19 de junho de 2014

Amada Imortal - Cate Tiernan

Livro: Amada Imortal
Série: Amada Imortal #1
Autor (a): Cate Tiernan
Número de Páginas: 280
Editora: Galera Record
Compre aqui.

Sinopse:Primeiro livro de bem-sucedida trilogia, mistura fantasia sobre imortais a uma história moderna de jovem em busca de si mesma e de redenção. Questões de identidade e moralidade aparecem na trama, protagonizada pela imortal Nastasya. Nascida em 1551, acostumada a beber e sair para baladas cada vez mais loucas, ela perdeu o rumo. Suas conexões com outros imortais, interessados apenas em suas habilidades mágicas, a fazem partir em busca de um propósito. E o encontra em uma espécie de clínica de reabilitação para os de sua espécie, onde conhece um pouco mais sobre o próprio passado e cria importantes laços para o futuro. 

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

As coisas que não evoluem e crescem não estão vivas.

Olá!

Amada Imortal é o primeiro livro da série Immortal Beloved, publicação da Editora Galera e de autoria de Cate Tiernan, americana, nascida e criada em Nova Orleans, cidade que lhe legou o gosto excêntrico e sobrenatural. Antes de publicar seu primeiro livro, foi assistente editorial. Hoje mora na Carolina do Norte com o marido e os filhos.

Este livro nos conta a história de Nastasya, ou Nas, como prefira chamar, que é o nome usado agora por esta mulher de 449 anos com aparência de 17. Ela leva uma vida sem regras ou limites. Vive no mundo de uma forma desleixada e não faz nada para que melhore. Usa e abusa das coisas e das pessoas, não valoriza mais seu corpo e nem seu visual. Não se importa mais com o amanhã e vive na companhia de um grupo de imortais como ela, liderados por Incy, um usuário de magick.

Até que numa noite de verdadeira beberagem e diversão, o grupo acaba bêbado em um taxi a caminho de uma boate. O taxista se irrita com a bagunça, a gritaria... e, num ímpeto cruel, Incy utiliza-se de seus poderes e deixa o homem aleijado e jogado na sarjeta de uma rua de Londres, lugar onde vivem agora. A cena desperta uma piedade no coração de Nastasya e, pela primeira vez em muitos anos, algo a toca verdadeiramente a ponto dela querer mudar sua vida, o modo como vive e com quem vive.

... esse tinha sido um plano tão comicamente ridículo, e ainda assim era a única coisa em que eu conseguia pensar. Meu Deus, eu estava tão ferrada.

Pela primeira vez ela discorda do que seus amigos fazem. Ao utilizar-se de magick, eles acabam causando muito mal e sacrificando vidas. Era o que faltava para que Nastasya pirasse de vez e percebesse que levava uma vida de séculos e séculos, vazia e sem sentido. Ela se dá conta de que está com uma aparência horrível, que sua vida é só desleixo. Sua casa, embora seja um lugar de gente rica, é cheio de roupas jogadas por todos os lados e embalagens de pizza jogadas pelo chão.

Ela resolve então procurar por uma pessoa que encontrou há muitos anos atrás que lhe disse que quando precisasse, poderia procurá-la. Essa pessoa é Reyn, uma mulher generosa que mantém uma espécie de albergue para imortais que querem usar sua magia para o bem. Nasty sai fugida para os Estados Unidos e ao chegar lá odeia o lugar “natureba”, onde todos trabalham e cooperam para viver melhor. Seu primeiro intuito é sair correndo e voltar para seus amigos, mas algo ali, um sentimento de proteção e carinho, além de um homem hostil, que ela jura já ter visto antes, fazem com que ela fique.

Assim ela aprenderá a conviver com pessoas muito diferentes e terá de enfrentar os terríveis fantasmas que a aterrorizam desde a infância, quando perdeu sua família. Nastasya também reconfrontará pessoas que há séculos causam uma dor que ficou guardada em seu coração. Conseguirá ela sair do torpor que a imortalidade causa?

