31 de agosto de 2015

Lançamento - Editora Charme

Oi gente, tudo bem?
Já está disponível na Amazon o e-book ABRIL OBSTINADO de Aline Sant'Ana e publicação da Editora Charme.
A série De Janeiro a Janeiro foi criada pela Aline como forma de homenagear as leitoras mais chegadas. Ela fez um sorteio entre elas e as sorteadas "ganharam" uma história referente ao seu respectivo mês de aniversário, e além de ganharem a homenagem da história, elas escolheram o país onde a história iria se passar, os nomes dos personagens (com um ator e uma atriz para que ela pudesse se basear nas características físicas) e uma música para que ela pudesse se inspirar a cada enredo. E o nome da leitora sorteada vai na dedicatória do livro referente ao seu mês.

Skoob
Abril Obstinado - Aline Sant'Ana
Rebekah Blake e Ben Gold, atualmente o médico mais bem-sucedido de Nevada, namoraram por três anos. O namorado inteligente e inquebrável abalou seu mundo e a proporcionou momentos incríveis. No entanto, uma proposta irrecusável obriga Ben a mudar de cidade e acabar com o relacionamento.
Um ano depois, Rebekah descobre que Ben vai se casar. Ela o conhece bem e sabe que ele está prestes a cometer o maior erro de sua vida, casando-se com uma mulher que ele obviamente não ama; não depois de tudo o que viveram. Sem pensar duas vezes, Rebekah entra no carro e vai para Las Vegas, na tentativa desesperada de mostrar a Ben o quanto são bons juntos e, principalmente, que ainda há chance de viverem esse romance.


28 de agosto de 2015

O Despertar do Príncipe - Colleen Houck

Livro: O Despertar do Príncipe
Deuses do Egito #1
Autor (a): Colleen Houck
Número de Páginas: 384
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Quando a jovem de dezessete anos, Lilliana Young, entra no Museu Metropolitano de Arte certa manhã, durante as férias de primavera, a última coisa que esperava encontrar é um príncipe egípcio ao vivo com poderes divinos, que teria despertado após mil anos de mumificação.E ela realmente não poderia imaginar ser escolhida para ajudá-lo em uma jornada épica que irá levá-los por todo globo para encontrar seus irmãos e completar uma grande cerimônia que salvará a humanidade.Mas o destino tem tomado conta de Lily, e ela, juntamente com seu príncipe sol, Amon, deverá viajar para o Vale dos Reis, despertar seus irmãos e impedir um mal em forma de um deus chamado Seth, de dominar o mundo.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente!!! Hoje eu tô mega empolgada, aguardei tanto essa história, babei tanto na capa e agora conto para vocês o que achei dessa maravilha…

Falo de O Despertar do Príncipe, da diva Colleen Houck, publicado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro. Collen se declara uma leitora voraz, que adora livros com ação, aventura, temas paranormais, ficção científica e romance. Ela ficou mundialmente conhecida pela série A Maldição do Tigre, que já vendeu mais de 500 mil exemplares só no Brasil e em breve veremos os tigres no cinema. (yay!)

O livro começa no antigo Egito, na época dos grandes reis que estão ameaçados. Os tempos de paz e justiça estão sob a mira de um poderoso e maléfico ser, Seth. Então não há outra saída a não ser juntar os reinos e fazer da união a força que derrotará quem quer a destruição e o mal. A história se interrompe num momento bem interessante e somos jogados para o tempo atual, quando conhecemos a Srta. Lilliana Young, uma moça muito legal. Ela tem uma vida abastada, roupas de grife, bons estudos e, devido à influência dos pais, acesso ao que quer e quando quer. Mas a vida dela não é boa não, ela é pressionada, influenciada, aprisionada pelos pais que querem decidir sobre seu futuro. Eles são ricos e poderosos e não aceitam que a filha seja menos que isso e agora, quando ela tá terminando o ensino médio, eles escolherão o que ela vai ser na vida.

A moça está entrando em parafuso, mas ela nunca deixa demonstrar, ela segura tudo dentro de si, pois foi doutrinada desde muito pequena a fazer tudo o que os pais desejam que ela faça. Então chega a hora dela escolher (dentro das possibilidades dos pais) o melhor lugar para estudar e ela vai até o Met (Metropolitan Museum of Art) um de seus lugares preferidos para fugir da redoma de vidro que é sua casa. Quando chega lá, ela é encaminhada para uma área que está recebendo novas peças egípcias e começa a ouvir uns barulhos estranhos. Ao investigar melhor, ela dá de cara com o homem mais lindo e bronzeado que ela já viu, ele está com a cabeça raspada e usa um saiote plissado que beira à indecência.

Eu era inteligente. Era culta e sensata. Me dava bem com os adultos. Era o retrato de uma menina tranquila, calma e controlada. E nunca, nunca perdia o controle. Eu, Lilliana Jailene Young, estava correndo o risco de perder a cabeça por causa de um cara, um cara maluco, fascinante, inexplicável, impossível de entender.

Aturdida, nervosa, ela tenta fugir, mas esse homem maravilhoso a captura e a submete a um toque poderoso que lhe causa dor. Ele não entende o que ela diz, mas com seu poder, passa a falar inglês e diz a ela que ela será usada, compartilhará seus órgãos com ele até que ele ache seus potes mortuários, onde estão seus próprios órgãos.

Conversa vai, conversa vem, ela começa a saber mais sobre Amom, o príncipe egípcio que carrega os poderes do deus do sol. Ele é maravilhoso, protetor, mas Lily, como ele a chama, não acredita em nada do que ele diz, acha que é um louco fugido de um hospício, até que começa a unir os fatos e os acontecimentos e se convence de que ele é mesmo quem diz que é. Nesse momento, ela entende que isso seja talvez o melhor que terá da vida, ela se liberta e segue com ele para o Egito, disposta a ajudar a acordar seus irmãos e lutar contra o mal.

