30 de setembro de 2015

O Retrato da Condessa - M. S. Fayes

Livro: O Retrato da Condessa
Autor (a): M. S. Fayes
Número de Páginas: 176
Editora: Qualis 
Compre aqui.


Sinopse: Ela não sabia o que o destino lhe reservara. Ele não imaginou o que o futuro lhe traria.
Num encontro casual, Laura e Vincent veem suas vidas mudarem drasticamente. Passado e futuro se juntam de maneira espetacular, em um amor atemporal.
Quando Laura viajou com suas amigas para um hotel charmoso em Londres, não esperava se deparar com um homem elegante e de porte aristocrático em seu quarto.
Se Vincent Kildare, Conde de Lilwith, conseguisse usar apenas uma palavra para descrever os eventos que vivenciou, certamente seria “inacreditável”.
Dois mundos diferentes, que colidem e resultam num amor que nem mesmo o tempo pode apagar.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente, como estão?

A resenha de hoje é do mais recente livro da Editora Qualis. Chama-se O Retrato da Condessa e é escrito pela brasileira M. S. Fayes. Já li um livro dessa autora e gostei bastante e com esse não foi diferente.

O livro conta a história de Laura e do Conde de Lilwith. Ela vive no tempo atual, ele em 1817. A forma como eles se encontram é um tanto esquisita, para dizer o mínimo… Vincent Kildare está em uma festa, na casa de alguns amigos, quando começa a não se sentir muito bem. Ele é muito bem recebido em Londres e por onde quer que vá, mas não se sente muito bem. Ele não está confortável com os cheiros do ambiente, nem com o assédio das moças... Kildare sente que sua cabeça vai explodir, então o amigo anfitrião lhe indica um quarto de hóspedes, onde ele possa descansar um pouco. No caminho, ele nota um quadro torto na parede, ajeita-o e segue para o silêncio e o aconchego de uma cama. Chegando lá, tira seu casaco e estica as pernas na cama, fecha os olhos, mas um barulho esquisito o impede de relaxar; assim que ele senta na cama, uma moça muito pouco vestida e portando uma espécie de arma gótica, sai do quarto de banho e se surpreende
 com o homem tão belo deitado em sua cama.

Vincent Kildare não podia acreditar no que estava vendo. Nem no auge de sua mais libertina vida poderia esperar uma dama seminua entrando sorrateiramente no seu quarto, que na verdade não era seu, e o atacando verbalmente fingindo-se de ofendida. Aquilo só poderia ser uma armação de mais uma mãe enlouquecida que gostaria de ver a filhinha mimada casada com um partido riquíssimo como ele...

O enrosco está feito, Laura não aceita aquele estranho em seu quarto, mas, ao mesmo tempo, em que tenta agredi-lo e expulsá-lo, vê nele algo genuíno e sincero. Seus modos não podem ser de um ator, pois são tão diferentes, tão verdadeiros, ele é tão belo, forte, encantador… Já ele, está apavorado com os modos da moça, que veste-se com muito pouco pano e profere palavras nem um pouco respeitosas. Intrigado, sem ter noção do que está acontecendo, ele contará com a ajuda dela para entender que, na verdade, ele viajou no tempo.

Juntos, eles vão descobrir que o quadro é a chave, mas como vão reverter essa situação? Depois de conviver com esse homem maravilhoso, ver o quanto ele é especial, Laura não quer mais ficar longe dele. Acontece que Vincent é um homem cheio de responsabilidades no seu tempo, é guardião de suas irmãs e não pode abandoná-las simplesmente porque está apaixonado em 2014. Então ele decide voltar para a sua Inglaterra do século XIX, para dor e tristeza do casal.

… Seus dedos não cansavam de acariciar a pele sedosa de Laura. E Kildare pensava em como viveria sua vida sem aquela mulher. Definitivamente ele tinha se apaixonado por ela.

O livro é muito lindo, as cenas de encontro e reencontro são muito boas. Reconheço que o livro poderia ter bem mais páginas e que isso não seria nem um pouco ruim, primeiro porque eu fiquei mesmo com vontade de ler mais e depois por perceber que ele poderia ter sido mais encorpado, mais explicado. De maneira alguma estou dizendo isso de forma negativa, pois tem a ver com um enredo muito bom e depois porque a autora escreve muito bem.

O ponto alto do livro são os momentos engraçados, Laura é muito moderna, divertida e não tem nenhum freio na língua, nem nos palavrões, deixando o Conde enlouquecido. Bom, Laura deixa o coitado maluco em vários sentidos, especialmente quando ele descobre as peças íntimas da moça kkkkk.

Ca-ra-lho. Como as pessoas conseguiram sobreviver às sacudidelas de lá pra cá em uma carruagem de merda era algo que Laura pensava enquanto enfrentava a difícil tarefa. Embora ela sempre tenha achado extremamente romântica a mais remota citação de um passeio em uma carruagem, na prática ela via que a coisa mudava de figura.

Outra coisa muito boa foi ver a forma como Laura lida com uma certa pirigueti travestida de dama da sociedade, que fará maldades inimagináveis para tentar roubar o Conde delícia (como ela o chama), de seus braços. O que a moça vinda dos tempos modernos fará, além de surpreendente, será motivo de muitas risadas e também nos proporcionará os momentos de maior raiva durante a leitura. Também fiquei com vontade de acabar com aquela ruiva nojenta, kkk.

Bom, só tenho coisas boas para falar, me diverti muito e queria pedir, de coração, que a autora escrevesse uma continuação dessa bela história, já que tivemos ganchos incríveis para uma sequência.

A edição está muito bonita e bem-feita, o início dos capítulos são lindos e contêm frases muito bonitas e de acordo com o texto.

Até a próxima, beijo!

Postagem válida para o Top Comentarista setembro.


