27 de fevereiro de 2015

Proteja-me - Maya Banks

Livro: Proteja-me (Keep Me Safe)
Slow Burn #1
Autor (a): Maya Banks
Número de Páginas: 240
Editora: Gutenberg (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: Caleb Devereaux é um homem atraente, herdeiro de uma família rica e poderosa. Quando sua irmã caçula é sequestrada, ele tenta de tudo para encontrá-la, mas todos os esforços são em vão. A última esperança é Ramie St. Claire, uma jovem sensitiva de quem ouve falar, e que teria o poder de se conectar com pessoas localizando-as ao tocar em um objeto delas.
Caleb conhece Ramie e instantaneamente os dois percebem que a atração entre eles é intensa. O que o milionário não imagina é que a habilidade da bela moça tem um alto preço: ela vivencia a dor de quem ajuda, e isso custa-lhe sua própria vitalidade. Por isso, depois de achar a sequestrada, Ramie desaparece da vista do rapaz. 
Ao mesmo tempo arrependido pelo sofrimento causado à jovem e profundamente fascinado por ela, ele tenta encontrá-la sem êxito. E quando pensa que Ramie havia partido para sempre, ela reaparece, e desta vez é ela quem pede ajuda. Seu dom a colocou em perigo e ela está sendo perseguida. Agora, Caleb vai fazer qualquer coisa para protegê-la, arriscando tudo, inclusive seu próprio coração.

RESENHA por Katielle Borba.

Proteja-me é o primeiro livro da Trilogia Slow Burn de Maya Banks. Este livro é uma publicação da Editora Gutenberg.

O história inicia com Caleb Deveraux desesperado, sua irmã Tori foi sequestrada. Numa última tentativa de encontrar o cativeiro dela, ele vai atrás de Ramie St. Claire, uma sensitiva que já ajudou a polícia solucionar vários casos de sequestro, mas que hoje está reclusa. O que Caleb não espera é encontrar uma mulher de aparência frágil e que se recusa a ajudá-lo, mas ele a força e o que Caleb presencia o deixará atordoado, durante muito tempo.

Depois dos acontecimentos acima, um ano se passa e Ramie está prestes a ter sua vida destruída. Ela está fugindo de um perseguidor/sequestrador e em uma tentativa desesperada de salvar sua pele ela liga para Caleb. Ele prontamente vai ajudá-la, afinal tem uma dívida imensa com ela, pois com a ajuda de Ramie ele encontrou o cativeiro onde estava Tori. Quando os dois encontram-se a história se torna muito interessante.

Se você leitor, já leu alguns ou muitos livros da Maya Banks, esqueça todos eles. Proteja-me é diferente, não tem aquela pegada erótica, ele é sensual em alguns momentos, mas nada comparado a outras histórias escritas pela autora. Além disso, o livro tem uma pegada sobrenatural; quando Ramie toca um objeto de alguém desaparecido, ela consegue enxergar através dos olhos da pessoa e sente tudo o que a pessoa está sentindo e passando. A irmã de Caleb também tem poderes psíquicos, consegue ver o futuro. Assim a história se desenrola, a atração entre os protagonistas é grande, mas o desejo de Caleb de proteger sua amada é maior ainda.

Proteja-me é narrado em terceira pessoa e temos capítulos alternados entre Caleb e Ramie. A narrativa da autora é envolvente e achei a história muito mais madura do que qualquer outro livro que eu já tenha lido dela. Os personagens tem que lidar com uma carga emocional profunda e isso faz com o livro em alguns momentos fique um pouco dramático. Também temos um suspense, pois durante toda a leitura o perseguidor de Ramie fica importunando e eu realmente adorei o final que ele teve depois de tudo o que aprontou.

Os personagens secundários são importantes para história que não fica focada somente em Ramie e Caleb, mas ainda temos os irmãos dele e outras pessoas que trabalham para a segurança da família Deveraux. A trama vai sendo moldada através de todas essas pessoas e nós leitores ficamos ávidos para saber como serão os próximos livros da trilogia.

Proteja-me é o primeiro livro que leio da Editora Gutenberg e quero parabenizá-la pelo trabalho bem feito. A diagramação é simples e a capa é bem condizente com a história.

O próximo livro da trilogia Slow Burn será de Beau Deveraux e pelo que li na sinopse a história é tão boa quanto esse primeiro. Espero que a Editora Gutenberg publique logo.

Se você tiver oportunidade leia, se você não gosta dos livros da Maya porque suas outras publicações são eróticas, então, leia Proteja-me é diferente e para quem gosta de livro com uma pegada sobrenatural é uma ótima pedida.


"E o que você quer exatamente?", ela sussurrou."Você, Ramie. Eu quero você!

Leitura recomendada.

Slow Burn.
1. Proteja-me;
2. In His Keeping;
3. Safe at Last.

Outras capas:

 


Postagem válida para o Top comentarista fevereiro.


25 de fevereiro de 2015

Lançamento - Série Novas Espécies de Laurann Dohner

Oi gente querida, 
Esta semana será lançado pela Universo dos Livros o livro Fury da autora Laurann Dohner. O livro faz parte da série Novas Espécies que já conta com 13 livros publicados lá fora.
A Universo dos Livros está divulgando muito este lançamento e como eu estou muito curiosa para ler, também estou fazendo minha parte.