Suas sobrancelhas se abaixaram enquanto ele se concentrava, depois se ergueram quando sua boca se curvou para cima em um sorriso genuíno. Foi uma expressão tão solar, tão cheia de contentamento, que me peguei querendo me banhar naquele sorriso. Era como se o sol tivesse estado coberto por nuvens de tempestade mas naquele breve instante houvesse aparecido, aquecendo-me de um jeito que me fez querer vê-lo sorrir outra vez.

O livro é dividido em três partes e elas começam com a narração do que aconteceu no tempo antigo, como já contei no início da resenha. A forma como a autora tramou sua história com fatos que já sabemos da história do Egito e até mesmo coisas retratadas em filmes como Indiana Jones e a Múmia são incríveis e deixam o enredo encantador.

A exemplo da série anterior, A Maldição do Tigre, essa foi muito boa de ler, pois é muito bem ambientada. Fui levada para dentro das pirâmides, passeei pelo Nilo, me senti como se estivesse no  Cairo e também em Luxor. Os mistérios do Egito e a beleza do Príncipe deixam tudo ainda melhor. O embasamento e a pesquisa são tão bons quanto nos livros sobre a Índia.

Sem você eu seria uma balsa lançada em um mar revolto sem vela nem âncora. Estaria realmente perdido.

O final foi simplesmente incrível, a autora deixou muita coisa para os próximos livros o que me surpreendeu muito e me deixou absolutamente desesperada e desolada pela continuação.

Eu sei que eu escrevi e escrevi, mas acredito não ter dito metade do que eu gostaria, amei esse livro! Ele tem aventura, ação, fantasia, romance, luta, magia, poder, traição… (ufa!)

Leiam e divirtam-se com essas múmias poderosas e incrivelmente gentis.

Com toda a sinceridade, ele indagou:– Meu toque prova a você que sou homem de verdade, e não alguém que só existe nos seus sonhos?

Grande beijo, até a próxima!

Deuses do Egito:
01. O Despertar do Príncipe;
02. O Coração da Esfinge.

Outras capas:


Postagem válida para o Top Comentarista agosto.



27 de agosto de 2015

Pulsação - Gail McHugh

Skoob
Livro: Pulsação (Pulse)
Tensão #2
Autor (a): Gail McHugh
Número de Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Emily Cooper sempre pensou que iria se casar e viver ao lado de Dillon Parker. Porém, após conhecer Gavin Blake, toda essa certeza foi por água abaixo. Arrebatada pelo sexy empresário, ela se entregou a uma paixão avassaladora, mas que logo foi abalada por uma dolorosa revelação.
Mesmo com o fim do tórrido relacionamento, Emily percebe que está disposta a arriscar tudo para ficar com o homem que domina seus pensamentos e sonhos desde o dia em que se conheceram. Agora ela só pode se apegar à esperança de que Gavin ainda a deseje, apesar de todos os seus erros e defeitos.
Com o coração partido, Gavin se isola da sociedade e se fecha em um mundo autodestrutivo. Emily não está acostumada a ser forte, mas terá que encontrar dentro de si a coragem e a confiança necessárias para lutar por seu amor e trazer Gavin de volta.
Neste desfecho da série, os leitores ficarão ainda mais apaixonados por Emily e Gavin, envolvidos em uma jornada de perder o fôlego e acelerar a pulsação.




RESENHA por Katielle Borba.


Oi pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é do livro Pulsação de Gail McHugh e publicação da Editora Arqueiro. Este livro é a sequência de Tensão, vocês podem conferir a resenha clicando aqui.

Por muitos meses esperei ANSIOSAMENTE por Pulsação; o final do livro anterior me deixou abismada e eu precisava desesperadamente saber como iria continuar. Depois de ler este segundo livro, me sinto muito enganada, por meses esperei por uma coisa e quando ela veio, deixou uma sensação de perda de tempo. Alguns com certeza irão discordar da minha opinião, mas acredito que não tinha necessidade deste segundo livro, a autora poderia muito bem estender um pouco mais o primeiro e aí sim teríamos um livro ótimo.

Depois dos acontecimentos do livro anterior, Gavin e Emily estão destroçados e separados. Gavin foi embora, pois acredita que perdeu sua amada para sempre e Emily está tentando encontrar uma forma de tê-lo de volta para si. Essa situação dura os primeiros capítulos, mas logo depois tudo fica acertado e os dois seguem em frente. A partir daí começa minha frustração...

No primeiro livro eu não havia gostado de Emily, mesmo tentando entender os motivos de ela aceitar situações que só faziam o seu mal, na verdade acho que ela era cega, afinal não enxergava as coisas acontecendo bem na frente do seu nariz; acreditei que neste livro ela estaria melhor, mas para mim, continua a mesma chata e cheia de mimimi. Quando tudo se acerta entre ela e Gavin, promete a si mesma que quer começar um relacionamento sem mentiras, mas qual a primeira coisa que ela faz? Mente! Não consigo aceitar isso, ainda mais depois de tudo que eles passaram para ficarem juntos.

Gavin dispensa qualquer comentário meu, continua sendo o sonho de consumo de qualquer mulher sobre a face da terra. Durante o livro ele vai aceitando as situações que acontecem à sua volta de uma maneira que me deixou desconsertada, mas sei que só fez tudo isso por amor. Mas não pensem vocês que ele é um moço bonzinho; quando alguém machuca sua amada, ele não mede esforços para vingar-se.

Pulsação é narrado em terceira pessoa e alterna entre Gavin e Emily. Demorei mais que o normal para ler este livro, pois algumas partes foram muito cansativas e repetitivas; não me importo em ler uma cena erótica, mas em alguns momentos eu estava saturada delas.

