31 de dezembro de 2014

As Crônicas de Bane - Cassandra Clare e outros

Livro: As Crônicas de Bane
Autor (a): Cassandra Clare e outros
Número de Páginas: 392
Editora: Galera Record (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: Nesta edição ilustrada, são narradas as mais diversas aventuras do feiticeiro imortal Magnus Bane, das aclamada séries de Cassandra Clare. Entre escapadas no Peru e resgates reais na Revolução Francesa, acompanhe fragmentos da vida do enigmático mago ocorridos em diversos países e períodos históricos, com aparições de figuras conhecidas como Clary, Tessa, Will e Alec, personagens de Os Instrumentos Mortais e As Peças Infernais.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi pessoal!

Que falta sinto de vocês, nesse final de ano tão cheio de festas e de afazeres. Além da vida conturbada de todo final de ano, uma pneumonia me pegou e ainda não me deixou, já estou no segundo tratamento e por isso freei um pouco minhas leituras, pois os remédios acabam com minha disposição. A notícia boa é que, mesmo com tantos dias de apatia, ainda assim consegui bater minha meta de cem livros lidos e até passei um pouquinho.

Mas vamos ao livro? Trago hoje As Crônicas de Bane, publicação da Editora Galera e escrito por Cassandra Claire, Sarah Rees Brennan e Maureen Johnson. Bom, o que dizer de Magnus Bane, o Alto Feiticeiro do Brooklyn? Desde sempre, como fã da série Os Instrumentos Mortais, admirei seu senso de humor ácido e sua perspicácia, mas admito que Bane não foi pra mim tão admirável assim. Não via nele algo que fosse capaz de me tornar uma fã. Agora sim, admito que, depois de ler suas crônicas, virei uma grande admiradora, pois o livro nos traz a verdadeira dimensão de seus feitos, sua bondade, sua inteligência e, acima de tudo, seu grande e insuperável estilo. Temos nas mãos um grande personagem, que nos faz vibrar com suas histórias e seus incríveis feitos.

O livro é muito completo, embora dividido em 11 crônicas onde teremos alguns dos principais momentos da vida de Bane, que acabarão sendo também alguns dos grandes momentos que vivemos como leitores de toda a série Instrumentos Mortais e Peças Infernais. Ouso dizer que o livro está ainda melhor que os anteriores de Cassandra Claire, pois ele vai costurando e completando várias partes que possam ter ficado confusas durante todo o enredo e até mesmo que possam ter passado despercebidas. Com o relato (sem rodeios) da vivência do Feiticeiro, teremos a grandiosidade e a real dimensão do que realmente aconteceu e também a volta de muitos personagens queridos que acabamos conhecendo melhor, graças aos olhos dele.

No primeiro texto, temos uma história engraçada, contando O Que Aconteceu no Peru, lá em 1791, quando Bane era um jovem disposto a tudo e suas infindáveis e desnaturadas aventuras nos brindam com momentos de diversão. Aqui nesse momento vemos que ele era inconsequente e muito difícil de conviver. Nada lhe chamava atenção e ele deixava para trás qualquer coisa que o entediasse sem nem ao menos hesitar por um momento.

Teremos ainda crônicas nos contando sobre: A Rainha Fugitiva; Vampiros, bolinhos e Edmund Herondale; O Herdeiro da Meia-Noite. Ascenção do Hotel Dumort; Salvando Raphael Santiago; A Queda do Hotel Dumort e mais outras chamadas: O que comprar para o Caçador de Sombras que já tem tudo (mas que você não está namorando oficialmente); A última batalha do Instituto de Nova York; Os rumos do amor verdadeiro (e os primeiros encontros) e O Correio de voz de Magnus Bane. Se você quiser saber um pouquinho mais detalhado de cada uma pode acessar: http://www.laminaserafim.com.br/cassandra-clare/as-cronicas-de-bane/ e ter lá uma breve explicação de cada uma das crônicas e quando foram escritas.