29 de setembro de 2015

Ligeiramente Escandalosos - Mary Balogh

Livro: Ligeiramente Escandalosos
Os Bedwyns #3
Autor (a): Mary Balogh
Número de Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor.
Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata.
Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima.
Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.
Neste terceiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh se aprofunda ainda mais nos segredos e desejos dessa família incomum e extremamente sensual.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi pessoal! Quanto tempo… estavam com saudades? ;)

Hoje trago para vocês a resenha do terceiro livro da série Os Bedwins, escrito por Mary Balogh. O livro é Ligeiramente Escandalosos e ele nos presenteia com a história de Freyja, a irmã baixinha e sem nenhuma beleza. Ela já tem 25 anos e acha que ficará para titia. Quem já leu os livros anteriores (tem resenha aqui), acompanha a história dessa família e sabe um pouco do que ela sofreu e ainda sofre pelo noivado desfeito. Primeiro, pela morte do noivo e depois pela esperança de casar com o irmão de seu prometido, aquele que ela realmente amava e que simplesmente apareceu com uma noiva, sem avisá-la de nada.

Freyja é maravilhosa, ela mesma sabe que seus atributos físicos não são lá tudo isso; tem os cabelos claros, as sobrancelhas escuras, o nariz dos Bedwins… Mas ela é fantástica! É inteligente, sarcástica, corajosa e possui uma capacidade incrível de se defender, usando os punhos se necessário, que faz dela um encanto de moça.

Mas as coisas não vão muito bem na vida dela. Kit, aquele rapaz que ela amava e achava que iria se casar, está de volta com sua linda e doce esposa, que ainda por cima está grávida. Freyja sabe que não terá forças para esse confronto, ela sabe que não conseguirá ser falsa o suficiente para conviver com o lindo casal e seu novo bebê. Então Freyja vai para Bath, um lugar lindo e pacato, para lá ficar com uma parente e poder fugir de tudo. No caminho, ela precisa parar em uma estalagem precária, que nem tranca tem nas portas e, por isso, no meio da noite, seu quarto é invadido por um lindo homem e sua vida nunca mais será a mesma.

Esse homem, que ela só descobrirá dias depois, é um nobre, o Marquês de Hallmere, um rapaz encantador, possuidor de um charme irresistível. Ele abastece esse charme todo com palavras sinceras e umas piscadelas debochadas, que fazem suas pernas tremerem e seu coração bater mais rápido. O começo entre eles não foi nada convencional e o reencontro foi regado por confusão e acusações, mas não demora muito e Freyja submete-se ao charme do moço. Logo ela descobre que Joshua está sendo forçado, por sua tia marquesa, a se casar com uma prima e Lady Freyja irá socorrê-lo. Como? Fingindo ser sua noiva.

A história de Joshua é um pouco complicada. Desde os seis anos, quando ficou órfão e teve que viver na casa dos tios, foi muito maltratado pela marquesa de Hallmere. Convivia com os tios e os primos, mas não cedia, ele respondia aos maus tratos com um comportamento horrível. Ele tinha um primo, o herdeiro natural, mas este veio a falecer e, quando o tio morreu, o legado caiu no colo de Joshua. Agora, a tia maquiavélica quer que ele se case com uma das primas, senão pode colocar em risco sua liberdade, acusando-o de um crime que ele não cometeu.

O Marquês é um personagem encantador, ele é descarado, libertino, incrivelmente alegre e encantador. O que ele diz e as coisas que faz nos deixam encantadas por ele. Freyja, com toda a sua força e determinação, é a única que pode confrontá-lo sem nenhum prejuízo. Será? Bom, o que mais posso dizer é que a convivência (farsante) dos dois como noivos é um presente para quem gosta de uma história de amor. Os diálogos são muito divertidos!

Ele havia pensado nela algumas vezes nos últimos dias. A mulher parecia muito tentadora naquela camisola que usava na estalagem. Os cabelos claros desalinhados, caindo em ondas pelos ombros e pelas costas, não diminuíram em nada a atração que sentira. A raiva dela, a ousadia, a total ausência de constrangimento ou medo haviam despertado o interesse dele. E a recusa dela em deixá-lo dominar a situação haviam conquistado sua admiração...

O enredo, os acontecimentos, os personagens são uma dádiva. Joshua e Freyja vão se enredando na teia que eles mesmo teceram, vão ficando cada vez mais comprometidos, tanto aos olhos dos outros, quanto aos seus próprios, por mais que não queiram e não possam. O livro aborda também muitas outras questões sobre preconceitos e convivência. Fiquei maravilhada com a leitura, realmente adorei e recomendo com alegria.

Aguardo ansiosamente pelo próximo livro... Beijo e até a próxima!

Saga Os Bedwyns:
03. Ligeiramente Escandalosos;
04. Slightly Tempted;
05. Slightly Sinful;
06. Slightly Dangerous;

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista setembro.


28 de setembro de 2015

Procurando o Amor nos Lugares Errados - Audrey Harte


Skoob
Livro: Procurando o Amor nos Lugares Errados
Amor em L.A. #1
Autor (a): Audrey Harte
Número de Páginas: 208
Editora: Charme
Compre aqui.

Sinopse: Annie Chang está com vinte e poucos anos e vive em Los Angeles desde que nasceu. Após uma série de relacionamentos fracassados, ela está começando a pensar que nunca encontrará o cara certo. Mas depois de ver uma de suas melhores amigas encontrar o amor na internet, ela decide tentar um site de namoro online.
Após finalmente encontrar um cara incrível, que a faz se apaixonar perdidamente, será que ele vai ser tudo o que ela deseja e muito mais, ou ele é bom demais para ser verdade?

 
RESENHA por Katielle Borba.
Facebook | Skoob

Oi pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é sobre o livro Procurando o Amor nos Lugares Errados de Audrey Harte. Este livro faz parte da Série Amor em L. A. e conta com três volumes publicados.

A história gira em torno de Annie Chang. Ela é alta, bonita, descendente de orientais, simpática e sexy, mas não tem sorte no amor. Sua vida amorosa sempre foi uma decepção e Annie está cansada disso.

Annie quer amar e ser amada, mas está cada vez mais difícil encontrar um homem ideal. Como medida desesperada, ela decide se cadastrar no site Craiglist, para quem sabe encontrar alguém que preencha o vazio que ela sente no peito.

Tive uma relação de amor e ódio com este livro. Gostei da premissa dele, mas o modo como Annie portou-se durante toda leitura foi um problema para mim. Não tenho nada contra conhecer pessoas pela internet, acredito que até seja um bom meio de fazer novos amigos, porém achei que Annie foi com muita sede ao pote. Fiquei com a impressão dela ser uma pessoa desesperada por atenção, alguém que não suporta ficar sozinha.

