31 de janeiro de 2015

Divulgação - Meu Lugar no Paraíso de Vanessa Lopes

Oi gente, 
Hoje apresento para vocês o livro Meu Lugar no Paraíso da autora Vanessa Lopes, gostei bastante da sinopse e quando eu estiver mais folgada nas minhas leituras, pretendo ler.
Confiram:


Meu Lugar no Paraíso de Vanessa Lopes.
A vida me ensinou a ser forte, determinado, frio e calculista.
Tive uma infância tranquila, mas essa tranquilidade toda passou muito longe da minha adolescência e vida adulta.
Sempre tive o que queria e nunca medi esforços para conquistar meus objetivos. Minha vida sempre foi muito bem planejada, organizada e vivida em constante alerta. Regras, essas eram cumpridas à risca e ai de quem as desobedecesse. Tudo ao meu redor era tranquilo e “perfeito” até a chegada daquela tempestade.
Uma tempestade em forma de mulher. A tempestade que veio sem aviso prévio e deixou seu rastro e estragos por onde passou... Uma tempestade que veio para desacatar as minhas regras, bagunçar a minha vida e me mostrar que nem sempre a vida segue conforme planejamos.
Menina ou Mulher?
Anjo ou Demônio?
Seja o que for, ela veio para me tirar do inferno e me levar para o “meu lugar no paraíso”.




30 de janeiro de 2015

O Jeito Que Me Olha - Bella Andre

Livro: O Jeito Que Me Olha (The Way You Look Tonight)
Os Sullivans #9
Autor (a): Bella Andre
Número de Páginas: 272
Editora: Novo Conceito
Compre aqui.

Sinopse: Depois de construir uma sólida carreira como detetive particular - especializado em casos de infidelidade -, Rafe Sullivan perdeu a fé nas relações humanas. As únicas histórias de amor verdadeiro que conhece são a dos seus pais e as dos seus primos, que Vivem na Califórnia.
Quando Rafe precisa sair de Seattle para descansar e esfriar a cabeça, sua irmã, Mia, sugere uma temporada na cidadezinha onde a família costumava passar as férias de verão. No cenário de sua infância, Rafe reencontra Brooke Jansen, que, de garotinha doce e inocente, transformou-se em uma mulher de beleza incomum.
Nenhum dos dois consegue ignorar o clima de sedução, e é Brooke quem toma a iniciativa: ela propõe a Rafe um caso de verão, sem amarras nem cobranças. Rafe luta para convencê-la de que eles devem continuar sendo apenas amigos... embora ele mesmo não esteja 100% convencido disso.

RESENHA por Katielle Borba.

O Jeito Que Me Olha é mais um livro da extensa série Os Sullivans de Bella Andre. Este começa a contar historias dos Sullivans de Seattle, que são primos dos que moram em São Francisco (todos resenhados aqui no blog).

Rafe Sullivan é detetive particular. Quando abriu seu escritório tinha muitas ideias, principalmente a respeito de fazer a justiça e descobrir a verdade, mas sete anos depois ele está frustrado, praticamente todos os seus casos são de infidelidade e ele já não aguenta mais isso. Sua irmã Mia é corretora de imóveis e encontrou a casa perfeita para Rafe relaxar, a casa que era da sua família quando ele era criança; no início Rafe fica relutante em comprar o imóvel, mas depois de muita insistência de Mia, acaba cedendo. Quando chega ao imóvel a última pessoa que Rafe espera encontrar é Brooke, sua amiga de infância, porém ela está ali, linda e maravilhosa diante dos seus olhos, a atração entre eles é inegável.

Faz alguns anos que Brooke mora na casa que era de seus avós, ele ama estar ali, principalmente pela natureza e pelo lago que tem bem em frente a casa. Seus pais não aprovam que ela tenha abandonado uma carreira, more sozinha e hoje dedique todo seu tempo a fazer trufas de chocolate. Brooke gosta de Rafe desde criança, mas somente agora, depois de anos sem se verem ela acredita que os dois tenham uma chance.

Sei que muitas pessoas já devem estar cansadas dessa série, eu poderia também dizer que estou, mas até que gosto dos livros da Bella Andre. Esse primeiro sobre os Sullivans de Saettle deixou um pouco a desejar, não me senti conectada com a história de Brooke e Rafe. Acredito que isso se deve pelo fato de que tudo acontece praticamente em menos de uma semana. Até entendo que eles se conhecem desde criança e passaram anos sem se ver, mas acho forçado demais depois anos reencontrar uma pessoa e 24h depois já estar amando ela (não me julguem).

Tirando as considerações acima, o livro é bem fofinho e hot. Brooke é daquelas mocinhas bonitinhas, meiguinhas e cheia de amor pra dar. Rafe já faz o tipo selvagem, aquele tipo que quando quer alguma coisa, toma; porém é que com Brooke ele quer ser diferente, quer tratar ela como uma princesa, não quer ser ele mesmo. Brooke por outro lado já quer aquele homem cheio de fogo que incendeia só com um olhar. Assim, o livro passa, cada um querendo uma coisa diferente e ninguém dando o braço a torcer. A tensão sexual entre eles é forte, mas quando as coisas começam a esquentar e Rafe pede para Brooke esperar 24h para ver se o desejo será o mesmo, quase largo o livro de mão kkkkkkk.

