4 de novembro de 2015

Perdido em Marte - Andy Weir

Livro: Perdido em Marte (The Martian)
Autor: Andy Weir
Número de Páginas: 336
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Há seis dias, o astronauta Mark Watney se tornou a décima sétima pessoa a pisar em Marte. E, provavelmente, será a primeira a morrer no planeta vermelho.
Depois de uma forte tempestade de areia, a missão Ares 3 é abortada e a tripulação vai embora, certa de que Mark morreu em um terrível acidente.
Ao despertar, ele se vê completamente sozinho, ferido e sem ter como avisar às pessoas na Terra que está vivo. E, mesmo que conseguisse se comunicar, seus mantimentos terminariam anos antes da chegada de um possível resgate.
Ainda assim, Mark não está disposto a desistir. Munido de nada além de curiosidade e de suas habilidades de engenheiro e botânico – e um senso de humor inabalável –, ele embarca numa luta obstinada pela sobrevivência.
Para isso, será o primeiro homem a plantar batatas em Marte e, usando uma genial mistura de cálculos e fita adesiva, vai elaborar um plano para entrar em contato com a Nasa e, quem sabe, sair vivo de lá.
Com um forte embasamento científico real e moderno, Perdido em Marte é um suspense memorável e divertido, impulsionado por uma trama que não para de surpreender o leitor.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente, como vão?

A resenha que trago hoje é de Perdido em Marte, escrito por Andy Weir e publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. Esse livro que li é a segunda capa, lançada com a cara linda do Matt Damon, que vive o Mark nos cinemas. Andy Weir é programador desde os quinze anos e desde então trabalha como engenheiro de software. Nerd, adora tudo o que é relacionado ao espaço e à física relativista, mecânica orbital e história de voos espaciais tripulados. Perdido em Marte é seu primeiro livro.

Perdido em Marte é uma grande aventura. Afinal, quem nunca quis ser um astronauta, que se acuse aí abaixo nos comentários, kkkk… E por esse único motivo, já é o bastante para que a gente fique doido pra ler. Confesso que quando ele foi lançado anteriormente, não despertou meu interesse, mas agora, quando vi o trailer do filme, não pude deixar de saber mais sobre esse astronauta abandonado em Marte.

O livro é um relato preciso e bem atual de Mark Watney, um membro da equipe Asus3 que foi deixado em Marte. Espere um pouco aí se você acha que a equipe foi muito má e o deixou lá, simplesmente. Não, ele sofreu um acidente, durante uma ventania que os fez abandonar a missão e, na hora em que ele embarcaria, uma antena caiu e o cortou na lateral do corpo, furando o traje espacial. A hora era decisiva e os membros da equipe não podiam retornar para pegá-lo, já que ele estava mesmo morto, não teriam porquê carregar peso extra. Todos os astronautas que encaram essas missões para Marte sabem que quem morre lá, fica lá, pois seria muito dispendioso e perigoso para os demais, carregar o corpo na volta.

Só que Mark, acorda depois de um tempo e descobre que justamente o seu sangue, foi o responsável pela “cola” que manteve seu traje estabilizado e assim ele não morreu sufocado. Bom, a pior notícia foi acordar e se dar conta de que estava completamente sozinho. Ele, como bom astronauta que é, pode muito bem ficar um tempo sozinho, afinal ele é treinado para isso e ele sabe que dali a quatro anos, virá uma nova equipe para Marte, mas conseguirá ele sobreviver até que eles cheguem com a pouca comida que possui na base? Com tudo averiguado, Mark descobre que tem comida para quase 400 dias, mas ela não bastará para todo o tempo, mesmo que ele coma somente a metade.

Sou a primeira pessoa a ficar sozinha em um planeta inteiro.
Tudo bem, chega de lamentações. Estou conversando com alguém: a pessoa que ler este diário. É um pouco unilateral, mas vai ter que bastar. Talvez eu morra, mas alguém vai saber o que eu tinha a dizer.

Mark, além de mecânico é também botânico e, então, a primeira coisa que lhe passa pela cabeça é que ele terá que plantar alguma coisa se não quiser morrer de fome. Assim ele o faz, com uma série de engenharias de reaproveitamento de batatas, um punhado de terra (vinda da terra) e seus dejetos. Resta agora saber se ele vai conseguir se manter, sem nenhuma comunicação e também saber se o pessoal aqui de Houston descobrirá que ele ficou por lá ainda vivinho da Silva.