A primeira coisa que me agradou durante a leitura foi a narrativa leve, descompromissada e em primeira pessoa, que literalmente conversa com o leitor. Li algumas opiniões que dizem que o livro é arrastado e a narrativa um pouco lenta no início. Confesso que em alguns momentos iniciais também achei e fiquei um pouco chateada com o que estava lendo. A quantidade de idiotices que os amigos de Nas cometiam estava me deixando doida de ódio. Pensei: fiquei até agora lendo isso?! Será que vai até o final assim?

Mas aí, como sou obstinada, fui levando, mesmo não gostando do que eles faziam e o modo como ela encarava tudo isso. Conforme lia, fui percebendo que esse mecanismo que a autora criou foi perfeito para que envolvesse o leitor e para que a gente pudesse entender, de verdade, as mudanças que ocorrem na sua vida, os demônios interiores que ela conseguirá expulsar (?).

O principal nessa vida é não ser bom o tempo todo. É ser tão bom quanto se pode ser. Ninguém é perfeito. Ninguém faz a coisa certa o tempo todo. Não é assim que a vida é.

Indico e anseio muito o segundo volume, pois este deixou ganchos incríveis para que a continuação seja excelente.

Até a próxima!

Trilogia Amada Imortal.
01. Amada Imortal;
02. Cair das Trevas;
03. Inimigo Sombrio.

Postagem válida para o Top Comentarista junho.

34 comentários

  1. Já tinha lido outras resenha, mas nunca uma que explicasse tão bem o livro. Antes eu ficava confusa sobre a história e quem era do bem/mal. Agora que esclareceu um pouco, fiquei com vontade de ler! *-*

    Beijos! || ape56.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei! Obrigada, Natália.... Fico muito feliz com toda essa confiança, beijos

      Excluir
  2. Ainda não sei se gosto ou não deste livro. Tem uma história interessante, mas algo nele não me tocou. Vou pensar com carinho se vou ler. talvez dê uma oportunidade. Quem sabe? Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Beth... Beijos

      Excluir
  3. Não conhecia essa trilogia, esta foi a primeira resenha que li.
    Embora eu não curta muito histórias sobrenaturais, por algum motivo eu gostei dessa.
    Todos os volumes já foram lançados no Brasil?
    Beijos!
    http://entrelinhasdasestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, Karla, que agora lendo já o final (terceiro livro) vejo que não é tão sobrenatural assim, é bem real, embora tenha personagens imortais e muito uso de magia... Obrigada, beijos

      Excluir
  4. Oi..
    Acho as capas desses livros lindas demais.
    Gosto de narrativas em primeira pessoa também. Gostei de sua resenha,a narrativa parece fluir bem. Espero poder ler um dia.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Letícia... Leia sim e depois me conte... Beijo

      Excluir
  5. Não tinha lido nada sobre essa trilogia, na verdade quando vi a capa não me chamou a atenção ao ponto de querer ler. Mas agora vendo a resenha fiquei bastante curiosa, não sabia que a trama era assim. É sempre bom ver personagens evoluírem e pelo visto após um momento de epifania a protagonista acorda pra vida. Quero ver resenhas dos próximos livros, pra ver se invisto. ;p

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kamila, teremos sim resenha de todos os livros... Obrigada ;D

      Excluir
  6. ola
    Eu nao sabia muito dessa trilogia e adorei a resenha. nao sei se é isso mesmo, mas acho que ela nunca deve nem ter concordado com as idiotices que os amigos dela faziam... acho triste pessoas que andam com pessoas assim e aceitam essas atitudes :P mas pelo menos ela acordou a tempo e saiu de perto do grupo!! parece um bom livro e me deu vontade de ler!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau, Jack, vc captou bem mesmo, mas a história é toda cheia de reviravoltas e o final tá excelente, em breve posto resenha... Beijos e obrigada!

      Excluir
  7. Sou louca por essa série desde o seu lançamentos, e infelizmente, ainda não tive a oportunidade de ler.
    A sua resenha me deixou mais curiosa ainda.

