29 de julho de 2016

Lançamento - Faro Editorial

Oi, pessoal!
Durante a semana entrou na pré-venda o livro O Impostor da Tarryn Fisher.
Este é o último da trilogia Amor e Mentiras da Faro Editorial

O Impostor - Tarryn Fisher.
Caleb Drake nunca esqueceu seu grande amor. Nem depois de se casar com Leah ou mesmo quando Olivia se casou com outro. Num momento em que a vida de todos parece entrar num turbilhão de mudanças, Caleb sente que precisa tomar a decisão mais importante de sua vida. Qualquer caminho que escolha trará graves consequências. Então ele descobre que, para seguir seus instintos, o preço pode ser insuportavelmente alto.

Pré-venda - http://goo.gl/pXPr5s

Trilogia Amor e Mentiras:
03. O Impostor.


28 de julho de 2016

O Eterno Namorado - Nora Roberts

Livro: O Eterno Namorado (The Last Boyfriend)
A Pousada #2
Autor (a): Nora Roberts
Número de Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma. 
A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen. 
Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar. 
Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro O Eterno Namorado, segundo volume da trilogia A Pousada da autora Nora Roberts e publicação da Editora Arqueiro.

Que a Nora é Diva isso todo mundo já sabe e que as histórias dela são perfeitas também. Em O Eterno Namorado somos apresentados a uma história tão doce e fofa que eu cheguei a fica com inveja dos personagens kkkkkkk. Os irmãos Montgomerys são talentosos, quentes e muito divertidos.

Owen Montgomery e Avery Mactavish foram namorados na infância e quando digo isso é que eles eram crianças mesmo, em torno de cinco anos. Claro que isso não deu certo, o tempo passou e eles tornaram-se bons amigos, mas aquele sentimento de amor infantil sempre os acompanhou. Avery é proprietária da Vesta, a pizzaria da cidade e Owen tem a construtora Montgomery junto com seus irmãos. Os dois são pessoas muito ocupadas, mal tem tempo para respirar, mas quando aquele sentimento de amor do passado retorna, nem a falta de tempo é capaz de separá-los.

Que livro ótimo! A Nora é sinônimo de satisfação garantida. O Eterno Namorado é uma história de amor e muita paixão. É impossível não ficar apaixonado pelos personagens e não torcer pelo final feliz. Uma coisa que gosto muito nos livros dela é que a história não gira somente em torno dos protagonistas, mas sim de todos que estão à volta deles. Todos têm seus dramas é e bom acompanhar a construção do casal do próximo livro.

Owen é um homem que gosta de planejamento e listas. Sua rotina é muito bem planejada, afinal, ele não pode perder um minuto no ócio. Juro que fiquei cansada lendo o tanto de coisas que ele fazia e isso se aplica a Avery também.

Avery gosta de trabalho duro, mas ao contrário de Owen ela é bagunceira e espevitada. Avery também planeja as coisas que quer, mas ela é impulsiva. Enquanto Owen pensa em todos os prós e contras Avery já quer partir para ação. De uma maneira louca os dois juntos são ótimos, combinam em tudo, parece que o que falta num se completa no outro.

O Eterno Namorado não tem grandes conflitos entre os protagonistas, a história é serena e vai acontecendo gradativamente. Durante a leitura temos pouco de drama; Avery tem que aprender a lidar com o passado e aprender que não precisa resolver tudo sozinha, ela pode confiar em Owen.

Além de tudo o que falei, temos ainda o fato da obra da Pousada Boonsboro estar sendo finalizada. É bom demais ler sobre o trabalho de todos os envolvidos e de ver a gratificação depois de tudo terminado. Só que eles não ficam só na pousada, penso que os Montgomerys querem ser donos da cidade, pois eles iniciaram mais alguns empreendimentos. E não é cansativo ler sobre eles.

Enfim, leitura boa demais! Se você quer um livro despretensioso, fofo, com muito amor, com um homem que é sonho de todas as mulheres e com um toque de sobrenatural, certamente este aqui é o seu livro. Se você ainda não iniciou a trilogia leia e apaixone-se. Enquanto isso ficarei aqui, esperando, desesperadamente, o próximo livro. <3

Quente e intensa: era como Owen pensava nela. E quente e intenso também estava sento aquele beijo. Pleno de luz e energia. Pleno de Avery.