Em Procurando o Amor nos Lugares Errados, Annie deixa um anúncio se apresentando e vários homens retornam; de acordo com a as respostas deles ela entra em contato. Isso que ela faz é com se fosse um tiro no escuro, pois na verdade ela não sabe como realmente é a personalidade da pessoa do outro lado. Como Annie quer além de tudo se divertir, ela sai com dois homens que conheceu online, Gabe e Nate. Não vou contar aqui o que aconteceu com eles, mas para mim foi uma lição. Às vezes não conhecemos nem que está ao nosso lado durante anos, imagina alguém que conhecemos online e temos pouco tempo de convivência.

Annie tem um melhor amigo gay chamado Alex, ele será peça fundamental para ajudá-la nos momentos mais difíceis, será seu conselheiro e verdadeiro amigo.

A história acabou de uma maneira que me deixou extremamente curiosa para o próximo livro; o nome em inglês é All The Right Things e estou morta de curiosidade para saber o que irá acontecer, que rumos a vida de Annie irá tomar.

O trabalho da Editora Charme mais uma vez está perfeito; o livro é lindo, cada início de capítulo é trabalhado com uma imagem que tem relação com história. A Charme é daquelas editoras que sempre temos que adquirir todos os livros, pois sempre há uma surpresa em cada história. <3

Enfim, este não está entre os meus livros favoritos, mas já vi umas pessoas dizendo que se identificaram bastante com a história de Annie, que encontraram seu amor dessa maneira. Sei que tem gente que irá adorar, então, claro que recomendo.
Não vale a pena viver se você não estiver disposto a arriscar, de vez em quando. Clicando no botão “enviar” , ela abriu um sorriso. Agora, ele tinha o número do celular dela, assim, a bola estava no campo dele.

Leitura recomendada.

Amor em L.A.:
01. Procurando o Amor nos Lugares Errados;
02. All The Right Things;
03. The Winner Takes It All.

Outra capa:



Postagem válida para o Top Comentarista setembro.

24 de setembro de 2015

Lançamento - Faro Editorial

Oi gente, tudo bem?
A Faro Editorial está com um novo lançamento, confiram:




Diário de Uma Garota Normal - Phoebe Gloeckner.
Minnie é uma garota de 15 anos que registra num diário tudo o que sente e acontece em sua vida.
Seu relato é incomum apenas porque ela conta tudo. Não há aqui a sutileza das histórias para meninas, quase sempre romantizadas para parecerem mais leves. A descoberta da sexualidade, o interesse pelos garotos, as novas amizades, tudo é contado de forma tão natural que acaba por revelar como o mundo adulto é cáustico, doloroso e cruel, se visto pelos olhos de uma adolescente que está prestes a entrar nele.
Em Diário de uma garota normal, Phoebe Gloeckner combina uma narrativa poderosa a ilustrações com imagens vívidas, provocando o leitor o tempo todo, com honestidade e humor, apresentando uma personagem que irá se manter para sempre em sua imaginação.
Esta é uma história sobre mulheres, antes de terem crescido.

Sobre a autora:
Phoebe Gloeckner nasceu na Philadelphia e cresceu em San Francisco. Seus quadrinhos apareceram pela primeira vez em publicações underground quando ela ainda era adolescente. Hoje, é aclamada pela crítica por sua coleção de histórias, quadrinhos, pinturas e gravuras. Entre dezenas de prêmios estão o Guggenheim Fellowship e da University of Michigan Institute for the Humanities. Atua como professora na University of Michigan Stamps School of Art & Design. Robert Crumb, seu padrinho e grande incentivador, prefaciou seu primeiro livro e se tornou também personagem deste diário.


Comentários na imprensa internacional:

A história da protagonista de Diário de uma garota normal é algo tão arriscado quanto revelador, e segue explorando o amadurecer de uma menina sem espaço para remorsos, julgamentos ou sensacionalismo; é como se Lolita fosse autorizada a contar sua própria história. VOGUE/EUA
Minnie é um campo de força viva que, através dos clichês da decadência do universo adulto, cativa o leitor com sua sinceridade, esperanças, ideais e paixão. Ela é uma dos protagonistas adolescentes mais convincentes que existem; complicada, contraditória, posando de mulher. Seu diário é estimulante. É para ser devorado e carrega uma intensidade emocional incrível. San Francisco Chronicle
Aqui temos a representação mais honesta da sexualidade feminina que há muito não se produzia; trata-se de uma reflexão sobre a adolescência, por meio de um viés literário que raramente se viu desde Salinger. Nerve.com

Booktrailer:



23 de setembro de 2015

O Conde Enfeitiçado - Julia Quinn

Livro: O Conde Enfeitiçado (When He Was Wicked)
Os Bridgertons #6
Autor (a): Julia Quinn
Número de Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Compre aqui.


Sinopse: Toda vida tem um divisor de águas, um momento súbito, empolgante e extraordinário que muda a pessoa para sempre. Para Michael Stirling, esse instante ocorreu na primeira vez em que pôs os olhos em Francesca Bridgerton.
Depois de anos colecionando conquistas amorosas sem nunca entregar seu coração, o libertino mais famoso de Londres enfim se apaixonou. Infelizmente, conheceu a mulher de seus sonhos no jantar de ensaio do casamento dela. Em 36 horas, Francesca se tornaria esposa do primo dele.
Mas isso foi no passado. Quatro anos depois, Francesca está livre, embora só pense em Michael como amigo e confidente. E ele não ousa falar com ela sobre seus sentimentos – a culpa por amar a viúva de John, praticamente um irmão para ele, não permite.
Em um encontro inesperado, porém, Francesca começa a ver Michael de outro modo. Quando ela cai nos braços dele, a paixão e o desejo provam ser mais fortes do que a culpa. Agora o ex-devasso precisa convencê-la de que nenhum homem além dele a fará mais feliz.
No sexto livro da série Os Bridgertons, Julia Quinn mostra, em sua já consagrada escrita cheia de delicadezas, que a vida sempre nos reserva um final feliz. Basta que estejamos atentos para enxergá-lo.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente, como vão?

