29 de janeiro de 2016

Entre a Ruína e a Paixão - Sarah MacLean

Livro: Entre a Ruína e a Paixão
O Clube dos Canalhas #03
Autor (a): Sarah MacLean
Número de Páginas: 304
Editora Gutenberg
Compre aqui.

Sinopse: Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Um poderoso duque acusado de assassinato. Uma noite que mudou duas vidas para sempre. Temple viu seu mundo desmoronar quando acordou completamente nu e desmemoriado em uma cama repleta de sangue. Destituído de seu título e acusado de assassinato, o jovem duque foi banido da sociedade. Doze anos depois, recuperado em sua fortuna e seu poder como um dos sócios do cassino mais famoso de Londres, sua redenção surge quando a única pessoa que poderia provar sua inocência ressurge do mundo dos mortos. Após doze anos desaparecida, Mara Lowe se vê obrigada a reaparecer quando seu irmão perde toda a fortuna da família nas mesas do cassino do homem cuja vida ela arruinou. Temple quer provar a todos que é inocente e, sobretudo, se vingar e destruir a vida daquela mulher, enquanto Mara precisa enfrentar o passado para recuperar seu dinheiro. Assim, os dois formam um acordo obsceno que os une em um jogo de poder e sedução. Mas ambos descobrem que a realidade esconde muito mais do que as aparências revelam e eles se veem em uma encruzilhada na qual precisam escolher entre lavar a honra do passado e garantir o futuro ou ceder ao desejo de se entregarem de vez à irresistível atração que sentem um pelo outro, mas que pode arruiná-los para sempre.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente, tudo bem?

Hoje é dia de eu dar uma surtada por aqui, pois a resenha é histórica e o livro é de uma das minhas séries favoritas. Entre a Ruína e a Paixão é de Sarah MacLean e publicação da Editora Gutenberg. Este é o terceiro da série O Clube dos Canalhas.

Tenho um amor incondicional por essa série, então quando me perguntam o que acho dela, sou suspeita para falar, pois amo todos os livros. Gostaria que todos que estão a minha volta e que tem o hábito da leitura, lessem estes livros simultaneamente comigo, pois só assim eu poderia extravasar um pouco de tudo o que penso. Acho que a Luciana não me aguenta mais, afinal ficar mandando mensagens perto da meia-noite para perguntar se ela já terminou a leitura é um pouco fora do normal, mas sei que ela me entende. <3

Entre a Ruína e a Paixão trás a história de Temple, um dos sócios do O Anjo Caído. Temple é o maior lutador de boxe que existe e no antro de jogatina ele tem a função de lutar com aqueles que perdem suas fortunas; se essas pessoas ganharem tem sua dívida zerada, mas Temple nunca perdeu uma luta. Antes de ser lutador ele é um Duque, mas toda sociedade tem medo dele, afinal é O Duque Assassino; é conhecido por ser aquele que supostamente matou a noiva de seu pai na noite antes do casamento.

Há doze anos Mara foi dada como morta, doze anos que ela vive na clandestinidade. Agora, depois de todo esse tempo escondida, ela precisa da ajuda de Temple. Mara sabe que ele pretende vingar-se por cada um desses doze anos que ele ficou a margem da sociedade, sendo culpado por um crime que não cometeu.

Nossa, nem preciso dizer mais nada, o amor que tenho vocês podem acompanhar nas resenhas anteriores aqui e aqui. Às vezes penso que eu não poderia gostar mais de um livro, como gostei do anterior, mas esse meu pensamento some quando inicio os primeiros capítulos.

A narrativa é em terceira pessoa e alterna entre Mara e Temple. O livro é divertido, sensual e tem uma aura obscura que nos acompanha desde o primeiro volume, isso é claro se deve ao O Anjo Caído. Neste livro aqui conhecemos um pouco mais sobre as lutas que acontecem no porão do estabelecimento e de como as pessoas ficam alucinadas com cada evento, apostando quantias absurdas de dinheiro em Temple.

Entre a Ruína e Paixão tem uma história cheia de segredos, mentiras e intrigas. Quando parece que tudo irá se resolver, acontece uma reviravolta e mais elementos são inseridos a trama. Temple e Mara são pessoas sofridas e parece que depois que se reencontraram esse sofrimento aumentou, e muito. A atração entre eles é forte, mas falta muita confiança para poderem ficar juntos, pois sempre paira uma dúvida de que ela possa traí-lo novamente, como fez há doze anos.

