20 de novembro de 2015

A Dama da Meia-Noite - Tessa Dare

Livro: A Dama da Meia-Noite (A Lady By Midnight)
Spindle Cove #03
Autor (a): Tessa Dare
Número de Páginas: 288
Editora: Gutenberg
Compre aqui.

Sinopse: Pode um amor avassalador apagar as marcas de um passado sombrio?
Após anos lutando por sua vida, a doce professora de piano, Srta. Kate Taylor, encontrou um lar e amizades eternas em Spindle Cove. Mas seu coração nunca parou de buscar desesperadamente a verdade sobre o seu passado. Em seu rosto, uma mancha cor-de-vinho é a única marca que ela possui de seu nascimento. Não há documentos, pistas, e nem ao menos lembranças…
Depois de uma visita desanimadora para sua ex-professora, que se recusa a dizer qualquer coisa para Kate, ela conta apenas com a bondade de um morador de Spindle Cove, o misterioso, frio e brutalmente lindo, Cabo Thorne, para voltar para casa em segurança. Embora Kate inicialmente sinta-se intimidada por sua escolta, uma atração mútua faísca entre os dois durante a viagem. Ao chegar de volta à pensão onde mora, Kate fica surpresa ao encontrar um grupo de aristocratas que afirma ser sua família.
Extremamente desconfiado, Thorne propõe um noivado fictício à Kate, permitindo-lhe ficar ao seu lado para protegê-la e descobrir as reais intenções daquela família. Mas o noivado falso traz à tona sentimentos genuínos, assim como respostas às perguntas de Kate.
Acostumado com combates e campos de batalhas, Thorne se vê na pior guerra que poderia imaginar. Ele guarda um segredo sobre Kate e fará de tudo para protegê-la de qualquer mal que se atreva atravessar seu caminho, seja uma suposta família oportunista… ou até ele mesmo.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi pessoal, tudo bom?

A resenha hoje é de um livro que estou apaixonada <3. A Dama da Meia-noite é o terceiro livro da Série Spindle Cove, escrito por Tessa Dare e publicado pela Editora Gutenberg.

A Dama da Meia-Noite traz uma história muito aguardada, do Cabo Thorne e da Kate. Desde o primeiro livro da série os dois se evitam, mas quando se encontram trocam muitas farpas, claro que por trás disso tem muito mais e agora descobrimos nesta terceira publicação.

Thorne é um homem reservado, não gosta muito de falar, mas sim de agir. Ele lutou na guerra e já passou por muitas coisas na vida. Faz um ano que ele e seus amigos chegaram a Spindle Cove, então, faz um ano que ele tenta ficar afastado de Kate e isso é quase uma tortura.

Kate é uma mulher sozinha, não lembra quase nada de como foi sua vida até aos quatro anos, só lembra que a partir dessa idade ela cresceu num orfanato. Kate não tem família, mas está em busca de informações sobre sua origem. Em Spindle Cove ela dá aula de música para as moças que chegam à cidade. Kate acha que não é bonita, até pensa que nunca irá encontrar o amor, isso porque ela tem uma mancha de nascença no rosto, só que essa mancha será uma das coisas que farão com que sua vida mude. De uma hora para outra, quatro pessoas aparecem na cidade dizendo que Kate faz parte da família deles e é aí que as coisas começam a ficar boas. Thorne desconfia dessas pessoas que afirmam ser a família de Kate e ele fará de tudo para protegê-la, até mesmo propor casamento.

Será que eu posso dizer que estou em êxtase? Tenho medo de não ter outra palavra para definir o próximo livro da série. Já estou ficando mal acostumada com as histórias da Tessa Dare, pois sei que sempre posso esperar uma grande aventura, um grande amor e as situações mais cômicas possíveis. Neste livro aqui temos picada de víbora, ataque com melão, briga de espadas e muitas outras coisas, posso garantir que os livros dessa série são tudo, menos entediantes.

Thorne e Kate são como água vinho, escuridão e luz. Ela é aquele tipo de pessoa que ilumina um ambiente simplesmente pela sua presença, sempre tem uma palavra de consolo para quem precisa e um sorriso no rosto para alegrar a vida de qualquer um; na música ela encontra conforto e forças para seguir em frente, mesmo que por dentro seja devastada por falta de informações da sua origem. 