Continuarei lendo a série, pois apesar de achar que tudo acontece muito rápido, gosto dos livros e dos Sullivans. O próximo livro a ser publicado dos irmãos de Seattle será de Mia, parece que ela gosta de um músico famoso. Agora em fevereiro a NC publicará Quando um Homem Ama uma Mulher que é o livro dos pais dos Sullivans de São Francisco (espero que não tenha ficado confuso), logo mais abaixo está à relação dos livros.

Uma última consideração: Novo Conceito, por favor, tenha mais amor na hora de escolher uma capa. 

Quando garoto, ele era selvagem. Agora ele era selvagem e perigoso.
Mas, se é amor verdadeiro, como pode dar errado?

Os Sullivans:
09. O jeito Que Me Olha; 
10. Quando um Homem Ama Uma Mulher (pais dos Sullivans de São Francisco);
11. It Must Be Your Love (Mia);
12. Just To Be With You (Ian);
13. I Love How You Love Me (Dylan);
14. All I Ever Need Is You (Adam).

Leitura recomendada.

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.


29 de janeiro de 2015

Lançamento Editora Charme - Pecaminoso de Gisele Souza

Oi gente, 
A Editora Charme divulgou um novo lançamento para o mês de março. O livro é nacional e foi escrito pela queridíssima Gisele Souza.
Confiram:

Pecaminoso de Gisele Souza.
Quando Isabella Leal foi trabalhar em uma empresa de processamento de dados como estagiária, não imaginou que, ao ser efetivada, passaria por uma situação tão inusitada... E deliciosa!
Ela se deparou com um vício: Blake Miller. Além de ser lindo e ardente, o jovem CEO da empresa era irritantemente arrogante.
Após um encontro arrebatador, Isabella percebe que se tornou um erro.
Mas ela não vai deixar isso barato! Blake vai descobrir o que uma mulher determinada e com o sabor do pecado é capaz de fazer. 

Sobre a autora:
​Gisele Souza nasceu em Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Leitora compulsiva, apaixonada por livros, filmes e séries, começou a se aventurar no mundo da escrita em 2013, tornado-se bestseller da Amazon com a série Isnpiração. Considera-se uma pessoa simples, com uma vida descomplicada, casada e mãe de um menino lindo.​

Pré-venda.

Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.



28 de janeiro de 2015

O Castelo do Lobo - Margaret Moore

Livro: O Castelo do Lobo (Castle Of The Wolf)
Autor (a): Margaret Moore.
Número de Páginas: 288
Editora: Harlequin
Compre aqui.

Sinopse: Obrigada a se casar com um homem a quem abomina, Thomasina terá que se valer de toda a sua virtude e coragem para colocar os deveres de família acima da própria felicidade. Até que sua vida muda de rumo ao ser raptada durante uma terrível invasão! Cativa do lendário Lobo de Gales, não tarda para Thomasina sentir uma irresistível atração pelo homem protegido pela pesada armadura. Embora tenha abduzido Tamsin em nome da vingança, Rheged não consegue abafar a voz de seus instintos de proteção. Mas amá-la poderia tornar ainda maior a ira dos inimigos do
Lobo!

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente, tudo bem?

Não sei se vocês já perceberam, mas sou apaixonada por romances históricos/época. Gosto de viajar no tempo e de imaginar tudo que é descrito em um livro. Meus preferidos são os da época medieval, então, hoje essa resenha é mais que especial. O Castelo do Lobo é lançamento de janeiro da Editora Harlequin. Fazia tempo que eu não ficava tão feliz com um romance publicado por eles, mas acredito que isso também se deve ao fato de Margaret Moore ser uma autora maravilhosa.

O Castelo do Lobo inicia com Rheged, conhecido como o Logo de Gales, participando de uma competição no Castelo DeLac. Ele saiu de lá vitorioso, mas quando chega ao seu próprio castelo percebe que foi enganado, que o prêmio recebido não vale nada. Assim ele volta ao castelo DeLac e rapta a sobrinha do soberano daquele lugar.

Lady Thomasina (ou Tamsin) está prometida a Lord Blane, um homem vil, violento e nojento (e muito mais), ela já aceitou seu destino, mas espera que uma força divina interceda a seu favor. Quando Rheged a sequestra, uma pequena chama de esperança acende no seu coração e ela acredita que no final de toda essa situação, será uma mulher feliz.

O Castelo do Lobo é aquele livro bom, mas tão bom que é impossível largar. A narrativa da autora é fluída e a história nos encanta do início ao fim. Rheged é aquele tipo de mocinho que nos dá medo, mas logo que vamos o conhecendo, percebemos que é um homem bom e justo; sofreu muito quando era criança, passou fome, frio e morou na rua, então, hoje que ele tem um castelo para chamar de lar, valoriza cada centavo que tem. Ele não é um homem rico, está a procura de um bom casamento, uma moça que tenha um ótimo dote.

Quando Rheged conhece Tamsin, vê que ela poderia ser uma ótima esposa, porém quando fica sabendo do compromisso dela com outro homem fica indignado. No momento do sequestro ele só pensa em vingança, mas conforme os dias passam ele percebe que pode unir o útil ao agradável, afinal Tamsin não quer casar contra sua vontade e Rheged está procurando uma esposa, mas é claro que qualquer decisão terá consequências. 

O Castelo do Lobo é aquele livro lindo, com uma história maravilhosa, personagens apaixonantes e com algumas reviravoltas. Fazia algum tempo que eu não lia um romance histórico medieval tão bom. Tamsin e Rheged foram feitos um para o outro, logo no primeiro contato deles fica explicita a atração que sentem e como isso pode se transformar em amor.