Fury - Laurann Dohner.
Ellie fica horrorizada ao descobrir que a companhia farmacêutica em que trabalha está fazendo experimentos ilegais. Cientistas da empresa têm fundido DNA humano com DNA animal, criando novas espécies exóticas. Um "experimento" captura o coração dela e ela vai fazer de tudo para salvá-lo, mesmo que ele a odeie por isso. 
Fury nunca conheceu compaixão ou amor. Ele passou sua vida em uma cela, acorrentado e abusado por seres humanos. A única mulher que se permitiu confiar o traiu. Agora ele está livre e fixado em vingança. Ele promete acabar com sua vida, mas quando ela finalmente está em suas mãos, prejudicá-la é a última coisa que ele quer fazer com esta pequena humana. Fury não pode resistir a Ellie - o toque de suas mãos, a boca em sua pele, em volta do seu corpo. Ele está obcecado com o cheiro de sua mulher. E Ellie quer Fury, sempre quis. Ela anseia por seu corpo grande e poderoso e quer curar o seu coração. Mas estar desoladamente apaixonada por Fury é uma coisa...domesticá-lo é outra.



No Facebook existe a página Novas Especies - Laurann Dohner onde as meninas postam tudo sobre a autora e os livros dela. Até fizeram um vídeo em comemoração ao lançamento. Visitem e curtam a página, tem muito conteúdo legal.




A Editora, já disponibilizou as capas dos próximos dois livros. Nem li o primeiro ainda, mas espero que esses outros não demorem a ser publicados.





Espero que a Editora capriche na publicação dos livros e que não nos deixem esperando tanto para publicar as sequências.
Aguardem que logo vai rolar resenha aqui no blog.
Beijos!

Postagem válida para o Top Comentarista fevereiro.


24 de fevereiro de 2015

Uma Proposta Sedutora - Jennifer Lyon

Livro: Uma Proposta Sedutora (The Proposition)
The Plus One Chronicles # 01
Autor(a): Jennifer Lyon
Número de Páginas: 200
Editora: Charme (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: Rico, sexy e volátil, Sloane Michaels tem um plano sombrio que mantém seu coração no gelo. A riqueza extrema lhe dá o controle que ele anseia ter, e suas habilidades como ex-lutador de UFC, as ferramentas de que vai precisar para conseguir a vingança definitiva. Porém, quando a mulher que imaginou nunca mais rever cruza seu caminho, Sloane se vê preso entre a vingança que precisa e a conquista sexual que deseja.
Há seis anos Kat Thayne vive em modo de sobrevivência, escondendo-se atrás das doces criações de sua confeitaria. Entretanto, quando o roubo de um carro ao acaso a coloca frente a frente com seus medos mais obscuros e suas fantasias mais ardentes, Kat é forçada a deixar o esconderijo ao receber uma proposta perigosamente sedutora. Uma que ela sabe não ser forte o bastante para recusar.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente!

Eu nem sei o que dizer sobre o que acabei de ler. Não sei se fiquei ainda mais fã da editora Charme ou se virei fã da autora desse livro que resenho agora para vocês.

Esse livro é o primeiro de uma trilogia chamada The Plus One Chronicles, de Jennifer Lyon e é publicado no Brasil pela Editora Charme. Conta uma história muito legal, sobre um casal que, mesmo com um passado doloroso, luta para seguir em frente com suas vidas. Eles não estão totalmente curados, mas buscam a felicidade a muito custo.

Primeiro, gostaria de dizer que a revisão foi muito bem feita e a história é arrebatadora, pois as cenas quentes roubam a cena. Kat e Sloane são muito diferentes um do outro, mas algumas coisas, talvez bem escondidas, os fazem ficar muito parecidos. Ela, uma mulher traumatizada por um evento no passado, onde um assalto a deixou com marcas profundas de síndrome do pânico e cicatrizes nas pernas, além de uma perda de memória em razão da concussão que sofreu pelas pancadas que levou. Já Sloane é um lutador de MMA que em sua bagagem tem uma infância e uma adolescência de dramas familiares e casas de adoção. Ele enfrenta, de cabeça erguida, os traumas do passado e a perda da irmã, que morreu tragicamente e usa a luta e a disciplina como tratamento.

Kat leva a sua vida da melhor maneira que consegue. Depois de muito lutar contra os pais dominadores, conseguiu abrir sua própria confeitaria e vive bem do que faz. Ela ainda tem crises que a impedem de andar sozinha e ir a lugares que não conhece, e muito menos consegue se relacionar com pessoas estranhas, mas sua cozinha é seu refúgio. Sua vida não é nem um pouco estável, pois ela sofre com as crises, mas enfrenta tudo com dignidade e consegue ser muito boa no que faz. Então em uma noite de festa, ela está em um hotel trabalhando quando se esconde atrás de uma pilastra do salão do lindo casamento, vendo os noivos e convidados admirarem o bolo que ela fez, quando um homem extremamente grande e intimidador adentra o recinto e surpreende a todos indo falar com ela.

Ela imediatamente sente-se amedrontada por aquele gigante lindo e forte, mas consegue safar-se da festa, com ajuda do amigo Kell e vai embora dali. Assim que eles chegam ao carro são assaltados e quem aparece para salvar-lhe? Sim, o lindo Sloane Michaels, o poderoso homem que mete medo em seus mais profundo íntimo.

Assim, em meio à cupcakes e aulas de defesa pessoal, Sloane lhe faz uma proposta irresistível e ela não será capaz de recusar. Tanto Kat quanto Sloane precisam aprender a conviver com o que temem.