A resenha de hoje é de mais um livro lindo da Julia Quinn. O Conde Enfeitiçado é o sexto livro da série Os Bridgertons; este conta a história de Francesca e Michael. <3

Quando recebi este livro não sabia muito o que esperar da história de Francesca. Durante a leitura da série ela era a única irmã que quase não tínhamos informações, só sabíamos que em algum momento entre o livro quatro e cinco uma fatalidade acontece na vida dela. Depois que casou, Francesca passava a maior parte do tempo na Escócia, mas também passava alguns meses em Londres durante todos os anos.

Michael Stirling apaixonou-se por Francesca assim que pôs os olhos nela, infelizmente esse acontecimento foi bem no jantar de noivado dela com seu primo John. Francesca e John casaram e durante muito tempo Michael guardou este sentimento;  tornou-se seu melhor amigo, mas nunca deixou transparecer o seu amor. Depois de uma fatalidade do destino, Francesca está livre novamente, mas o amor de irmão que Michael sente por John, não permite que ele se aproxime dela, somente como amigo. 

O Conde Enfeitiçado foi uma grata surpresa; acho que por não saber muito sobre Francesca eu estava ansiosa por esta leitura. O livro é narrado em terceira pessoa e alterna entre os protagonistas, como em todos os outros livros da autora. A leitura é leve e fluída, em alguns momentos com cenas que nos levam a uma risada gostosa.

O grande drama da história é o fato de Michael ser apaixonado por Francesca e achar que esse sentimento é um erro. Depois de passar anos sozinha, ela resolve que quer um filho, afinal já tem certa idade e também decide que quer arrumar um marido. Michael está disponível, mas ela não faz ideia dos sentimentos de seu melhor amigo e outro empecilho é que jamais ela ficará com aquele que também foi o melhor amigo de John.

Francesca é uma mulher independente, acredito que por ser a sexta filha do casal Bridgerton ela sempre foi deixada um pouco de lado, tanto que durante a leitura ela mesmo cita que nunca a comunicam de nada, parece que às vezes a família esquece de sua existência, talvez também por isso, ela não fosse quase citada nos livros anteriores. Quando sai de casa, Francesca se sente livre e sempre que tem que voltar a casa da mãe, sente que voltou a ser criança novamente.

Michael é um libertino, tenta encontrar em outras mulheres o que não pode ter com Francesca; ela sempre o questiona sobre seus encontros noturnos,  essas conversas não revelam nada, mas deixam muito para a imaginação.

Gostei bastante da história, mas este livro não está entre meus preferidos, não sei o que é, parece que ficou faltando alguma coisa. Acho que o fato do amor deles ser um pouco proibido diante dos olhos de alguns contribuiu para isso. Não pensem que o livro não é romântico, pois é e muito, mas história deles só deslanchou quase no final; não teve aquela coisa de flerte desde o início.

Enfim, gostei e recomendo a leitura. O próximo livro da série será de Hyacinth, a irmã mais nova. Se não estou enganada, Um Beijo Inesquecível já será publicado agora em novembro (muita felicidade).

Em toda vida ocorre um momento decisivo. Um instante tão extraordinário, tão claro e tão nítido que temos a sensação de havermos sido golpeados no peito, deixados sem fôlego, sabendo, sabendo, sem a menor sombra de dúvida, que nossa vida jamais será a mesma.
Ele sentiu que dizia alguma coisa. O nome dela, talvez. Sentiu um aperto no peito, o coração começou a bater mais forte e, de repente, o impossível se tornou inevitável. Michael se deu conta de que, dessa vez, não havia como parar. Dessa vez o que contava não era o seu controle, o seu sacrifício ou a sua culpa.
Dessa vez o que contava era ele.
E ele ia beijá-la.

Leitura recomendada.

Série Os Bridgertons:
Livro 1 - O Duque e Eu;
Livro 6 - O Conde Enfeitiçado;
Livro 7 - Um Beijo Inesquecível;*
Livro 8 - A Caminho do Altar;*
*Títulos ainda não confirmados pela editora.

Outras capas:

   

Postagem válida para o Top Comentarista setembro.



21 de setembro de 2015

Depois Do Que Aconteceu - Juliana Parrini

Livro: Depois do Que Aconteceu
Autor (a): Juliana Parrini
Número de Páginas: 344
Editora: Suma de Letras
Compre aqui.


Sinopse: Autora autopublicada que conquistou mais de 7 milhões de leituras na internet.
"O vazio deixado por Alex está sempre comigo, e isso é bom, porque essa dor me dá a certeza de que a sua existência em minha vida foi real. E o mais difícil nessa batalha que se estende dia após dia é ficar longe de quem você mais queria estar perto."
Isabel passou o último ano fugindo. Depois do que aconteceu, a jovem não acredita que conseguirá ser feliz novamente. O que ela não esperava era que o destino colocaria Daniel Clark em seu caminho. A atração entre os dois é imediata e irreversível: ao voltar para casa, a carioca Isabel não será capaz de esquecer os encantadores olhos azuis daquele cara que conheceu por acaso em plena avenida Paulista.
A partir desse dia, a tristeza de Isabel perde espaço para uma paixão que mudará a sua vida. Ficar presa ao passado vale mesmo a pena? Ou é preciso seguir em frente e dar uma segunda chance ao amor?

RESENHA por Katielle Borba.

Oi pessoal, tudo bem?

Antes de mais nada, quero dizer que o livro de hoje deveria ter um aviso na capa: CUIDADO!! Este livro contém muita tensão e emoção. Kkkkkkkkkkk

A resenha de hoje é sobre o livro Depois do Que Aconteceu de Juliana Parrini e publicação da Editora Suma de Letras. Confesso que eu não dava nada para este livro, não esperava nada desta leitura, mas gente, que livro é este?? Até agora estou sem palavras para tantas emoções,  tensões e para descrever o homem lindo que é Daniel... estou aqui torcendo para que alguém lá de cima mande um espécime para mim. hahahaha :p

Como viver depois do que aconteceu? Este é o dilema de Isabel, carinhosamente chamada de Bel pelos amigos. Faz um ano que ela tornou-se uma pessoa depressiva, sem nenhuma vontade de viver. A única coisa que Bel faz é trabalhar, comer comida congelada e ficar enrolada nas suas cobertas. Ela mora no Rio de Janeiro e logo nas primeiras páginas somos apresentadas ao seu drama pessoal, sabemos que ela sofreu uma grande decepção e o cara que a deixou assim é Alex, amor de sua vida. Os amigos tentam ajudá-la, deixá-la de alto astral, mas Bel está no fundo do poço. Depois de tanto sofrimento, ela decide acompanhar seu pai até São Paulo, em uma viagem de trabalho e é ali que as coisas mudam completamente.