Os personagens secundários são importante para a trama, principalmente a prima de Tamsin, Mavis DeLac; um livro dela já foi publicado nos EUA com o nome de Bride For a Knight, estou morta de curiosidade para saber como será o relacionamento dela com Roland (filho de Blane).

Se você tiver oportunidade, corre para banca mais próxima e adquira o seu. Esse é daqueles livros que vale a pena ter na estante.

Conforme ele seguia pelo corredor, outros cavaleiros comentavam a seu respeito:- Esse não é o Lobo de Gales? – perguntou um normando bêbado.- Por Deus, é ele mesmo! – murmurou outro.- Por que ele não corta o cabelo? – perguntou uma mulher. – Ele parece um selvagem.- Minha querida, ele é um galês – respondeu outro nobre com desdém. – Todos eles são selvagens.
Leitura recomendada.

Livros: 
01. O Castelo do Lobo;
02. Bride For a Knight.

Outra capa:


Leitura recomendada.

Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.


27 de janeiro de 2015

A Libélula no Âmbar - Diana Gabaldon

Livro: A Libélula no Âmbar
Outlander #2
Autor (a): Diana Gabaldon
Número de Páginas: 944
Editora: Saída de Emergência Brasil (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII.
O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente!!!

Cheguei a uma conclusão um tanto óbvia durante a leitura de Libélula no Âmbar, é uma droga! Vicia, inebria e nossa vida não segue mais a mesma. Eu já tinha sido arrebatada por Outlander (você pode ver a resenha aqui) e assumo minha loucura quando digo que não posso mais viver sem essa série, de jeito nenhum. Hoje trago para vocês o segundo livro, publicação da Saída de Emergência.

Eu tinha um certo medo, uma certa apreensão por ter lido um livro tão bom no primeiro; como ficaria tudo isso depois? Mas agora declaro meu amor e minha admiração pela autora, que se uniu de uma vez por todas às minhas queridinhas... São 944 páginas onde nenhuma delas é dispensável, menos importante ou menos adorada.

Cheguei à conclusão de que quem deixa de ler por causa do número de páginas é um bobão, kkkkkk (brincadeirinha). Mas falando sério, eu tenho mais de 500 livros em casa e acho que trocaria a leitura de boa parte deles por um único livro dessa série. Considero Outlander a melhor série adulta de romance histórico, sou fissurada e tudo o que eu disser aqui pode não lhe contar o quanto a história é boa, pois meu discernimento pós-ressaca literária pode comprometer meu juízo, kkkk

– Não sei se a ferida é mortal, mas Claire... eu sinto o sangue fugir do meu coração quando olho para você.

Os livros, tanto o anterior quanto o que lhes trago hoje, Libélula no Âmbar, são uma aula de história, cheia de conflitos e desafios. O amor deles ultrapassa a barreiras do tempo e nos vemos nos braços e na doçura de um escocês ruivo, bruto e que conquistou meu coração de leitora, sou #teamJaime total.

Cuidado, a partir daqui poderá conter spoilers para quem não leu Outlander, A Viajante do Tempo.

No livro anterior conhecemos Claire, uma enfermeira inglesa do século XX, que viaja para a Escócia junto com o marido, Frank Randall. Ao chegar eles passam a visitar muitos lugares e dentre eles está um círculo de pedras. Neste círculo mágico, Claire é transportada no tempo, para 1743. E é lá que ela conhece o escocês mais tentador que existe, que mesmo ferido, muda sua vida para sempre. Ele é lindo, ruivo de profundos olhos azuis e tem pelo menos 1,90 de altura. Chama-se Jamie Fraser e seu modo educado e carinhoso faz com que Claire se case com ele e juntos passam a viver uma das mais belas histórias de amor que eu já li.

Neste livro, vemos que, por mais que Claire tenha tentado, não conseguiu deixar tudo o que viveu para trás. Ela escondeu sua passagem pelo tempo, da filha e do marido e, por vinte anos, viveu na dúvida, sem saber o que aconteceu com Jamie e os bravos cavaleiros escoceses. Ela fugiu de qualquer fato histórico e de qualquer livro sobre o assunto. Mas agora, acha que sua filha Brianna merece saber o que aconteceu.

Então, ao chegarem à Escócia, Claire e a filha visitam Roger Wakefield, um rapaz que ela conheceu quando ainda era uma criança, mas que hoje é um pesquisador, e ele as ajudará na pesquisa sobre os nomes que Claire listou e quer saber. Assim, com a ajuda dele ela volta no tempo e passa a contar tudo o que viveu na França, em 1744, quando Jamie vai entrar de cabeça nas maquinações jacobitas e na tentativa de revolução. Sabendo do desastre que seria, onde os escoceses seriam massacrados, eles tentam a todo custo impedir a revolta. Passam a viver infiltrados na corte francesa, onde seus modos passam a ser mal vistos e ela tem de enfrentar mais uma vez o fato de ser confundida com uma bruxa. Assim, a única chance que eles têm de frustrar a revolta é estar perto do príncipe e tentar frustrar seus planos. Mas será que eles conseguirão? Será que poderão passar por cima do fantasma que insiste em reaparecer? Conseguirão mudar o futuro? Só temos certeza de uma coisa, ela matará e morrerá por ele, se puder.