Eu adorei o livro e li em poucas horas, realmente me diverti e me abandonei no encanto do casal, mas fiquei muito frustrada em não ter a continuação em mãos, odeio essa sensação de desespero que me faz querer gritar com a “chefa” e pedir o livro jááááá... Queria tanto ter mais páginas em mãos (tô fazendo beicinho).

Nem preciso falar mais da edição, que está muito linda, bem elaborada e com ilustrações e, confesso, que adorei o espaçamento caprichoso entre as linhas e os capítulos; sinto falta de quando os livros eram mais bem feitos. Parabéns à editora pelo belo trato com a história, o autor e o leitor merecem esse charme a mais.

Desculpem-me por não ter separado nenhum quote, mas é que eu praticamente “comi” o livro e não deu tempo de separar nenhum trechinho, sorry...

Indico a leitura para quem adora romances hots e cheios de momentos de suspense, pouco fôlego e muitas cenas de amor intenso e prazeroso.

Leiam, divirtam-se!

Beijo e até a próxima.

The Plus One Chronicles.
01. Uma proposta Sedutora;
02. Possession;
03. Obsession.

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista fevereiro.


23 de fevereiro de 2015

A Aposta - Rachel Van Dyken

Livro: A Aposta (The Bet)
The Bet #1
Autor (a): Rachel Van Diken
Número de Páginas: 288
Editora: Suma de Letras
Compre aqui.

Sinopse: Kacey deveria ter fugido assim que ouviu essas palavras do milionário Jake Titus. O amigo de infância que Kacey não via há anos é hoje um dos homens mais poderosos e cobiçados de Seattle. E ele precisa de um favor dela: que ela finja ser sua noiva em uma viagem para visitar a avó Nadine, que está muito doente. Kacey aceita sem hesitar, afinal, o que poderia acontecer em apenas quatro dias? Mas o que ela não esperava era reencontrar Travis, o irmão mais velho de Jake, Quando mais novo, ele adorava perturbar Kacey: já incendiou uma boneca, colocou uma cobra em seu saco de dormir. Por isso, recebeu dela o apelido de “Satã”. Mas depois de tantos anos, Kacey se vê diante de um homem lindo, por quem se apaixona no momento em que vê o seu sorriso. O que ela não sabe, no entanto, é que os dois irmãos haviam feito uma aposta quando eram meninos: quem se casasse com Kacey receberia um milhão de dólares. Em “A Aposta”, da autora best-seller do New York Times Rachel Van Dyken, Kacey terá que descobrir qual dos irmãos é o cara certo e fazer sua escolha. Essa é a única certeza que lhe resta.

RESENHA por Katielle Borba.

A Aposta é o primeiro livro que leio da autora Rachel Van Dyken. Antes de começar a leitura fui procurar algumas resenhas e pelo que percebi muitas pessoas não gostaram muito do livro; minha leitura iniciou com baixas expectativas e no final não achei ruim, o livro foi mediano e com algumas risadas.

A Aposta conta a história de Kacey e dos irmãos Jake e Travis, juntos eles formam um triângulo amoroso. Quando eram crianças, viviam sempre juntos; Travis sempre foi apaixonado por Kacey e ele achava que criando situações onde ela precisa-se de ajuda, sempre estaria por perto, para salvá-la. Jake sempre foi o melhor amigo de Kacey, eles até chegaram a namorar quando adolescentes, tiveram uma noite juntos, mas na manhã seguinte ele arrependeu-se e a abandonou. Depois do acontecido eles ficaram alguns anos separados, mas agora a avó da família solicitou a presença de todos e juntos eles relembram os momentos do passado.

O livro começa bem despretensioso, com uma aposta entre dois garotos; quem se casasse com Kacey daria um milhão de dólares ao outro. O livro é narrado em terceira pessoa e durante os capítulos os três personagens apresentam suas considerações. Os três têm em torno dos vinte anos e durante a leitura o que me incomodou foi a infantilidade deles. Sei que sempre devemos ter um espírito jovem, mas me pareceu demais; eles não conseguem deixar o passado para trás e juntos ficam jogando coisas, na cara um do outro, que aconteceram anos atrás. Confesso que dei algumas risadas em certas situações, mas em grande parte do tempo achei desnecessário, pareciam como cães e gatos. Assim o livro passa, parece uma briga eterna, mas no final das contas Kacey terá que escolher um dos irmãos para ficar.

Kacey sofreu muito quando era mais jovem, bem na noite que Jake a deixou ela perdeu os pais; fazia vários anos que ela não voltava para sua cidade natal e agora que o fez, terá de enfrentar os fantasmas do seu passado.

A melhor personagem de todo livro certamente é a Vovó, uma velhinha bem esperta, que manipula todos a sua volta para fazerem suas vontades. Eu dei muitas risadas com ela, principalmente quando fugia para a casa do vizinho ou ficava se agarrando com ele em qualquer lugar que não podia.

No final de tudo, achei a leitura bem mediana, eu gostei da história, mas não fui algo que tenha me feito suspirar. Acho que o próximo livro, O Desafio (será lançado em março), será melhor. Se vocês procurarem e lerem a sinopse já saberão com Kacey ficou, pois esse próximo livro e do irmão que sobrou e ele é tão sacana que estou curiosa para saber se ele irá sofrer bastante.

