30 de maio de 2016

Lançamento - Novo Século

Oi, gente!
Confiram um dos próximos lançamentos lindos da Editora Novo Século. Fiquei apaixonada pela capa e já coloquei na minha lista de desejados.

O Manual de Casamento de Jane Austen - Kim Izzo.
Katherine Shaw tinha uma vida feliz. Vários amigos, carreira promissora numa revista de moda e um fascínio pela escritora britânica Jane Austen. Mas ao terminar um relacionamento, ficar sem emprego e ter que vender a casa da família em razão de uma verdadeira catástrofe financeira, Kate se vê numa crise que tiraria o sono até mesmo da mais resoluta heroína das páginas de Austen. O apoio dos amigos mostra-se bastante valioso – isso sem mencionar um inusitado presente de aniversário, que ameniza um pouco a angústia de chegar aos temidos quarenta anos. Kate tem agora a tarefa de testar uma teoria inspirada por Jane Austen: nos períodos econômicos mais críticos, seria um homem rico o único acessório indispensável? O que se inicia como um simples artigo de revista torna-se uma oportunidade de comprovar a teoria na prática à medida que Kate – agora Lady Kate –, acompanhada da alta sociedade, vislumbra perspectivas que deixariam Sr. Darcy parecendo um amador. Poderia o verdadeiro amor, contudo, emergir desse meio? Kate será capaz de escolher entre o Sr. Certo e o Sr. Rico?

Pré-venda.


25 de maio de 2016

Um Amor de Cinema - Victoria Van Tiem

Livro: Um Amor de Cinema (Love Like The Movies)
Autor (a): Victoria Van Tiem
Número de Páginas: 294
Editora: Verus
Compre aqui.


Sinopse: Neste irresistível romance, Kenzi Shaw, uma designer fanática por filmes, é lançada nas águas turbulentas do amor — ao estilo de Hollywood — quando seu lindo ex-namorado lhe propõe uma série de desafios relacionados a comédias românticas para reconquistar seu coração.
Que garota não gostaria de vivenciar a cena das compras de Uma linda mulher? É o desafio número dois da lista. Ou tentar fazer os passos de dança de Dirty dancing? É o número cinco. Uma lista, dez momentos românticos de filmes e várias aventuras depois, Kenzi se pergunta: ela deve se casar com o homem que sua família adora ou arriscar tudo por um amor de cinema? 

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente, tudo bom?

A resenha de hoje é do livro Um Amor de Cinema da autora Victoria Van Tiem e publicação da Verus Editora.

Vocês sabem aqueles livros que temos há anos na estante e nunca arrumamos um tempo para ler? Essa era minha situação com Um Amor de Cinema; eu não dava nada para este livro e imaginem a minha surpresa quando descobri que a história é belíssima, perfeita. Um chick-lit de arrancar suspiros, nos matar de rir e nos deixar com o coração na mão.

Este livro já começa com o pé direito, pois ele tem referências de todas as minhas comédias românticas favoritas. Eu amo este tipo de filme, então fiquei mais que feliz quando foram citados Dirty Dancing, Uma Linda Mulher, Gatinhas e Gatões e muitos outros.

Kenzi AMA comédias românticas, ela é daquelas mulheres que um filme desses e uma boa taça de vinho resolvem qualquer problema. Ela sabe todas as falas, compara sua vida com a dos filmes e sempre pensa no que determinado personagem faria em seu lugar quando surge algum problema. Quem liga para uma mulher com quase trinta anos querer viver uma vida igual a de filme?

A vida de Kenzi vai muito bem, tem o emprego dos sonhos, está de casamento marcado e ama seu noivo. A única coisa que não é muito boa é sua família, parece que eles não estão nem aí para ela e para piorar ela sempre faz comparações com sua cunhada, comparações onde a fulana sempre vence. Se fosse somente isso a vida dela estaria ótima, mas seu ex-namorado, aquele por quem ela ainda sente uma quedinha, está de volta. Para ajudar, ela terá de trabalhar para ele em um novo conceito de restaurante/cinema. A proposta de Shane, o ex, é que eles revivam cenas de uma lista de dez filmes escolhidos por ele mesmo. Kenzi acredita que isso é para o trabalho que ela terá que desenvolver só que o objetivo de Shane é outro.

Estou apaixonada por este livro! Que história linda e perfeita. Parecia que eu estava vendo uma comédia na sessão da tarde. Sabe quando a gente torce muito para um mocinho que não é o pretendente da mocinha? É assim que passamos durante toda a leitura. A Kenzi é uma figura, ela se mete em cada enrascada que é até difícil de acreditar e isso nos leva a muitas risadas.

O que me encantou mesmo nesta história foram os filmes. Quem nunca se imaginou no lugar da Baby em Dirty Dancing, eu com certeza sim. Este é o meu filme favorito da vida, sou um pouco Kenzi neste sentido, pois tenho o DVD comemorativo e sei as falas dos personagens. Com certeza um dos inúmeros filmes citados durante a leitura será uma linda referência para você.