Confesso aqui que foi muito difícil escrever essa resenha, eu tenho uma imensa dificuldade em falar de um livro que me consome, onde não consigo fazer nada que exija cérebro, pois só o que faço é pensar no que li. A autora escreve de forma muito envolvente, descreve os fatos históricos sem nos deixar cansados e o contexto todo é muito bem feito. Senti-me lá no lugar onde andaram, senti os cheiros e os gostos... até as dores.

– Claire. Sentir seus ossos delicados do seu pescoço sob minhas mãos e essa pele macia e fina de seus seios, de seus braços... Deus, você é minha mulher, que eu venero e amo com todas as minhas forças, e ainda assim eu quero beijá-la com tanta força a ponto de machucar seus lábios macios e ver as marcas dos meus dedos na sua pele.

O casal é incrível. Claire é determinada, forte, acolhedora... inteligente e, mais do que tudo, não mede esforços em salvar e ressalvar o homem que ama. Ela enfrenta o que for para ajudá-lo. Já ele... Ah, o que dizer de Jamie? Forte (enorme), másculo e trabalhador; mas um homem doce e cheio de traumas, ferido no seu âmago. Mas sem jamais deixar que seu amor fique longe dos acontecimentos, sem jamais excluí-la. As cenas de amor entre os dois derretem as páginas (kkkk...), a química entre eles é mais que cenas de sexo bem elaboradas e um amor onde transborda a cumplicidade e a doçura. Jamie já não é mais o rapaz inocente e cheio de jovialidade que um dia foi, pois os acontecimentos o destruíram. Se não fosse Claire, ele não estaria mais vivo e muito menos lúcido, embora ainda seja atormentado pelo por pesadelos e uma busca de vingança.

Sua voz diminuiu, até quase se transformar num sussurro, e seus braços apertaram-se com mais força.– Meu Deus, o Senhor me deu uma mulher especial e, Deus!, eu a amei demais.

Gente, eu sei que as capas são lindas, a revisão é perfeita, mas também sei das caras tortas para o número de páginas. São livros com muito conteúdo e grande quantidade de páginas, mas valem cada parágrafo. Ficamos tão tristes quando as editoras dividem o livro, né? Então, por favor, não deixem que a grossura de um livro decida por vocês.

Indico com muita alegria essa série de romance histórico, para quem ama o gênero e também para quem ama uma linda história de amor, onde este é o foco de tudo. Onde nada, nem o tempo e nem as batalhas podem vencê-lo.

Divirtam-se com Jamie e Claire! Até a próxima!

Série Outlander:
02. A Libélula no Âmbar;
03. Voyager;
04. Drums of Autumn;
05. The Fiery Cross; 
06. A Breath of Snow and Ashes;
07. An Echo in the Bone;
08. Written in My Own Heart's Blood;

Outras capas:

   

Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.


26 de janeiro de 2015

Lançamentos Janeiro - Galera Record

Oi queridos, tudo bem?
Semana passada o blog ficou um pouco parado e a página do facebook também,  eu estava viajando, mas já estou de volta e a semana será normal por aqui.
Hoje trago para vocês os lançamentos de janeiro da Galera Record.
Confiram:

Amy & Matthew - Cammie McGovern.
Amy e Matthew não se conheciam realmente. Não eram amigos. Matthew sabia quem ela era, claro, mas ele também sabia quem eram várias outras pessoas que não eram seus amigos.Amy tinha uma eterna fachada de felicidade estampada em seu rosto, mesmo tendo uma debilitante deficiência que restringe seus movimentos. Matthew nunca planejou contar a Amy o que pensava, mas depois que a diz para enxergar a realidade e parar de se enganar, ela percebe que é exatamente de alguém assim que precisa.À medida que passam mais tempo juntos, Amy descobre que Matthew também tem seus problemas e segredos, e decide tentar ajudá-lo da mesma forma que ele a ajudou.E quando a relação que começou como uma amizade se transforma em outra coisa que nenhum dos dois esperava (ou sabe definir), eles percebem que falam tudo um para o outro... exceto o que mais importa.

Uma Vez - Anna Carey.
Pela primeira vez desde que fugiu da escola, muitos meses atrás, Eva pode dormir tranquila. Ela está morando em Califia, um refúgio para mulheres, protegida do aterrorizante destino reservado às meninas órfãs na Nova América. Mas a estabilidade tem um preço: foi obrigada a se separar de Caleb, o garoto que ama. Mas, quando fica sabendo que ele está em perigo, abandona tudo para encontrá-lo e acaba caindo em uma armadilha. Agora, presa na Cidade de Areia e vigiada 24 horas por dia, Eva descobre um segredo de seu passado que não poderia ter imaginado nem em seu pior pesadelo. 

Dilúvio - Lauren Kate.
Na continuação de Lágrima, Lauren Kate nos proporciona a continuação da história de Eureka, cujas lágrimas inundaram a terra e agora trazem Atlântida de volta. Com o reino perdido retorna Atlas, seu malévolo monarca, e Eureka é a única que pode detê-lo. Mas para isso, ela precisará viajar pelos oceanos com Cat, Ander e sua família. E apenas com sua força interior ela poderá adquirir o conhecimento de que precisa para derrotar Atlas – antes que ele se aproveite de seu coração partido para alimentar seu reino.

 



23 de janeiro de 2015

Lírio Vermelho - Nora Roberts

Livro: Lírio Vermelho (Red Lily)
Trilogia das Flores #3
Autor (a): Nora Roberts
Número de Páginas: 336
Editora: Bertrand Brasil
Compre aqui.