Enfim, se você leu Tensão, este livro aqui é obrigatório, até porque é impossível terminar o primeiro sem ficar desejando desesperadamente o segundo. A leitura não foi de todo ruim e o primeiro livro compensa e muito; ainda tem o Gavin que apaga qualquer outro mocinho da sua cabeça, pois definitivamente um homem como ele não existe e ainda nos faz esquecer de todo dramalhão de Emily.

*sempre marco um ou dois quotes nos livros para deixar aqui para vocês, mas o Gavin é tão bom com as palavras que marquei uns vinte e foi difícil escolher somente alguns...

- Eu não posso prometer que as coisas vão ser sempre doces e ternas, porque, quando a gente briga, é para valer. Mas estou certo de que não vai ser um show de horrores, porque a gente ama com ainda mais vontade. O que posso prometer é que você vai sempre significar mais para mim do que a minha próxima respiração e que sempre vai ser você na minha vida. Mais ninguém.
- (...) A única coisa que eu vou fazer é sempre venerar estes lábios. Venerar este corpo. – Agarrando-a pela nuca com mais força ainda, Gavin tornou seu beijo ainda mais profundo. – Quando olho para você, tenho a sensação de olhar para outra metade de mim mesmo. Você preencheu o vazio da minha alma, por isso é uma deusa para mim. E é assim que eu sempre vou tratar você. Pelo resto da sua vida. Isso eu prometo.

Leitura recomenda.

Tensão:
01. Tensão;
02. Pulsação;

Outras capas:



   


Postagem válida para o Top Comentarista agosto.



26 de agosto de 2015

O Invencível - Vi Keeland

Livro: O Invencível (Worth The Chance)
MMA Fighter #2
Autor (a): Vi Keeland
Número de Páginas: 320
Editora: Charme
Compre aqui.

Sinopse: Conheça Liv Michaels.
Podem ter passado sete anos, mas conheço-o em qualquer lugar. Claro, ele cresceu em todos os lugares certos, mas os seus cativantes olhos azuis e o sorriso arrogante estão exatamente do jeito que me lembro. Mesmo que eu prefira esquecer.
Liv Michaels está quase lá. Ela é inteligente, determinada e está perto de conseguir o trabalho que sonhou por anos. O tempo curou suas feridas antigas e, até mesmo, seu coração partido da devastação de ser esmagado por seu primeiro amor.
Conheça Vince Stone.
As mulheres adoram um lutador, especialmente um bom. Sorte minha que sou muito bom. Mas há uma mulher que não está interessada. Não uma outra vez.
Vince "o Invencível" Stone é a fantasia de toda mulher... forte, sexy, confiante e totalmente no controle. Ele cresceu no meio do caos e aprendeu a nunca se envolver. Ele acredita que o amor pode derrubá-lo. Ele adora as mulheres, trata-as bem, coloca suas próprias necessidades antes da sua... nos momentos a dois. Mas, com a maior luta de sua vida se aproximando, seu foco deve estar no treinamento.
Quando o destino coloca Vince e Liv juntos novamente, não há como negar que a química ainda está lá. Mas será que Vince pode apagar as velhas cicatrizes do seu passado? Ou será que Liv é quem irá machucá-lo?

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Olá meus queridos, como vão?

Hoje trago para vocês um livro muito esperado por essa leitora que vos fala, kkkk… É O Invencível da Vi Keeland, segundo da série MMA Fighter e publicado no Brasil pela Editora Charme. Vi é uma nova-iorquina, mãe de três filhos e leitora ávida. Ela se diz uma advogada chata durante o dia e uma emocionante autora bestseller à noite! Viva a Vi!

O livro conta a história de Vince Stone, um lutador. Quem já leu O Destruidor de Corações (veja resenha clicando aqui) sabe muito bem que ele não é nenhum santo, muito longe disso. Ele era um cara problemático, que tem problemas familiares graves, com uma mãe drogada e sem nenhuma condição de cuidar dele. Só que agora o tempo passou, ele já é um homem (e que homem!) mas continua com uma vida toda errada. Ao menos agora, depois que Nico passou a treiná-lo, ele anda limpo, longe das drogas, mas sua vida amorosa é um desastre no que diz respeito aos relacionamentos e às jovens “decentes”. Ele termina todas as suas noites bebendo em algum bar e depois dormindo com alguma “pirigueti” que se ofereça para ele.

Bom, ele segue com sua vida “normal”, se dando bem com todas as que quer pegar. Um belo dia, quando ele chega para dar uma aula de apoio à mulheres que buscam escapar de agressões, dá de cara com Liv, uma antiga colega que o ajudou muito nos estudos quando ele precisava passar de ano para conseguir conquistar a confiança do treinador.

Liv é uma mulher bacana, esforçada, que está lutando por uma vaga num grande jornal, onde ela sempre sonhou em trabalhar. O problema é que ela tem uma concorrente mimada e sem nenhum escrúpulo, Summer, que não medirá esforços para passar a perna em Liv. A disputa é acirrada e uma quer fazer a matéria melhor que a outra, mas parece que Liv foi totalmente derrotada ao ter que fazer uma simples reportagem sobre um lutador. Que ruim, né? Assim que ela chega à academia, descobre que Vince Stone é o Vinny Stonetti, seu antigo colega de estudos. A tensão é incrível e o tesão também. Faíscas voam diante dos nossos olhos quando esses dois se encontram…

(…) Ele quer joguinho? Então ele vai descobrir que não sou mais a mesma menina que ele pensa que eu sou. Eu cresci desde que ele partiu meu coração no ensino médio. Muito.

Concomitante com essa nova história, onde Liv e Vince são os protagonistas, a autora segue nos contando sobre Nico e Elle. Eles estão bem presentes e são fundamentais no desenvolvimento dessa linda e sensibilizante, que nos leva a um final com lágrima nos olhos.