O mais interessante de tudo foi ver o quando Bane é importante na saga, o quanto ele foi determinante em vários momentos, quando sua ajuda foi solicitada ou não. Sempre desempenhando um papel importante e determinante para que as coisas pudessem se resolver da melhor forma e aí sim, temos a dimensão de sua natureza bondosa, que sempre parece ficar escondido sob a capa de sua indiferença ou seu ar de superioridade.

Digo, com toda a convicção, que agora sim, Magnus ocupou em meu coração o lugar que merece, tornando-se o meu personagem preferido, onde sua personalidade, que me parecia em muitos momentos chata ou enfadonha, me mostrou um homem incrível e com aquele toque de loucurinhas mágicas, das quais só ele é capaz.

Procure fadas para ouvir fofocas sobre vampiros, procure lobisomens para fofocas sobre fadas, e não fofoque sobre lobisomens, pois eles tentam arrancar seu rosto a dentadas: esse era o lema de Magnus.

Indico a leitura para os fãs da série e, especialmente àqueles que já leram os livros anteriores, pois assim nada ficará perdido. O que posso dizer mais a respeito é que o livro só melhora conforme se aproxima do final e que você se surpreenderá com incriveis revelações de personagens que ainda não sabíamos muito, como, por exemplo, a infância de Clary. 

Magnus não simpatizou mais com os Caçadores de Sombras ao ver um dos guerreiros tocados pelo anjo temer algo assim. Se precisavam acreditar que eram tão melhores que todos os outros, deveriam ao menos conseguir fazer com que seus filhos se sentissem bem em relação ao que eram.

Parabéns à editora pela linda publicação, onde cada crônica inicia com ilustrações ao estilo quadrinhos. Ficou excelente!

E a você que leu até agora e que me fez companhia durante o ano, só posso dizer que a cada dia que  passa, sou mais feliz aqui com vocês, com cada comentário querido e que me faz seguir em frente sempre. Tenha um ótimo 2015, cheio de sonhos de realizações!

Beijos e até a próxima!


20 comentários

  1. Ainda não li nenhum livro dessa série, parece ser ótima e cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais curiosa em conferi, fica pra meta de 2015.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milena, a série é mesmo muito legal, acompanho desde o início e parece que só melhora a cada livro novo. Espero que leia e goste, beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  2. Oi, tudo bom?
    Melhoras viu Luciana, fico feliz que tenha conseguido bater a meta de 100 livros. Adorei a resenha, estou super curiosa para ler esse livro a capa dele é linda, e o Bane é um dos melhores personagens da série na minha opinião.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, se vc gosta do Bane esse livro será um grande presente pra vc, porque até eu que nem era muito fã amei saber mais e me tornei uma grande admiradora do personagem. O livro é ótimo, muito bom mesmo. Beijo e obrigada!

      Excluir
  3. Bane sempre foi um personagem de Os Instrumentos Mortais que eu gostei bastante, mas nunca foi meu favorito. Então quero descobrir esse outro lado dele, assim como você. Espero me tornar um fã.
    Adorei a resenha. Certamente vou ler o livro.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de dezembro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oioioi... Vc vai amar esse livro! Eu adorei demais a história do Bane e tudo o resto que as autoras incluíram como pano de fundo, contando as histórias dos outros através do Feiticeiro. Isso sem falar na magia do amor entre ele e Alec... <333. Beijo e obrigada pelo comentário.

      Excluir
  4. Oi, Luciana.

    Nossa pneumonia deve ser complicado, mas te desejo melhoras.
    Eu já gostava do Bane desde que li As Peças Infernais, e agora fiquei curiosa com a leitura desse livro, gostei de saber que ele se aprofunda mais em algumas coisas que não foram totalmente ditas em outros livros. Sou grande fã da Cassie e espero arrumar um tempinho pra essa leitura.
    Um ótimo 2015 pra você e tudo de bom.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula, agradeço demais seu carinho. Já estou bem melhor depois de tantos antibióticos e acho que ter o Bane como companhia foi um remédio e tanto, hehehe... Acredito que vc vá amar esse livro, na minha opinião, um dos melhores da série toda. Beijo e obrigada!