O livro é uma imensa aventura. Afinal de contas, pense em passar um tempo no espaço e você terá noção do quanto é eletrizante. Os problemas são constantes e de alta gravidade, mas o jeito como Mark encara as coisas é que o fazem sobreviver. Ele é super alto-astral, ri de suas desgraças e, mesmo quando tem um acesso de raiva por Marte querer matá-lo, ele acaba rindo no final de tudo.

De início, achei que fosse meu dever. Se eu sobreviver, os geólogos vão me amar por isso. Mas, depois, a coisa começou a ficar divertida. Agora, enquanto dirijo, fico ansioso por aquele simples ato de recolher pedras.
É uma boa sensação voltar a ser um astronauta e nada mais. Não um agricultor relutante, um engenheiro elétrico ou um caminhoneiro de longa distância. Um astronauta. Estou fazendo o que os astronautas fazem. Estava sentindo falta disso.

Acompanhando a reviravolta na vida do nosso intrépido “astronauta faz-tudo”, aprendemos muito sobre botânica, mecânica, química, informática, transmissão… Mas o mais legal, além da rotina inóspita em outro planeta, é acompanhar o trabalho da Nasa.

Para quem, como eu, adora esse tipo de assunto, esse tipo de “nerdice”, vai adorar ler esse livro. O relato minucioso e contante do modo de vida no espaço, da construção e elaboração do resgate, fizeram com que Watney se tornasse meu mais novo herói favorito. Adorei acompanhar sua aventura, nem um pouco entediante e muito, mas muito determinada.

Recomendo para quem adora histórias de aventuras espaciais!

Leia, divirta-se e até a próxima!

Outras capas:

  

 Postagem válida para o Top Comentarista novembro.


39 comentários

  1. Tenho esse livro com a primeira capa, porem ainda não li curto muito histórias de aventuras espaciais e essa resenha me deixou ainda mais ansiosa em conferi essa história, vou da um jeito de ler logo pois depois quero conferi o filme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milena, eu fiquei muito surpresa e satisfeita com esse livro, realmente adorei! O filme é tão bom quanto e já ouvi rumores de que pode levar o Oscar... Beijo, obrigada pelo comentário :D

      Excluir
  2. Oi, li esse livro depois de assistir o filme que me surpreendeu muito por causa do bom humor. Só não gostei muito do final... achei o do filme bem melhor, fora isso é uma ótima leitura mesmo...
    bjus
    http://reticenciasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andrea, bem bom mesmo, né? Eu gostei muito e achei que o filme ficou nem coerente com o livro (amém, kkkk). Beijão, obrigada pelo comentário, adorei saber que vc tb já leu :D

      Excluir
  3. Eu quero muito ler esse livro, como gosto de química e física acredito que vai ser legal aprender algumas coisas sobre isso que são citadas no livro.
    Sua resenha está muito boa, Perdido Em Marte parece ser ótimo, pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele, obrigada pelos elogios... O livro é ótimo e agrada muito quem adora esses temas que vc citou. Acho que, pelo que vc disse, vc vai gostar muito de ler. O Mark é um personagem incrível! Beijo e obrigada pelo comentário :D

      Excluir
  4. Acho que um dos livros mais divulgados foi o Perdido em Marte de Andy Weir! O filme foi um sucesso e a Arqueiro fez questão de nos fazer muitaaaa vontade pra comprar e ler logo, haha.
    É raro eu gostar da mudança da capa para o do filme, mas dessa vez gostei das duas e das outras que vc encontrou.
    Nossa, nao me imagino no lugar do Mark, ainda bemmmm que ele é esperto e nao ficou desesperado. Quero mto ler e ver o filme e acompanhar Mark na sua aventura e como irá encarar as coisas para sobreviver.
    Haha, adorei o termo "astronauta faz-tudo”!
    Beijos.

    ♥ Blog Livros e Sushi ♥
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy, o livro é mesmo bem divertido, é muito mais do que eu esperava quando comecei a leitura. Não tem como ficar indiferente a tanta aventura e à forma como o Mark encara as inúmeras adversidades, até fica divertido, kkkk Beijo e obrigada pelo comentário, adorei!

      Excluir
    2. Vou ler com certeza ler Lu, ainda mais depois de tanta divulgação.
      Beijos.