Após uma conversa franca com seu amado pai, Bel decide que quer mudar, sair dessa depressão que está acabando com sua vida. Ela vai ao cabeleireiro, muda o visual, faz compras e conhece um homem lindo em plena Av. Paulista, Daniel. A atração entre eles é imediata e logo esse estranho a convida para um jantar. Depois de uma noite linda, esse homem não sai da cabeça de Bel, e ele será presença constante em sua vida.

Enquanto lia os primeiros capítulos estava achando mais do mesmo, parecido com muitas leituras que já fiz. Porém, quando Daniel aparece a história pega fogo, até poderia ser algo normal, um cara lindo completamente apaixonado por uma mulher de outra cidade, mas a bagagem que ele traz junto e toda reviravolta que tem na história, me deixaram sem fôlego. Sempre quando leio um livro, tento imaginar os próximos acontecimentos, mas em Depois do Que Aconteceu cada página foi uma surpresa, às vezes agradável ou não.

A narrativa é em primeira pessoa, por Isabel, e esta história é daquelas que queremos entrar no livro e ser melhor amiga da personagem principal, pois a coitada sofre. Sofreu com que aconteceu e agora sofre para viver o seu amor com Daniel. É difícil um livro onde acontece tantas coisas para o casal ficar junto, coisas que envolvem outras pessoas que fazem parte da família.

Juliana Parrini criou personagens lindos, cheios de amor, de carinho pelo próximo, dispostos a ajudar os amigos. Mas ela também ela criou personagens odiosos, pessoas que eu só tinha vontade de matar (desculpe a palavra forte, mas foi assim que me senti). Mais uma vez fiquei impressionada com a maldade das pessoas, com o quanto estão dispostos a acabarem com a vida de alguém só pelo seu próprio bem.

Vocês talvez se perguntem o que foi que aconteceu com a Isabel, mas é claro não vou contar; só digo que ela sofreu e tudo que passou não desejo ao meu inimigo (se eu tivesse algum).

Se eu recomendo a leitura? É óbvio que sim! Prepare o seu coração e entre de cabeça. A história é linda cheia de reviravoltas, emoções, mentiras e tudo de bom que um livro deve ter. A Juliana está de parabéns pelo livro lindo.

Agora estou aqui morrendo pela continuação. Antes Que Aconteça será publicado agora em outubro. Ainda bem, pois o final deste aqui foi deixar qualquer leitor com o coração na mão.

- Isabel, fecha os olhos.- Daniel...- Por favor.Atendo ao seu pedido. Sinto medo pelo que pode acontecer.- O que você vê? – pergunta.- Nada.Ele respira fundo e fala sussurrando em meu ouvido:- Essa é a minha vida sem você.

Leitura recomendada.

Livros:
01. Depois do Que Aconteceu;
02. Antes Que Aconteça.

Postagem válida para o Top Comentarista setembro.


18 de setembro de 2015

Promoção Especial

Oi queridos (as), tudo bem?
Nesta última semana o blog está um pouco parado, voltamos domingo da Bienal e eu estou de férias do trabalho, então, o blog também ficou de férias por estes dias. Na próxima segunda as postagens devem voltar ao normal.
Faz algum tempo que não lançamos nenhuma promoção (somente do blog), por isso o post de hoje é especial. Espero que gostem.
Para participar é só seguir as regras:

O vencedor (a) levará para casa:
  • Livro As Sete Irmãs autografado;
  • + de 250 marcadores;
  • Calendário Harlequin.

Como participar:
Preencher o formulário Rafflecopter.

Regras:

1. Ser residente no Brasil.
2. Curtir a página do blog no Facebook.
3. O participante deverá compartilhar a imagem da promoção publicamente e deixar o link no formulário.
4. O ganhador terá dois dias para enviar os dados para envio dos prêmios.
5. Os prêmios serão enviados em até 45 dias.
6. O blog Leitura Maravilhosa não se responsabiliza por um segundo frete caso os livros retornem.

* Diariamente o formulário abrirá um campo para o link de compartilhamento ser inserido, portanto, a imagem pode ser compartilhada todos os dias até o final da promoção.
* Qualquer dúvida entrar em contato através do e-mail: katielle.borba@gmail.com


a Rafflecopter giveaway

 

16 de setembro de 2015

Madrugadas de Desejo - Jayne Fresina

 Skoob
Livro: Madrugadas de Desejo
Sydney Dovedale #2
Auto (a): Jayne Fresina
Número de Páginas: 288
Editora: Única
Compre aqui.

Sinopse: Um jogo de mistério e sedução que não terminará a menos que os dois se entreguem. A Inglaterra do século XIX é elegante, charmosa e aventureira. Um lugar onde é difícil não se deixar levar pelos deliciosos (e perigosos) jogos que lords e ladies libertinamente experimentam. Não poderia ser diferente na bela Brighton, o lar de Ellie Vyne e James Hartley: inimigos declarados desde a infância. Ellie sempre foi uma mulher de ideias a frente de seu tempo, temperamento forte, ousada e, principalmente, avessa a todas as tentativas de suas irmãs para lhe arrumarem um marido. Afinal, com 27 anos era um absurdo ainda perambular sozinha por aí. E é claro que James, um dos solteiros mais cobiçados da cidade, fazia questão de deixar clara sua desaprovação. Durante suas misteriosas escapadas, Ellie rouba algo muito precioso de James, que não terá paz até descobrir a identidade do ladrão. Querendo ou não, eles estão cada vez mais próximos. Como resistir ao charme de James e levar sua mentira adiante? Nesse jogo de perdição, Ellie arriscará tudo, inclusive seu coração. Enquanto James tenta desvendar o segredo da jovem, o desejo proibido que surge entre os dois será capaz de romper com todas as regras da alta sociedade inglesa.

