10 de dezembro de 2015

A Educação de Sebastian - Jane Harvey-Berrick

Livro: A Educação de Sebastian
A Educação de Sebastian #01
Autor (a): Jane Harvey-Berrick
Número de Páginas: 382
Editora: Novo Século
Compre aqui.

Sinopse: Presa num casamento frio e sem paixão, Caroline Wilson, de 30 anos, muda-se para San Diego depois que seu marido militar é promovido. Sentindo-se perdida e sozinha, Caroline reencontra uma antiga amizade: Sebastian, que ela conhecera ainda menino, um jovem inteligente e sensível, com pais alcoólatras e violentos.
Sebastian, agora com 17 anos, tem mais do que apenas amizade em sua mente. Juntos, experimentam o despertar de uma paixão intensa e arrebatadora. Mas esse romance proibido pode ameaçar a vida de ambos.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é do livro A Educação de Sebastian de Jane Harvey-Berrick e publicação da Editora Novo Século.

Não sei se vocês já ouviram alguma coisa sobre este livro, pois para mim ele era bem desconhecido e depois que a Editora anunciou seu lançamento é que fui atrás para ver do que se tratava. Vi que muitas pessoas se referem a ele como “o livro proibido”, pois o relacionamento dos protagonistas é proibido por tudo que abrange e também é proibido pela lei.

A Educação de Sebastian conta a história de amor proibido entre Sebastian e Caroline. Ela casada e com 30 anos; ele um adolescente, terminando a escola e com 17 anos. Sei que muitas pessoas nem iniciariam esta leitura depois de saber destes detalhes, mas o livro é tão lindo, tão maravilhoso que certamente quem não ler estará perdendo uma grande história.

Caroline é casada há mais de dez anos com David, ele é médico militar, os dois moram na base de San Diego. O casamento dela poderia ser maravilhoso, mas seu marido é um tremendo babaca; em resumo ele a tem como uma simples empregada e Caroline precisa estar sempre pronta para atender suas necessidades, inclusive as sexuais. Caroline é frustrada, sua vida não tem emoção e ela não recebe um pingo de amor e atenção de ninguém.

Sebastian conheceu Caroline quando tinha apenas oito anos, eram vizinhos na base. Ele sempre fazia companhia para ela, pois era insuportável ficar na sua casa, mas em determinado dia Caroline e David mudam-se e ele fica sozinho.

Dez anos passam e o casal está de volta. Caroline fica surpresa quando reencontra Sebastian, pois ele está diferente, bonito e não lembra em nada aquele garoto de oito anos. Os dois passam a se encontrar casualmente e algo começa a surgir. Caroline sabe que está agindo errado, mas como resistir a tanta atenção e carinho que Sebastian proporciona? Nem a mais forte das pessoas conseguiria... kkkkkk

Ai gente, que difícil falar deste livro. É tão maravilhoso, são tantas coisas envolvidas... Desde a primeira página sentimos uma tensão e essa sensação só aumenta, afinal, Sebastian e Caroline podem ser pegos a qualquer minuto e isso seria uma tragédia. Quando Sebastian era pequeno já sentia um amor pela bela mulher, mas isso era coisa de criança, porém agora que ela está de volta ele não perde tempo em demonstrar tudo o que sente, pois nunca a esqueceu.

Caroline reluta bastante em se envolver, pois todos os acontecimentos são errados, mas eles passam dias maravilhosos juntos, conhecem lugares e ela experimenta coisas que nunca imaginou; isso só faz com que perceba o quanto está perdendo da vida, vivendo de empregada, num casamento sem amor.

Este aqui é um daqueles livros complicados, pois sabemos que o relacionamento dos dois é errado, mas mesmo assim torcemos pela felicidade do casal. A vida deles é um caos, eles não têm amor e carinho de suas famílias e encontram isso nos braços um do outro. Também temos aquela tensão do proibido, de se encontrar na clandestinidade, por mais que isso seja errado, dá uma emoção quando eles conseguem.

O livro é narrado em primeira pessoa por Caroline. Senti falta de uma narrativa do Sebastian, pois queria saber mais sobre ele; se David é ruim para Caroline a família de Sebastian é dez vezes pior para ele.

Enfim, amei a leitura e estou desesperada pelo próximo livro. Se alguém ainda tiver dúvida sobre ler ou não, esqueça isso. O livro é lindo, vale a pena e desde os primeiros capítulos torcemos pelo casal. Aconselho que quem tiver interesse em iniciar a leitura, tenha os dois em mãos, pois o final é daqueles que acaba com qualquer um.

Ele recostou-se no banco e voltou-se para sorrir para mim.
A sensação mais incrível de amor cresceu dentro de mim. Eu tinha tanta sorte. Ele era bom e atencioso e terno. Ele era divertido de se estar junto; lindo, por dentro e por fora. Eu não sabia que um amante também podia ser amigo. E ele me amava.
A mim.

Leitura recomendada.

A Educação de Sebastian:
01. A Educação de Sebastian;
02. A Educação de Caroline;
03. Semper Fi.

Outra capa:



Postagem válida para o Top Comentarista dezembro.