Leitura recomendada.

A Pousada:
02. O Eterno Namorado;
03. O Par Perfeito.

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista julho.


27 de julho de 2016

Pecados no Inverno - Lisa Kleypas

Livro: Pecados no Inverno (Devil In Winter)
As Quatro Estações do Amor #3
Autor (a): Lisa Kleypas
Número de Páginas: 256
Editora: Arqueiro.
Compre aqui.

Sinopse: Do quarteto de amigas, Evangeline Jenner é certamente a mais tímida. E se tornará a mais rica quando receber a herança de seu pai, acamado com tuberculose. Mas Evie não se importa com o dinheiro. Tudo o que deseja é estar ao lado do pai em seus últimos dias.
Porém isso só será possível se ela puder escapar da casa dos tios que a criaram. E, para isso, sua única alternativa é casar-se – e rápido. Assim, ela foge no meio da noite para a casa do devasso lorde St. Vincent e lhe propõe casamento em troca de poder cuidar do pai.
Para um aristocrata que precisa de dinheiro, essa é uma excelente proposta. Afinal, é difícil conquistar uma moça rica e solteira quando se tem a reputação de Sebastian – trinta segundos a sós com ele arruinariam o bom nome de qualquer donzela.
Mas há uma condição na proposta de Evie: uma vez consumado o casamento, eles nunca mais dormirão juntos. Ela não será mais uma mulher descartada por ele com o coração partido. Se Sebastian realmente a deseja em sua cama, terá que se esforçar mais em sua sedução... ou entregar seu coração pela primeira vez na vida.
Neste terceiro livro da série As Quatro Estações do Amor, Lisa Kleypas nos apresenta o relacionamento de duas pessoas muito diferentes, mas igualmente obstinadas. E dessa relação tão peculiar pode nascer um desejo impossível de conter e um sentimento forte demais para esconder. Quem disse que os cafajestes não podem amar?

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, pessoal!

A resenha de hoje é do maravilhoso Pecados no Inverno da Lisa Kleypas. Este é o terceiro volume da série As Quatro Estações do Amor publicada pela Editora Arqueiro.

Para quem ainda não leu nenhum livro, a série gira em torno de quatro amigas solteironas. Elas são aquelas que ninguém conversa; aquelas que esperam pelo milagre de encontrar um marido e o amor. Duas delas já casaram e agora é a vez da tímida Evangeline Jenner.

Evie vive a mercê dos seus tios, eles a maltratam e querem que ela case com seu horripilante primo. Evie não quer isso, então, foge no meio da noite para a casa do devasso lorde Sebastian St. Vicent e lhe propõe casamento. A situação de Sebastian também não é nada boa e ele precisa urgentemente de dinheiro, tanto que no livro anterior fez uma coisa horrível para conseguir isso, mas não deu certo.  Ele acha que ficará tudo bem com esse acordo comercial, mas conforme o tempo passa e ele conhece Evie, percebe que ela pode mudá-lo para sempre.

Pecados no Inverno é um livro apaixonante e encantador. Sempre que leio esse gênero de romance penso que os livros não têm mais nada a me oferecer, só que sempre mordo a língua depois de terminar. As histórias são previsíveis, já sabemos que o final será feliz, porém é sempre bom vivenciar tudo o que os protagonistas passam. Às vezes posso parecer repetitiva nas resenhas, mas esses livros são daqueles que nunca nos decepcionam.

Quem leu os volumes anteriores sabe da fama de Sebastian. Ele não é flor que se cheire e se uma moça solteira ficar sozinha, somente por alguns segundos na presença dele, está arruinada. Ele precisa se redimir dos feitos passados, mas não é somente protegendo Evie que fará isso. Sebastian precisa mudar, entregar-se ao amor e amadurecer. Durante a leitura tudo isso acontece e é prazeroso ver a transformação dele. Apesar do que todos pensam, ele é encantador, prestativo e amoroso. Não é muito do trabalho, mas quando algo lhe interessa ele mergulha de cabeça e é exatamente isso que ocorre neste livro.