      Excluir
  5. Lu!
    Como amo ficção esse livro já está na minha lista de desejados.
    Quero ver e acompanhar com Mark vai fazer para se manter vivo até o resgate...
    E se ele tem tiradas hilárias, já está valendo a leitura.
    Adorei sua análise!
    “Reflexão de Lavoisier ao descobrir que lhe haviam roubado a carteira: nada se perde, tudo muda de dono.”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, esse livro foi uma grata surpresa. Eu não imaginava que ia me divertir tanto e que elegeria o Mark um dos meus personagens preferidos... Como sempre, obrigada pelo carinho e pelo comentário, adorei :D

      Excluir
  6. Oláá, tudo bem??
    Nossa, desde que vi esse livro no blog Delírios Literários da Snow fiquei doida para ler e a cada resenha dele minha vontade de lê-lo aumenta, ainda mais com essas quotes maravilhosas as quais me são apresentadas kkkkk
    Amei a resenha, que ótimo que se divertiu e se surpreendeu com o livro! haha
    Bjoos

    Jovem Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eloísa, que bom que gostou da resenha e também fico feliz que tenha gostado das quotes, eu escolho com amor, kk.... Adorei seu comentário, obrigada! beijo.

      Excluir
  7. Oi, Kat!!
    Estou querendo muito ler esse livro. A aventura e o "mundo criado" parece ser completamente diferente do que já li e AMO conhecer coisas novas, principalmente na leitura. Além do mais, o livro tem um certo suspense que me faz ter muita vontade de ler. Assim que possível estarei comprando o livro.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aguida... Que bom que vc gostou da resenha e se interessou pela história, eu gostei muito e achei todo esse "universo espacial" muito bom de interagir... Beijo e obrigada pelo comentário :D

      Excluir
  8. Oi, Kat!!
    Estou querendo muito ler esse livro. A aventura e o "mundo criado" parece ser completamente diferente do que já li e AMO conhecer coisas novas, principalmente na leitura. Além do mais, o livro tem um certo suspense que me faz ter muita vontade de ler. Assim que possível estarei comprando o livro.

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aguida, espero que sua leitura seja tão boa quanto a minha, eu gostei muito. Beijo e obrigada!

      Excluir
  9. Oiee.

    Não tinha conhecimento destes livros, e nem sei se farei a leitura um dia. Essa obra mais nerds, prefiro os filmes, pois acho as leituras um tanto arrastadas. Só que, sua resenha ficou tão boa, que dei até vontade de tentar, rs. Quem sabe não me arrisco no futuro

    Beijos da Fê
    As Catarina´s

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda, fico feliz em quase ter te convencido, esse é o melhor elogio que eu poderia receber... Se der, leia e depois me conte o que achou, ok? Beijão, obrigada :D

      Excluir
  10. Oi Lu,

    Capa com Matt Damon, ai meu Deus!!, kkkk
    Já tinha visto o trailer e gostado muito e agora li sua resenha e o livro também me pareceu interessante, ainda assim não tenho certeza se essa séria uma leitura pra agora já que tenho alguns livros em mente pra ler ainda esse ano, e tem também o fato de que histórias onde a pessoa fica isolada não me atraiam imediatamente, mas vou pensar um pouco mais e quem sabe não o considero pro futuro. A sua resenha como sempre tá ótima.

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili... Pois é, a coisa já começa boa pela capa, né? kkkkkkkk Obrigada pelo comentário, adorei saber que vc poderá ler um dia... Beijão

      Excluir
  11. Oi!
    Li uma resenha deste livro mas comecei a me interessar pela historia depois de assistir ao trailer do filme, gosto de historia de astronautas e achei essa muito criativa e também parece ser bem escrito e o tipo de livro que a cada pagina torcemos para o Mark conseguir voltar !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, o livro é mesmo isso que vc disse e ainda tem o plus de compartilhar as peripécias do Mark, muito bom mesmo. Obrigada pelo comentário, beijo :D

      Excluir
  12. Sabe aquele livro que você não sabe o que pensar dele ?? Acho que esse livro se enquadra nesse caso porque sinto uma curiosidade em relação a história mas não sei o que pensar do livro. Fiquei feliz que o livro te agradou e acho que pela sua resenha pode ser uma leitura prazerosa pra min também ^^ Afinal o cara ficou em marte sozinho, histórias assim merecem ser lidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rissia, ele fica sozinho em Marte, mas tudo é muito dinâmico e nos faz ficarmos exilados junto com esse ótimo personagem. Eu achei o livro melhor que o filme, embora o filme tenha algumas coisas que o deixaram bem interessantes... Espero que goste tanto quando eu, beijo :D