13 comentários

  1. Oi Kati,

    Eu tenho umas ressalvas para com esse livro, primeiro essa capa não me convenceu, sei lá não gostei, segundo a diferença de idade me incomoda bastante. Mas quer saber, depois de ler sua resenha acho que só tô sendo preconceituosa e isso pode estar me fazendo perder uma história legal, vou pensar melhor e ler mais sobre este livro e a sua sequência que é continuação (também não gostei da capa da continuação haha, acho que ela envelheceu muito bem nela, não parece ter mais de 30 kkk), enfim vou pensar em sua indicação com carinho.

    :D

    ResponderExcluir
  2. Eu ouvi falar do livro e vi no facebook também, mas não me chamou atenção pela capa. Eu gostei da resenha, mas não tenho vontade de ler, sei lá... rs E só de ver que tem mais livros, fico com preguiça. Quem sabe depois de lançarem os 3 e você me falar o que achou de tudo, eu anime.

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha visto esse livro mais em inglês, e nem sabia que a editora Novo século publico ele.
    A primeira coisa que pensei quando li a sinopse desse livro foi que não ia gosta dele pelo como você disse sobre os detalhes como amor proibido e a idade entre eles, e mesmo que ele seja maravilhoso como você disse ainda estou em duvidas se irei ler...da ultima vez que li um livro assim com um amor proibido chorei tanto com o final kkkk

    Mais caso eu for ler vou fazer como você recomendo e te os dois livros em mãos.

    ResponderExcluir
  4. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais curiosa em conferi essa história que parece mesmo ser excelente, vou seguir se concelho só vou ler quando tiver o segundo em mãos, pois esse tipo de final me deixa sem chão.

    ResponderExcluir
  5. Kat, estórias de amor proibido sempre chama a atenção por nos causar uma emoção a mais, e esse tem tudo para nos deixar ligados á narrativa a todo momento, sem querer largá-lo até descobrir qual será o desfecho do casal. Ainda não tinha conhecimento sobre esses livros, mas já estou providenciando para uma leitura futura e breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Kat! A Educação de Sebastian me surpreendeu. Este é um daqueles livros que prometem muito mais do que a sinopse mostra, como não havia gostado da sinopse na divulgação do livro, mas foi uma surpresa esta resenha. Julguei o livro como clichê e com um gênero que não sou fã, realmente o último fato é verídico, o primeiro é razoável, pois o clichê inicial serve para desenvolver a história. Gostei do drama dos personagens, mas odiei o marido de Caroline, babaca mesmo. Fiquei curioso sobre a leitura!
    Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Desde que vi esse titulo achei tão estranho, A Educação de Sebastian.
    Sei que é romance pela capa, mas nao procurei saber direito do que se tratava.
    Adorei saber que se trata de um romance proibido, faz tempo que nao leio uma historia assim. Mas nao sabia da fama dele e que trtava ate de um romance proibido pela lei.
    Já vi que vc gostou mto do livro e por isso é dificil falar dele, fiquei bem curiosa mesmo pra conhecer o casal e como vao conduzir o relacionamento.
    Gostei mais da capa lançada aqui, a outra parece propaganda de calça jeans da Levis, hehe.
    Beijos

    Blog Livros e Sushi
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  8. Kati!
    Nosso preconceito em relação a idade dos relacionamentos e aqui ainda por ele ser menor de idade, poda um pouco nosso envolvimento; mas na minha opinião, o que vale é a felicidade e se eles estão felizes com esse amor, o que dizer?
    “Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o Universo não tem ideias.” (Fernando Pessoa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  9. Adorei a capa do livro, pra começar!
    E sei lá, ao mesmo tempo que sei que é errada essa coisa de idade, também acho que é certo, afinal, se há amor de verdade nesse relacionamento como poderia ser uma coisa tão errada assim? Se pensarmos por esse lado, é certo sim! Só que é totalmente mal visto pela nossa sociedade. Enfim, me interessei muito pelo livro e adoraria lê-lo, vou por na minha listinha.

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Sua resenha está muito boa, não conhecia essa série, mas lendo um pouco mais sobre esse livro, percebi que não faz muito meu estilo de leituras, por esse motivo não pretendo lê-lo, quem sabe futuramente.

    ResponderExcluir
  11. Antes desse livro ser lançado no Brasil eu também não o conhecia, depois de ver o lançamento no skoob fui procurar a sinopse do livro e me interessou em um primeiro momento, e depois li algumas resenhas, e apesar do livro ser um pouco sensual, sei que a trama vai aborda outros temas, e isso me chamou muito a atenção, e fez com que eu queira ler esse livro logo.

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Antes desse livro ser lançado no Brasil tinha visto ele em blog com vários comentários positivos sobre a historia e lendo a resenha fiquei curiosa sobre a historia mesmo com a diferença de idade parece que a autora conseguiu trabalhar bem com o tema e sempre vejo as pessoas torcendo pelo casal!!
    Não gostei muito dessa capa !!

    ResponderExcluir
  13. Confesso que o nome e em seguida a capa do livro, quase me fizeram desistir de ler a resenha. Mas graças a forças maiores, eu li e olha só! Estou apaixonadíssima. Engraçado é que os detalhes que afastaram algumas pessoas, são os mesmos que me fizeram querer esse livro, haha.

    ResponderExcluir