Evie é uma flor, era até difícil imaginar ela ao lado de Sebastian. A coitada comeu o pão que o diabo amassou nas mãos de seus tios, mas nem por isso deixou de sonhar. A vida ao lado do libertino Sebastian não parece ser muito boa, mas certamente é melhor do que os maus tratos dos tios. Por fora Evie parece frágil, mas por dentro tem uma força absurda; nos momentos mais difíceis ela sempre está disponível para ajudar e nunca se entrega.

Pecados no Inverno é narrado em terceira pessoa e pelos dois protagonistas. A narrativa é tão envolvente que quando vemos o livro acabou. A história não fala somente do amor de Sebastian e Evie, mas sim de trabalho duro, de aceitação e perdas. Fiquei bastante surpresa por alguns acontecimentos e isso só serviu para eu amar ainda mais a leitura.

Além de tudo que já citei temos ainda o aparecimento dos personagens dos livros anteriores e do Cam Roham. Cam é o protagonista do primeiro livro da Serie Os Hathaways e para quem não está entendendo o porquê dele estar neste livro, eu explico: a série As Quatro Estações do Amor foi escrita antes de Os Hathaways, por isso que já ouvimos sobre muitos dos personagens que aparecem nessa série, eles já foram citados anteriormente, em Os Hathaways. Fiquei muito feliz por conhecer um Cam jovem, a participação dele no livro é bastante ativa e deu para matar um pouco da saudade.

O próximo livro da série será da Daisy Bowman a última solteirona e se chamará Escândalos na Primavera.

Impressionou-a ter conseguido se comunicar tão bem com St. Vincent, que era bastante intimidador com sua beleza dourada, seus olhos azuis gelados como o inverno e sua boca feita para beijar e mentir. Ele parecia um anjo caído, com toda a beleza masculina perigosa que Lúcifer poderia criar.
Sebastian, lorde St. Vincent, era o oposto do amante de seus sonhos. Não havia nada de bom, gentil, sensível ou amoroso nele. Era um predador que gostava de brincar com sua presa antes de devorá-la. 

Leitura recomendada.

As Quatro Estações do Amor:
03. Pecados no Inverno;
04. Escândalos na Primavera.

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista julho.


26 de julho de 2016

Magia ao Vento - Christine Feehan

Livro: Magia ao Vento (Magic in the Wind)
Drake Sisters #01
Autor (a): Christine Feehan
Número de Páginas: 160
Editora: Saída de Emergência - Portugal 
Compre aqui.

Sinopse: “A Sarah voltou para casa”. 
Desde que Damon Wilder procurou refúgio em Sea Haven ouve-se o mesmo boato passar de boca em boca de quase todos os habitantes da pacata vila costeira. Até o vento parece murmurar o nome dela – um devaneio tão sugestivo que leva o curioso Damon até à casa da falésia de Sarah, onde procura o seu abrigo. Mas Damon não chegou sozinho. Foi seguido por alguém até Sea Haven. Alguém que rodeia as sombras da casa Drake, onde Sarah esconde os seus próprios segredos. O perigo ameaça os dois – tal como o desejo mais premente que alguma vez sentiram – e está a apenas um sussurro de distância.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi pessoal!

Cá estou com mais uma resenha de livro português e desta vez é Magia ao Vento, de Christine Feehan e publicação da editora Saída de Emergência. Esse livro é o primeiro de uma série chamada Drake Sisters e conta uma história romântica e sobrenatural.

Damon é um homem muito inteligente, que trabalha para o governo em sistemas de segurança que protegem o país. Acontece que ele ficou muitíssimo visado e por isso sua vida correu e ainda corre grande perigo. Ele tenta deixar para trás os horrores que viveu e as perdas que teve, então refugia-se em Sea Haven, uma vila pitoresca na beira de um penhasco em busca de refúgio e sossego. Mas desde que lá chegou e sente novamente a paz em sua vida, Damon fica desconfiado com os murmúrios que ouve por onde vai. Já tem alguns dias que, quando ele sai à rua, ouve entre as pessoas e até mesmo trazido pelo vento, sussurros de que “a Sarah voltou para casa”.

Ele está intrigado por tudo o que ouve e a cada vez mais fica doido por saber quem é a tal Sarah de que todos falam. Sem saber como, ele sente-se incrivelmente atraído para a grande e majestosa casa na falésia, uma impressionante construção que há muitos anos pertence à família Drake. Lá ele vê Sarah, uma mulher de aparência comum mas que, apesar de jovem, tem em seus olhos sinais de grande poder e inteligência.