A história segue incrível e as cenas de sexo são enlouquecedoras, já que o lutador é também um grande dominador. Junto a tudo o que nos faz vibrar de emoção, temos muito mistério e uma situação que poderá fazer com que caia por terra esse amor tão bonito e tão verdadeiro. Segurem seus corações!

A edição está muito linda e sem erros… A escrita da autora está fabulosa, com capítulos intercalados e muito bem-feitos. Quando são assim, curtinhos, a gente lê muito mais rápido. Sigo aguardando com muita ansiedade a continuação dessa história excelente.

– Quer dançar?…
– Eu não danço.
– Nunca aprendeu? Pergunto, quando ele mergulha a cabeça no meu cabelo e encontra um ponto sensível no meu pescoço…
– Não disse que eu não sei, disse que eu não danço.
– Você sabe dançar? Minha voz começa a mostrar minha distração conforme as mordidinhas descem pelo meu ombro. (…)
– Claro que sei, mas prefiro dançar com você na horizontal.

Beijo, até a próxima!

MMA Fighter:
02. Invencível;
03. Worth Forgiving.

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista agosto.



25 de agosto de 2015

Lenda Urbana - Glaucia Santos

Livro: Lenda Urbana
Autor (a): Glaucia Santos 
Número de Páginas: 179
Editora: Sollo Editorial
Compre aqui.

Sinopse: Quem nunca realizou jogos que mexiam com o sobrenatural quando adolescentes? Quando um grupo de amigos resolve se divertir, acaba descobrindo que nem sempre esses jogos são apenas brincadeiras inocentes e que no final o preço a ser pago é extremamente alto... Anos depois, fatos estranhos ocorrem, trazendo de volta o terror daquela noite. Patrícia sabe que não são coincidências e busca desesperadamente por respostas que podem salvar a sua vida e dos seus amigos. Ao seu lado está Leonardo, mas ela não sabe até que ponto pode confiar nele e quais são suas verdadeiras intenções. Com o coração completamente fechado e amargurado, sua única certeza é que o jogo ainda não acabou e que o mal está mais próximo do que todos imaginam.

RESENHA por Katielle Borba.

Ei gente, tudo bem?

A resenha de hoje é sobre um livro de uma das minhas autoras nacionais favoritas. Lenda Urbana é da autora Glaucia Santos e publicação da Sollo Editorial.

Antes de mais nada quero dizer que sou muito medrosa, muito mesmo. Nunca assisto filmes de terror e não gosto que me contém histórias macabras, por isso relutei em ler Lenda Urbana; o livro ficou muito tempo por aqui e eu só namorando ele de longe. Mas como foi a Glaucia que escreveu é claro que eu não deixaria de ler, só estava criando coragem.

Lenda Urbana inicia com um grupo de amigos fazendo o tão falado jogo do copo; para quem não sabe ou nunca fez, é aquele em que as pessoas sentam em círculo com um tabuleiro e um copo, essas pessoas invocam um espírito para que suas perguntas sejam respondidas. Os amigos do livro estão bem animados com o jogo, mas algo dá errado e tudo fica fora de controle. Depois do ocorrido essas pessoas se separam e anos se passam, mas o jogo ainda não acabou e o espírito invocado muitos anos atrás está de volta e quer vingança.

Antes de mais nada preciso falar da edição de Lenda Urbana, o livro está nada menos que lindo. A capa é perfeita e diz muito sobre a história; a diagramação é maravilhosa, todos os capítulos são trabalhados, temos folhas pretas e imagens sombrias, algo que dá um charme para o livro.

A protagonista de Lenda Urbana é Patrícia; desde criança ela sempre foi fascinada pelo sobrenatural, é fã de filmes de terror e afins. Desde a fatídica noite do jogo do copo sua vida mudou, Patrícia sente que está sendo observada e parece que está em constante pressão. Quando o passado volta a assombrá-la ela não sabe que direção tomar ou o quê fazer a respeito.

Posso não gostar de histórias de terror, mas adorei este livro. A história é narrada por Patrícia e em alguns momentos pelo espírito que a persegue. A narração é envolvente e o suspense presente é de arrepiar. Com uma história rica em detalhes, a autora não nos poupa em nenhum momento, ainda mais nos acontecimentos obscuros.

Gostei bastante da Patrícia, ela corre atrás de seus sonhos e não se abala por qualquer acontecimento; ela tem medo como qualquer pessoa normal, mas segue em frente e tenta resolver tudo. Como ela é fã de filmes de terror a autora trouxe muitas referências sobre o tema (não que eu vá ver algum kkkkkkkk), mas para quem gosta é um prato cheio.

Enfim, com certeza indico este livro; história envolvente e cheia de segredos. Minha única ressalva é que eu gostaria muito que o livro tivesse mais umas 100 páginas, porque olha, será difícil esperar a continuação. Espero que a autora não nos torture tanto.

Lenda Urbana está disponível em formato digital na Amazon, vocês pode conferir clicando aqui.

Obrigada a Glaucia pela oportunidade de ler mais uma de suas obras

Ele ficou um bom tempo tentando explicar e me sentia fraca só de pensar em tudo aquilo. Percebi como é perigoso brincar com o desconhecido e fazer rituais satânicos, com ou sem conhecimento de causa. Uma brincadeira de criança, que não deveria ter maiores consequências, estava destruindo vidas. Tudo isso por causa da curiosidade. Da minha curiosidade. Se arrependimento matasse eu estaria morta.

Leitura recomenda.

Postagem válida para o Top Comentarista agosto.


24 de agosto de 2015

O Preço do Desafio - Maisey Yates

Livro: O Preço do Desafio
Autor (a): Maisey Yates
Número de Páginas: 183
Editora: Harlequin
Compre aqui.