Às vezes, quando a vida fica difícil e as pessoas te deixam com raiva ou mesmo quando você está com medo, a melhor resposta é rir. Rir na cara do medo, na cara do que te assusta mais. É o único jeito de fazer você superar as coisas que te fazem chorar.

Leitura recomendada. 

Aposta.
01. A Aposta;
02. O Desafio;
03. The Dare.

Outras capas:

  


Postagem válida para o Top Comentarista fevereiro.


20 de fevereiro de 2015

Simples Perfeição - Abbi Glines

Livro: Simples Perfeição (Simple Perfection)
Série Rosemery Beach #5
Autor (a): Abbi Glines
Número de Páginas: 208
Editora: Arqueiro (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: Woods teve sua vida traçada desde o berço. Cuidar dos negócios da família, casar com a mulher que os pais escolheram, fingir que riqueza e privilégios eram tudo de que ele necessitava. Então a doce e sensual Della apareceu e conquistou seu coração, abrindo seus olhos para um novo futuro. A vida do casal seguia para um final feliz, até acontecer um imprevisto: a morte do pai de Woods. Da noite para o dia, o rapaz herda o império Kerrington e, embora sempre tenha almejado essa posição, precisará de toda ajuda possível para provar que está à altura de tanta responsabilidade. Della está determinada a ser o apoio de que Woods necessita, mas os fantasmas do passado ainda estão presentes e mais intensos do que nunca. Pressionada pela ex-noiva e pela mãe de Woods, ela toma a decisão mais difícil de sua vida: abdicar da própria felicidade pelo homem que ama. Mas os dois terão a força necessária para seguir em frente um sem o outro? Concluindo a sedutora história de Woods e Della,
Simples perfeição é o romance mais surpreendente de Abbi Glines e mostra que encontrar alguém pode ser um golpe do destino, mas descobrir a perfeição ao lado dessa pessoa requer aceitar a si mesmo e superar os piores obstáculos a dois.


RESENHA por Katielle Borba.

Simples Perfeição é mais um livro da série Rosemary Beach de Abbi Glines. Este também é o segundo e último livro do casal Woods e Della.

Depois dos acontecimentos do livro anterior (Estranha Perfeição), Woods e Della estão tentando viver juntos. A vida deles mudou muito, principalmente a de Woods que agora assumiu os negócios da família. Della também não está tendo uma vida fácil, dia após dia ela tem que lidar com seus medos mais profundos e no seu pensamento quer ser uma parceira ideal para Woods. Eles têm um longo caminho a percorrer antes de serem felizes completamente.

Gosto muito dessa série, adorei todos os livros que já li e esse não seria diferente. A fórmula da autora é sempre a mesma, mas nem por  isso os livros deixam de ser ótimos. Woods e Della estão tentando se acertar, mas a situação deles está bem difícil, ele está muito, mas muito protetor; Della não pode fazer nada sem ter que comunicar ao seu amado, até a hora dela começar a trabalhar é complicada, pois ele quer que ela sempre fique em casa, protegida de tudo e todos. Até entendo toda essa proteção, mas isso é sufocante e faz com que Della se torne insegura, ela tem certeza absoluta de que não é boa o suficiente para ele; quando se cansa disso toma uma decisão que irá por a prova o amor dos dois.

Simples Perfeição traz capítulos alternados entre os dois protagonistas. A narrativa da autora é fluída e como sempre isso faz com que o livro acabe muito rápido. O que gosto muito nos livros da Abbi é que todas as histórias acontecem paralelamente e isso fez com que eu morresse de curiosidade para saber tudo o que está acontecendo com Grant e também matei saudade de Rush e Blair.

Já li algumas resenhas em que as pessoas não gostaram de Simples Perfeição, disseram que Woods é machista pelo jeito como trata Della. Eu discordo em partes, acho que quando a pessoa ama alguém, ela quer cuidar, estar sempre junto, proteger, isso em minha opinião não é machismo; o fato dele não querer que ela trabalhe é porque Della tem alguns problemas e ele só quer protegê-la. Concordo que  durante o livro ele foi sufocante, mas pagou por isso e aprendeu a lição. O que não gostei muito foi o jeito da autora tratar um personagem importante no final do livro, não concordei com o rumo que a história tomou e eu fiquei chocada/chateada com o que li ali.

Uma personagem que tem meu ódio eterno é a Nan, irmã do Rush, a cada livro que passa está mais malvada e se por acaso a Abbi resolver escrever um história para ela, terá de ser muito boa para convencer a maioria dos leitores que ela merece um final feliz.

No mais eu adorei o livro, história boa e envolvente. Os próximos serão os livros do Grant com a Harlow, estou muito ansiosa por essa publicação, pois em Simples Perfeição Grant  está bem desestabilizado.

Se você tiver oportunidade, leia essa série, pode parecer infinita, mas os livros são ótimos, curtinhos e com certeza valem a pena.

Acho que a vida de todo mundo é controlada por uma série de acontecimentos e cabe às pessoas escolherem o que querem.
Como eu poderia deixá-la ir? Mas ela não queria que eu a encontrasse. Rosemary não era vida para ela. Della tinha começado uma viagem para conhecer o mundo e só conheceu a mim. Agora, queria mais.

Leitura recomendada.