Assim que ele chega, Sarah percebe que há algo de errado, o portão que é feito para nunca abrir abriu-se em sinal de boas vindas e permitiu a entrada do estranho homem que ela nunca viu na vida. Esse fato revela uma profecia de suas ancestrais que atinge todas as mulheres da família e esta está por se cumprir, não há como fugir do destino.

Bom, Damon foi cuidadoso em sua mudança de vida e de cidade, mas levou com ele a carga da perseguição e não demora-se a ter gente perigosa em seu encalço. Alguém rodeia sua vida e há também algo mais escondido nas sombras densas do nevoeiro. Agora o perigo ameaça não só ele, mas também Sarah e toda a comunidade que ali vive. Sarah e Damon sentem um pelo outro uma atração que jamais sentiram por alguém e isso fortalece o perigo que está a um sussurro de distância.

Magia ao Vento é um romance encantador, possuidor de um enredo que mescla o sobrenatural e o suspense, com pitadas de policial. O livro é repleto de magia e os personagens são muito cativantes, inseridos em um cenário sedutor e místico. A narrativa é fluída e de certa forma até compacta, o que me deixou querendo mais do que somente cento e poucas páginas.

A série traz a história de sete irmãs, mulheres fortes, modernas e independentes, que descendem de poderosas bruxas que dominam a magia e tiram forças dos elementos da natureza. O enredo tem pitadas de livros policiais, mas que não ocupam lugar demasiado na história, só o suficiente para deixar tudo ainda mais intrigante e com vontade de saber o desfecho. Apesar de eu achar que poderia ser um livro mais extenso, fiquei muito realizada com a leitura e o segundo livro (agora sim mais volumoso) não deixou nenhuma dúvida de que essa série será uma das minhas preferidas.

Eu poderia ter dado somente 4 estrelas, mas embora corrida, adorei a história e tenho certeza de que quem gosta de romances como os da Nora Roberts irá adorar essa série tão verdadeira, apesar dos elementos mágicos.

Espero, com alegria e fé, que as editoras brasileiras publiquem mais essa autora no Brasil, seus livros são maravilhosos.

Beijo e até a próxima!

Drake Sisters:
01. Magia ao Vento;
02. crepúsculo de Natal;
03. Oceanos de Fogo;
04. Marés Perigosas;
05. Safe Harbor;
06. Turbulent Sea;
07. Hidden Currents.

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista julho.



25 de julho de 2016

A Garota Italiana - Lucinda Riley

Livro: A Garota Italiana (The Italian Gril)
Autor (a): Lucinda Riley 
Número de Páginas: 464
Editora: Arqueiro.
Compre aqui.

Sinopse: Uma inesquecível história de amor, traição, paixão, obsessão e música.
Aos onze anos de idade, Rosanna Menici conhece o cantor Roberto Rossini, uma estrela em ascensão no mundo da ópera italiana - e o homem que mudaria sua vida para sempre. Incentivada - e apaixonada - por ele, Rosanna passa a se dedicar ao estudo do canto lírico, torna-se cantora profissional, e logo os dois se encontram nas salas de concerto mais famosas do mundo, dividindo não só o palco como também o mesmo destino.
Com seu talento incomum para descrever ambientes e evocar sensações e sentimentos universais, Lucinda Riley nos leva a acompanhar a trajetória de Rosanna, desde os bairros pobres de Nápoles até os teatros mais glamourosos do planeta, trazendo à tona, com sua prosa inconfundível, as alegrias, tristezas, frustrações, decepções e redenções do amor.

RESENHA por Katielle Borba.

Ciao (Olá)!

A resenha de hoje é do livro A Garota Italiana da autora Lucinda Riley e publicação da Editora Arqueiro.

Estou completamente encantada e apaixonada por este livro. A Garota Italiana foi o meu primeiro contato com a autora e até agora estou me perguntando como demorei tanto tempo para ler algo dela. Que história incrível e apaixonante.