 
RESENHA por Katielle Borba.
Facebook | Skoob

Oi pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é do lançamento histórico da Única Editora, Madrugadas de Desejo. O livro foi escrito por Jayne Fresina e faz parte da Série Sydney Dovedale. Antes de mais nada quero deixar um ponto claro; este livro, Madrugadas de Desejo, é o segundo da série. Não sei o motivo para editora ter começado por ele, mas espero que os próximos logo sejam publicados.

Os livros da série trazem histórias que se passam (em parte) na localidade de Sydney Dovedale; lá a fofoca corre solta e tudo é motivo de cochichos. Em Madrugadas de Desejo conhecemos a história de Ellie Vyne e James Hartley, inimigos desde sempre. Os dois não podem se enxergar que logo muitas farpas são trocadas.

Ellie é uma mulher bem a frente de seu tempo, suas irmãs a acham muito escandalosa e olha que elas nem sabem o que Ellie faz a noite. A sociedade sempre espera algum escândalo da parte dela e Ellie não está nem aí para o que pensam da sua pessoa. James foi um libertino e agora ele resolveu mudar de vida; ele ajuda os mais necessitados e sempre pensa antes de tomar qualquer decisão, mas isso tudo não importa para Ellie, pois ela o odeia...

Ellie está sempre andando sozinha, principalmente a noite, e isso por si só já deixa todos chocados, principalmente suas irmãs que insistem que ela arranje logo um marido. Numa dessas andanças Ellie acaba roubando os diamantes Hartley, mas Jamie não sabe a verdadeira identidade do ladrão, no caso, da ladra. Assim os dois começam um jogo de gato e rato, um jogo cheio de segredos, mentiras e muita paixão.

Quando este lançamento foi anunciado, fiquei muito feliz, afinal mais uma editora está se rendendo ao romances históricos/época. Mas ao mesmo tempo estava apreensiva, pois nunca tinha sequer ouvido menção do nome da autora Jayne Fresina. A Única caprichou muito na edição e mesmo que eu não gostasse deste gênero de romance, compraria somente pela capa.

Madrugadas de Desejo me conquistou logo nas primeiras páginas. Uma história envolvente e bem-humorada. Os personagens são carismáticos e por mais que “se odeiem”, conquistam o leitor nos fazendo desejar um final muito feliz. Os diálogos são inspiradores, cheios de tiradas sarcásticas, fazendo com que a leitura flua e que logo o livro acabe (para minha tristeza).

O livro é narrado em terceira pessoa e alterna entre os dois personagens principais. A história entre Ellie e James é cheia de segredos e suposições; quando achamos que, enfim, tudo dará certo entre eles, tudo dá errado. Para ficarem juntos terão de aprender a confiar um no outro, mas isso não será nada fácil.

Além de muitos segredos, Madrugadas de Desejo é permeado de situações hilárias, que nos levam a muitas risadas. Gosto tanto desses livros leves e gostosos, que nos deixam com um sorriso bobo no rosto após o término. O livro também tem um pequeno suspense, que até me deixou surpresa com o desfecho, isso contou mais pontos na minha avaliação.

Torço para que este livro seja sucesso entre os amantes de romances históricos/época, pois acredito que só assim a Editora publicará os outros livros da série. Como já citado anteriormente a Única caprichou muito na edição do livro; a diagramação é simples, mas em todo início de capítulo temos  um detalhe que dão mais charme a obra.
-Quero um quartinho repleto de livros. Deve ter uma lareira e um cachorro velho dormindo em um cesto, logo ao lado. Algumas poltronas confortáveis com muitas almofadas. Tudo com vista para um belo jardim. Um lugarzinho só meu, onde ninguém nunca me incomode. Só isso.

Leitura recomendada.

Sydney Dovedale:
01. The Most Improper Miss Sophie Valentine;
02. Madrugadas de Desejo;
03. Lady Mercy Danforthe Flirts with Scandal;
04. Miss Molly Robbins Designs a Seduction;

Outra capa:


Postagem válida para o Top Comentarista setembro.

15 de setembro de 2015

Lançamentos - Talentos da Literatura Brasileira

Oi gente, tudo bem?
Aos poucos as postagens voltarão ao normal, pois ainda estamos nos recuperando da Bienal do Rio <3
Confiram os próximos lançamentos nacionais da Editora Novo Século.

 
 21 Dias nos Confins do Mundo - Henry Jenné.
Mais do que um roteiro de viagem cruzando a Patagônia, “21 Dias nos Confins do Mundo”, lançado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira, do Grupo Editorial Novo Século, é um livro de ficção baseado em fatos reais vivenciados por Henry Jenné.  O escritor leva o leitor a acompanhá-lo por uma jornada fantástica, atravessando desertos e cruzando montanhas, lagos, glaciares, estreitos de mar e ilhas sem fim. Em várias paradas, é possível conhecer nos pequenos povoados da região os descendentes dos povos ancestrais da Terra do Fogo.
“Desde criança fui fascinado por mapas. Por volta dos 8 anos, passei a me interessar pelo extremo sul da América. Passava horas estudando um pequeno e velho mapa que ganhei do meu avô, olhando com atenção cada pedaço de terra naquela longa faixa de terra que apontava em direção ao Polo Sul”, escreve Henry Jenné em seu site.
Seu sonho acabou se realizando depois de 30 anos, quando Jenné resolveu abdicar da carreira de administrador para dedicar-se integralmente a um outro projeto almejado: ser escritor em tempo integral.
“21 Dias nos Confins do Mundo” é o primeiro fruto dessa nova fase. Com um belo arranjo entre realidade e ficção, o livro costura fatos históricos e curiosos, induzindo o leitor a se lançar na emocionante aventura que é se descobrir no mundo.


