7 de abril de 2015

A Morte de Sarai - J. A. Redmerski

Livro: A Morte de Sarai (Killing Sarai)
Na Companhia de Assassinos #1
Autor (a): J. A. Redmerski
Número de Páginas: 255
Editora: Suma de Letras
Compre aqui.

Sinopse: A autora do best-seller de "Entre o agora e o nunca" e "Entre o agora e o sempre" traz uma história de paixão e sobrevivência.
Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte. 
Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo. 
Em “A morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi, pessoal!

O livro que trago hoje é o primeiro de uma série chamada Na Companhia de Assassinos, escrito por J. A. Redmerski e publicado pela Editora Suma de Letras. A autora é uma best-seller, já conhecida dos brasileiros por Entre o Agora e o Nunca, livro que fez tanto sucesso que a fez ser conhecida em mais de vinte idiomas. Ela mora no Arkansas, adora filmes, séries e livros provocadores.

O livro chama-se A Morte de Sarai e conta a história de uma jovem americana, que sonhava em terminar os estudos e em poder ver a mãe se livrar das drogas. Então, um dia ela é levada pela mãe até o México, onde é negociada e passa a viver como propriedade de um poderoso traficante de drogas. Lá na fortaleza onde vive, ela é a preferida de Javier e, mesmo sabendo das atrocidades que ele comete, sabe que a carga mais leve é dela e não das outras meninas, as quais ela vê morrerem com frequência.

Então Sarai passa a viver, desde os quatorze anos, sob a ameaça constante da morte e do estupro. Ela é submetida incessantemente aos desmandos de Izel, irmã de Javier que, por ter inveja de Sarai, a machuca e humilha sempre que pode. De certa forma ela já se habituou, afinal são nove anos em que vive assim e vê coisas ruins demais, coisas que marcam sua vida e sua personalidade de forma permanente.

Sarai, embora conformada, nunca tirou da cabeça a ideia de poder escapar e, numa noite, um homem misterioso aparece para negociar com Javier. Ele é sinistro, apavorantemente frio e intimidador. Ele vai até lá para negociar a morte de alguém, pois é um matador. É a chance que ela tanto esperou e, esgueirando-se pela escuridão, consegue se esconder no carro do matador chamado Victor e foge do lugar.

Conforme lemos, descobrimos que Victor e Sarai são parecidos em muitas coisas. Ele também foi doutrinado desde cedo para ser assim, frio e implacável, e vive uma situação da qual não tem escolha, nem possibilidades. Já Sarai, que tanto quer ser livre, vê-se presa a esse homem da pior forma que alguém pode ser preso. Ele é diferente de qualquer homem que ela já tenha conhecido, ele é imune a qualquer tentativa de sedução e não fará nenhum esforço para ficar com ela.

– Assim que ele me viu, percebi que minha vida tinha acabado. Não sabia como nem porquê, naquele momento, mas percebi e pronto. O modo como ele me olhava. Eu sabia…

O livro é muito mais do que esperei ao ver a capa e quando li a sinopse. De cara, fiquei com vontade de ler, mas assim que eu comecei a leitura, vi que era muito mais do que eu tinha pensado, é uma grande história. A autora não nos poupa de nada, as cenas de violência são reais e muito presentes, a questão do tráfico de drogas e de mulheres também é algo que nos revolta o estômago, mas é isso que dá uma veracidade à trama que nos deixa encantados e maravilhados. É tudo muito crível e desafiador. Somos apresentados a um mundo novo, diferente de tudo o que tem sido publicado ultimamente. Fiquei maravilhada, não queria que acabasse.

Victor e Sarai são personagens marcantes e de personalidade forte. São pessoas sofridas (mero detalhe...) mas fortes o suficiente para que tenhamos esperança por eles. Sarai, uma menina vítima das piores coisas, consegue ser uma mulher forte e determinada, inteligente e obstinada. Victor, só lendo para saber do que esse homem é capaz...

– Nasci em Boston – diz ele. – Tenho uma irmã. Um ano mais nova que eu. Minha mãe está em algum lugar de Budapeste. Meu pai está morto. Ele foi o primeiro que eu matei.

Bom, eu sei que escrevi e escrevi e não consegui transmitir metade do que queria; tenho esse sério problema quando gosto demais da leitura e não quero deixar spoilers… Então, aqui fica minha dica para quem gosta de um livro denso e ao mesmo tempo fluído, com características marcantes que caracterizam os livros mais adultos, onde nada é escondido. As cenas de violência são bem descritas, mas na medida certa, assim como são as cenas de sexo e as descrições dos lugares e dos demais personagens superintrigantes que compõem essa trama. Há uma imprevisibilidade no ar que deixa tudo maravilhoso.

Eu acho que agora eu sei o que se sente como quando uma pessoa passou metade de sua vida na prisão e é liberada de volta para o mundo. Eles não sabem o que fazer com si mesmos, eles não sabem o que fazer para se adaptar à sociedade. Eles constantemente olham por cima do ombro. Eles não podem dormir por cinco horas ou acreditar que eles podem escolher o que comer e quando comer. Violência, escuridão e confinamento é tanto uma parte deles que a metade deles nunca aprende de outra maneira.

Leiam, encantem-se pela novidade, aproveitem! Não é todo dia que temos em mãos um livro tão bom. Aguardo ansiosa pela continuação chamada O Retorno de Izabel.

Beijo e até a próxima!