A trama inicia em 1966 quando conhecemos a pequena Rosanna Menici. Ela mora em Napóles e sua perspectiva de vida é somente ajudar o seu papá e sua mamma na cantina da família. Mas em uma noite de festa isso muda; Rosanna conhece o famoso cantor de ópera Roberto Rossini. Quando ele escuta a voz de Rossana fica enfeitiçado e é o primeiro a incentivá-la a ter aulas e quem sabe ser uma das mais famosas cantoras do mundo. Apesar de Rosanna ser apenas uma criança ela fica apaixonada por Roberto e anos mais tarde esse amor passa a ser correspondido, mas nem tudo será fácil na vida deles, pois além da diferença de idade, ele guarda muitos segredos.

A Garota Italiana é narrado em terceira pessoa e por praticamente todos os personagens, a história é dinâmica e envolvente. Diferente dos livros que estou acostumada a ler, este aqui retrata praticamente a vida inteira da protagonista. Acompanhamos seus primeiros passos em busca de um grande sonho até o momento em que a vida dela fecha um ciclo. Pode parecer que o livro é corrido, mas não; tudo acontece no seu devido tempo e a passagem dos anos ocorre gradativamente. O livro tem todos os ingredientes de uma trama inesquecível: amor, paixão, traição, dor, chantagem, sofrimento, alegria, descobertas, segundas chances e mais uma infinidade de adjetivos.

Rosanna e Roberto são completamente opostos, mas mesmo assim sentem um amor louco um pelo outro, na verdade cheguei a conclusão que o amor deles é um pouco doentio e em muitas vezes só os prejudicou. Rosanna torna-se um mulher forte e decidida, mas ao lado de Roberto não é assim que ela costuma agir. Ele é um homem egoísta e com um ego do tamanho do mundo. Não liga muito para as pessoas e os atos dele na maioria das vezes não são bons.

A Lucinda escreve de uma maneira que nos encanta, que nos faz amar e odiar os personagens. Em muitas vezes tive acessos de raiva por conta desses dois protagonistas, eles vivem um amor cego e louco e não enxergam o que está bem na frente do nariz deles. Além da história principal, temos muitas outras acontecendo paralelamente. No princípio fiquei um pouco perdida com a quantidade de personagens e parecia que o que estava se desenrolando não fazia sentindo algum, mas lá no final, quando os segredos são descobertos, tudo parece se encaixar perfeitamente.

Paralelamente a história de Rosanna temos a história do Luca, seu irmão e protetor. Gente, fiquei encantada com esse homem; a coragem e a força que ele demonstra é incrível e as lições aprendidas com ele são para a vida inteira.

O pano de fundo da trama é a ópera e estou apaixonada por isso. Depois que terminei a leitura fui procurar alguns vídeos e isso só serviu para eu amar ainda mais este livro. As descrições do que Rosanna e Roberto viveram, o esforço para se ter uma voz perfeita e o reconhecimento de um trabalho bem feito são apenas alguns dos pontos para amar a leitura.

A Garota Italiana é livro único, então, não é desculpa para quem não quer iniciar nova série. Indico este livro para todos. A história é linda, bem contada, emocionante, tocante e depois que a gente termina sente que ela também é real.

Vamos esquecer as coisas ruins e recordar apenas as boas, pois somos humanos, e é assim que conseguimos viver.
Em retrospecto, dei-me conta de que podemos amar alguém de todo o coração, mas isso não significa que essa pessoa nos faça bem. Roberto não despertava meu melhor lado. Com ele, eu nunca estava no controle. A simples presença dele era como uma droga.

Leitura recomendada.

Outras capas:

  

 Postagem válida para o Top Comentarista julho.


22 de julho de 2016

Para Sempre Minha - Abbi Glines

Livro: Para Sempre Minha (You Were Mine)
Rosemary Beach #9
Autor (a): Abbi Glines
Número de Páginas: 208
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.
Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal
para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi pessoal!

A resenha de hoje é do lançamento da Editora Arqueiro, nono livro da Série Rosemary Beach e escrito pela Abbi Glines. Essa série é bem longa, mas a cada livro publicado ficamos mais e mais satisfeitos. Comigo não foi diferente.