Sinopse: O sabor da vingança…
A princesa Samarah Al-Azem sabe que vingança é um prato que se come frio. E ela está pronta para derrotar Ferran, o inimigo de seu reino e o homem que tirou tudo o que lhe pertencia. Em uma noite de breu, Samarah espreita Ferran nos aposentos dele… Não era a primeira vez que ele se encontrava na ponta de uma lâmina, porém, nunca fora ameaçado por uma assassina tão bela. Mas logo o impiedoso sheik a tem sob seu poder… algo que desejava havia anos. Agora Samarah precisa decidir entre ser aprisionada ou transformar-se na esposa de Ferran.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi pessoal,

O comentário de hoje é sobre o livro O Preço do Desafio de Maisey Yates e publicação da Editora Harlequin.

A história é sobre o Sheik Ferran Bashar e a princesa Samarah Al-Azem. No passado as famílias dessas duas pessoas brigaram e a princesa Samarah foi dada como morta, assim como todos os seus familiares. Dezesseis anos após o acontecido, ela está de volta e disposta a vingar-se do homem que arruinou a sua vida, o Sheik.

Há bastante tempo eu não lia um livro da Harlequin, neste final de semana senti saudades e embarquei nessa história que se passa nas areias do deserto. O Preço do Desafio é um livro bem fofinho e cheio de segredos. Fiquei surpresa com algumas revelações sobre o Sheik; pensei que a autora iria fazer com que ele, no início, fosse o vilão de tudo, mas que no final se revelasse um verdadeiro mocinho, porém até o Sheik Ferran tem sua parcela de culpa nos acontecimentos do passado.

A princesa Samarah é bastante sofrida, passou muitas dificuldades, mas nada que não pudesse enfrentar. A moça até tenta levar adiante sua vingança, só que quando põe os olhos em Ferran sua determinação fica abalada. No início ele é bastante duro com ela, mas logo propõe casamento, algo que beneficiará a ambos.

O Preço do Desafio tem uma história bem leve, sem muitos dramas; na verdade acho que o maior acontecimento é o Sheik ser celibatário há 16 anos kkkkkkkk. O amor entre os protagonistas é bem fofo; somos apresentados a alguns costumes do local e a autora também citou o desenvolvimento da cidade onde o Sheik vive.

Não é o melhor livro que já li desta autora, que por sinal gosto muito; confesso que fiquei um pouquinho decepcionada com a história, esperava mais, pois já li livros maravilhosos dela, mas enfim, se você quiser uma leitura leve e com um Sheik quase virgem, indico a leitura.

- A paixão é mais complexa, e as pessoas costumam subestimá-la. A paixão é perigosa – disse ele. – Por outro lado o casamento é um acordo legal, nada perigoso. Não por si só. Mas acrescente a paixão e é como atirar um fósforo na gasolina.

Leitura recomendada. 

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista agosto.


21 de agosto de 2015

Lançamento - Editora Novo Século

Oi pessoal,
Conheçam mais um lançamento da Editora Novo Século.

Canção do Cuco, da autora britânica Frances Hardinge, é a grande aposta da literatura estrangeira da Novo Século Editora para agosto. O YA de terror também marca o début da
consagrada escritora no Brasil.

Canção do Cuco de Frances Hardinge.
Este é o sexto livro de Frances Hardinge, sendo seu primeiro lançamento no Brasil. Lançado na Inglaterra em 2014, Canção do cuco foi indicado pelo Guide Book 2014 como o melhor livro para o público juvenil.  Também foi escolhido como um dos 100 melhores clássicos infantis modernos pelo jornal inglês Sunday Times e indicado para os prêmios James Herbert e da Associação Científica Britânica, na categoria de melhor romance de ficção, além do Prêmio Fantasia 2015.

A autora conduz o leitor pelos caminhos sombrios trilhados pela jovem Triss Crescent que, ao acordar após um acidente, percebe-se dentro de um pesadelo sem fim ao constatar que algo terrivelmente errado está acontecendo com ela e com o mundo ao seu redor. De início, sente uma fome insaciável e implacável. Depois, a própria irmã demonstra estar apavorada com a simples presença de Triss, que, além de tudo, chora teias de aranha.

Ao procurar seu diário para ter alguma pista sobre o que possa ter acontecido, percebe que as páginas foram arrancadas. Uma terrível sensação de estranheza a invade quando ela suspeita que não é quem imaginava. Sua única saída, então, é enfrentar um mundo hostil em busca de sua verdade e de si mesma. Antes que seja tarde demais.

Além de provocar arrepios nos apreciadores do gênero terror, Canção do cuco é um romance extremamente bem-escrito, capaz de causar as mais variadas sensações no leitor, com uma densidade que só uma autora do calibre Hardinge apresenta. Ela demonstra essa habilidade desde o seu primeiro conto sombrio, escrito aos seis anos. Nele, a pequena Frances conseguiu criar situações tenebrosas como um envenenamento, um assassinato simulado e um vilão atirado de um penhasco; tudo isso em apenas uma única página!

Pelo processo mágico da leitura, o leitor será transportado para a Inglaterra pós-Primeira Guerra Mundial e vivenciará, com os personagens, as dificuldades de sobreviver em um período tão angustiante.

Canção do cuco é, sobretudo, um livro que versa sobre as diferenças entre as pessoas, suas identidades reais e imaginadas, sobre a autonomia e a liberdade de, finalmente, conseguirmos ser quem realmente somos. Essa fantástica contadora de histórias ainda manda um recado para o seu leitor: fique atento, pois nada é o que parece ser. Nem você.