Um Amor de Cinema é narrado em primeira pessoa pela Kenzi. A narrativa é boa demais, fluída, gostosa e nos faz sonhar e rir ao mesmo tempo. A nossa personagem maluca passa por tantas situações reais que em muitas vezes eu me coloquei no lugar dela e vi o quanto é difícil tomarmos decisões e magoar algumas pessoas que amamos. Mas por outro lado quando alguém nos magoa, não hesitamos em dar o troco.

Enfim, recomendo muito a leitura. Amei de paixão a história e para completar a perfeição o final foi digno de filme mesmo. Leiam e divirtam-se com este livro lindo.

– Eu tenho vinte e nove anos, quase trinta, e alguém que a minha família ama, que eu amo, que nunca mentiu para mim e não me abandonou, quer casar comigo. Eu quero uma família. – Olho para o canal e, em voz baixa, quase para mim mesma, pergunto: - Então, por que eu deveria esperar? – Engulo em seco e aguardo. Não acredito que perguntei isso.
Shane dá um passo à frente e vira, usando as mãos para me impedir de seguir adiante. Olhos castanho-acobreados mergulham nos meus com intensidade.
– Por mim. Você deveria esperar por mim.

Leitura recomendada.

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista maio.


24 de maio de 2016

Ligeiramente Seduzidos - Mary Balogh

Livro: Ligeiramente Seduzidos 
(Slightly Tempted)
Os Bedwyns #4
Autor (a): Mary Balogh 
Número de Páginas: 288
Editora Arqueiro.
Compre aqui.


Sinopse: Jovem, estonteante e nascida em berço de ouro. É apenas isso que Gervase Ashford, o conde de Rosthorn, enxerga em Morgan Bedwyn quando a conhece, num dos bailes da alta sociedade inglesa em Bruxelas. 
Em circunstâncias normais, ele não olharia para ela duas vezes - prefere mulheres mais velhas e experientes. Porém, ao saber que Morgan é irmã de Wulfric Bedwyn, a quem Gervase culpa pelos nove anos que passou longe da Inglaterra, decide que ela é o instrumento perfeito para satisfazer seu desejo de vingança. 
Mas Morgan, apesar de jovem e inocente, também é independente e voluntariosa e, assim que entende as intenções do conde, se prepara para virar o jogo e deixar claro que não se deixará manipular por ninguém. 
Em Ligeiramente Seduzidos, quarto livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh nos brinda com mais uma história fascinante. Em uma trama repleta de traição e vingança, escândalo e sedução, ela mostra que o caminho para o amor pode ser difícil, mas que a recompensa faz cada passo valer a pena.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente, tudo bem?

Hoje trago o mais recente lançamento da Série Os Bedwyns, publicação da Editora Arqueiro e escrito por Mary Balogh. Mary é nascida e criada no país de Gales, mas ainda jovem mudou-se para o Canadá, onde planejava passar dois anos. Ela apaixonou-se, casou e criou raízes definitivas com o outro lado do Atlântico. Sempre gostou de escrever e tinha certeza de que quando fizesse isso, ambientaria seu livro na Inglaterra. Publicou seu primeiro livro em 1985 e já estreou recebendo prêmios que fizeram com que ela largasse o magistério e se dedicasse somente aos livros. Hoje ela figura entre as melhores escritoras do mundo todo e coleciona inúmeros prêmios literários.

Este livro é o quarto da série Os Bedwyns e conta a história da jovem Morgan, a Bedwyn mais jovem, que está em sua primeira temporada social. Ela está em um baile quando é avistada por Gervase Ashford, o Conde de Rosthorn. Ele vê a bela moça, que lhe chama atenção pela beleza e altivez, e se dá conta, de imediato, que ela é a irmã do homem que ele mais odeia. Este é o irmão mais velho da moça, Wulf. Eles tiveram um sério desentendimento, que faz parte do passado sombrio dos dois. O que aconteceu fez com que Gervase fosse exilado no exterior e banido pelo próprio pai, sua vida nunca mais foi a mesma.

O diferencial dessa bela história já começa na ambientação, pois a história não se passa nos belos salões londrinos e sim nos salões de baile da alta sociedade inglesa em Bruxelas (Bélgica). O Conde jamais olharia para a bela moça se a situação fosse normal; ele é conhecido por seus casos com belas moças mais velhas, mais maduras e experientes. Mas, assim que ele sabe que Morgan é a irmã do Conde de Bewcastle, ele vê uma possibilidade de vingar seus últimos nove anos de vida perdidos, ela é o instrumento perfeito para a sua vingança.

Morgan é uma moça muito jovem e inocente, mas a genética não lhe escapou. Ela tem os genes dos Bedwins, que fazem dela uma moça voluntariosa, independente e muito inteligente. Ela percebe o interesse do Conde, mas nota em seu ar malicioso, seu sorriso um tanto debochado, que ele tem intenções que lhe fogem o entendimento.

– Ah, o senhor não vai roubar nada – disse, em um tom frio, com a voz admiravelmente firme. – Vim até aqui com o firme propósito de ser beijada. O senhor não foi nada esperto, lorde Rosthorn, apenas ligeiramente divertido. Beije-me.