Agora, eu quero começar com uma reclamação a fazer… Como essa mulher faz um livro desses? Esse livro tinha que ter, pelo menos, umas 200 páginas a mais, kkkkk… Abbi nos traz personagens maravilhosos em Tripp e Beth e nos mostra que sempre temos que apostar na vida e no que ela pode nos trazer de novo e bom. Quem conhece a série, já conhece esses personagens e muitos outros, e sabe o que aconteceu com eles que os traumatizou tanto, que os marcou com momentos de dor e sofrimento. Tripp sempre foi mais recluso, aquele que vive fora, e por isso não sabemos muito dele até esse livro, só sabemos que ele é um cara na dele, que vive por aí com sua Harley e sua vida de fuga.

Parece tudo mesmo assim, até os acontecimentos o trazem de volta ao convívio com o passado. Tripp está de volta a Rosemary Beach e está no pé de Beth. Depois de tudo o que aconteceu a ela, ele se sente responsável por sua segurança, mas sabe que não pode falar com ela de jeito nenhum. Ela ainda está frágil e quebradiça, mas ele não desiste de se aproximar da mulher da sua vida, seu grande amor, e por isso a segue de casa para o trabalho todos os dias. Até que um dia ela se cansa e vai falar com ele atrás de satisfações e aí tudo muda.

O livro é lindo e o Tripp é o mais fofo de todos os caras dessa série, foi uma grande surpresa. A narrativa é intercalada entre os dois e isso nos ajuda a entender o que eles já viveram no passado, principalmente pelo ponto de vista de Tripp, e aí vamos saber tudo sobre ele. Saberemos tudo sobre o intenso romance que arrebatou os dois e deixou marcas profundas que só pioraram com o passar dos anos. É por isso que ela ainda o ama e também o odeia. Os dois são tão diferentes mas querem viver uma vida normal e é em busca disso que eles vão.

Enfim, não posso me alongar muito, morro de medo de largar algum spoiler… Então acreditem, esse é mais um livro fantástico da série, temos de volta o foco em muitos personagens queridos que já tiveram suas próprias histórias contadas de forma mais abrangente. Desfrute desses lindos personagens e não percam nenhum episódio dessa série que se encaminha para mais perto do final.

Beijo e até a próxima!

Série Rosemary Beach:
7. A Primeira Chance; (Grant)
8. Mais Uma Chance; (Grant)
9. Para Sempre Minha; (Bethy)
10. Kiro’s Emily;
11. When I’m Gone; (Mase)
12. When You’re Back. (Mase)

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista julho.



20 de julho de 2016

O Príncipe Corvo - Elizabeth Hoyt

Livro: O Príncipe Corvo (The Raven Prince)
Princes #1
Autor (a): Elizabeth Hoyt
Número de Páginas: 326
Editora: Livros de Seda - Portugal 
Compre aqui.

Sinopse: Little Battleford, Inglaterra rural, segunda metade do século XVIII. Assistindo à constante debilidade das finanças familiares, Anna Wren, recentemente enviuvada, vê-se na necessidade de encontrar emprego. Culta e letrada, torna-se secretária de Edward de Raaf, conde de Swartingham. Homem de um carácter que a vida tornou mordaz e inflexível, de rosto e corpo marcado por cicatrizes de infância, tudo parece indicar que Anna Wren será uma secretária a prazo. Numa improvável partida do destino, ambos despertam o lado mais secreto do outro, rapidamente desenvolvendo um desejo mútuo e de forte carga erótica, inicialmente não assumido.Na Inglaterra do Império e das conquistas ultramarinas, nas vésperas da Revolução Industrial, conseguirá o preconceito e o conservadorismo separar duas almas talhadas para se unirem?

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente, tudo bem?

Portugal me trouxe muitas coisas boas, mas acredito que a melhor delas, como satisfação de leitora, foi ter acesso a livros que queria há muito tempo.

Esse que resenho hoje para vocês é um desses livros que eu queria há tempos e que consegui adquirir quando cheguei aqui. O Príncipe Corvo é um romance de época, escrito por Elizabeth Hoyt, uma americana que tem nesse livro um dos seus mais prestigiados escritos. Já digo de antemão que esse livro não é fácil de se ver em qualquer lugar, aqui há muitas livrarias e muitos livros no supermercado, mas eu só consegui em uma compra virtual pela wook.pt, pelo selo da Editora Livros de Seda. Quando finalizava essa resenha, soube que é uma trilogia, mas não encontrei mais informações sobre a publicação dos livros que o sucedem.