      Excluir
  13. Lu, Perdido em Marte foi um livro de extremo encantamento para mim, e olha que não sou nada fã de ficção científica. A escrita do Andy Weir me surpreendeu em todo o momento, mas o que mais gostei em sua narrativa foi a criação do personagem com tons de humor e ironia, mesmo que a situação seja de total desespero. Quero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu concordo com tudo o que vc disse, adorei esse livro mesmo não sendo tão fá assim de ficção científica. Me encantei pela narrativa do Mark, impagável! beijo e obrigada pelo comentário :D

      Excluir
  14. Só soube do livro por causa do filme.
    E gostaria que a capa anterior permanecesse.
    Eu n/ao gosto quando colocam as capas dos filmes, não que eu não goste do Matt... adoro por sinal.
    Quero muito ler e por isso não vi o filme ainda.
    Eu fiquei angustiada só lendo a sua resenha, imaginando em ficar sozinho em outro planeta e tão hostil e impróprio para se viver.
    O livro parece muito inteligente...
    Espero que alguém volte antes dos 4 anos ou que Mark consiga cultivar algo...
    Adorei e quero ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Edna, fico muito feliz com o seu comentário e mais feliz ainda em saber que vc se interessou pelo livro, ele é mesmo legal... Beijo e obrigada pelo comentário, ;)

      Excluir
  15. ficcao cientifica...adoooorrooooo......assisti otrailer do filme...legal como ele se vira em marte.....ele vive varias aventuras...so que sera que encontram ele e o resgatam???louca pra ler.....bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karol, que bom que gostou... Eu confesso que quando soube do livro nem me interessei tanto, mas depois de começar a leitura foi difícil parar de ler e de torcer pelo Mark, gostei muito da leitura. Beijo e obrigada ;)

      Excluir
  16. Oi Lu :D
    Eu também não havia me interessado no livro, mas não havia nem lido a sinopse se quer saber, acho que foi a primeira capa que não me convenceu. Agora lendo sua resenha fiquei curiosa.
    Acho que se fosse eu a "astronauta" não ficaria viva nem uma semana, rs. O que mais chama atenção no livro é o humor do Mark, tenho a impressão de que ele chega a ser um pouco sarcástico com si mesmo. Adorei :)
    Bjs :*

    Visite: Passeando com os livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vitória, o Mark é mesmo o show do livro, não que eu desmereça o charme marciano, kkkkkk Que bom que se interessou, obrigada, beijo!

      Excluir
  17. Oi, Lu!
    No começo da sinopse pensei que seria um drama mas no final me peguei rindo, imagine então durante a leitura?! Que aventura o leitor vai embarcar com o Mark, hein?!
    Mas confesso que prefiro histórias de aventuras espaciais em filmes, acho cansativo esse relato minucioso e constante do modo de vida no espaço... Então, vou assistir ao filme, se eu gostar terei Perdido em Marte.
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Any, que bom que vc vai ver o filme, acho que vc vai gostar... embora eu tenha achado o livro até um pouco mais dinâmico que o filme. Beijo e obrigada pelo comentário :D

      Excluir
  18. nunca li um livro parecido com esse, entao não posso dizer se gosto ou não mas confesso que gostei bastante da resenha e fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Emanoelle, eu adoro ler coisas diferentes e me surpreender. Agora estou lendo Tempo Entre as Costuras, da Maria Dueñas, uma vencedora do Nobel... tô adorando! Beijo e obrigada pelo comentário :D

      Excluir
  19. Eu me interessei pelo livro antes mesmo de todos os comentários positivos e da adaptação para o cinema pelo simples fato de ele trazer um tema tão interessante e ao mesmo tempo tão pouco abordado na literatura. Acredito que seja realmente incrível aprender e conhecer esse lado interno da profissão de astronauta, por um ângulo totalmente novo, e ainda poder compreender um pedacinho do processo que é feito para resgatar alguém do espaço. Tudo muito fascinante, e claro que o bom-humor do protagonista deixa melhor ainda. Adorei as capas, mas o Matt, realmente, ninguém supera rs

    ResponderExcluir
  20. Comecei a assistir o filme desse livro ontem, mas como a net não colaborou muito comigo não deu para terminar. Mas o pouco que assisti dele foi suficiente para prender a minha atenção. Mesmo não sendo o meu gênero favorito, sem dúvidas vou ler o livro que deu origem ao filme.

    ResponderExcluir