Entre Corações - Isadora Raes.
Nascida e criada no Rio de Janeiro, Isadora Raes sempre gostou de escrever, mas nunca imaginou que publicaria um livro. Até que resolveu fazer o que mais gostava: criar histórias. "Comecei a postar algumas Fanfictions e a partir de então não parei mais, sempre recebendo críticas positivas de leitoras", conta Isadora.
Foi dessa experiência que surgiu “Entre Corações”, seu romance de estreia, lançado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira. "A trama foi escrita em apenas dois meses e todos os capítulos eram postados quase que diariamente na plataforma, o que causou um grande burburinho entre as seguidoras", relembra.
Na obra de Isadora Raes, a leitora é levada a acompanhar a luta de Jonas para reerguer a fazenda da família. Com seu jeito ousado, o rapaz acabou conquistando bons amigos e alguns inimigos, entre eles Jack Monteiro, um poderoso fazendeiro que domina a região com mão de ferro. A história se complica de verdade quando Jonas esbarra na caçula da família Monteiro, a atrevida e sensual Mônica, que tem o poder de mexer com a cabeça dos homens. Os dois, orgulhosos, entram em conflitos que passam a permear a história, enquanto seus corações querem apenas paz e amor.


Separada & Dividida - Clélia Gorski.
Alice, personagem central do livro “Separada & Dividida”, da jornalista Clélia Gorski, lançado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira, é uma assessora de imprensa que decide dar a volta por cima em sua vida logo após o término de seu casamento. Com a responsabilidade de cuidar de três filhos, um bebê de um mês e duas gêmeas de cinco anos, Alice começa a reavaliar seu papel no mundo atual, onde a mulher precisa se desdobrar em inúmeras funções, sem quebrar o salto e se descabelar no meio da jornada diária.
Com uma linguagem leve e divertida, a autora leva o leitor a perceber que poderia trocar o nome Alice por Beatriz, Ana ou Daniela sem a menor interferência para o enredo: “A história da personagem é também um pouco da minha, das amigas, das colegas de trabalho. Frente as mil tarefas diárias – mãe, motorista, enfermeira, profissional, gestora da casa – precisamos nos multiplicar para dar conta de tudo. E, mesmo assim, ainda ficamos com receio de não conseguir”, diz a jornalista Clélia Gorki.
Entretanto, cansada de tanta sobrecarga de tarefas, Alice acaba por perceber que está deixando de lado a sua feminilidade e começa a resgatar algumas características próprias do seu gênero: ser mais acolhedora, por exemplo. Ela não quer ser mais a supermulher moderna, poderosa e heroína. Alice que ser apenas uma nova mulher.
A assessora, então, parte para essa nova empreitada com a mesma disposição de quem passa a vida tentando matar um leão por dia: “Longe de ser uma história que prega a guerra entre os gêneros, o romance aborda assuntos de forma divertida para que cada pessoa que o leia, entenda a mensagem da melhor maneira para ela”, conclui a autora.


 Déjà Vu - Rafael Vital.
Acordar cedo todos os dias e sair para enfrentar a maratona diária faz parte da rotina de Rafael Vital, de seu personagem Fabrício e de milhões de pessoas que moram em São Paulo, cidade que é uma das maiores metrópoles do mundo.
E foi nas ruas abarrotadas da cidade, trabalhando como taxista, que surgiu “Déjà vu”, o livro de estreia de Rafael Vital, lançado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira. Na obra, o personagem Fabrício vê sua rotina afetada quando descobre que os misteriosos sonhos que têm desde criança, com pessoas desconhecidas, na verdade, são visões que podem vir a acontecer.
A realidade parece querer fugir de seu controle quando Fabrício começa a sonhar que sua namorada Juliana é sequestrada. O rapaz, então, inicia uma luta desesperada para se antecipar ao futuro e salvar a namorada da tragédia. Porém, um grande problema se interpõe em seu caminho: como encontrar os cenários e as pessoas desconhecidas que, de uma maneira confusa, interagem em seus pesadelos aparentemente de forma desconexa?

 
São Thomé das letras: As visões de Eric Leriner - Gabriel Aragão.
Com uma narrativa sólida, capaz de penetrar na cabeça do leitor e causar interesse da primeira à última página, o mineiro Jorge Lemos lança seu terceiro livro, “São Thomé das Letras: as visões de Eric Leriner”, pelo selo Talentos da Literatura Brasileira da Novo Século Editora.
A imaginação de Eric Leriner, aluno do terceiro ano de Física, adquirira, de forma espontânea, condições de libertar-se, atravessar a parede da realidade e de levá-lo a lugares inesperados, onde passou a interagir com seres e situações distantes de seu cotidiano.
Sua maior aventura aconteceu a partir do encontro com uma jovem incomum que o aguardava abrigando-se da chuva, rente à pedra da Bruxa em São Thomé das Letras. Uma história ora sagrada ora profana passada em lugares que mudam de paisagem e posição a todo instante.


Rebirth: Os Novos Titãs - Bianca Landim.
A autora Bianca Landim deu vida aos personagens do livro em 2008, depois de uma viagem à Grécia. Ganharam retoques anos depois, quando foi a vez de o Egito ser visitado. A última etapa da jornada foi a Índia, onde viajou de trem por oito dias. O resultado está em “Rebirth: os novos titãs”, recém publicado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira, da Novo Século Editora.
No livro, quatro crianças foram postas nos caminhos imortais dos deuses do Olimpo e, delas, uma nova geração de titãs surgiu, mostrando-se incrivelmente mais poderosa que os primeiros – derrotados por Zeus e seus irmãos –, e até mesmo que os próprios deuses!
Missões lhes foram atribuídas e mundos imortais foram conhecidos, dando-lhes sabedoria, poderes e novos aliados. Acima de tudo isso, o amor único foi alcançado e suas origens, desvendadas, fazendo dos titãs uma nova ordem no Olimpo, com Zeus e os outros deuses, conhecidos como os Doze Olimpianos.


 Theo: O Primeiro Nome da Morte - Gabriel Aragão.
Em seu primeiro livro “Theo: o primeiro nome da morte”, lançado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira da Novo Século Editora, o mineiro Gabriel Aragão narra a vida um jovem comum sob a ótica do protagonista e do narrador.
Na trama Theo descobre o amor, é cercado de amigos e enfrenta das maiores banalidades aos mais complexos conflitos e ritos da passagem para a vida adulta. Possui, porém, uma alma voraz, movida a ódio e sedenta por justiça. Essa sede o leva a ser policial. Ele conhece, então, a vida nua e crua, aprende a relativizar certo e errado e tem que confrontar seus valores.
Desiludido, deixou a vida levar-lhe ao Direito. Já advogado, em um meio corrupto e ardiloso, conviveu com todos os tipos de pressão, deixando seus ímpetos muito mais perigosos; o extremo da violência e da razão disputando uma só alma.