O livro conta a história de uma viúva que passa por um momento de desespero. Ela não tem mais como se manter e nem como manter sua sogra depois da morte do marido e então não vê outra saída que não seja a de trabalhar como preceptora ou dama de companhia. Acontece que Anna vive em um vilarejo pequeno e não encontra com facilidade uma função que lhe renda algumas libras por mês.

Do outro lado dessa história temos o conde de Swartingham, um homem amargurado, calado, que voltou à sua propriedade depois de muitos anos e precisa encontrar com certa urgência um secretário que possa transcrever seus manuscritos, mas não encontra nenhum jovem rapaz que seja corajoso o suficiente para encarar o taciturno conde e seu enorme cão. Então, a saída inteligente de seu mordomo é contratar a senhora Anna para fazer o serviço.

O conde é um homem imperioso, determinado, que nunca antes na vida viu uma mulher como Anna. Ela é uma mulher que não se intimida, não se abala e não exulta diante de seu tom mau humorado ou de seus gritos imprudentes. Anna é uma mulher calma, mas acima de tudo, uma mulher livre de preconceitos e barreiras que a impeçam de gostar de alguém, seja quem for. Isso tudo conta muito quando o conde percebe que, mais que tudo, ela não se abala por suas cicatrizes, que são muito maiores que as que traz na pele. Ele é um homem solitário e de gostos peculiares desde que perdeu toda a família para a varíola e isso não abala nem um pouco o profissionalismo de sua secretária.

Acontece que Anna sente algo mais por esse homem maravilhoso e ele é aturdido de perto pela tentação que ela é em sua vida. Ele é um homem marcado pela vida e ela é o bálsamo alegre e suave em sua vida. Mas como pode isso acontecer? Ele está de casamento marcado com uma moça que mal conhece, pelo simples fato de que precisa dela para ter filhos e continuar sua linhagem. Anna foi casada por quatro anos e não teve sequer uma tentativa de engravidar… Ela não vai de encontro a que ele quer e nem ao que precisa.

Bom, só lendo para saber como tudo isso se resolve. O livro é lindo e muito mais. O casal é único e desmedido, pois aqui temos uma mulher que não mede consequências quando quer alguma coisa, ou no caso específico, alguém. A peculiaridade essencial dessa bela história são os personagens secundários hilariantes e neles incluo o cão do conde, que não poderia ser um personagem melhor. Temos seus criados maravilhosos e toda a vila que vive, de forma velada, uma torcida incrível por esses dois que não se dão conta do quanto são importantes um para o outro.

Little Battleford, Inglaterra, Março de 1760
A combinação entre um cavalo a galopar demasiado rápido, uma vereda lamacenta com uma curva e uma senhora a pé nunca é boa. Mesmo na melhor das circunstâncias, a probabilidade de um resultado positivo é deprimentemente reduzida. Acrescente-se a tudo isso um cão – um cão enorme – e, reflectiu Anna Wren o desastre torna-se inevitável.

O livro possui uma narrativa única, pois coloca no início de cada capítulo uma história paralela que é a que dá nome a obra. Uma história de amor mágica e incrível, que só se desvenda completamente no final do próprio livro. Também temos chantagem, mistério e revelações incríveis e mais algumas coisinhas que me deixaram com a pulga atrás da orelha até agora, kkk.

Esse livro é um presente para quem gosta dos romances de época, considero-o imperdível e acredito que ele deveria ser publicado no Brasil, pois agradaria muito às nossas leitoras. As cenas de sexo e sedução são muito bem escritas e de muito bom tom dentro do contexto.

Espero que tenham gostado. Beijo e até a próxima!

Princes:
01. O Príncipe Corvo;
02. The Leopard Prince;
03. The Serpent Prince;
3,5. The Ice Princess.

Outras capas:

   

 Postagem válida para o Top Comentarista julho.