Sobre a autora:
Frances Hardinge passou sua infância em uma enorme e antiga casa de uma pequena aldeia em Kent. Essa região isolada da Inglaterra rural, onde o vento uiva o tempo todo, tornou-se o cenário ideal para os romances de Frances, que, desde pequena, escreve suas histórias sombrias e cheias de mistério. Seu amor pelas Letras e pelos lugares sombrios a levou a estudar Inglês na célebre Universidade de Oxford, em meio às suas torres medievais, capelas e pequenas gárgulas em pedra tomando conta das suas entradas. Canção do cuco é seu sexto romance, sendo seu primeiro lançamento no Brasil. Foi listado pelo CILIP Carnegie Medal em 2014.


20 de agosto de 2015

Escolhas - Cristina Valori

Livro: Escolhas
Autor (a): Cristina Valori
Número de Páginas: 254
Editora: Qualis
Compre aqui.

Sinopse: Quem determina o que é certo ou errado? Como saber qual caminho seguir? O que nos garante a certeza de ter feito a escolha correta? Será que a razão deve prevalecer ou seguir o coração é sempre o melhor? Você conseguiria viver sabendo que as suas decisões podem mudar tudo? Por que o destino as vezes nos testa?
Para Fabiana nada poderia mudar a sua história. Ela sempre teve esta certeza, até que a vida provou que nem sempre é fácil decidir qual rumo tomar. Que o seu coração é quem comanda e a guiará para a decisão correta.
Em um sábado como outro qualquer, Fabiana se vê diante de uma situação que mudará a sua estrutura, deixando-a com dúvidas sobre a sua, perfeita, vida. Ela será obrigada a fazer a sua escolha, quando o destino exige uma decisão.
Como não se entregar ao verdadeiro amor? Como viver sem se sentir culpada? E por quê? Porque ela estava sendo
testada daquela forma?
Essas e outras perguntas começaram a fazer parte do seu dia a dia, desde o momento que resolveu seguir os seus sentimentos.
E você? Faria o que? Seguiria o seu coração?

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente linda, tudo bem?

A resenha de hoje é sobre o livro Escolhas de Cristina Valori e publicação da Qualis Editora.

Escolhas conta a história de Fabiana. Um mulher que tem uma boa vida; um marido que a ama, três filhos lindos, um bom emprego e uma família linda. Porém Fabiana não está satisfeita, na verdade ela não sabe que não está satisfeita até um acontecimento abalar suas estruturas. A partir deste momento ela passa a viver no limite, viver entre fazer o certo e o errado, viver com muitas escolhas para tomar; escolhas essas que podem acabar de vez com sua vida perfeita.

Recebi este livro da Qualis e iniciei a leitura sem ler a sinopse, coisa que normalmente faço. A narrativa da autora me deixou bastante surpresa, não esperava algo tão dinâmico; Fabiana narra sua história e é como se estivesse conversando conosco. As dúvidas que tem diante dos fatos que estão se apresentando, ela “pergunta” aos leitores, não que nós fossemos dar uma reposta, mas com este modelo me senti muito próxima dela, como se eu fosse sua melhor amiga. Outras pessoas que fazem parte da trama também tem sua narração e isso foi bastante importante, pois só assim sabemos o que se passa com todas as partes envolvidas.

Vivi uma relação de amor e ódio com este livro, afinal um dos temas tratados nele é traição. Foi muito difícil para mim ficar ao lado de Fabiana; por mais que eu entendesse tudo o que ela estava passando, não entrava na minha cabeça ela fazer isso com uma pessoa que esteve e está ao seu lado por tantos anos. Confesso para vocês que nutri muita raiva dela, em alguns momentos pensei em abandonar o livro, pois não gosto de ver as pessoas sofrendo por isso. Não pensem que isso é um spoiler, pois a história vai muito além deste fato.

Conforme a história se desenrola, podemos conhecer os dois lados da moeda, de um lado Fabiana e todas as suas dúvidas e de outro Gustavo, o cara por quem ela se apaixonou.  É até difícil não ficar apaixonada por Gustavo, pois ele é um homem incrível.

Escolhas me deixou cheia de sentimentos controversos, foi complicado decidir se eu gostava ou não deste livro. A autora inseriu muitos elementos a trama, situações que me deixaram cheia dúvidas e logo me vi tendo que fazer escolhas junto com Fabiana.

Enfim, foi um livro bastante reflexivo e acredito que está foi a intenção da autora. Ela colocou situações onde Fabiana tinha que pensar nas suas opções e decidir qual era o melhor caminho a seguir; em muitos momentos foi complicado, pois eram muitas coisas a levar em conta e consequentemente, muitos acontecimentos depois disso. Às vezes a escolha do coração não era a mais acertada e ela teve que optar pela razão.

A Qualis caprichou bastante na edição do livro; a capa está linda e em cada página temos detalhes diferentes. Outra coisa que gostei muito foi a playlist da autora, me identifiquei com muitas músicas e em algumas partes parei para ouvir e pude sentir todo realismo e sentimento da história.

Depois de ler tudo e refletir muito, decidi que sim, eu gosto deste livro. Os acontecimentos me deixaram bastante emocionada e a história é tão real que poderia acontecer com qualquer um de nós.

-Tentei te esquecer, mas não consegui. Tirar você da minha cabeça e do meu coração, mas não deu. Esse último mês foi um inferno para mim. Precisava te ver mais uma vez, te sentir, ouvir a sua voz e ver o seu sorriso. Por isso estou aqui hoje. Não sei onde isso vai dar. Tenho tantas perguntas, dúvidas. Queria entender o que está acontecendo comigo e porque agora. 

Leitura recomendada

Postagem válida para o Top Comentarista agosto.