Série Rosemary Beach:
4. Rush Too Far; (Rush)
6. Simples Perfeição; (Woods)
7. Take a Chance; (Grant)
8. One More Chance; (Grant)
9. You Were Mine; (Bethy)
10. Kiro’s Emily;
11. When I’m Gone; (Mase)
12. When You’re Back. (Mase)

Outras capas:

   


Postagem válida para o Top Comentarista fevereiro.




19 de fevereiro de 2015

Deixe-me Ir - Daniela Sacerdoti

Livro: Deixe-me Ir (Take Me Home)
Autor (a): Daniela Sacerdoti
Número de Páginas: 296
Editora: Universo dos Livros
Compre aqui.

Sinopse: Deixe-me Ir - Em Deixe-me ir, segundo romance de Daniela Sacerdoti, a autora conta a história de Inary Monteith, uma editora que vive em Londres. Quando a irmã caçula encontra-se entre a vida e a morte, as coisas se tornam mais difíceis para Inary do que ela poderia imaginar. Após dormir com Alex, seu melhor amigo, ela o deixa de coração partido e viaja às pressas de Londres para a Escócia para cuidar da irmã doente.
Em sua cidade natal, Inary tem de lidar com emoções intensas e lembranças dolorosas das quais tenta fugir. Enquanto procura se esquivar dos sentimentos confusos que sente por Alex e redescobre seu passado ao lado da família, ela misteriosamente perde a voz e readquire um sexto sentido da infância: a capacidade de ver espíritos. E quando uma voz do passado fica ecoando em sua mente Leve-me para casa, ela percebe que para libertar a si mesma é preciso desvencilhar-se dos fantasmas passado.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é de Deixe-me Ir, uma publicação da Editora Universo dos Livros e escrito por Daniela Sacerdoti. Italiana de nascimento, mas escocesa de coração, a autora é best-seller, formada em Cultura Clássica e dá aulas de italiano, latim e grego.

Começo dizendo que não sabia muito bem o que esperar desse livro, nem ao menos tive indicação de alguém que tivesse lido e me convencido a ler, mas adoro quando arrisco e me dou bem, pois adoro ter boas surpresas. Com esse livro não foi diferente.

Ele conta a história de Inary, uma menina que vive em Londres, fugindo de uma desilusão amorosa e de coisas que afetam seu presente. Ela deixou tudo na Escócia (quando eu soube disso já me liguei, pois agora adoro tudo o que tem a ver com esse lugar), agora trabalha como editora, e segue com esperanças de que consiga escrever sua própria história, pois sonha em ser escritora desde pequena. Embora escreva bastante e tenha um livro em andamento, Inary nunca conseguiu deixar que alguém lesse o que ela escreve, pois sempre acha que o que produz não é bom o suficiente para ser lido. Na verdade, o que ela sente é confuso, sua vida é mesclada por problemas que estão muito além da possibilidade de resolvê-los.

Em Londres ela tem a amizade de Lesly e Alex, que são tudo para ela, amparo e amor verdadeiro, mas Inary deixou na Escócia seus dois irmãos, Logan e Emily. Esta última sofre de graves problemas cardíacos desde sempre e, com o agravamento de seu estado, Inary não consegue mais conviver com a dor da iminente perda e se distancia cada vez mais de sua cidade natal, Glen Avich. Isso gera certa raiva no irmão mais velho, que se sente abandonado e tendo que resolver tudo e cuidar da irmã doente sozinho. Eles já são órfãos e esse afastamento de Inary deixa um rastro de ainda mais dor e sofrimento.

Então, um belo dia (ou bela noite...), a mocinha resolve meter os pés pelas mãos e passar a noite com seu melhor amigo, Alex, e a partir daí, tudo vai ruir. Em vez de resolver as coisas entre eles, que sempre pareceram pendentes, ela volta às pressas para a Escócia, onde terá que ajudar os irmãos, pois Emily está nos seus últimos dias. Ela vai com o coração partido, mas deixa Alex ainda mais ferido, pois depois de três anos de espera, ele achava que agora eles se acertariam...

Meu estômago deu um ligeiro nó. Agora, depois de três anos passando as noites juntos no sofá assistindo a DVDs e dormindo no quarto extra um do outro, aparecendo sem convite em fins de semana para um almoço não combinado... depois disso tudo, um convite para ir `a casa dele não deveria me inquietar. Ou excitar. Ou inquietar e excitar ao mesmo tempo. Mas foi isso o que aconteceu.

Chegando a Glen Avich, ela tem de enfrentar os mais dolorosos problemas. Vêm à tona a perda trágica dos pais, a dor pela doença da irmã e tudo o resto do qual ela quis se afastar. Mas, assim que tudo desmorona, ela não só volta a ter de encarar os fantasmas (literalmente falando) do passado, como perde a voz e não consegue mais se comunicar, a não ser por meio dos gestos e da escrita. Ela perde essa capacidade, mas volta a ter o que descobriu ainda criança e que parece ser herança de família e passa a ver e ouvir os mortos.

Muitas pessoas em Glen Avich sabiam que a Visão corria na linhagem dos McCrimmon e em algumas famílias próximas. Mas apenas seis pessoas no mundo sabiam da verdadeira extensão do meu dom, e quatro delas já estavam mortas: meus pais, minha avó e Emily, Logan e Lewis. Ninguém mais. Ninguém mais poderia imaginar que esse dom, para as mulheres da família da minha mãe, era muito mais do que um sonho ocasional sobre um vislumbre do futuro, ou sentir uma presença de vez em quando. Era muito mais do que isso – muito mais forte, mais vívido. Real.