Sinopse: A trilogia começa com a morte repentina do marido de Stella Rothchild e sua mudança, com os dois filhos, para a misteriosa Harper House, em Menphis. Na casa, moram Roz Harper, severa dona do viveiro de plantas, e também a assombração da Noiva Harper. Lá, Stella fica amiga de Hayley Phillips. No segundo volume, as mulheres se unem ao Dr. Mitchell Carnegie para descobrir os ancestrais da família Harper. E, conforme o mistério por trás da identidade da Noiva começa a se desfazer, Roz percebe que está apaixonada pelo médico.
Em Lírio Vermelho, a história está centrada, principalmente, em Hayley e sua filha, Lily. A vida das duas segue tranquila, até o dia em que a mãe se percebe atraída pelo filho de Roz.
Por não achar tal sentimento correto, acredita que a Noiva Harper encontrou um modo de possuir sua mente e seu corpo. Será loucura da protagonista ou mais uma armadilha do fantasma?

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.


Oi, como estão?

Hoje encerro a publicação da Trilogia das Flores, um ciclo tão lindo, de livros tão maravilhosos. Estou feliz e triste ao mesmo tempo, pois adoro terminar as trilogias, mas essa eu não queria que acabasse nunca.

Lírio Vermelho é o último livro da trilogia, escrito pela brilhante e famosa escritora Nora Roberts, que escreve muitos livros durante um ano e vende milhões pelo mundo todo. É também ganhadora de inúmeros prêmios literários, pois possui uma versatilidade incrível e muita propriedade sobre os assuntos que resolve escrever. Essa trilogia, com revisão perfeita e capas lindas, é uma publicação da Editora Bertrand.

Desde o dia que Hayley chegou à casa de Roz, com seu bebê na barriga, ela não só cresceu como pessoa e como profissional, mas também conquistou o coração dos moradores da Harper House e fez amizades para toda uma vida. Ela fez uma escolha difícil e corajosa, mas que frutificou em uma vida estabilizada e muito harmoniosa, pois ambas sentem-se amadas e protegidas pelas entranhas da casa e da família que é formada com amor, carinho e muita compreensão.

Ver como sua filhinha Lily é tratada por todos é um verdadeiro deleite, mas vê-la com Harper (filho mais velho e sócio de Roz) inunda seu coração de paz e amor. Ela sente uma amizade profunda pelo encantador morador da casa que uma vez foi uma velha cocheira. Harper é atencioso, mas um tanto recluso em sua vida com as plantas e os experimentos que passa horas e horas fazendo.

Então, de uma hora para outra, toda essa paz que Hayley e sua menininha sentem é abalada. Hayley começa a ter sonhos perturbadores e muito calientes com seu amigo Harper e teme que isso possa atrapalhar a amizade dos dois. Ela começa a vê-lo como alguém muito mais próximo que um amigo e todo aquele sentimento de paz e tranquilidade dará lugar a uma mulher que vive cansada, queixosa e pra baixo. Imagens, sonhos e novamente a presença da Noiva Harper evidenciam que mais uma vez o fantasma está por trás da perturbação dos moradores. Eles chegam à conclusão de que está mais do que na hora de dar descanso a essa alma atormentada, mas como?

... Afinal, que garota com sangue nas veias – e privada de sexo havia tanto tempo como ela – não teria de vez em quando fantasias com um homem alto, moreno e tremendamente atraente, especialmente se, além disso, ele também tivesse um sorriso de matar, olhos castanhos de derreter o coração e um traseiro que dava vontade de beliscar?

É tudo muito real e vivo nas ardentes páginas de Lírio. A noiva Harper está muito mais presente, influente e dominante na rotina da casa e da vida dos moradores, em especial na vida de Hayley e da pequena Lily. Ela tentará a todo custo mexer na estabilidade emocional e tão bem estruturada da mulher que é o foco do livro.

Não era o tipo de pessoa que se senta pelos cantos enumerando as coisas negativas da vida para ver se ultrapassam as positivas. Se alguma coisa estava errada ou se faltava algo, ela agia. Resolvia o problema e seguia em frente. Ou, se o problema não pudesse ser resolvido, encontrava a melhor forma de conviver com ele.

O legal é que todos estão envolvidos na tentativa de solução para os perigos que o fantasma da Noiva Harper vem trazendo a todos, em especial à Hayley, que sente de forma muito perturbadora sua vida ser invadida pelo espírito atormentado. Stella, Roz, Hayley e a Noiva Harper iniciarão um desfecho dramático e alucinante; juntos com seus maridos e filhos tentarão de todas as formas acalmar a alma da pobre mulher.

O livro manteve o padrão desde a narrativa detalhada sobre floricultura, como também no andamento nada cadenciado ou cansativo. A autora (com maestria) dá espaço aos personagens secundários, que já foram os principais nomes dos livros anteriores. Claro que agora o romance está no ar, através de Hayley e de Harper, um homem pelo qual não sabia que era possível apaixonar-se. Ele que sempre foi tão esquisito e retirado do que acontecia ao seu redor...

Nora Roberts é mestra em dosar as cenas de emoção, de tensão, de surpresa... Sabe como poucos conduzir um enredo que fique incrível e assustadoramente melhor, como é o caso deste último livro da trilogia, que nos sacode e acomoda várias vezes durante a prazerosa leitura. E como é bom ler algo assim, é realmente uma satisfação imensa. Os personagens têm seu lugar, exatamente e perfeitamente inseridos no desfecho maravilhoso de uma trilogia que ficará marcada como uma das melhores que li.