Penso em Thorne como um ogro, ele não é lord, não tem modos requintados, mas é um homem com um coração imenso; passou por muitas situações na vida, algumas delas estão gravadas na sua pele e por se sentir inferior acha que não merece o amor da doce Kate. 

Os dois são incríveis juntos, sabe quando um casal é tão diferente e que mesmo assim se encaixa perfeitamente? Assim são os dois. O amor deles não será nada fácil, pois o passado deles está permeado de segredos e Thorne terá que abrir os olhos. Kate não quer saber de modos refinados e de um homem que saiba dançar, ela quer aquele homem bruto, sofrido e de olhos de um azul tão profundo que podem enxergar sua alma. (esses livros me deixam poética kkkkk).

Claro que a história não gira só em torno dos dois, pois temos muitos personagens em Spindle Cove, alguns são pessoas novas e outros conhecemos de longa data. A autora também nos deixa matar a saudade dos protagonistas dos livros anteriores, coisa que amei.

A narrativa de A Dama da Meia-Noite é em terceira pessoa e alterna entre os dois protagonistas. Como nos livros anteriores a leitura é fluída, ágil e cômica. É impossível não dar gargalhadas com as situações que acontecem e de também se emocionar com tanto amor e carinho que existem nestas páginas.

Enfim, é óbvio que recomendo a leitura. Se você ainda não iniciou essa série está perdendo o seu tempo. Esses livros aqui são daqueles que a gente se arrepende de não ter lido assim que foi lançado.

Leitura recomendada.

“Então admita. Você me evita.”
“Muito bem.” Ele parou de andar. “Eu evito você.”
“Agora me diga por quê.”
(...)
“Pare de me provocar. Você não vai gostar da resposta.”
“Eu quero ouvi-la mesmo assim.”
Ele enfiou a mão no cabelo dela, pegando-a de surpresa. Dedos fortes se fecharam ao redor da nuca de Kate. Os olhos dele vasculharam o rosto dela, e cada nervo ficou tenso no corpo de Kate. O pôr do sol jogou um último lampejo de luz alaranjada entre eles, incendiando o momento.
“É isto.”
Pelo braço, ele a puxou para um beijo. E ele a beijou do mesmo modo que fazia tudo. Intensamente, com uma força silenciosa. Seus lábios pressionaram firmemente os dela, exigindo uma resposta.
“Essa é uma carranca muito ameaçadora”, ela provocou. “Você pratica essa careta no espelho? Aposto que sim. Aposto que você fica encarando até ele quebrar.”
“É claro que está interferindo. Você interfere com a minha respiração, seu homem provocador. Não posso simplesmente ignorar você, Thorne. Nunca fui capaz de ignorá-lo, nem mesmo quando não gostava de você Agora sou um boneco cujas cordas você controla, que balança toda vez que você se mexe ou fala. Um minuto você não está me dando a mínima atenção, e no outro... você fica me encarando como esta fazendo agora. Como se fosse um animal faminto, voraz, e eu...”
Ele apertou o maxilar.
Kate engoliu em seco e concluiu sussurrando.
“E eu fosse o seu maior desejo.”

Série Spindle Cove:
1,5. Once Upon a Winter's Eve;
03.  A Dama da Meia-Noite;
3,5. Beauty and the Blacksmith;
04.  Any Duchess Will Do;
4,5. Lord Dashwood Missed Out;
05. Do you Want to Start a Scandal.

Outras capas:

  

 Postagem válida para o Top Comentarista novembro.



15 comentários

  1. Lendo sua resenha me interessei muito pelo livro, pois gosto muito de livros do gênero de romance, apesar de ser uma série com vários livros, pretendo ler, pena que tem poucos lançados aqui, por esse motivo pretendo aguardar mais livros da série serem lançados para mim começar a ler.