Sua vida passa por momentos de intensa dor e desesperança, mas é onde ela menos espera, que encontrará a saída. Eu achei o livro muito legal, me lembrou muito uma série que queria tanto poder terminar, chamada Eco dos Mortos, que a editora Intrínseca abandonou e nos deixou sem saber o que acontece no final.

O livro é muito bem escrito e editado, embora gostaria que o título fosse a tradução literal do original – Leve-me para Casa, pois teria feito mais sentido dentro do contexto. O fato da narrativa ser muito envolvente, intercalando os personagens como narradores é muito diferente e extremamente fácil de se ler sem parar. Somos levados por momentos de tristeza, mas que não chegam a abater-nos, e temos momentos de aventura e de alegria. Romance e uma intensa descrição de momentos íntimos nos levam a devorar as páginas bem escritas. Sem falar que o livro é um prato cheio para quem gosta de histórias sobrenaturais, onde os fantasmas são muito presentes e os mistérios que envolvem suas vidas deixam tudo ainda mais interessante.

O desespero é uma coisa engraçada, o modo como ele atinge você numa onda escarlate, fazendo-a gritar e soluçar e esbravejar contra o mundo; ou como ele pode simplesmente congelá-la no lugar, privando-a de toda energia e propósito arrancando a sua alma de você, deixando apenas uma concha vazia para trás.

Louvo também os personagens secundários que são um show à parte, e também as belas e nem um pouco entediantes descrições dos lugares pitorescos escoceses, com sua belíssima natureza, seus vilarejos e habitantes. Os modos de vida são belamente descritos e deixam uma pitada de “romance histórico” na trama já tão cheia de drama e suspense.

Indico com alegria para quem adora um romance bem escrito, lindamente elaborado e permeado por fantasmas e muita dose de superação e obstinação. Fiquei querendo mais algumas páginas...

Até a próxima, beijo.

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista Fevereiro.


16 de fevereiro de 2015

Lançamento Fevereiro - Faro Editorial

Oi queridos, 
Em fevereiro a Faro Editorial lança o 3º e último volume da trilogia Jogo Perfeito de J. Sterling.
Logo estaremos recebendo um exemplar para resenha e outro para sorteio, então fiquem ligados aqui no blog.

O Jogo Mais Doce - J. Sterling.
A INCRÍVEL CONCLUSÃO DA HISTÓRIA DE AMOR DE CASSIE & JACK.
Eu sinto que nasci para ficar com ele, como as conchas na praia. Jack era a concha, em constante movimento, sendo lançado de lugar a lugar pelo fluxo de alguma coisa mais poderosa que ele. E eu era a areia, prendendo-me e agarrando-me a ele,
aliviando seus tombos a cada avanço, sempre fiel.
Cassie Carter.

Quando sua carreira no beisebol chega ao fim, é como se batessem com um martelo em seu peito. Então você finalmente percebe que pode amar o esporte, mas ele nunca pode ser
comparado ao amor de sua vida. Todas as noites sem dormir, as horas passadas na academia, o condicionamento, o treinamento, a preparação mental, os feriados perdidos, as ausências
em momentos importantes de sua família… tudo para quê? O seu esporte, o seu trabalho, não ficou acordado por noites a fio, torcendo, cuidando, tentando descobrir como tornar você um
jogador melhor ou dando mais do que você merecia. Ele é um negócio. Um esporte. Um jogo. E, por mais que minha vida tenha sido transformada por ele, é hora de deixar isso para trás.
Jack Carter.

Trecho do livro:
— Então seu pai ficou bravo porque não vai entrar com você?
A última coisa que eu queria no dia do meu casamento era me sentir mal por minhas decisões. Não queria ninguém “me entregando” a Jack, muito menos o homem que me desapontara mais que qualquer
outro na vida. Caminhar por aquele corredor sozinha e me unir a Jack para começarmos nossa vida juntos me pareceu a coisa certa a fazer.
— Ele ficou magoado e acho que não entendeu a mensagem. Ele queria entrar comigo porque é isso que um pai faz.
— Bom, então talvez ele devesse ter sido um pai melhor — Melissa disse num tom ferino.
[…] A música entrou pelas janelas abertas da sala onde Melissa e eu estávamos esperando. Respirei fundo e mordi o lábio inferior. O nervoso tomando conta de mim.
— Nossa! Está na hora! — Melissa foi até a porta de vidro e deu uma espiada. — Ah,
está tão bonito, Cass! — Ela me deu um abraço e sussurrou: — Vejo você lá! — Depois, saiu pela porta e caminhou lentamente pelo corredor entre as fileiras.
Respirei fundo de novo e a segui, parando brevemente na porta. Ela estava certa.
O quintal dos avós de Jack tinha se transformado em um lugar maravilhoso. Velas faziam pequenas sombras por toda a parte enquanto o sol se punha atrás das árvores. Inúmeras luzinhas piscavam nos galhos. […] e não pude deixar de sorrir enquanto meu coração se enchia com todo o amor que sentia por Jack. Perdi o fôlego por um momento quando o vi lá na frente, esperando por mim com um sorriso bobo no rosto.
[…] Assim que cheguei ao altar, Jack estendeu a mão e pegou a minha, acariciando-a com o polegar em um gesto sensual que me deixou arrepiada. — Você está linda — ele sussurrou, inclinando-se para mim.
— E você está uma delícia — sussurrei de volta, dando uma piscadela em seguida.
Minha mente girava enquanto eu lembrava de tudo que eu e Jack tínhamos passado durante essa jornada, do inferno até hoje, onde estávamos agora. Tínhamos chegado tão longe juntos!
Quando chegou a hora de fazer os juramentos, chorei um pouco mais do que Jack. — Eu amo você — confessei em meio a lágrimas de felicidade.
Jack estendeu a mão e tocou meu rosto, enxugando as lágrimas com os dedos, então inclinou a cabeça para me beijar.
— Opa! Esperem! — Vovô bradou, interrompendo o momento.