Indico com muita alegria para quem adora romance e para quem leu os livros anteriores, que não pode nem pensar em perder o último e melhor livro.

Até a próxima!

Trilogia das Flores:
03. Lírio Vermelho.

Outras capas:

   


Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.



21 de janeiro de 2015

De Repente, Ana - Marina Carvalho

Livro: De Repente, Ana
Simplesmente Ana #2
Autor (a): Marina Carvalho
Número de Páginas: 320
Editora: Novo Conceito
Compre aqui.

Sinopse: Ana decidiu viver permanentemente na Krósvia, e tudo está às mil maravilhas. Além do namoro cada vez mais sério com Alexander, ela tem um emprego fixo na embaixada brasileira e dedica parte de seu tempo às meninas do Lar Irmã Celeste. Mesmo cumprindo tantos compromissos sociais como princesa, Ana nunca foi tão feliz. Porém, de uma hora para outra, tudo muda. Seu pai, o rei Andrej Markov, sofre um grave acidente e vai parar na UTI. Não resta alternativa: Ana vai ter que assumir o trono da Krósvia e governar a nação. Pouco – ou quase nada – familiarizada com a função, ela vai precisar de ajuda não só para reger o seu país, mas também para manter perto de si aqueles que ama. Muita gente está interessada no seu fracasso.

De Repente, Ana é a continuação de Simplesmente Ana da queridíssima Marina Carvalho. O primeiro livro publicado pela Novo Conceito, ganhou meu coração e eu não poderia esperar nada menos no segundo livro. (Resenha do primeiro aqui).

Depois dos acontecimentos do último livro, se passam dois anos e Ana e Alex estão de férias no Brasil. Tudo vai muito bem  até o momento de que Ana sonha que seu pai, o rei da Krósvia, sofreu um grave acidente. Para piorar a situação, o seu sonho torna-se realidade e de uma hora para outra a vida de Ana desmorona; agora ela terá de ser forte para cuidar de um pai em coma e assumir o trono da Krósvia.

Vocês não imaginam minha surpresa ao iniciar De Repente, Ana e dar de cara com essa tensão. Desde o primeiro capítulo Ana passa por momentos difíceis, momentos que são de cortar o coração. Durante toda leitura um suspense nos acompanha e isso nos faz ficar de coração apertado.

Ana amadureceu bastante, cumpre compromissos oficiais, dedica seu tempo às meninas do Lar Irmã Celeste e seu namoro está muito bem. O bom é que com tantas mudanças, Ana continua a mesma, alegre, extrovertida e apaixonada pela vida. Ela é uma pessoa que mesmo nas maiores adversidades consegue enxergar um lado bom em tudo. O maior desafio de sua vida será a partir do momento em que assume o trono da Krósvia, muitas pessoas esperam que ela “afunde” o país e estão torcendo pelo seu fracasso.

Alex é um caso à parte, está cada vez mais lindo e querido; apesar de amar muito Ana, sempre fica furioso com a teimosia dela e ele não estará preparado para dividi-la com a nação. Para ajudar, sua ex-namorada, Laika Nome de Cachorro (apelido dado por Ana) está à espreita, pronta para tomar Alex de volta.

De Repente, Ana intercala capítulos entre Ana e Alex, o que eu amei, principalmente por me sentir mais perto do Alex e ver como ele pensava e agia em certas situações. A narrativa é fluída e a história nos prende do início ao fim. Antes de iniciar minha leitura, não imaginava que esse livro fosse ser tão bom quanto o primeiro. Marina Carvalho me deixou surpresa e o melhor de tudo é que esse livro é um nacional de ótima qualidade.

Não gostei muito da capa, acho que a Editora poderia ter seguido na linha da primeira. A diagramação é simples, a única coisa que tem de diferente é que nos capítulos do Alex as páginas são esfumaçadas.

A autora já anunciou que o seu próximo livro no universo da Krósvia, saíra pela Galera Record ainda em 2015. Já estou ansiosa pelo lançamento.

Livros:
02. De Repente, Ana;

A verdade era que, de qualquer modo, eu estava frita. Não compreendia a política o suficiente para administrar uma nação. Como se na fosse o bastante, eu começava a sentir que a pouca liberdade que me sobrara acabaria reduzida a... nada.
Mas aqui estou eu: inteira, feliz, vivendo meu conto de fadas maluco.

Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.


20 de janeiro de 2015

Rosa Negra - Nora Roberts

Livro: Rosa Negra (Black Rose)
Trilogia das Flores #2
Autor (a): Nora Roberts
Número de Páginas: 350
Editora: Bertrand Brasil
Compre aqui.

Sinopse: Aos 47 anos, Rosalind Harper (Roz) é uma mulher capaz de passar pelas maiores provações sem esmorecer. Com três filhos, ela sobreviveu a dois casamentos e construiu um viveiro, de onde tira seu sustento. Ao longo dos anos, o viveiro deixou de ser apenas um ganha-pão e se tornou muito mais que isso: um símbolo da esperança e da independência dela, que divide o negócio com mais duas mulheres, Hayley e Stella, suas companheiras para todas as horas. As três são o futuro do viveiro.
Contudo, esse futuro corre perigo, e Rosalind sabe que elas não podem lutar sozinhas contra o fantasma da Noiva Harper. Contratado para descobrir os ancestrais da família Harper, o Dr. Mitchell Carnegie se vê intrigado com a própria protagonista. E, conforme o mistério por trás da identidade da Noiva Harper começa a se desfazer, ela percebe com espanto que se vê atraída pelo genealogista.
Três mulheres se encontram em momentos fundamentais em suas vidas — todas em busca de novas formas de crescer — e descobrem umas nas outras a coragem de arriscar e encarar o futuro.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.
Facebook | Twitter | Skoob | Capinhas da Lu

—Não sei a razão, mas a dor costuma prolongar o tempo e a alegria o encolhe.

