãe, que a encaminha para a psicoterapia. A partir de então, Pri confronta algumas mágoas de sua infância, a relação intensa (e tensa!) com seu pai e a ideia que tem sobre o amor. Com delicadeza e bom humor, o primeiro livro da série teen de Freud, me tira dessa! aborda autoestima, relacionamento entre pais e filhos e o amadurecimento para fazer boas escolhas.
Recebi Só Gosto do Cara Errado através do book tour realizado pelo blog Saleta De Leitura, adorei o livro, uma leitura bem gostosa.


Priscila tem 14 anos, é apaixonada por Cris, têm três melhores amigas, elas são inseparáveis. O problema de Pri é que ela só gosta de caras que não dão bola para ela ou a fazem de boba, no caso do Cris que só quer ficar com ela quando ele quer e a coitada sai desesperada para se arrumar, maquiar, fazer chapinha porque ele gosta de cabelos lisos. Porém, chega um momento que ela descobre que Cris não é tudo isso, que talvez esteja passando a perna nela e aí as coisas complicam, pois quem dá essa notícia é uma de suas melhores amigas. Pri não acredita e a amizade das duas ficará abalada por causa de um garoto que certamente não é para ela.

Nesse momento Pri procura uma psicóloga e ali no divã ela tentará entender porque só gosta do cara errado.

Quando iniciei a leitura pensei: “Como uma garota de 14 anos pode achar que tem problemas?”, fiquei bem com o pé atrás, mas conforme a minha leitura foi desenvolvendo, envolvi-me em todo drama que cercava Pri e identifiquei-me muito com ela quando eu tinha sua idade. Hoje vejo o quanto era difícil, não só pelos garotos, mas pela família. Os pais de Pri são separados e durante a terapia ela vai entender que guarda uma mágoa profunda dos dois e isso a prejudica muito. A amizade com suas amigas também é muito importante e ela descobrirá que talvez valha muito mais do que qualquer paixão.

A escrita da Laura é muito gostosa, tem humor e toda a confusão mental pela qual Pri passa. O livro é teen, achei que eu não fosse gostar, mas eu estava bem enganada é impossível não se envolver com os problemas da protagonista e acredito que todas nós passamos pelas mesmas dúvidas que ela quando tínhamos 14 anos. Você pode achar que talvez a parte da psicologia seja chata, mas não, é muito envolvente e eu até me senti paciente da Drª Virna, pois os questionamentos que ela fazia para Pri pareciam que eram para mim. Ela vai entrando fundo nos sentimentos, a princípio parecem que são coisas bobas, porém conforme as sessões vão passando, Pri percebe que aquilo ali é somente a ponta do iceberg, que no fundo tem muito mais coisas que ela está escondendo de si mesma.

O livro tem poucas páginas e é de fácil leitura. A edição da Novo Século está linda. O melhor de tudo esse é  o primeiro livro de uma série de quatro livros. Os próximos serão das amigas de Pri e mal posso esperar para lê-los, em Só Gosto do Cara Errado já temos uma expectativa de como serão os próximos, pois já sabemos um pouco de cada uma das amigas.

Parabéns a Laura por dedicar-se a escrever um livro para adolescentes, se eu tivesse lido algo assim na minha época, teria ajudado muito.

Desci do carro bem devagar para dar tempo de o meu pai arrancar o carro. Mas o velho era osso duro.  Esperou que eu passasse pela portaria para ir embora. Eu fiquei quietinha, sem fazer barulho e torcendo para que minha mãe não colocasse o carão na janela. Tirei o celular da bolsa e liguei para o Cris. Ele já estava me esperando. Eu me sentia num filme, vivendo uma história estilo Romeu e Julieta. Estava saindo escondida com um torcedor do maior rival do time da minha família. E aquilo tudo parecia tornar o Cris ainda mais interessante. 
- Ninguém é perfeito! As pessoas têm defeitos e cometem erros, o que não quer dizer que não merecem ser amadas. Ou amar. Aliás, gostar de alguém não tem nada a ver com ser perfeito. Tem a ver com o que a pessoa nos faz sentir. 

Leitura recomendada.

9 comentários

  1. Já tinha visto muitos comentários sobre esse livro, mas nunca tinha parado nem pra ler a sinopse, tampouco resenhas sobre ele. Quando você falou que a guria tinha 14 anos, fiquei com o pé atrás de cara. Mas que bom que depois você foi se identificando com ela, e passa a entender melhor. Espero que quando eu ler, se ler, acabe me identificando com ela também. AMEI esse último quote! =)

    ResponderExcluir
  2. Oie!

    Eu nunca me interessei pelo livro, mas ate que sua resenha me deixou com vontade de ler, parece bom.

    OMG!! Vc está lendo Veneno?? É bom?? Eu ameii esta capa e pretendo comprar ele na feira do livro (prometi que agora só comprarei livros na feira).

    Beijos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Mesmo você achando o livro bom e sendo um tema que gosto muito to fora por ser série não posso mais ter tantas em casa não tenho onde colocar, gostei muito da resenha parece bem legal quem sabe né.
    Nossa acredito muito também que ler um livro assim teria me ajudado bastante também.

    ResponderExcluir
  4. A Laura está fazendo super sucesso! O legal é que como você disse, acabamos nos identificando com a personagem... Ainda não li os livros dela, mas quero fazer isso o quanto antes!

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  5. Oi !!
    Não conhecia o livro, mas achei bem legal tua resenha. Mas me desanimei de saber que é uma série, ando fugindo delas por ter algumas na frente. Mas achei bem interessante, espero mais adiante poder conferir a historia!!
    BJuss♥

    ResponderExcluir
  6. Um livro teen que faz um adulto se envolver e até mesmo se identificar com eles se lembrando de sua adolescência deve ser realmente bom. Acho que toda menina sabe que se deve sempre priorizar as amizades (verdadeiras) do que um namorado, mas fiquei curiosa ple atrama :)

    ResponderExcluir
  7. Nossa que tudo!

    É sempre bom nos vermos de alguma forma em um personagem, eu com 14 anos também tive um péssimo garoto ao meu lado... Quem nunca teve né?

    Amei a resenha!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  8. Estou fugindo de séries, então não o lerei...

    ResponderExcluir
  9. Ficou ótima sua resenha! Realmente pelo que conta faz você reviver aqueles momentos da adolescência que a gente gosta do cara que parece o cara perfeito né?

    Parabéns Katielle

    Beijos

    ResponderExcluir