      Excluir
  5. Nossa, espero que melhore Lu. Deve ser difícil :\, ainda mais tendo parado um pouco a leitura. Mas enfim, está de volta :) Estava passando hoje na tv os instrumentos mortais e gente, que cena é aquela em que Bane dá em cima do moço lá, esqueci o nome dele, de olho azul *-*. Ele é lindo demais. Tudo nele é incrível, me apaixonei logo de primeira que vi ele. Adoraria saber sobre os momentos de Bane, ainda mais porque não li a série ainda, mas com certeza em 2015 vou. Por ser vários contos e ainda em ilustrações, fiquei ainda mais ansiosa. Ele realmente tem o ar de superioridade Magnus sempre ocupará meu coração também (mesmo eu não tendo lido) mas vi o filme, ele é divo também *o* . E fora descobrir mais coisas sobre a Clary.
    Abraços Luciana,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thay, o livro está imperdível!!! Espero que leia e depois me conte o que achou, ok? Grande beijo e obrigada pelo carinho e votos de melhora. até a próxima!

      Excluir
  6. Quero esse livro por causa da serie é claro, mas assim como você é um personagem que não me cativou num primeiro momento. Li os três primeiros da serie Instrumentos mortais e o Anjo Mecânico e nesse ultimo até que gostei mais dele, mas não é aquela coisa ainda. Espero que nesse eu me encante. Desejo melhoras à você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil, vc tá feito eu, começando sem muito apelo pelo Bane, mas vc vai ver só, mudará de ideia, hehehe... Espero que goste e depois me conte o que achou, beijo e obrigada pelo comentário.

      Excluir
  7. Os Instrumentos Mortais é uma das séries que mais gosto e amo esse jeito sarcástico de Bane. Tô meio parada na série - parei em Cidade das Cinzas -, mas uma das minhas resoluções de 2015 é dar continuidade a série ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Jois, se vc gosta da série, vai amar a leitura desse livro, acredite, é um dos melhores de toda a série. Beijo grande e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  8. Adoro o Bane desde o primeiro momento em que ele apareceu nos livros e tenho certeza de que vou ama-lo mais ainda quando tiver esse livro em mãos. O Que Aconteceu no Peru é uma das histórias que mais quero conhecer.
    Espero que você melhore Lu, já tive pneumonia umas 2,3 vezes e sei como é ruim :( Melhoras mesmo, e espero que mesmo assim você tenha uma boa virada de ano. Feliz 2015 <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own querida Nathy, obrigada pelo carinho e desejo de melhoras, já estou melhor e com toda a corda. O Bane virou meu queridinho, então imagino pra vc que já é fã... Beijo e obrigada por tudo!

      Excluir
  9. Primeiro quero lhe desejar melhoras, que consiga ficar boa. Parabéns por mesmo doente e com tantos afazeres ter conseguido ler o tanto de livros que leu. Bane nos livros de Cassandra sempre teve um destaque pelo que você disse, seu humor ácido e sua ajuda em momentos definitivos. Se tiver oportunidade lerei esse livro, mas não vou correr atrás. É o tipo de livro que sei ser bom, mas por agora não tenho tanto interesse.
    Espero que em 2015 você tenha saúde, paz, alegria e realize o que propôs! Felicidades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, de coração, Oliveira, esse carinho todo me estimula a trazer cada vez mais coisas boas pra vcs... E quanto à leitura, concordo com vc, a gente tem o tempo certo das coisas, né? Obrigada pelo ano em que estivemos juntos aqui, dividindo nossas leituras e opiniões, que sigamos assim em 2015! Grande beijo e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  10. Oii Lu :D
    Me diz como não amar esse livro? Já era uma fã do Magnus Bane, então não resisti quando lançou o livro e acabei comprando na black friday ..
    Sabe o que mais gostei do livro todo? De conhecer um pouco mais dos sentimentos do Magnus pelo Alec, afinal torci por esse casal a série toda, rsrs!
    A edição é MARAVIHOSA, e a capa é linda ! Eu amei <3
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória, tudo o que vc disse é super verdade, inclusive o amor deles dois. Considerei o livro todo um presente pros fãs da série e espero que mais e mais desses venham até nós. Um beijo e obrigada pelo comentário e carinho de sempre ;)

      Excluir