Oi pessoal!

O livro de hoje é o segundo de uma trilogia que começou muito bem com o livro Dália Azul (tem resenha aqui) e agora temos uma linda e coerente continuação com Rosa Negra. Livros belamente escritos pela grande autora Nora Roberts, campeã em volume e qualidade de livros escritos.

A trilogia toda nos traz mulheres atarefadas, organizadas, determinadas e, acima de tudo, dignas. Em Rosa Negra, temos a história focada na dona da Harper House, Rosalind Harper, uma mulher com experiências de vida que não permitem que ela esmoreça perante problemas simples e com solução. Roz ficou viúva cedo e sozinha criou os três filhos e construiu seu próprio negócio, baseado no amor às plantas e na dedicação sem medidas. A vida dela começou a mudar e seu negócio a prosperar ainda mais, quando chegaram à sua casa, Stella e Hayley, que se tornam suas companheiras de todas as horas. Juntas dividirão o problema da fantasma “noiva Harper”, que assombra os quartos da mansão à noite.

Para elucidar melhor as dúvidas sobre as aparições da noiva, Roz contrata um genealogista, escritor e pesquisador, que tentará chegar à verdadeira identidade e a ligação que essa mulher teve com a casa e a família. Acontece que ele iniciará uma investigação que o levará a querer saber ainda mais sobre a própria Roz e a atração entre eles será inevitável.

A bela e enigmática Rosalind Harper. Qual homem não gostaria de ter a oportunidade de retirar essas camadas e descobrir quem ela era, de verdade?

Mas nem tudo são flores, no sentido literal. Roz casou-se uma segunda vez e seu ex-marido é uma praga, e a todo custo quer tirar-lhe um pouco mais de dinheiro. Ela sabe que esse casamento foi a pior coisa que ela poderia ter feito, mas o que está feito não pode ser mudado. Infelizmente esse homem aproveitador e inescrupuloso vai fazer de tudo para infernizar sua vida, fazendo contas em seu nome e tentando ridicularizá-la perante seus amigos.

Como se não bastasse ter um ex-marido aproveitador e perturbador, a proximidade de um homem na Harper House deixará a fantasma da noiva Harper furiosa, e ela agora demonstrará sinais de violência na tentativa de expulsar o Dr. Mitch, que fará a pesquisa sobre a família. Portanto, para uma mulher como Roz, que tudo o que quer é o seu trabalho e o sossego do seu lar, as coisas ficarão bem complicadas. Ela, que sacrificou sua vida, criando um negócio rentável (mas trabalhoso) para que pudesse manter sua antiga casa, terá que lutar com o fantasma para lhe ensinar quem é que manda ali.

Posso dizer a vocês que esse livro é um livro de “meio”, porque precisamos ler o primeiro e também o último da trilogia para que fiquemos por dentro de tudo. Claro que não há mal em lê-lo por primeiro, mas acredito que a história ficaria vaga, já que os personagens que embasam a história foram descritos em Dália Azul.

A tradução me incomodou um pouco, com expressões muito pouco usadas, que frearam um pouco o ritmo leve e rápido de leitura, principalmente no início do livro, mas essa sensação logo passou. No que diz respeito a todos os outros itens que levamos em consideração ao avaliar uma obra, posso dizer que é espetacular, com momentos de suspense com os ataques da fantasma e também com ação, bom humor, sentimentos nobres e tudo o que mais precisa para ser uma história fantástica.

Adorei ler Rosa Negra, afinal foca numa personagem tão bela e forte. Não vejo a hora de trazer para vocês o último livro dessa linda trilogia, Lírio Vermelho, que focará na vida de Harper, filho de Roz, e também em sua amiga, Hayley.

... Ela não era uma rosa inglesa delicada. Era mais uma rosa negra, admitiu, alta, esguia e exótica. Um pouco altiva e muito sensual.

Recomendo para quem gosta de romances e de fantasmas!

Até mais!

Trilogia das Flores:
02. Rosa Negra;
03. Lírio Vermelho.

Outras capas:

  


Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.


16 de janeiro de 2015

Divulgação - O Despertar da Princesa de Fogo de Josy Dias

Oi gente, 
Hoje é dia de divulgação aqui no blog. 
A autora Josy Dias está lançando seu livro pela Editora Baraúna e abaixo estão as informações para que vocês possam conhecer sua obra.