Bom, Morgan está na Bélgica e Napoleão também. A Guerra chega perto dos que não saíram a tempo fugindo para a Inglaterra, e ela se vê presa na cidade que está sob o ataque dos franceses e a resistência do Duque de Wellington. A confusão se instaura e vários acontecimentos forçam a moça a precisar de ajuda. Quem aparece bem a calhar é o oportunista do Conde de Rosthron, por quem ela já sente algo muito parecido com amizade e confiança.

Jamais conto spoilers, então não posso mais contar muita coisa, mas digo de antemão que temos diante de nossos olhos uma história forte e deliciosa. Morgan cresce e amadurece nos presenteando com um relacionamento bonito, onde o casal fascinante se vê enredado em uma trama complexa, repleta de traição e acontecimentos impactantes. O enredo é recheado de mágoas, desejo de vingança, escândalos… Mas o que supera tudo é a sedução, que mostra que o caminho para o amor pode ser complicado, mas a recompensa faz tudo valer a pena.

… Não sabia como haviam acabado daquela forma, com aquela amizade mais profunda do que qualquer outra que ele tivera com um homem ou uma mulher. Foram as circunstâncias, imaginou, a distância do cotidiano que os levaram àquela relação tão incomum. Com certeza não fora algo que se desenvolvera nos primeiros dias após se conhecerem.

Eu sofri, ri, chorei, me encantei por esse belo livro que, sem dúvida, é o melhor da série para mim. O final deste quarto livro é incrível e fiquei desesperada pelo próximo. Wulf, o lobo solitário, homem gelo... ficou ainda mais enigmático aos meus olhos e, tenho certeza, quando seu livro chegar, será o melhor de todos.

Leia, divirta-se!

Saga Os Bedwyns:
04. Ligeiramente Seduzidos;
05. Slightly Sinful;
06. Slightly Dangerous;

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista maio.



20 de maio de 2016

No Seu Olhar - Nicholas Sparks

Livro: No Seu Olhar (See Me)
Autor: Nicholas Sparks
Número de Páginas: 432
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Filha de imigrantes mexicanos, Maria Sanchez é uma advogada inteligente, bonita e bem-sucedida que aprendeu cedo o valor do trabalho duro e de uma rotina regrada. Porém um trauma a faz questionar tudo em que acreditava e voltar para sua cidade natal, a pequena Wilmington. 
A cidade também é o lugar que Colin Hancock escolheu para se dar uma segunda chance. Apesar de jovem, ele sofreu mais violência e abandono do que a maioria das pessoas. Também cometeu sua parcela de erro e magoou mais gente do que gostaria. Agora está determinado a mudar de vida, tornar-se professor e dar às crianças o carinho e a atenção que ele próprio não teve. 
Colin e Maria não foram feitos um para o outro, mas um encontro casual durante uma tempestade mudará o rumo de suas histórias. Ao confrontar as diferenças entre os dois, eles questionarão as próprias convicções. E ao enxergar além das aparências, redescobrirão a capacidade de amar. 
Porém, nessa frágil busca por um recomeço, o relacionamento deles é ameaçado por uma série de incidentes suspeitos que reaviva antigos sofrimentos. E quando um perigo real começa a se impor, Colin e Maria precisam lutar para que o amor sobreviva.
Com uma trama madura e repleta de emoções e de suspense, No Seu Olhar mostra que o amor às vezes é forjado em crises que ameaçam nos destruir e que o primeiro passo para a felicidade é acreditar em quem podemos ser.

RESENHA por Katielle Borba.

Ei pessoal, tudo bem?

A resenha de hoje é do livro No Seu Olhar do autor Nicholas Sparks e publicação da Editora Arqueiro.

Quem acompanha o blog sabe da minha paixão por este autor. Tenho todos os livros dele e sempre que sai um lançamento, quero desesperadamente. Ele nunca me decepciona com suas histórias e a cada final de leitura fico com uma sensação boa, pois seus livros sempre trazem lições importantes, ainda mais quando se trata de amor.

No Seu Olhar conta a história de Maria e Colin. Ela é filha de imigrantes mexicanos e seus pais tem um restaurante típico. Maria é advogada e muito linda, porém ela não se dá conta disso; está cansada de encontros fracassados e um pouco cansada do seu emprego também. O que ela não espera é em uma noite de chuva furar o pneu do carro em um lugar no meio do nada; para piorar a situação um cara muito esquisito e machucado aparece para ajudá-la. Por mais que tente recusar a ajuda, ela precisa dele e depois deste encontro a vida dos dois mudará para sempre.

O homem que ajudou Maria é Colin. Ele é o tipo de cara que ela precisa manter distância, é aquele cara que sua família nunca aprovaria o relacionamento. Mas ela não consegue ficar longe dele, conforme passam momentos juntos ela vai descobrindo todos os segredos que Colin tem e é impossível não ficar apaixonada por ele.

Colin é um bad boy; no passado foi muito inconsequente, mas hoje está mudado. Tenta levar uma vida tranquila, faz faculdade e para liberar qualquer tipo de tensão ele pratica MMA, não só pratica, mas também luta. Eu AMEI Colin; ele sofreu no passado e fez coisas erradas, mas está tentando se redimir. É um homem quieto, de poucas palavras e sempre, não importa a situação, fala a verdade, seja ela qual for. Todas as perguntas de Maria foram respondidas, todas as dúvidas dela a respeito do passado dele foram sanadas.

A história dos dois é linda, é visível o desenvolvimento do relacionamento deles. Não sei se sou muito sonhadora, mas tudo evoluiu de uma simples troca de pneu na chuva para um romance arrebatador, um romance cheio de amor, de compreensão e de cumplicidade.

Quem lê os livros do Sparks, sabe que ele não precisa de artifícios como cenas hots ou sensuais para prender o leitor na história; o modo como ele descreve o relacionamento dos personagens é o suficiente. Sparks tem uma sensibilidade incrível e talvez por isso seus livros sejam tão lindos e emocionantes.

No Seu Olhar é narrado em terceira pessoa e alterna entre os dois protagonistas. A narrativa é ótima e nos prende desde o prólogo, pois lendo as primeiras páginas já fiquei completamente desesperada. Além da história de amor de Colin e Maria o autor teve a “brilhante” ideia de inserir um pouco de suspense e perseguição na história. Isso acabou com os meus nervos, mas só fez com que eu amasse ainda mais a leitura.

Não sei se mais alguém que lê os livros do autor percebeu que desde o  livro Uma Longa Jornada a escrita dele está diferente. Não de um jeito ruim, mas acho que ele deixou um pouco de lado a dramaticidade que sempre acompanhavam a suas histórias. Já estou quase ficando acostumada a não esperar um final onde eu ficaria semana inteira triste e quase seca de tanto chorar. 

Enfim, amei o livro! Já estou conformada que sempre que eu ler algo deste autor irei chorar. Posso chorar de alegria ou de tristeza, mas isso nunca me faz gostar menos de suas obras, nunca fez com que eu me sentisse enganada se o final não fosse de acordo com o que eu esperava; os livros dele sempre deixam uma lição.

É claro que recomendo a leitura, história linda que tenho certeza que deixará você tão apaixonada (o) quanto eu.

No silêncio daqueles momentos, encarou-o, ainda pasma por terem se tornado um casal, e mais certa do que nunca de cada um deles era exatamente aquilo que o outro precisava.
No fim das contas, a única pessoa a quem você pode agradar é você mesma. O que as outras pessoas sentem é uma coisa delas.

Leitura recomendada.

Outras capas:

  

 Postagem válida para o Top Comentarista maio.


18 de maio de 2016

Os Reis do Bourbon - J. R. Ward

Skoob
Livro: Os Reis do Bourbon (The Bourbon Kings)
Os Reis do Bourbon #1
Autor (a): J. R. Ward
Número de Páginas: 432
Editora: Universo dos Livros
Compre aqui.

Sinopse: Por gerações, a família Bradford foi coroada como magnata da capital mundial da produção de bourbon, no Estado norte-americano de Kentucky. A fortuna permanente lhes proporcionou prestígio e privilégios bem como a divisão de classes, conseguida a duras penas, na vasta propriedade familiar, a Easterly. No topo dela, há uma dinastia que, para todos os efeitos, joga de acordo com as regras da boa sorte e do bom gosto. Na base, os empregados que trabalham sem parar para manter impecável a fachada dos Bradford. E nunca os dois lados deverão se encontrar.
Para Lizzie King, a jardineira-chefe, cruzar essa fronteira quase arruinou sua vida. Apaixonar-se por Tulane, o filho pródigo da dinastia do bourbon, não foi o que pretendia, nem o que desejava, e o rompimento amargo só provou que seus instintos estavam certos. Agora, após dois anos de afastamento, Tulane finalmente retorna para casa, e traz consigo o passado. Ninguém sairá ileso: nem a bela e insensível esposa de Tulane; nem seu irmão mais velho, cuja amargura e rancor desconhecem limites; tampouco e especialmente o patriarca, um homem de pouca moral, ainda menos escrúpulos e muitos, muitos segredos terríveis.
Enquanto as tensões familiares profissionais e particulares florescem, Easterly e todos os seus habitantes serão lançados nos domínios de uma transformação irrevogável, e somente os fortes sobreviverão.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente, tudo bem?

A resenha de hoje é do livro Os Reis do Bourbon da autora J. R. Ward e publicação da Universo dos Livros. O livro faz parte de uma série que ainda não se sabe por quantos volumes será composta.

No quesito J. R. Ward sou uma leitora novata. Foi no final do ano passado que iniciei a série da Irmandade e sim, estou completamente viciada. Já estou conformada de que eu leria qualquer coisa que essa mulher escrevesse.

Os Reis do Bourbon traz a história da poderosa família Bradford, eles são os reis quando o assunto é a fabricação de bourbon. Os Bradford são aquele tipo de pessoas intocáveis, aqueles que toda sociedade olha de cima. Mas como em um bom filme de suspende eles vivem de aparências, ninguém sabe o que acontece dentro de Easterly, a propriedade da família. Em Easterly tudo é controlado, tudo é perfeito e impecável. A mansão é de encher os olhos e o quadro de funcionários é imenso.

Lizzie King trabalha para a família há alguns anos como jardineira-chefe. Ela é apaixonada por Tulane, o Bradford pródigo. Há dois anos eles tiveram um caso de amor, mas o destino quis que eles não ficassem juntos; Tulane foi embora e Lizzie continuou trabalhando na propriedade. Agora, um acontecimento fez com ele voltasse para o seio da família e quando vê Lizzie novamente, percebe que nunca deixou de ser apaixonado por ela.

Os Reis do Bourbon é narrado em terceira pessoa, a autora não foca somente nos dois personagens que seriam os principais. Como é característica em seus livros, praticamente todos os personagens tem sua própria narrativa; no início ficamos um pouco perdidos, mas conforme as páginas avançam quase nos tornamos um membro da família. O livro é ágil e tem uma pegada de suspense e mistério. Acho que nunca tinha lido uma história onde praticamente todos os personagens tem um segredo. E não pensem que é um pequeno segredo, são coisas que podem mudar a vida de uma família para sempre.

Não posso afirmar que o livro é exclusivamente de Tulane e Lizzie, pois todos os outros personagens tem a mesma participação. A autora faz com que acompanhemos a história de praticamente todos os ângulos. O amor de Lizzie e Tulane é importante para a trama, mas fica em segundo ou terceiro plano, pois o mais importante é tentar descobrir o que está acontecendo dentro da propriedade.

O livro não é pequeno, tem mais de 400 páginas e não me senti cansada ou entediada em nenhum momento. Este é daqueles livros que devoramos, que queremos mais e eu digo aqui que necessito desesperadamente do próximo volume, pois parece que eu li e continuo igual quando iniciei, sem saber de nada.

Além de Tulane, a família Bradford é composta de Edward, Gin e Max, os irmãos. O Sr. Willian é o patriarca da família e comanda a todos com mão de ferro.

Enfim, vocês precisam ler este livro. Quem ainda não leu nada da Ward, pode começar por este aqui que é maravilhoso. Não pensem que irão encontrar um romance água com açúcar. Esperem por um suspense de doer o coração, esperem por pessoas mesquinhas, por pessoas que só pensam no dinheiro e no poder.

Acredito que a série terá muitos livros, pois são tantos desdobramentos esperados e tantos segredos a serem revelados que nem consigo imaginar a dimensão que a autora dará. Indico demais a leitura deste livro, se eu pudesse daria um exemplar de presente para cada um de vocês. A história contada até aqui é incrível e mal posso esperar pelo próximo volume.

*Os direitos da história já foram comprados e logo pode virar uma série de TV.

-Você não sabe que o estresse é como álcool? Ele o torna descuidado, estúpido e faminto. Eu deveria saber, a minha família lida tão bem com isso...
-Você está chorando? - ele sussurrou.
-Não - respondeu depois de um instante, num soluço. - Não estou.
-Está mentindo?
-Sim, estou.

Leitura recomendada.

Os Reis do Bourbon:
01. Os Reis do Bourbon;
02. The Angels’ Share.

Outras capas:

  

 Postagem válida para o Top Comentarista maio.



17 de maio de 2016

Paixão Libertadora - Sophie Jackson

Livro: Paixão Libertadora (An Ounce of Hope)
Desejo Proibido #2
Autor (a): Sophie Jackson
Número de Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Segundo livro da trilogia Desejo Proibido - que teve mais de 4,5 milhões de visualizações on-line - , Paixão Libertadora é uma história sensual e apaixonante sobre segundas chances.
Max OHare já passou por muitos momentos difíceis na vida. Depois de perder um grande amor e ter que se internar numa clínica para se livrar das drogas, ele decide que é hora de trocar Nova York por uma cidade do interior, na tentativa de se reerguer ao lado da família.
É lá que ele conhece a deslumbrante Grace Brooks. Amante da arte e da fotografia, ela parece a mulher perfeita. Mas o que Max não sabe é que ela guarda a sete chaves a verdade sobre o próprio passado. 
Atraídos um pelo outro, mas com medo das consequências que um relacionamento sério pode trazer a suas vidas já complicadas, eles fazem um pacto para que a relação seja apenas sexual, sem sentimentos envolvidos. Até que as coisas começam a mudar entre os dois...
Presos a grandes medos e a segredos profundos, Max e Grace precisam aprender a confiar de novo e se entregar um ao outro não apenas de corpo, mas também de alma.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente, tudo bem?

A resenha de hoje é do lançamento da Editora Arqueiro chamado Paixão Libertadora, escrito por Sophie Jackson. Sophie é uma professora do noroeste da Inglaterra que adora ler, assistir filmes e é assumidamente fã de quadrinhos. Este livro é o segundo da série Desejo Proibido, que já foi vendida em vários países. Se quiser saber mais, acesse: www.sophiejacksonauthor.com.

A primeira coisa que preciso dizer sobre esse livro é que não poderia haver título mais apropriado. O título é, praticamente, a essência do conteúdo dessa linda história. Max já é um personagem conhecido de quem leu Desejo Proibido (tem resenha aqui) e ele despertou uma certa antipatia no leitor que torce desesperadamente pelo Carter. Quem leu entenderá o que quis dizer, mas a relação entre eles não foi abalada pelos acontecimentos, ao contrário, eles ficaram ainda mais unidos.

Max é um homem traumatizado pelos horríveis momentos que viveu. Ele mergulhou no mundo das drogas, deixou de lado sua vida por algo que jamais poderia curar suas feridas e chegou no fundo do poço. Ainda bem que ele tem Carter e este o ajuda quando ele precisa ser internado em uma clínica de reabilitação. Assim que se recupera o suficiente para deixar o lugar, ele quer novos ares e vai morar com a família do tio no interior, pois quer se reerguer ao lado da família que lhe apoia sem nenhum julgamento.

Sem querer se aproximar de ninguém que tenha alguma possibilidade de ter um relacionamento amoroso, pois isso poderia prejudicar seu tratamento, Max conhece a linda Grace, uma fotógrafa que está recomeçando sua vida. Ela é uma mulher deslumbrante, mas insegura e reservada aos olhos de todos. O que ninguém sabe é que Grace esconde um passado de traumas e violência dignos de filme de terror.

A atração entre os dois é inevitável, mas nenhum deles quer um relacionamento que possa trazer consequências e complicações para suas vidas já tão prejudicadas. Mesmo sem um querer nada do outro, eles acabam sucumbindo a uma “amizade colorida”, sem envolvimento… Só que quanto mais eles tentam manter as coisas afastadas, mais perto ficam.

Esse segundo livro é uma história incrível e completa, sensual e apaixonante, apreensiva e alucinante. Ambos são presos aos medos e aos segredos guardados com tanta dor. Max e Grace sofreram coisas que os deixam dignos de muita pena e o que eles passarão para encontrar novamente a confiança e a segurança é o que motiva o leitor.

Grace sabia que era atraente para o sexo oposto… De qualquer forma, os homens ainda olhavam para ela, sorriam e, às vezes, faziam comentários. Mas Max, não. Ele ficava na dele. Era gentil e agradável, mas nunca mostrou qualquer interesse especial, e Grace tinha dificuldade de entender por que aquilo a incomodava tanto.

O livro tem trechos de desassossego, mas o trajeto que eles farão até o entendimento e a aceitação da felicidade é muito lindo, os momentos engraçados são muitos e nos tiram muitas risadas. Pela primeira vez lendo esse tipo de drama, eu torci mais para que eles encontrassem a felicidade como seres humanos maravilhosos que são, e nem tanto para que ficassem juntos. Eles são maravilhosos um para o outro e se completam de tal forma que fica inevitável não compreender que não há outro caminho para eles que não seja o da felicidade plena.

Fiquei feliz e maravilhada com o desfecho. Os personagens secundários são maravilhosos e surpreendentes que trazem uma leveza incrível à trama. Os tios e os primos de Max são formidáveis e os amigos da clínica de reabilitação fazem tanto por ele que nos deixam com o coração flutuando. Grace é uma mulher fabulosa; forte e poderosa, ela não abrirá mão do que quer quando descobre o que é. Eles precisam descobrir juntos o caminho que os libertará para uma nova vida.

Bom, se você gostou do Carter e da Kat, eles estão de volta e preparados para o que der e vier. São grandes os passos na vida desses dois personagens que começaram uma história que só melhora a cada publicação.

Indico com muito entusiasmo esse belo livro e também as publicações anteriores, é uma leitura ideal para quem adora personagens cativantes e que saibam superar as dificuldades da vida.

… À medida que os meses foram passando, a dor que Max sentira no dia do velório foi diminuindo, dando lugar a um entorpecimento ao qual ele se entregava livremente. Não sentia dor. Na verdade, não sentia nada. E estava bem assim.
Ele duvidava que algum dia voltasse a sentir algo. Nem sabia se queria.
Até que ela apareceu em sua vida.

Leiam, por favor! Beijo e até a próxima.

Desejo Proibido:
1,5. Eternamente Você;
2. Paixão Libertadora;
2,5. Fate and Forever;
3. A Measure Of Love.

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista maio.



16 de maio de 2016

Lançamentos - Editora Planeta

Oi gente, tudo bem?
Confiram os lançamentos de maio da Editora Planeta.
Desejo muito os livros Raio de Sol e A Garota Perfeita.

Azeitona - Bruno Miranda.
Ian e Emília não trocaram mais que duas palavras desde que começaram a estudar juntos, mas é o nome dela que vem à mente dele quando precisa de uma parceira para um plano mirabolante: participar de um reality show sobre casais adolescentes que vão ser pais.
Isso em troca de um cachê capaz de resolver todos os seus problemas.
Ian tem dezesseis anos e foi criado pela irmã, Iris, que precisou abrir mão de oportunidades na vida para cuidar dele. Agora, quando ela finalmente vai conseguir se formar na faculdade, ele se sente na obrigação de retribuir de alguma maneira.
Emília, aos dezessete anos, não quer retribuir nada a ninguém – pelo contrário, seu sonho é sair de casa o quanto antes para não discutir mais com a mãe, com quem sempre teve uma relação conturbada.
O fato de que eles não são um casal nem têm planos de ter um bebê de verdade parece apenas um detalhe. Mas a vida reserva surpresas, nem sempre boas, para quem acredita que é fácil inventar a própria história.
O romance de estreia de Bruno Miranda, criador do canal Bubarim, no Youtube, é uma história divertida e tocante sobre relacionamentos familiares.

Raio de Sol - Kim Holdem.
Segredos. Todo mundo tem um. Alguns são maiores que os outros. Alguns, quando revelados,
Podem curar você... E outros podem acabar com você. “Faça épico”, costuma dizer Kate Sedgwick quando quer estimular alguém a dar o melhor de si. Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo – não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol. E é por isso que, quando passa na faculdade e se muda da ensolarada San Diego, na Califórnia, para a fria cidade de Grant, em Minnesota, ela leva consigo apenas boas lembranças e perspectivas. O que ela não espera é que será surpreendida pelo amor – único aspecto da vida em relação ao qual nunca quis ser otimista – ao conhecer Keller Banks, um rapaz que parece corresponder aos seus sentimentos. Acontece que tanto ele quanto ela têm um segredo. E segredos, às vezes, podem mudar tudo.

Diário de uma Cúmplice - Mila Wander.
Meu nome é Christine, ou pelo menos costumava ser. Professora numa escola infantil, eu levava uma vida bem normalzinha, meio sem graça, até que numa noite eu o vi.
Começou com uma paquera descompromissada, daquelas que acontece quando você vê um cara gato do outro lado da rua. Ele me olhou, eu olhei pra ele e sorri. Esse joguinho de sedução poderia ter terminado num café, ou quem sabe em um namoro, se ele não tivesse se aproximado de mim e me apontado uma arma. Não sei o que me deu para salvá-lo da polícia e abrigá-lo na minha casa. Burrice? Solidão? Não tinha a menor intenção de me tornar cúmplice de um criminoso. Mas seu olhar quente, sua fala mansa e sedutora me enlaçaram de tal forma que, de repente, eu me vi no meio de um turbilhão de acontecimentos. Agora, refém da paixão por aquele homem, só me restava relatar em um diário como fui me envolver – mais de corpo do que de alma – com a maior quadrilha do país.

A Garota Perfeita - Mary Kubica.
Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transformam completamente sua vida.
Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana,
em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum
pedido de resgate à familia da garota.
O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o
paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso.
Quando a encontra, porém, a professora esté em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?

Over The Rainbow - Vários Autores.
E se a Cinderela se apaixonasse por uma garota, e não por um príncipe encantado? Ou se os irmãos João e Maria, homossexuais assumidos, enfrentassem a ira de uma madrasta religiosa que só pensa em curá-los? Ou, ainda, se a Branca de Neve, abandonada numa cidade bem distante de sua terra natal, fosse acolhida por... sete travestis?
Pois pare de imaginar se os contos de fadas fossem revisitados e recebessem uma roupagem LBGTT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). Abra este livro e confira as clássicas histórias da infância de milhões de pessoas contadas sob a ótica de cinco autores que fazem parte desse universo, representado pelas cores do arco-íris. Ou melhor, contos de fadxs, como reza a nova norma de gêneros.

Até a próxima.


14 de maio de 2016

Lançamento - Faro Editorial

Oi pessoal, tudo bom?
Confiram o lançamento de 1+1 - A Matemática do Amor de Augusto Alvarenga e Vinícius Grossos. A publicação e da Faro Editorial.

1+1 - A Matemática do Amor - Augusto Alvarenga e Vinícius Grossos.
LUCAS E BERNARDO SÃO DOIS GAROTOS, OS MELHORES              AMIGOS UM DO OUTRO DESDE  MUITO PEQUENOS…
De repente, Bernardo recebe a notícia de que irá se mudar com a família para outro país. Foi o estopim para que os amigos percebessem o quanto era valiosa aquela amizade, algo que não queriam perder…
Bernardo reage mal e se revolta.
Lucas tenta transformar cada dia que resta com o amigo na melhor experiência de suas vidas. Ele escreve uma lista de coisas para fazer e pretende cumprir uma por uma, em todos os detalhes.
Mas, a cada dia, o fantasma da separação os assombra com um cronômetro, lembrando que o tempo se esgota e, nesses dias, os dois passam por grandes momentos juntos.
É quando os meninos percebem que há algo maior entre eles… um sentimento profundo, que não conseguem explicar e tornam todas aquelas experiências ainda mais intensas.
Mas o que fazer com tudo isso quando se tem apenas 16 anos?


Citação:
“Não lembro muito bem como eu e o Bernardo nos conhecemos. Até onde sei, ele sempre esteve ali, do meu lado. Na escola, sempre estudávamos na mesma sala. Ele me ajudava em matemática, e eu lhe dava uma mão em português. E assim nos completávamos, ajudando um ao outro, apoiando-nos mutuamente.” Lucas.

Os autores sairão em Booktour incial em 4 lançamentos: 

Pré-venda.


12 de maio de 2016

Ruby In The Dust: O Amor Numa Xícara de Chá - Julie Farrel

Livro: Ruby In The Dust: O Amor Numa Xícara de Chá
(Ruby In The Dust)
Autor (a): Julie Farrel 
Número de Páginas: 362
Editora: Charme.
Compre aqui.

Sinopse: Nicky tem um segredo. Ela fugiu de Hamburgo aos quinze anos, e encontrou refúgio na pacata Maidenhead, onde seu café, Ruby in the Dust, tornou-se um sucesso. Mas agora, conforme Maidenhead se moderniza e o Corporista Café engole a cidade, Nicky está perdendo sua renda e tem uma ameaça de despejo. Com todas estas preocupações martelando em seu coração, ela certamente não está à procura de amor.
Quando Alex entra em sua vida com promessas para ajudá-la a transformar seu negócio em algo lucrativo, Nicky se mantém cética. Mas há mais em Alex do que o idiota que ele parece ser. Quando o senhorio desagradável de Nicky desafia Alex a salvar o Café em três meses, Alex não consegue resistir, e eles fazem uma aposta que pode acabar custando caro a Alex.
Pode Nicky colocar o orgulho de lado e trabalhar com Alex para salvar Ruby in the Dust, antes que ele se torne mais um café empresarial? E ela pode superar o seu grave segredo, e se permitir apaixonar por Alex, mesmo que isso signifique enfrentar seus medos mais profundos?
Aconchegue-se com uma xícara de chá, e desfrute do calor do Ruby in the Dust!

RESENHA por Katielle Borba.

Ei pessoal, tudo bom?

A resenha de hoje é do livro Ruby In The Dust: O Amor Numa Xícara de Chá da autora Julie Farrel e publicação da Editora Charme.

Sempre que eu passava meus olhos pela capa deste livro, ele me remetia a uma tarde deliciosa de inverno, não sei o porquê disto, mas eu sempre pensava numa história gostosa e numa boa xícara de chá. Já li em algum lugar que, uma xícara de chá é boa para tudo, e depois de terminar a leitura, acredito nisto.

Ruby In The Dust conta a história de Nick e Alex. Ela é proprietária do Café Ruby In The Dust que atualmente esta afundando em um mar de dívidas. Nick está triste, pois ali é seu lar e seu porto seguro, só que do jeito que as coisas vão a situação dela está desesperadora. Certo dia um homem arrogante entra em seu café. Esse cara é Alex; o primeiro contato dos dois não é muito bom, porém ele propõe ajudá-la a reerguer o café e deixar as finanças em dia. Nick fica um pouco receosa, mas aceita a ajuda e aos trancos e barrancos eles tentam fingir que não sentem nada um pelo outro.

Pessoal, antes de tudo, quero dizer que estou apenas CHOCADA com este livro. Ruby In The Dust é a prova viva de como uma capa pode enganar o leitor, não estou dizendo isso de uma maneira ruim, mas a história deste livro é muito mais do que a capa representa. A sinopse diz que a Nick guarda um segredo, e olha que nem nas maiores viagens da minha cabeça eu imaginaria o que era. Durante o livro a autora vai deixando algumas pistas e eu fui criando situações, mas quando o segredo foi revelado fiquei de boca aberta. Juro para vocês que é a maior surpresa de todas, nunca li nada a respeito em outros livros. Ainda sobre este assunto, achei que a autora poderia ter aprofundando um pouco mais no tema, pois eu criei muita expectativa para descobrir e quando aconteceu passou muito rápido, tive a sensação de que não foi dada muita importância. O tema é triste e sofrido para Nick, mas eu queria que ela tivesse se exposto mais.

Nick é alemã, mas fugiu de sua cidade natal para morar em Maidenhead. Ela é feliz com o seu empreendimento, mas sabe que com o crescimento da cidade ela está perdendo o seu espaço. Nick é uma mulher forte, mas se esconde atrás de artifícios que não combinam com ela. A pessoa que faz com que ela desabroche para a vida é Alex, mas até isso acontecer muitas coisas acontecerão entre eles.

Alex é um caso a parte. Quando iniciei a leitura odiei o jeito dele se portar; é um cara de 27 anos que está perdido na vida. As pessoas o julgam pelo jeito como vive, mas ele é muito mais do que aparenta ser. A princípio pensei que este livro era da Nick tentando ajudar o Alex, porém o final foi muito diferente.

Ruby In The Dust também trás uma série de personagens secundários cativantes. Foi muito bom conviver com eles durantes as 356 páginas do livro.

Bom, eu gostei da leitura. Este foi um livro que me surpreendeu positivamente. Já li resenhas onde as pessoas não gostaram, mas acredito que seja pelo segredo da Nick. Levei um tempo para absorver o tema, mas para mim a autora foi bastante corajosa.

Leitura recomendada.

- Quando eu cheguei aqui, vinda da Alemanha, eu já tinha esse sonho de possuir um Café que serviria bolos caseiros e que tocasse boa música. Também dispomos de muitos livros de autodesenvolvimento. Nós somos uma espécie de lugar amigável, positivo.
Você precisa encontrar algo que faça com que você sinta que vale a pena levantar da cama. E, então, levantar todos os dias, por isso.

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista maio.