    ResponderExcluir
  2. Se eu já estava ansiosa por este lançamento, estou "roendo as unhas" depois da sua resenha Kati. Eu gosto muito dessa série que a Gutenberg tá publicando e fiquei apaixonada pela história anterior, tanto que quero ler tudo que lançarem de Tessa Dare kkk.
    Sua resenha tá um doce, assim como deve ser o livro, além de ter uma pitada cômica. Comprei o meu mas ainda não chegou e assim que chegar fura fila e volto pra te contar minha impressão. :)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Kat. A Dama de Papel me interessou bastante, principalmente pela capacidade da autora em trabalhar com este casal desde o primeiro livro, e contar mais sobre o futuro do mesmo neste livro. Gosto da história de ambos os protagonistas, um homem dedicado na guerra e uma mulher decidida a saber mais sobre sua origem, querendo ou não ambos parecem determinados, isto me encantou no livro. Fico feliz que recomenda, pois está na minha lista. Consumidor de Sonhos

    ResponderExcluir
  4. Oiii, louca para ler esse livro depois dessa resenha, que livro fascinante, já me encantei pela história.
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kat. Só não entendi muito bem o fato de Thorne querer proteger a Kate por causa dos supostos familiares. Claro que deve ter ocorrido muita história nos 2 primeiros livros e por isso não consigo entender agora de imediato. Mas a história é interessante e eu leria para passar o tempo e ter novas experiências com a série, mesmo não fazendo muito meu estilo de leitura.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Kati!
    Só o título do livro já traz um certo ar de mistério.
    A capa é belíssima, o que é mais um atrativo.
    Agora um ogro, fala sério, né?
    Como é uma série, me parece boa e gostaria de ler.
    “Aqueles que não fazem nada estão sempre dispostos a criticar os que fazem algo.”(Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Katielle!
    Romance histórico, um mistério envolvendo a mocinha, mais um noivado fictício... apenas essas três características me convencenriam a ler Dama da meia noite, mas depois de ler sua resenha fiquei num estado de "Quero esse livro pra ontem!!".
    Amo livros que quando se encontram os mocinhos trocam farpas, e situações cômicas. Fiquei curiosa sobre o ataque do melão rsrs.
    Bjos e valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  8. Vale por nos apresentar essa série.
    Eu adoro romances históricos e estes bem humorados são mais gostosos ainda de ler.
    Achei que Kate fosse mimimi quando li que ela não se acha bonita e que nunca vai encontrar alguém, mas parece que não...
    Adorei oo mocinho ogro.
    Eu curti a premissa e torço pelo casal.
    Vou dar um jeito de ler o livro 1 logo.
    Valeu a recomendação.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Estou doida pra começa a ler essa série, curto muito romance de época e cada resenha que leio dos livros me deixa ainda mais ansiosa em conferi a série, parece mesmo ser excelente.

    ResponderExcluir
  10. Só essa linda capa já me chamou atenção e como eu amo demais o de época esse não pode ficar fora da minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
  11. Eu acho que editora deu um ótimo passo no mercado editoral com os livros dessa escritora, eu ainda não li nenhum deles mas além de ter capas belíssimas pelas resenhas que já li vejo que ela traz ótimos romances de época pra gente, e eu como sou loca por romances de época é claro que fiquei interessada nesse livro. E sabe eu adoro casais que estão se vitando e dai surge um romance ^^

    ResponderExcluir
  12. Hello!
    Eu to louca pra ler esse livro da Tessa Dare!
    Eu tenho o primeiro e o segundo, mas ainda nao li nada. Mas nao me entenda mal, eu amoooo romances de epoca e comprei justamente pq quero ler. Mas é o tempo escasso e a vida corrida.
    Muita gente fala mto bem da Série Spindle Cove!
    Acabei de ler o livro 2 da Julia Quinn e o casal brigando sempre e no final se juntando me lembrou esse dos Bridgertons e devo dizer que eu adorooo!
    Amei os prós sobre o livro que vc falou e com certeza vou ler!
    Narrativa fluida e ainda que nos deixa doidas tem um cantinho especial na minha estante, haha.
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  13. Faz um bom tempo que não leio um romance de época ou um livro que faz a gente dar muitas risadas. Conhecia a série porém nunca tinha lido ela, mas agora pretendo ler o mais rápido possível pois quero muito descobrir esse tal segredo sobre Kate que ele tanto guarda.

    ResponderExcluir
  14. Oie
    Com certeza essa é uma série que eu quero ler ainda mais depois de ver todas as suas resenhas positivas sobre o livro.E eu adoro esses casais que aparentemente não tem nada a ver um com o outro mas que acabam se encaixando de uma forma maravilhosa.A personalidade dos dois deve ser outro ponto positivo.E é tão bom poder rever aqueles antigos personagens que nos marca,adoro quando a autora traz isso pra história de seus outros livros <3

    ResponderExcluir