10 de março de 2015

Vai Sonhando! - Megan Maxwell

Livro: Vai Sonhando! (¡Ni lo sueñes!)
Autor (a): Megan Maxwell
Número de Páginas: 280
Editora: Suma de Letras
Compre aqui.

Sinopse: Rúben é um famoso jogador do Inter de Milão conhecido como “o touro espanhol”. Sua rotina se alterna entre os dias no campo de futebol e as noites ao lado de mulheres “tecnicamente perfeitas”. Até que ele se machuca gravemente durante uma partida e precisa ser operado. A volta aos campos é incerta. Seu tratamento e sua recuperação ficam nas mãos da fisioterapeuta Daniela, uma jovem que trocou Madri por Milão e que, ao contrário de seu paciente, está sempre com um sorriso no rosto.
O temperamento de um e de outro logo se choca. Ela rebate o mau humor e o aparente desprezo de Rúben com um otimismo inabalável, mas aos poucos fica evidente que a tensão entre os dois esconde uma inesperada atração.
O convívio diário com o jogador transforma a vida de Daniela, que, pela primeira vez em muitos anos, questiona a regra que impôs a si mesma — nunca ficar mais de dois meses ao lado do mesmo homem — na tentativa de esconder um terrível segredo. Com medo de estar se apaixonando por um dos maiores conquistadores do futebol italiano, ela tentará fugir antes que seja tarde demais.
Vai sonhando! é uma história passional, ardente e muito emocionante, no mais puro estilo Megan Maxwell, a autora espanhola best-seller da literatura erótica e romântica.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente!

Hoje trago para vocês o lançamento da Editora Suma, chamado Vai Sonhando!, escrito pela renomada autora Megan Maxwell. Megan é best seller do gênero romântico, filha de mãe espanhola e pai americano, nasceu na Alemanha mas viveu sempre na Espanha, mais precisamente em um vilarejo perto de Madri.

Bom, o livro conta a história de um jogador de futebol muito famoso, conhecido internacionalmente pelo apelido “touro espanhol”. Ele é um goleador muito bonito e isso faz com que tenha várias e lindas mulheres aos seus pés. Passa suas noites sempre acompanhado pelas “bellas” que é como chama as lindas mulheres, que segundo ele, são tecnicamente perfeitas, e assim ele não confunde os nomes. Um dia, durante um jogo, Rubén se machuca gravemente, tem que ser operado e passará alguns os meses fora do campo. Isso tudo faz com que ele fique furioso e geram dúvidas quanto a sua continuidade nos campos. Será preciso muito esforço e muita determinação para que ele consiga chutar novamente.

Sua recuperação, que a princípio será lenta e dolorosa, depende da ajuda de uma fisioterapeuta chamada Daniela. Ela é uma jovem alegre e de bem com a vida que, além de ser muito boa no que faz, tem também muita paciência para lidar com o mau humor de seu mais novo paciente. Ela, que também veio de Madri para viver em Milão, é o oposto de Rubén. Ele sempre temperamental e cheio de arrogância; ela simples e alegre, encanta a todos por onde passa.

Daniela tinha chegado de forma inesperada, mas ele não estava disposto a deixá-la partir.

Eles passam a conviver diariamente e isso vai mudar a vida deles. Daniela possui uma vida de generosidade, de aventuras amorosas, mas esconde um passado que a visita a cada seis meses. Chegou até a impor a si mesma algumas regras para que consiga esconder esse passado. O medo vai impedir que ela siga sua paixão por ele? Ele, um homem tão cheio de mulheres lindas ao seu dispor, será capaz de deixar tudo por uma simples fisioterapeuta que lhe faz perguntas diretas e desaforos sem aviso? Bom, o que mais posso dizer é que esse romance é muito passional, muito ardente e também muito emocionante, embora previsível.

Confesso que tenho sempre me dado mal quando crio expectativas com livros de autoras que já fizeram enorme sucesso. O livro não chegou a ser uma decepção, mas ficou longe de superar minha espera. Definitivamente, a mocinha não me conquistou e eu não caí de amores pelo mocinho :/. O livro tem sim muitos momentos de alegria, onde rimos sem parar desses dois espanhóis de sangue quente, mas temos também muitos momentos onde o excesso de uso de algumas expressões, deixam a leitura chata e sem graça, como o uso da expressão que dá título ao livro. Há também pecados em certas continuidades, onde já foi falado que certa coisa aconteceu de um jeito e depois é falada que foi de outro.

Acho sim que o livro merece ser lido, pois além de ser um bom livro (embora não perfeito) ele levanta a bandeira de que a mulher pode ser moderna, cheia de problemas e levar uma vida leve, com encontros amorosos sem compromisso. Afinal, só os homens podem?!!! Outra questão importante que é abordada nesse livro é a questão da adoção e seus efeitos na vida de quem recebe uma família que ama e protege. Enfim, deixem de lado minha chatice e deem uma chance ao livro, ok?