Nas livrarias a partir de 25 de fevereiro! Em breve, nas pré-vendas!

*Obs.: a Faro Editorial já está preparando os lançamentos das séries de Sylvia Day e Tarryn Fisher.

Postagem válida para o Top Comentarista fevereiro.


13 de fevereiro de 2015

Lançamentos Fevereiro - Editoras Arqueiro e Saída de Emergência Brasil

Oiee, 
Vamos conhecer os lançamentos de fevereiro das Editoras Arqueiro e Saída de Emergência?
A Arqueiro arrasou nos lançamentos, nem sei dizer qual é o mais desejado.
Confiram:

Para Sir Phillip com Amor - Julia Quinn.
Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. 

Tensão - Gail McHugh.
Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos. Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela. Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências? 

A Toda Prova - Harlan Coben.
Oito meses se passaram desde que Mickey Bolitar presenciou a trágica morte de seu pai. Por muito tempo, o garoto não teve nenhum motivo para questionar o que aconteceu naquele acidente fatal.
Porém, de repente, ele começa a perceber mentiras, segredos obscuros e questões sem resposta que o deixam desnorteado. Por que sua vizinha reclusa afirma que Brad Bolitar está vivo? Por que o paramédico que tentara socorrer seu pai reapareceu subitamente na cidade?
Mesmo ansiando pela solução do mistério, Mickey precisa se dedicar a outro estranho caso. Sua amiga Ema revela que começou um relacionamento pela internet e que está apaixonada. Contudo, seu suposto namorado sumiu sem explicação. Recusando-se a acreditar que foi enganada, ela pede a ajuda de Mickey.
Aparentemente, a fama do sobrinho de Myron Bolitar como investigador já se espalhou, pois até seu rival, Troy Taylor, suplica que ele o auxilie. O garoto foi pego no exame antidoping e ficará de fora do time de basquete em seu último ano na escola. Ainda que desconfiado, Mickey acaba se envolvendo em uma trama que se mostrará mais grave do que parece.
Neste desfecho da série, três mistérios mobilizam a vida do jovem herói, mas nada pode prepará-lo para a grande verdade. 

O Prícipe das Sombras - Sylvain Reynard.
Um conjunto muito valioso de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, de Dante Alighieri, é exposto na Galleria degli Uffizi, em Florença. O dono das peças é o famoso professor de literatura Gabriel Emerson. Quando se deixou persuadir por sua amada esposa, Julianne, concordando em dividir com o mundo a beleza daquelas obras de arte, Gabriel jamais poderia imaginar que estaria atraindo para si um poderoso inimigo.
Mais de um século antes, aquelas mesmas ilustrações foram roubadas de seu verdadeiro dono, o Príncipe de Florença, uma criatura sobrenatural e misteriosa que governa o submundo da cidade e há muito não sabe o que é o amor. Agora um dos seres mais perigosos da Itália está disposto a recuperar o que lhe pertence e se vingar de Gabriel e Julianne. Mas logo seus planos são frustrados. Um atentado o obriga a deixar os Emersons de lado, afinal ele precisa resolver assuntos muito mais importantes. Tanto seu principado quanto sua própria vida parecem estar em risco. Passado na cidade mais artística da Itália, O príncipe das sombras é uma incrível introdução à nova série de Sylvain Reynard, Noites em Florença, e vai deixar os leitores com gostinho de quero mais. 

A Rainha Normanda - Patricia Bracewell.
Em 1002, Emma da Normandia, uma nobre de apenas 15 anos, atravessa o Mar Estreito para se casar. O homem destinado a ser seu marido é o poderoso rei da Inglaterra, Æthelred II, muito mais velho que ela e já pai de vários filhos. A primeira vez que ela o vê é à porta da catedral, no dia da cerimônia. Assim, de uma hora para outra, Emma se torna parte de uma corte traiçoeira, presa a um marido temperamental e bruto, que não confia nela. Além disso, está cercada de enteados que se ressentem de sua presença e é obrigada a lidar com uma rival muito envolvente que cobiça tanto seu marido quanto sua coroa. Determinada a vencer seus adversários, Emma forja alianças com pessoas influentes na corte e conquista a afeição do povo inglês. Mas o despertar de seu amor por um homem que não é seu marido e a iminente ameaça de uma invasão viking colocam em perigo sua posição como rainha e sua própria vida. Baseado em acontecimentos reais registrados na Crônica Anglo-saxã, A rainha normanda conduz o leitor por um período histórico fascinante e esquecido, no qual fantasmas vigiam os salões do poder, a mão de Deus está presente em cada ação e a morte é uma ameaça sempre à espreita.
Governando na época compreendida entre o rei Artur e a rainha Elisabeth I, a rainha Emma é uma heroína inesquecível cuja luta para encontrar seu lugar no mundo continua fascinante até hoje.