19 de agosto de 2015

Promoção - Aniversário 2 Anos Paradise Books

Olá pessoal! Tudo bem! 
O mês de agosto, é o mês do Paradise Books. Estamos completando 2 anos no ar, e é com muita alegria e com o apoio de blogs amigos e parceiros, iremos realizar alguns sorteios, com livros que com certeza você quer na sua estante. Confiram o regulamento, preencham os formulários corretamente, e boa sorte! :)





Formulário:

Formulário:

Formulário:


Formulário
Obs.: A Caneca é personalizada do Blog Vícios em Três.

Informações do sorteio:
  • Os blogs terão o prazo de 45 dias ÚTEIS para o envio dos exemplares.
  • Caso uma tentativa de envio seja realizada e por motivo de ausência, ou endereço informado incorretamente o prêmio retorne para o blog responsável, o mesmo só será enviado novamente se o vencedor pagar por um novo envio, caso contrário, não será realizado uma nova tentativa e o vencedor ficará sem o prêmio.
  • O vencedor terá 48 hrs pra responder o email da promoção, caso contrário será realizado outro sorteio.
  • O Sorteio será realizado dia 18/09/2015. E o resultado estará nesse mesmo post nos formulários.
  • Preencham os formulários corretamente. 
BOA SORTE À TODOS! 



18 de agosto de 2015

Entre a Vingança e o Desejo - Joanna Fulford

Livro: Entre a Vingança e o Desejo 
(Defiant In The Viking's Bed)
Victorious Vikings #3
Autor (a): Joanna Fulford
Número de Páginas: 288
Editora: Harlequin
Compre aqui.

Sinopse: Consumido pela vingança… e pelo desejo.
Capturado pelo inimigo e acorrentado como um animal, o viking Leif Egilsson tem apenas um pensamento: vingança. Ele não será mais enfeitiçado pela beleza ardilosa de lady Astrid. Após a fuga, Leif decide fazê-la pagar pela traição e usará todas as armas para possuir o que mais anseia: a inocência de Astrid. Contudo, ela tem o coração de uma guerreira, e não será domada tão facilmente quanto Leif acredita...

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi, como vão?

Hoje eu trago para vocês a resenha de Entre a Vingança e o Desejo, escrito pela Joanna Fulford e publicado pela Harlequin. O livro é o número 157 dos históricos que a editora publica mensalmente e conto agora o que achei ;)

O livro já começa cheio de ação e emoção. Conta a história de um guerreiro viking chamado Leif Egilsson e do Rei Halfdan que, ignorando todos os perigos, com bravura e muita estratégia, resgatam Ragnhild, futura rainha e também conseguem salvar sua dama de companhia, Lady Astrid. Ambas foram roubadas por Hakke, inimigo comum tanto do rei quanto de *jarl Leif.

Após o resgate bem-sucedido, Astrid se apaixona por Leif, durante as festividades do casamento, mas mal sabe ela que seu tio tem outros planos. Como seu guardião e ruim como só ele é, não vai deixar de perder a oportunidade de usar o casamento da linda sobrinha para angariar alguma vantagem política e/ou econômica. Assim, de uma hora para outra, tudo parece desmoronar na vida de Astrid, pois ela descobre que seu noivo é primo do vilão Hakke, um homem que, além dos piores adjetivos possíveis, age com muita maldade e mata por prazer. Ela sabe que não conseguirá ser feliz com alguém assim, ainda mais tendo Leif na cabeça o tempo todo. As coisas acontecem com muita rapidez e Leif propõe que eles fujam e que a moça passe a viver com ele. Ela sonha com um casamento honrado, mas diante da falta de opção, ela aceita a proposta de Leif. Mas, durante a fuga, eles são pegos e Leif é capturado, tratado como escravo e sofre as piores punições.

Para piorar tudo ainda mais, o tio maquiavélico faz tudo parecer que foi com a ajuda de Astrid, e Leif, que já é um homem sofrido, com um passado de dor e lutas, transforma-se em um homem que beira a selvageria, movido pelo ódio e pela vingança. Ele tem o pé atrás com qualquer relacionamento afetivo, pelo que passou nas mãos de sua antiga esposa, agora então… Será que nada mais o fará acreditar no amor de uma mulher?

Os acontecimentos são incríveis e muitas as reviravoltas. Os planos do malvado tio de Astrid são frustrados quando Leif consegue ser resgatado por seus homens, mas antes de sair ele leva como escrava, Astrid, que se casaria no outro dia com o homem mau escolhido pelo tio. Ela será mantida prisioneira e sofrerá humilhações daquele que ama. Mas vou confessar uma coisa: que mulher forte e corajosa! Com que grandeza ela enfrenta os temores e também o homem frio que Leif se tornou.

Astrid estremeceu de novo. Independentemente do que acontecesse, ela precisava proteger Leif. Protegê-lo e ajudá-lo a fugir.

As coisas evoluem de forma muito bem planejada e a química que rola entre eles é incrível, parece que algo bombástico acontecerá a qualquer momento. Eles brigam e desconfiam muito um do outro, mas a cada nova motivação, percebemos que o que sentem um pelo outro só fica mais forte. Leif é teimoso, desconfiado de tudo e de todos, mas a beleza de Astrid e seu modo carinhoso, forte e servil não dão sossego à cabeça e ao coração do guerreiro.

A exemplo dos outros livros que li da autora, a gente demora algumas (poucas) páginas para entrar no clima do livro, pois ele passa em um tempo longínquo e os nomes são bem diferentes, mas depois disso o livro engrena e fica maravilhoso. Li os anteriores e gostei muito; este não deixou a desejar, foi muito bom de ler também. É uma leitura fluída, cheia de bons momentos, daqueles que enchem nosso coração de alegria e eu indico para quem gosta de romances de época, essa autora é uma das minhas preferidas. Joanna mantém o padrão de escrita e de enredo em todos os livros, isso é muito bom em uma série, mesmo que os livros não sejam sequência uns dos outros.

A bondade é mais natural para você, mas também me influencia, e eu estou mudando e melhorando a cada dia que passa por sua causa.