Na Companhia de Assassinos:
01. A Morte de Sarai;
02. O Retorno de Izabel;
03. The Swan & the Jackal; 
04. Seeds of Iniquity;
05. The Black Wolf;

Outras capas:

  

Postagem válida para o Top Comentarista abril.


23 comentários

  1. oi flor, li os antigos e mais famosos livros da autora à bem pouco tempo e gostei bastante! neste, pelo visto, encontrarei uma trama diferente que não sei se me agradará
    apesar de tudo é válido comentar que a autora propõe um enredo muito real, por isso as vezes tão chocante e forte!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila, se vc gostou dos livros anteriores, acho que vai curtir bastante essa nova história, o modo envolvente da autora está ainda melhor. Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  2. Oi Lu!
    Esse livro tá bombando! Vi hoje em mais dois blogs.
    Não sei ainda se quero ler, pois é uma série e estou fungindo de séries!
    De qualquer forma, amei a dica e fico feliz que ele tenha te encantado!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rízia, eu juro que eu também tento fugir das séries, mas elas me pegam... Eu termino uma e logo já começo outra, eu nem sei quantas eu tenho em andamento, acho que nem vou contar, kkkk Adorei essa e quero logo o próximo livro. Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  3. Impactante. É o que posso te dizer deste livro. Até agora estou chocada e comovida com o que ocorreu a personagem. Foi uma das melhores leituras que fiz até o momento. Demais esta história.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth, também adorei conhecer a Sarai. Ainda bem que em breve temos o próximo livro, né? Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  4. Oi Lu,
    Gostou é pouco rsrs. O que eu não gostei muito é saber que é uma série =( mas saber que é mais surpreendente do que a resenha com certeza aumentou minha vontade de lê-lo.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Larissa, querida, obrigada pelo carinho e pela confiança... Espero que goste tanto quanto eu gostei. É uma série, né? Mero detalhe, hihihi... Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
    2. Detalhe haha. Acredito que irei gostar muuuito.
      Beijocas ^^

      Excluir
  5. Oi, tudo bom?
    Adorei a sua resenha e estou curiosa para ler esse livro desde que o vi como lançamento, li os outros livros da autora lançados aqui e amei, tenho certeza de que irei gostar muito de A morte de Sarai, um livro que realmente parece ser real, as atrocidades que essas mulheres sofrem, espero ter a oportunidade de ler o mais breve possível, e fico muito, mas muito feliz mesmo em saber que o livro é mais do você pensou, creio que também será mais do que eu imaginava, e gente a capa é linda.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, me surpreendi muito, muito mesmo, adorei cada capítulo, me envolvi, sofri e ri... Acho que vc vai gostar também, não tem como não... Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  6. Lu!
    Tenho essa dificuldade também, quando gosto muito de um livro, tenho dificuldade em fazer a resenha.
    O livro parece que retrata a realidade nua e crua de tudo que Sarai passou e gosto de livros assim, porque dão mais veracidade, e uma ficção, porém não uma fantasia.
    Adorei!
    “Passando para desejar a todos uma ótima e abençoada semana,que Deus esteja no controle de nossas vidas guardando e livrando de todos os obstáculos que possam surgir pelo caminho,pois com Deus no controle tudo dará certo.” (Andréia Godoi)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, que saudade de vc, que bom te ver por aqui. Fico feliz que tenha gostado da resenha e se interessado pela leitura, eu adorei e recomendo. Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  7. ola , adorei a resenhaa , o livro parece ser muito bom ! quando olhei a capa , imaginei outro tipo de livro , me interessei bastante por ele , concerteza vou ler ! nao faço resenhas , mais quando gosto muito de um livro , e dificil nao ficar pensando nele !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Raquel, que bom que vc gostou da resenha e se interessou pelo livro. É bem legal, beijo ;)

      Excluir
  8. ola , adorei a resenhaa , o livro parece ser muito bom ! quando olhei a capa , imaginei outro tipo de livro , me interessei bastante por ele , concerteza vou ler ! nao faço resenhas , mais quando gosto muito de um livro , e dificil nao ficar pensando nele !

    ResponderExcluir
  9. To louca para ler esse livro a historia dos protagonistas é bem forte e a autora pelo jeito nao poupou ninguem, com temas tao pesados alguns autores costumam dar uma suavizada na historia. O livro ja ta na minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafaela, é bem real e visível sim, mas não tão sofrido como a capa sugere... A leitura é ótima! Espero que goste tanto quanto eu, beijo ;)

      Excluir
  10. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história que parece ser mesmo excelente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milena, obrigada pelo carinho e pela confiança. Depois me conta o que achou, ok? Beijo ;)

      Excluir
  11. Oi Lú...
    Gostei de ver os elogios quanto a obra, e estou mudando de ideia em relação ao livro.
    Deve ser uma trama e tanto. Quero ler.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Lu querida essa é a primeira resenha desse livro que paro para ler e mais uma vez vc conseguiu plantar a curiosidade em minha mente. Pode ter certeza que sua resenha conseguiu sim descrever o clima da história. A tempos não leio livros nesse estilo, mas amei a indicação. O enredo parece forte e tenso mas passível a uma torcida para que tudo termine bem. Enfim amei saber mais sobre essa história.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  13. Oie
    Esse livro já é o proximo na minha lista de compras.Adorei a resenha,faz tempo que não leio um livro com uma trama tão bem elaborada onde os personagens principais não são aqueles mocinhos ingênuos.Algumas cenas parecem ser um pouco tensas e bem reais,e eu gostei da personalidade de Sarai.Espeeo ler muito em breve.
    beijos :)

    ResponderExcluir