Perdas e Danos - Diane Chamberlain.
Travis Brown é um rapaz diferente da maioria dos jovens de sua idade. Aos 23 anos, já conheceu – e perdeu – seu grande amor, já precisou lutar pela guarda da filha na justiça e agora trabalha incansavelmente para sustentá-la. Sua rotina não é fácil, mas ele consegue levar uma vida digna.
De repente, tudo começa a dar errado: ele perde o emprego, sua casa pega fogo e sua mãe morre. Sem ter a quem recorrer, precisa ir morar com a filha em um acampamento para trailers. Lá, conhece Savannah, uma jovem linda e sexy que realmente parece querer ajudá-lo.
É ela quem lhe fala sobre a vaga em uma obra em Raleigh, uma cidade próxima. Travis não quer se mudar, mas não tem alternativa: seus últimos dólares estão acabando e ele não vê a menor perspectiva de conseguir mais dinheiro.
No entanto, ao chegar a Raleigh e conhecer Roy, seu suposto empregador, ele descobre que o trabalho na verdade é um roubo. Roy garante que será a única vez e que a quantia que Travis receberá será suficiente para tirá-lo do sufoco por um bom tempo.
Agora, de frente para a maior encruzilhada de sua vida, Travis precisa decidir que caminho seguir para continuar sendo um pai exemplar. 

Sangue Mágico - Ilona Andrews.



Postagem válida para o Top Comentarista fevereiro.


Semana Destrua-me #2

Oi gente, tudo bem?
Durante essa semana está rolando postagens sobre o livro Destrua-me de J. L. Mac em vários blogs. Eu deveria ter feito mais posts, mas por motivos de doença não consegui.
Hoje vai ser uma bem especial, vocês conhecerão um pouco mais do livro e da autora.

Destrua-me de J. L. Mac.
Aos vinte e cinco anos, Josephine Geroux é uma "zé ninguém", segundo sua própria definição e, apesar de não querer ser assim, ela se contenta com isso. Crescer orfã a transformou numa pessoa dura e indiferente aos outros, até que ela conhece um homem estranhamente familiar, com um rosto que a assombra por razões que ela não consegue entender.
Mesmo fazendo questão de evitar interações com os outros, a vida de Josephine se entrelaça com a de Damon Cole, o enigmático estranho, e antes que se dê conta, ela se entrega à única pessoa que está perto o suficiente de destruí-la.
Envolvente, sensual e extremamente emocional, Destrua-me irá te seduzir, apaixonar e conduzir à uma montanha russa de sentimentos, com a dolorosa vida de Josephine.


Entrevista com J. L. Mac

1. Em que você se inspirou para escrever Destrua-me?
Eu estava no trânsito, saindo do shopping, quando um outro motorista provocou um acidente bem à minha frente. Isso me fez pensar nos personagens e na história de Destrua-me.

2. Josephine é uma personagem muito inspiradora. Apesar de tudo o que aconteceu em sua vida, ela não desistiu. De onde vem essa força de Jo? E o que você mais gosta nesta personagem?
Acho que muitos dos pontos positivos da Jo são baseados em como as mulheres, em geral, gostariam de ser vistas. Eu queria que ela fosse retratada da forma que todas as mulheres gostariam de ser retratadas. Queremos ser fortes, destemidas e dispostas a fazer o que precisamos, mas ao mesmo tempo queremos ser amadas, desejadas e ser necessária à alguém tanto quanto queremos que o outro necessite de nós.

3. E Damon? Ele é uma contradição. Dominante e tão frágil ao mesmo tempo... É impossível não se apaixonar. Como foi criar um personagem com características tão extremas?
Na verdade, foi muito fácil escrever Damon. De um modo geral, acho que os homens são fortes, mas ao mesmo tempo bastante frágeis, o que os torna muito mais cativantes. Damon esconde seu lado frágil, mas uma vez que o leitor tem a oportunidade de enxergar o que está debaixo de suas camadas, é impossível não amá-lo. Eu adorei contar a sua história.

4. O que os leitores podem esperar em Destrua-me?
Os leitores podem esperar sentirem muitas emoções ao ler Destrua-me. Eu, realmente, me emocionei muito ao escrevê-lo.

5. Vamos falar um pouco sobre você? Conte-nos um pouquinho a respeito de você e seu processo de escrita.
Eu não tenho muito a contar. Sou uma dona de casa de 28 anos, tenho uma vida comum, com três lindos filhos e um marido incrível, o que faz com que escrever romances seja algo muito fácil para mim. Gosto de ler, cozinhar e passar tempo com a minha família. Como eu trabalho em casa, o meu processo de escrita, muitas vezes, é um pouco disperso, já que escrevo quando posso. Às vezes, eu uso meu celular para anotar algumas coisas para não esquecer. Ouço músicas para me inspirar. Assim que uma ideia para um livro surge na minha cabeça, eu rapidamente escrevo um breve resumo, para que possa construir a história a partir daí. E eu começo a escrever todos os meus livros num caderno. É bem divertido reler minhas anotações originais de cada história, além de ver nomes, locais e outros detalhes alterados antes da publicação. 

Book Trailer:



Se vocês quiserem conferir a playlist do livro é só clicar aqui. Se antes eu já estava ansiosa pela leitura, depois da playlist fiquei muito mais.