Aquela mulher era incrível: quanto mais tentava afastá-lo de seu lado, mais ele queria ficar perto. Ela o fazia passar da fúria ao riso em décimos de segundo.

Beijo e até a próxima!

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista março.


22 comentários

  1. Amei a trilogia Peça-me o que quiser da Megan Maxwell, estou bastante curiosa em ler esse seu novo livro, pela sua resenha parece que não é tão bom quantos os outros, mesmo assim ainda quero conferi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Milena, que bom que ficou curiosa, a gente descobre muitas coisas boas nessas investidas. Obrigada pelo comentário, beijo

      Excluir
  2. Esse livro tem uma história bem fofa. diferente da que já li dela. Achei esse romance mais light. Com menos exageros do que a série Peça-me o que quiser. Gostei bastante dele.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Beth, achei isso também, é bem mais "amoroso" e não tão cheio de cenas de sexo, mas o livro é bem quente. Que bom que curtiu a leitura, beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  3. o livro até deve ser interessante, mas a historia nao me chamou atençao, prefiro romances de epoca e tals.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, também adoro os romances de época. Obrigada pelo comentário, beijo

      Excluir
  4. Oiee!
    O livro parece ser ótimo, apesar de não ser tão erótico como os outros da autora acho que mesmo assim deve ser bom, é legal ver essa diferentes lados das autoras.
    Achei diferente o fato de Rubén ser um jogador, na maioria das vezes eles são empresários, advogados, ou qualquer coisa do tipo, e ela ter ido por esse outro caminho me deixou bem curiosa.
    Pena o livro ter algumas falhas, mas acho que dá pra passar por cima né.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Iêda, vc tem razão, o fato de Rubén ser jogador dá um toque muito especial, pois é um universo novo e bem diferente que nos é apresentado. As falhas são visíveis aos meus olhos, mas posso garantir que muita gente leu e amou. Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  5. Eu tinha um interesse no livro por causa da capa mas ela não tem nada haver com a historia. O romance parece bem levinho mas super previsível e o mocinho ser um jogador de futebol não me empolga a ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaela, acredito que a capa não tenha mesmo nadinha a ver com o interior, tanto que é bem diferente das publicadas em outros países, como vemos ali no rodapé. Beijo e obrigada pelo comentário.

      Excluir
  6. Luciana é sempre tão satisfatório saber sua opinião sobre suas leitura, principalmente porque você é tão sincera e argumenta bem. Parabéns pela leitura e pela resenha viu!!!???
    Confesso que leio muitos livros nesse estilo, gosto de ler entre leituras mais intensas e difíceis. Mas tem algumas autora famosas que ainda não li. Dica anotada é assim que possível pretendo conhecer algo da Megan.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, seus comentários fofos e cheios de alegria sempre deixam meu dia mais feliz. Obrigada, obrigada, obrigada, beijo ;)

      Excluir
  7. Oi Lú...
    Gostei do enredo da história.
    Mas só lendo mesmo para saber. Acho que vale a pena dar uma chance para o livro sim.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leticia, dê uma chance sim e depois me conte o que achou, se ficou com as mesmas impressões que eu, né? Beijo e obrigada ;)

      Excluir
  8. Li a trilogia de Peça-me o que Quiser e aquilo foi tão ruim, tão surreal, que fiquei com um pé atrás com os livros da Megan. Não digo que não daria outra chance aos livros dela, mas não é algo pelo qual anseie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jois, adorei seu comentário. Muita gente lê porque os outros leem e não tem coragem de dizer que não gostaram. Obrigada, beijo

      Excluir
  9. Ainda não li nenhum livro da Megan Maxuell, eu tenho aqui em casa o Surpreenda-Me, que é spin-off de uma série dela, porém ainda nem toquei nele kkk
    Não me senti muito atraída pelo livro, a história e a capa não me deixaram nem um pouco curiosa, então, só lerei se gostar da escrita dela no livro que tenho aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pâmela, obrigada pelo comentário, beijo ;)

      Excluir
  10. Essa sensação de ficar no meio-termo entre gostar e não gostar de um livro não é muito legal. Pelo menos ele tem algumas partes divertidas e que valem a leitura. No mais, costumo gostar das protagonistas dos livros da autora, pois ela não as coloca como as virgenzinhas frágeis.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Oi! Já tinha visto esse livro, não o li e achei que poderia ser um romance morno e sem muitas expectativas. Agora já acho que eu leria para me distrair, parece ser um romance bom, mas previsível como você disse. Acho que as repetições me deixariam irritada, mas é superável.

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu!
    Não li nada da autora ainda mas pelos comentários que já vi, esse livro parece ser bem fraquinho em comparação aos outros. Não me interessei na história, achei mais do mesmo e muito previsível.

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu!
    Concordo com você, criamos expectativas e as vezes nos decepcionamos.
    Achei o livro extremamente chato, até bobo, protagonistas chatos que não conseguiram passar credibilidade para mim.
    Um beijo!

    ResponderExcluir