Leiam, aproveitem bem o guerreiro viking ;) e até a próxima!

*jarl = conde

Victorious Vikings:
03. Entre a Vingança e o Desejo;
04. Surrender to the Viking.

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista agosto.


17 de agosto de 2015

Notas Quentes - Jay Crownover

Livro: Notas Quentes (Jet)
Homens Marcados #2
Autor (a): Jay Crownover
Número de Páginas: 312
Editora: Vergara & Riba (V&R)
Compre aqui.

Sinopse: Quando Jet Keller sobe no palco com aquela voz meio rouca, dedilhando intensos acordes de guitarra, todas as garotas vão à loucura. O corpo tatuado, o cabelo rebelde e o olhar sedutor fazem desse roqueiro um grande conquistador, capaz de levar a mulher que quiser para a cama. Muitos garotos sonham com a estudante de química, Ayden Cross. Seus olhos cor de uísque, as pernas supercompridas, o ar de mistério e até o seu sotaque fazem qualquer um perder o juízo. Mas Jet é o único homem capaz de enlouquecê-la e tirá-la de sua vida certinha. Há muito tempo que Ayd e Jet se desejam, mas por acreditarem que são um o oposto do outro, têm evitado essa paixão. Porém, um desejo assim tão ardente não pode ser contido por muito tempo e o que está para acontecer entre esses dois será avassalador. Notas quentes é um romance tórrido, cheio de revelações e com intensas cenas de amor que irão ficar gravadas em você tal como um rock sedutor.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente, tudo bem?

A resenha de hoje é sobre o livro Notas Quentes da Editora Vergara & Riba. O livro faz parte da Série Homens Marcados e foi escrito por Jay Crownover.

A Série Homens Marcados fala de um grupo de amigos tatuados, lindos e cheios de problemas. Em cada livro temos um casal diferente, mas esse grupo de amigos é tão ligado que são presença constante em todas as publicações. Em Notas Quentes não seria diferente, pois a história de Ayden e Jet começou no livro anterior, Na Sua Pele (resenha aqui).

Eu já havia ficado bastante curiosa com os dois, pois claramente alguma coisa havia acontecido entre eles, mas não ficamos sabendo. Em Notas Quentes somos apresentados ao fato logo nas primeiras páginas; Aid desejou Jet no momento em que pôs os olhos nele, ela tentou manter-se distante, mas não conseguiu. Então, numa determinada noite ela se joga para cima dele e é rechaçada. Jet acha que Aid é boa demais para ele, por isso e com muito custo, recusa passar uma noite com ela. Só que isso tem consequências, pois os dois sentem uma atração muito forte e depois que passam a conviver sob o mesmo teto, fica mais difícil resistir a essa paixão.

Vocês já devem estar cansados dos meus surtos por “mocinhos” cheios de problemas, mas gente, essas autoras ainda irão me matar. Sei que a cada semana perco um pedaço do meu coração, mas esses caras acabam comigo. Com Jet não foi diferente, no livro anterior eu já tinha um quedinha por ele, mas nesse aqui, eu gostaria de pegâ-lo no colo e tirar todo sofrimento dele (estou sendo piegas demais kkkkk).

Notas Quentes é narrado em primeira pessoa e pelos dois protagonistas. Ao contrário do livro anterior, onde fiquei muito incomodada com a tradução cheia de gírias, este aqui está maravilhoso. Tem algumas gírias, mas nada tão cansativo como em Na Sua Pele.

Jet toca numa banda de heavy metal; ele poderia ser um cara famoso, pois tem muito talento, mas não é isso que ele quer para sua vida. Seu objetivo não é sair em turnê e conquistar uma multidão de fãs, ele está bem satisfeito vivendo em Denver, cercado de amigos e fazendo o que gosta. Claro que muita gente não entende isso e uma dessas pessoas é o seu pai, que é grande parte da raiva e do sofrimento que Jet sente. Ele extravasa todos esses sentimentos ruins cantando (gritando) no palco. Pela descrição que a Aid fez, ele não é nada convencional, mas também não é nada que eu não esperasse; muitas tatuagens, muitos piercings, jaquetas com taxas de metal e calças de metaleiro.

Aid foi um sério problema para mim. No livro anterior eu havia simpatizado muito com ela, mas aqui, eu gostaria de dar uns tapas. A vida dela é bastante sofrida, ela guarda muitos segredos, tenta ser uma pessoa que na verdade não é; tudo isso para fugir do seu passado obscuro. O problema dela é que ela é cheia de mimimi; não toma atitudes que tem que tomar, fica pensando no que os outros irão achar dela e ainda se afasta de Jet, pois acha que ele não irá gostar de quem ela foi no passado. Se Aid tivesse sido sincera desde o início teria poupado muito sofrimento... 

Notas Quentes, e acredito que em todos os outros livros da série, trata muito da amizade e companheirismo. Estou adorando ver como pessoas diferentes se dão tão bem, são melhores amigos e acolhem até mesmo aqueles que não merecem. Outra coisa que gosto bastante é que a autora não se esqueceu dos personagens principais do livro interior; eles estão presentes cheios de amor e com alguns conflitos a serem resolvidos.

Para quem gosta de new adult este livro é leitura obrigatória. Por muito tempo agradecerei a Vergara & Riba pela agilidade e por estas publicações.

O próximo livro da série será de Rome, irmão de Rule (personagem do primeiro livro). Rome lutou na guerra e agora está volta e cheio de cicatrizes. O par dele será a Cora e creio que sairão faíscas desta história.

Leitura recomendada.

Homens Marcados:
02. Notas Quentes;
03. Rome;
04. Nash;
05. Rowdy;
06. Asa.

Outras capas:

  

 Postagem válida para o Top Comentarista agosto.