O Despertar da Princesa de Fogo - A Ordem dos Dragões.
“Como você age depois de escutar coisas bizarras e de saber que pode simplesmente ter uma morte premeditada em poucos dias? O único modo que eu posso imaginar é lutando para viver.” Foi desta maneira que vida dela começou realmente, ao entrar em mundo sobrenatural, onde exitem criaturas que ela nunca considerou reais. É nesse momento que a amizade entre Aislin, Beta e Grady passa a ser constantemente testada devido aos inúmeros perigos que os cercam, será que a amizade pode ser mantida frente a tantos problemas e desafios mortais? Ela tinha achava que estava apaixonada pelo inimigo, mesmo sem vê-lo, porém um guerreiro aparece neste momento e a deixa confusa com o turbilhão de sensações que ele causa nela, só por olha-la. “Como eu faria isso dar certo? Ele passaria o dia e a noite comigo, seria um tormento constante, pois por mais que eu não quisesse admitir ele me atraía. Com o Alex era diferente, o Taurus me deixava inquieta de uma forma bruta, nem conseguia colocar em palavras.” O Livro escolhe os sobrenaturais para uma jornada onde só a resposta ao que houve com a princesa Aislin pode parar a Guerra. Nessa escolha há amigos e inimigos juntos, porém será que eles tem os mesmos propósitos? Assim começa uma jornada que não ninguém sabe para onde vai, eles só sabem que tem que fazer e encontrar respostas sobre os dons, mais a que preço... "Pensar no que estava por vir não adiantaria. Tentar prever tudo o que poderia ou não acontecer com os meus amigos, família, e principalmente com os meus sentimentos não me levariam a lugar nenhum, era como estar no meio do deserto e não saber para onde ir." 

O lançamento será dia 28/02/2015, mas já está à venda em várias livrarias.

As primeiras páginas já estão disponíveis e vocês podem conferir no link abaixo.



Para conhecer a autora, segue as redes sociais dela.


14 de janeiro de 2015

O Desperar de Shane MacKade - Nora Roberts

Livro: O Desperar de Shane MacKade (The Fall of Shane MacKade)
Série: Os Irmãos MacKade #4
Autor (a): Nora Roberts
Número de Páginas:
Editora: Harlequin
Compre aqui.

Sinopse: Shane Mackade amava as mulheres. Mas ele ainda não tinha encontrado aquela que levaria para o altar. Até conhecer Rebecca Knight. O único problema é que ela estava muito ocupada pesquisando as lendas das terras dos irmãos Mackade, o que a impedia de sucumbir ao charme de um deles. Talvez esse fosse o momento oportuno para Shane fazer-lhe a clássica proposta de unirem seus destinos. Afinal, o coração de Shane fora finalmente despertado para o verdadeiro amor, e ele não conseguiria viver sem Rebecca.
Rebecca acreditava que para tudo havia uma explicação. Até que ela começoua ter pensamentos bastante suspeitos sobre o sexy Shane. Ela não sabia por que isso estava acontecendo, mas tinha certeza de uma coisa: amar Shane poderia ser perigoso. E Rebecca não estava disposta a arriscar...

O Despertar de Shane MacKade é o último livro da série Os Irmãos MacKade da diva Nora Roberts.

Shane é o irmão mais novo, também é aquele apaixonado por mulheres de qualquer tipo, tenham elas 8 ou 80 anos. Shane cuida da fazenda da família, ama os animais e trabalhar na terra; ele gosta da rotina que leva ali e nada o faria trocar esse lugar que tanto ama.

Rebecca é psiquiatra e também historiadora. Ela chega a Antietam para estudar e escrever um livro sobre os acontecimentos históricos e paranormais que acontecem ali. Como Rebecca é amiga de Ragan, esposa de Rafe (protagonistas do primeiro livro), Shane é incumbido de ir ao aeroporto para pegá-la e levá-la para cidade. O que ele não esperava é encontrar uma mulher linda que irá mexer com seu coração e será muito difícil resistir à tentação.

Eu estava bem curiosa para ler o livro do Shane, ele sempre foi muito simpático, extrovertido e cheio de carisma; o livro dele não me decepcionou e Shane chegou para dar muito charme a série MacKade.

Shane e Rebecca são completamente opostos, como água e vinho; ela toda inteligente, cheia de perguntas, sem prática para os trabalhos domésticos e disposta a atormentar a vida dele. Ele por outro lado é durão, não rejeita nenhuma mulher e é apaixonado por crianças. Quando os dois estão juntos o ar solta faíscas e a tensão é grande. Até eles se acertarem muitas coisas acontecem, os dois precisam resolver seus problemas pessoais para ficarem juntos. Além disso, Shane não aceita o fato de Rebecca estar envolvida com eventos paranormais e isso será um empecilho para o relacionamento deles dar certo.

Quando a convivência entre os dois começa a aumentar, Rebecca fica preocupada com seus sentimentos e com seu jeito de ser, afinal faz pouco tempo que ela mudou de vida, deixou de ser uma desajeitada para tornar-se um mulherão. Shane, ao descobrir isso fica muito surpreso, mas é claro que ele gosta muito do que ela tornou-se.

Depois de ler toda série, afirmo com certeza que meu livro preferido é o do Devin, talvez por ser o único deles em que ele conhecia sua pretendente desde criança e o relacionamento deles não aconteceu do dia para a noite. Gostei do livro do Shane também, afinal ele é durão e ao mesmo tempo carinhoso, mas tendo de escolher um dos MacKade, fico com o Devin.

Essa é a primeira série completa que leio da Nora Roberts. Depois das publicações do último ano, virei fã de carteirinha da autora e agora em 2015 pretendo ler as outras séries publicadas pela Harlequin, já tenho duas e logo deverá pintar resenha delas por aqui. Se vocês tiverem oportunidade, leiam os livros dela, tenho certeza que irão se apaixonar .

Série Os Irmãos MacKade:
4. O Despertar de Shane Mackade.

Outras capas:


  

Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.