 As Nove Peças - Ana Luiza Von.
Aos 15 anos, a  jovem  Ana Luiza Von estreia na literatura com “As nove peças”, lançado pelo Talentos da Literatura Brasileira, selo da Novo Século Editora. Em seu livro, Ana Luiza leva o leitor a acompanhar as aventuras de Catherina, adolescente de 15 anos que, apesar da pouca idade descobre que foi escolhida como guardiã de seu pequeno planeta, integrante de uma das inúmeras galáxias do Universo infinito.
A vida da jovem guardiã e de seus amigos corre perigo. Entretanto o grupo não tem outra saída a não ser enfrentar o ardiloso vilão que pretende dominar o espaço sideral. O poder de Catherina e de seus jovens companheiros  está na união, pois acreditam que, juntos, serão mais fortes que o mal e conseguirão salvar os nove mundos à beira da destruição. A cada passo, Catherina se encontrará em uma encruzilhada e só terá como arma sua inteligência para vencer o poderoso tirano. Como em um imenso jogo de xadrez, cada jogada tem de ser muito bem pensada pela guardiã. E cada descoberta poderá ser decisiva para o xeque-mate.


Tiac: A Torre de Babel - Gabriel Ract.
Cinco anos após ter decidido ser escritor, o jovem paulista Gabriel Ract lança seu livro de estreia “Tiac: a torre de Babel” pelo selo Talentos da Literatura Brasileira, da Novo Século Editora.  Neste eletrizante romance de ficção,  os anjos, criaturas celestes consideradas os verdadeiros guardiões da humanidade,  se revelam seres arrogantes e hostis depois de descobrirem que não havia um lugar para eles após a derradeira destruição da Terra.
Sem lugar para ficar, os anjos rebeldes resolvem investir em um milenar projeto humano: a construção de uma torre de Babel.
Depois de dez anos, com a edificação da torre avançando a passos largos, Dário, um escravo de 15 anos, não vê nada pela frente a não ser sofrimento, dor e morte. Irônico e extremamente  pessimista frente à falta de perspectiva da pequena parcela que sobrou de humanos escravizados, Dário se destaca entre seus pares por não acreditar em nenhum tipo de futuro promissor para ele ou para quem quer que seja.  Entretanto, o jovem escravo nem desconfiava o quanto poderia estar enganado.   


Uma Tragédia de Solidão - Matheus Moori Batista.
O livro “Uma tragédia de solidão”, do autor M.Moori Batista, recém lançado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira da Novo Século Editora, promete prender o leitor desde a primeira página. O romance retrata a luta Albert O’Brien para sobreviver no sistema prisional da Califórnia.
Em meio a gangues sangrentas, psicopatas como vizinhos, carcereiros tão brutais quanto os presos e as privações da mente em um mundo claustrofóbico –, sua família enfrentará uma ameaça ainda mais perturbadora.  Por que ele está aqui? Tem alguma coisa a ver com os
monstros de seu passado? Conseguirá sobreviver, física e mentalmente, ao seu novo tormento?


Um Vez Você, Uma Vez Eu - Diego Martello.
O autor Diego Martello faz sua estreia no selo Talentos da Literatura Brasileira, da Novo Século Editora, com o lançamento do livro “Uma vez você, uma vez eu”.
Na trama, Marcos e Willian, pai e filho, tentam se reconciliar após anos de desentendimento. Em paralelo, Eva, mulher de Willian, quer a todo custo engravidar, o que frustra o casal. A partir da visão do interior de cada um, esses personagens terão de reconfigurar o modo de pensar para enfrentar os seus conflitos. Nessa fase tão conturbada para todos, reflexões acompanham cada segundo da trajetória deles.
Narrada de forma surpreendente, provocativa e crítica, esta obra não tem a pretensão de apresentar soluções para os problemas enfrentados, mas, sim, mostrar as armadilhas de nosso fluxo de consciência, para compreendermos que as soluções dos problemas dependem, muitas vezes, da forma como se lida com as ilusões, ou, ao contrário, como se enxerga verdadeiramente a realidade.


O Poder De Um Grande Amor - Matheus Soares da Silva.
Desde muito cedo Matheus Soares da Silva desenvolveu um imenso apreço pela poesia e pela prosa poética, desvendando o mundo mágico do romance. Daí foi um pulo para escrever o seu primeiro romance “O pode de um grande amor”, recém-lançado pelo selo Talentos da Literatura Brasileira da Novo Século Editora.
No livro, o leitor conhecerá Gisele, adolescente inteligente, meiga, que se muda da capital para uma cidade do interior. Ali começa a descobrir um novo mundo, novos conceitos, novos olhares. E um desses olhares é o de João Pedro, rapaz atencioso, dedicado, que está disposto a conquistar o coração da jovem que encantou os rapazes da cidade e despertou a inveja de algumas garotas.
Um amor que enfrentará a sociedade, a manipulação dos pais por status e interesses econômicos e a crueldade dos invejosos. A história mostra o quão importante é a construção diária do amor e da amizade, pois é neles que encontramos força e refúgio.


Nas Proximidades do Amor - Ligia Ortiz.
A autora Ligia Ortiz, moradora de Jundiaí, faz sua estreia no selo Talentos da Literatura Brasileira, da Novo Século Editora, com o lançamento do romance “Nas proximidades do amor – volume 1 predestinados”.
Na trama, após ser traída pelo noivo, Nalu Alcântara Hanz, uma jovem e atraente publicitária, faz de tudo para preservar seus sentimentos. Passado o pior, vê em Caio uma ilha segura e mantém seu coração a salvo de ser quebrado novamente.
Tudo parece perfeito. Mas quando sua vida esbarra com Alec, uma bagunça deliciosa acontece, balançando suas estruturas e questionando suas regras. Alec está determinado a ficar com Nalu, que só recua de suas aproximações. Contudo, não se foge da verdade, ela sempre aparece.