    Um beijo,
    Livrologias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila, leia logo, pq o último livro tá maravilhoso, em breve resenha aqui, beijo ;)

      Excluir
  8. Legal o livro, parece que a autora trata a magia de uma forma diferente. Os amigos malvados, a bela Londres e lugar "natureba", com certeza é um prato cheio para quem gosta da temática, ainda mais por envolver o leitor <3
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem legal mesmo, Larissa... Beijos e obrigada

      Excluir
  9. Oi, que bom que você gostou do livro, eu li o primeiro capitulo dele, e este não me agradou muito, mas o livro parece ser bom, quem sabe eu ainda mude de ideia e tento dar mais uma chance ao livro.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Camila, se ler me conte depois o que achou, ok? Beijos e obrigada

      Excluir
  10. Nossa, eu amo quando a página não carrega o comentário que você enviou, pede pra recarregar e não envia. --' Lindo isso. Argh! Enfim, vamos de novo.

    Oi Lu, mais uma resenha incrível, né?!

    Este livro tem uma história muito boa, sem contar que a autora parece desenvolver muito bem. Acho que o livro também é daqueles grudentos, que você só fica tranquilo quando lê o último. Gosto muito de livros que têm personagens imortais, pois possibilitam a autora uma variedade bem grande de cenas na história, porque os imortais trazem histórias passadas e presentes, contando que a vida sempre é bem vivida por esses tipos de personagens. HAHAHA
    Bom, nem preciso falar que ele tá na lista de desejados do skoob, não é?

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Isla, sem falar que a Nas é uma figura impagável, daquelas que a todo momento a gente ama e odeia, tem vontade de dar uns tapas... kkkkk Leia sim e depois me conte o que achou... beijos

      Excluir
  11. Já conhecia essa série e sempre tive curiosidade de ler, mas não sabia muito bem do que se tratava, agora fiquei bem curiosa pra embarcar nessa estória com esses seres imortais tão diferentes, nunca li nada parecido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Sabrina, beijos *-*

      Excluir
  12. Achei a capa muito bonita!! Já tinha lido a sinopse, mas não tinha entendido muito bem do que se tratava o livro. Sua resenha explicou muito bem a história e fiquei na dúvida se gosto ou não gosto da história. Parece ser um pouco arrastada no começo, mas depois se desenvolve bem. Vou esperar pela resenha dos próximos para me ajudar a decidir.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Érika, em breve todas as resenhas aqui... Beijos

      Excluir
  13. Oiee!
    Não sei se quero ler, é mais uma trilogia e estou fugindo de trilogias no momento.
    Gostei muito da capa mas o livro em si não me atraiu, acho que vou deixar pra lê-lo caso não tenha nada pra ler.
    Bjss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk sei bem como são essas coisas com as trilogias e quando não temos nada pra ler, kkkkkkk Beijos e obrigada

      Excluir
  14. Eu vi um post sobre o 3° volume dessa trilogia e me interessei, pois a capa estava demais, ai agora no blog já tem resenha dos dois anteriores, eeebbaaa oo/ kkkk Mas assim como a garota do comentário acima, eu estou fugindo de trilogias, na verdade sempre fugi... Enfim, eu gostei muito da resenha, acredito que deve ser uma história bacana, fiquei meio decepcionada ao saber que o começo a leitura é meio chatinha e arrastada, quando os livros começam assim eu tenho uma grande dificuldade em pegar o embalo, sabe? Mas então é isso, adorei a resenha oo/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Larissa, beijo ;)

      Excluir
  15. Nunca tinha me dado ao trabalho de ler a resenha desse livro pois alguns comentários ruins sobre a historia me fez voltar atras, mas agora eu lendo sua resenha me fez ver que talvez a história não seja tão ruim assim e eu deva dar uma chance ao livro. Agora partiu comprar o livro para descobrir mais sobre a futura vida de Nas, só tem um problema, cade o dinheiro ? kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk haja dinheiro, Rissia! beijo e obrigada

      Excluir
  16. Tô louca pra ler esta série, tem uma amiga minha que tá em meu encalço para lê-la!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia e me conte, beijo e obrigada

      Excluir
  17. Ouvi falar tanto desse livro que confesso nem sabia se lia logo ou deixava o furor das pessoas por ele esfriar(para não criar expectativas) daí que esqueci e agora vejo ele aqui sendo tão bem resenhado. Lembro que a primeira coisa que gostei nele foi a capa! Linda, agora quero ler!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own... Obrigada, Adriana... *-* #felicidadedefine Obrigada pela confiança e pelo carinho, beijos

      Excluir