Os personagens dos livros anteriores aparecem e por um tempo pude matar a saudade deles. A história do próximo volume já começa a ser moldada e a autora já deixa pistas com pequenos acontecimentos e frases que atiçam a curiosidade do leitor.

Enfim, amei cada página deste livro, amei a capa que está divina e amo muito mais a editora por essa série linda. O melhor de tudo é que o próximo livro já será publicado agora em fevereiro e o título é: Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência. Estou desesperada por este que, com certeza, encerrará a série com perfeição.

Temple a puxou para mais perto, e ela exclamou, apoiando as mãos em seu peito nu, seu toque frio e suave contra a pele suada dele. Temple baixou a voz, para que só ela escutasse.
"Você fez a fama, agora deite na cama."
Ela ficou paralisada ao ouvir aquilo, como se tais palavras tivessem um significado especial para ela, mas durou meio segundo. Talvez menos.
"Então, Alteza, eu vou deitar e rolar."

Leitura recomenda (leiam, pelo amor de Deus!).

O Clube dos Canalhas:
03. Entre a Ruína e a Paixão;
04. Nunca Julgue Uma Dama Pela Aparência.

Outras capas:

   

Postagem válida para o Top Comentarista janeiro.


10 comentários

  1. Quero ler todos os livros dessa série, mas até agora esse é o que mais me interessa. Adoro histórias com suspense, revelações e intrigas, e essa parece ter tudo isso e muito mais! Ansioso depois dessa resenha. A editora tá fazendo um trabalho lindo c/ a série ♥ Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada dessa autora, mas a sua empolgação com ela é bastante contagiante. Vou procurar pelos livros, sem falta. E gostei da resenha, é bom quando as histórias trazem mulheres fortes e independentes. Me interessei também pela autora dar mais realismo, retratando o modo como a vida sempre acaba cobrando pelas escolhas, independente de quais forem elas. Gosto muito de romance de época, e ainda tendo Londres como ambiente? já me conquistou!

    ResponderExcluir
  3. Acho linda as cores vivas das capas da serie desses livros, adoro o gênero e gostei muito da resenha, espero poder ler eles em breve.

    ResponderExcluir
  4. Oi Katielle, eu amei a sinopse eu não conhecia essa serie de livros, gostei muito da sua resenha já adicionei na minha lista de leitura bjs.

    ResponderExcluir
  5. Essa editora é realmente linda, os lançamentos ocorrem "a jato" kkkkk e os livros são lindos, vou ler esse e já quero o próximo, eita :)
    Por sua resenha deu pra ver que esse é aquele tipo de livro que vai me fazer sofrer até o fim, mas no fim tudo é lindo e eu amo :)

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro romances de época.
    Não li nenhum livro ainda (não briga comigo).
    Eu achei a premissa tri legal.
    A mulher sumida, dada como morta e o cara que foi acusado da morte querendo vingança...
    O cenário em meio a lutas em porões é super filme Hollywoodiano... Haha.
    Esse ano eu prometi não começar séries até acabar as que tenho.
    Talvez demore para ler essa, mas anotei a dica.
    E como é bom amar uma estória assim. Parabéns pela super empolgada resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Te entendo sempre que termino de ler ou assisto algo que gosto muito sempre procuro alguém para poder comentar e adorei esse livro, gostei desse Duque com identidade secreta, gostei da historia e assim que tiver oportunidade quero ler !!

    ResponderExcluir
  8. Estou doida pra começar a ler essa série, curto muito um romance de época e essa resenha me deixou ainda mais interessada e ansiosa em conferi as histórias desses canalhas.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kati!
    Adoro romances de época. Já tinha visto esse livro, mas não sabia que se tratava de uma série. Ela parece ser bem diferente dos romances de época que eu já li, onde tem famílias querendo casar seus filhos com o "patente alto" da sociedade.
    A história é instigante (desse livro) e deve prender o leitor desde o início. É bem diferente de todos os romances de época que já li (não foram muitos) e eu gostei bastante da temática desse livro e da série!
    A capa é realmente linda!
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  10. Kati!
    A capa já chama atenção e todo essa história de O Anjo Caído, fiquei bem curiosa.
    Muito boa sua resenha como sempre.
    “A parte que ignoramos é muito maior que tudo quanto sabemos.” (Platão)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir