10 de maio de 2016

Sangue de Guerreiro - Michelle Willingham

Livro: Sangue de Guerreiro (Warrior of Ice)
Guerreiros da Irlanda #1
Autor (a): Michelle Willingham
Número de Páginas: 288
Editora: Harlequin
Compre aqui.

Sinopse: Um jogo mortal!
Devido às cicatrizes físicas e emocionais, lady Taryn acreditava que ninguém a tomaria como esposa. Ainda assim, está determinada a livrar sua família das garras de um lorde implacável. Para isso, pede ajuda ao poderoso guerreiro Killian MacDubh. Tendo nascido um bastardo, ele sempre sonhou em ficar frente a frente com o homem que o abandonara. Aceitar a missão era a oportunidade perfeita para confrontá- lo. Dona de uma rara beleza, Taryn logo vira uma inesperada distração para Killian. E quando traidores são revelados, o amor proibido que sente por ela se torna a única coisa pela qual ele pretende lutar.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi gente, tudo bem?

A resenha de hoje é de mais um livro lindo da Harlequin. Sangue de Guerreiro é da autora Michelle Willingham e faz parte da série Guerreiros da Irlanda.

Adoro os livros históricos da Harlequin e se ele se passa na Irlanda, mais ainda. Esta capa então, dispensa qualquer comentário, toda vez que o livro citava a aparência do mocinho eu fantasiava com esse cara da capa... kkkkkk

Killian MacDubh é um bastardo; ele é filho de um grande rei, mas nunca foi reconhecido por seu pai, então, ele vive como um escravo, cuidando de cavalos. Claro que Killian também é um guerreiro e sonhador. Sonha em ter terras, esposa e família, mas estes sonhos estão bem distantes da sua realidade.

Lady Taryn também é filha de rei, só que ao contrário de Killian é reconhecida, porém acredita ser amaldiçoada. Taryn tem cicatrizes no rosto e nas mãos e por causa disso o sonho de construir uma família não existe, pois nenhum homem quer uma mulher marcada. As vidas de Taryn e Killian se cruzam quando ela pede a ajuda dele para salvar seu pai que será enforcado.

Sangue de Guerreiro é narrado em terceira pessoa e alterna entre os dois protagonistas. A leitura é gostosa, cheia de reviravoltas e segredos. Quando achamos que é uma coisa, acontece outra bem diferente. O livro é ágil e com momentos que nos deixam com o coração na mão.

O envolvimento dos mocinhos é bastante difícil. Killian acha que não merece a atenção, pois nunca recebeu amor. É um pouco amargurado e com um coração de gelo, mas quando Taryn chega, com seu jeito doce e com sua maneira diferente de tratá-lo, ele se sente perdido, ninguém nunca o tratou com o mínimo de afeição.

Taryn já acha que a sua aparência é abominável. Ela esconde seu rosto com véus e mantém sempre a cabeça abaixada, ela sabe que as pessoas riem da sua condição e falam dela pelas costas. Aos olhos de Killian ela é linda, especial, mas até que ele a convença disso levará muito tempo.

A historia de Sangue de Guerreiro é daquelas que nos prende desde a primeira página. O livro é curtinho, mas a quantidade de coisas que acontecem é absurda. O livro trata de amor, rendição, perdão e muita paixão. A maneira como a autora tratou do problema da Taryn foi muito linda, pois podemos perceber o amadurecimento da personagem. Ela nunca deixou de ser uma mulher altiva, mas no início da história percebemos o quanto ela era insegura, porém conforme o tempo foi passando ela tornou-se orgulhosa daquilo que é.

O próximo livro será de Carice, ela é irmã de criação do Killian e apareceu bastante nesta história, tanto que o motivo de ele ajudar Taryn a salvar a vida do pai, foi por causa da irmã. Espero que este livro seja uma das próximas publicações da Harlequin.

- Não sou bonita como você. Os homens não gostam da minha aparência.
- Você está enganada. A coragem tem seu jeito de mostrar sua beleza.

- O que você imagina que eu vejo? Killian se aproximou e colocou a mão nas costas dela.
- Uma mulher amaldiçoada pelas cicatrizes dos demônios. Alguém que causa repulsa nos homens.
- Feche os olhos – pediu ele, tocando-a na testa. Quando Taryn obedeceu, ele afastou a mão. – Você não sabe o que homens veem. – Com a ponta do dedo, ele traçou o nariz dela, depois os olhos. – Vejo uma boca bem desenhada que fala demais e lábios macios. – Em seguida, delineou a boca, fazendo-a suspirar. Quando ela abriu os olhos, foi repreendida: - Não olhe. – Killian continuou a delinear os traços do rosto dela, descendo pelo pescoço. – Sua pele parece seda e suas curvas provocam qualquer homem. E, mesmo assim você não tem noção do quanto é tentadora.

Leitura recomendada.

Guerreiros Irlandeses:
01. Sangue de Guerreiro;
02. Warrior Of Fire.

Outras capas:



Postagem válida para o Top Comentarista maio.


17 comentários

  1. Katielle,amo livros históricos e gostei muito da premissa estou muito curiosa para conhecer mais essa história de amor entre Killian e Taryn.Um filho bastardo e uma mocinha com cicatrizes,muito interessante.Gosto muito de uma trama com segredos.Amei saber que ele a enxerga além das cicatrizes.Legal podermos observar o amadurecimento de Taryn.Amei a capa e que venha o próximo.Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aciclea,
      Você vai adorar este livro então. Espero que leia e goste tanto quanto eu.
      Beijo.

      Excluir
  2. olá,

    Acho que não entendi muito bem.. Eles são irmãos??
    Caso sejam, provavelmente não leria o livro, acho meio bizarro kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei com essa mesma dúvida!

      Excluir
    2. Oi meninas,
      Desculpe se me expressei mal.
      Não são irmãos. Ele tem uma irmã de criação que será a protagonista do próximo livro.
      Taryn e Killian nunca se encontraram até ela pedir ajuda na propriedade onde ele mora. Nesta propriedade ele é tratado como escravo, pois seu pai de criação não o aceita, afinal ele é filho de outro homem.
      Não sei se agora ficou claro. Qualquer coisa, só perguntar.
      Beijo.

      Excluir
  3. Que livro bonito. Eu leio sempre romances de época, mas históricos é maos difícil. Mas vejo que são tao bons quanto o outro.
    Esse parece aquele caso lindo de amor , que o mocinho fã de tudo pra ficar com quem ama.. Mas essa historia tem alem disso, muitas aventuras. Já gostei !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna,
      É tudo isso mesmo. Espero que você e goste tanto quanto eu.
      Beijo.

      Excluir
  4. Por enquanto não tive oportunidade de ler nenhum livro de romance de época, pelo fato de que por mais que a estória me chame minha atenção, tenho receio de acabar não me envolvendo com a estória, por não ter costumo de ler esse estilo de livro. Pelo jeito esse livro e bem envolvente, e isso me chamou bastante a atenção, com certeza pretendo da uma chance para essa leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana,
      Acho que você deveria tentar. Os romances históricos são envolvente, com mocinhas valentes e mocinhos de arrancar suspiros.
      Espero que leia e goste tanto quanto eu.
      Beijo.

      Excluir
  5. Oi!
    Quando vi esse livro no lançamento, achei a historia interessante o que me deixou curiosa, mas não pensei que fosse gostar tanto desse livro, realmente a historia me conquistou assim como os mocinhos pois não tem como não torce por um final feliz, esse livro entrou na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana,
      Que bom que você ficou interessada.
      Espero que você goste.
      Beijo.

      Excluir
  6. Oi Kati!
    Não conhecia esse livro e parece interessante. Gosto quando o casal tem dificuldade pra se acertar e precisa superar alguns problemas. E como vc disse que acontecem muitas coisas, mesmo que em poucas páginas, faz parecer que é intenso rsrs. Deve ser bom!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Crika,
      É bom sim. Este aí seria mais uma novidade para você.
      Beijo.

      Excluir
  7. Oi Kati.
    Eu te entendo, esse cara ufa é lindo, que capa Jesus, kkkk.
    Eu amo de paixão os romances históricos da Harlerquin, essa semana li 4 livros da editora, mas infelizmente não tenho muito dinheiro para comprar tanto quanto gostaria.
    Os personagens me parecem ser muito fortes, tenho certeza que no meio dessa confusão irá surgir uma linda estória de amor.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  8. Oi Kati.
    Antes mesmo de ler a resenha eu já imaginava o mocinho como o cara da capa, ele é lindo demais! Sou fã de romances, então não dá pra negar que assim que terminei de ler á fiquei doida pra pegar o livro. Ela não parece ser aquelas mocinhas atrevidas que vejo em muitos romances da Harlequin, tenho certeza de que vou adorar acompanhar a história dos dois.
    PS: Esse livro é a cara da Lu, juro que li a resenha inteira pensando nela, rsrs.
    Bjs :*

    ResponderExcluir
  9. Oi Katielle!
    Não conhecia o livro ou a autora, ainda não tive oportunidade de ler os livros da editora talvez seja por isso.
    Achei o enredo lindo e envolvente, como um romance de época deve ser. Mais tbm adicionado a isso as imperfeições dos personagens faz com que o livro aos meus olhos fiquei ainda melhor.
    Espero ter a oportunidade de lê-lo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Oiiiiiiieee Katielle,nossa dando uma olhada aqui,quanta coisa eu perdi nesse mês aqui,ando tão ocupada,mais agora me surgiu um tempinho e estou dando uma olhada nas resenhas dos livros que eu estava interessada...

    Enfim,eu amooo essa autora,por causa dela fiquei apaixonada por vikings,então sempre que surge um livro dela eu fico de olho,pois ela escreve muito bem! Adorei o tipo de enredo que ela trata,apesar de ser clichê eu adoro! O mocinho me parece ser um lord com a protagonista!

    Adorei esses quotes que você colocou no final,gosto muito quando o mocinho demostra que a ama mesmo com suas imperfeições ownn't <3

    ResponderExcluir