19 de julho de 2016

Eu Sem Você - Kelly Rimmer

Livro: Eu Sem Você (Me Without You)
Autor (a): Kelly Rimmer
Número de Páginas: 304
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Há um ano, conheci o amor da minha vida. Para duas pessoas que não acreditavam em amor à primeira vista, até que Lilah e eu chegamos bem perto de dizer que isso aconteceu conosco. 
Eu tinha um bom emprego em uma agência de publicidade e não fazia outra coisa além de trabalhar. Era incapaz de tomar decisões sobre meu futuro e minha casa inacabada e não sabia aproveitar a vida. Até conhecer Lilah. 
Lilah MacDonald era uma advogada ambientalista linda e decidida – e, para minha surpresa, detestava usar sapatos. Era uma pessoa tão maravilhosa que é até difícil descrevê-la. 
Nosso relacionamento não poderia ser mais improvável, mas me transformou profundamente. Comecei a enxergar as coisas de outra forma e a redescobrir antigas paixões. Lilah me ensinou a viver outra vez e a aproveitar ao máximo tudo o que a vida tem a oferecer. 
Ela me proporcionou momentos incríveis, mas também manteve em segredo algo que partiu meu coração. Ainda assim, se há uma coisa que aprendi com Lilah é que o amor pode curar qualquer ferida. 
Meu nome é Callum Roberts e esta é a nossa história.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, galera! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro Eu Sem Você da autora Kelly Rimmer e publicação da Editora Arqueiro.

Fiquei apaixonada pela capa assim que bati o olho e como na capa dizia que era um livro indicado para quem era fã do Nicholas Sparks, pensei que seria o meu livro, pensei que eu iria amar. Gostei, mas não amei. Foi emocionante, mas não foi algo que tocou meu coração.

Callum Roberts e Lilah MacDonald são pessoas completamente opostas. Eles moram em Sidney e se conheceram em um dia depois do trabalho. Os dois estavam indo de balsa para casa e Callum se sentiu muito incomodado ao ver uma mulher com os pés descalços e imundos. Lilah fazia seu trajeto de pés no chão e não estava nem aí para o que estavam pensando a seu respeito. Depois de umas trocas de farpas com Callum, eles saem para jantar. E o que era para ser um encontro casual tornou-se algo mais.

Eu Sem Você é narrado em primeira pessoa e os capítulos são alternados entre os dois protagonistas. Gostei da história, mas não foi algo que me conquistou. Eu sabia que alguma coisa iria acontecer, mas mesmo assim não me senti conectada com os personagens, na verdade acho que nem eles se sentiam muito ligados. Callun e Lilah são bastante independentes e nenhum deles quer um relacionamento. Mas a partir do momento em que começam a passar um tempo juntos, percebem que não podem mais ficar separados.

Lilah tem umas atitudes bem esquisitas, como andar de pés descalços, mas é uma mulher muito inteligente. Já viajou por vários lugares do mundo, é advogada ambientalista e está sempre em movimento. No início é difícil até para Callum acompanhar o ritmo dela e entender o que se passa. Como Callum, ficamos no escuro em grande parte do livro e quando o grande segredo é revelado, me senti um pouco enganada. A meu ver ela enganou Callum; sei que ela se sentia protegida com ele, mas deveria ter sido sincera em vez de deixá-lo envolvido.

A história de Eu Sem Você me agradou, mas não foi algo com o qual eu ficasse sem rumo. O relacionamento deles não me passou muito realismo, pareciam grandes amigos com benefícios. Gostei bastante das aventuras, dos lugares que conheceram e das coisas que fizeram juntos. Outra coisa boa foi que o assunto do livro, tirando a parte do romance, foi muito interessante; algo que eu não conhecia.

Este é daqueles livros que a gente inicia já sabendo como será o final e que mesmo assim lemos. Para quem gosta de um livro com bastante drama certamente Eu Sem Você é uma ótima pedida.

Ficamos nos encarando por muito tempo. Estava claro para mim que Lilah tentava pensar no que dizer. Será que eu deveria ficar envergonhado por admitir que meu coração batia muito rápido? Não tenho medo do confronto, nunca tive. Não era o medo da discussão que me afetava. Era o medo gelado da rejeição.

Leitura recomendada.

Outras capas:

  

 Postagem válida para o Top Comentarista julho.


18 de julho de 2016

Lançamentos - Editora Arqueiro

Oi, gente!
Confiram os lançamentos lindos da Editora Arqueiro.

O Eterno Namorado - Nora Roberts.
Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma. 
A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen. 
Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar. 
Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.

Apenas Um Garoto - Bill Konigsberg.
Rafe saiu do armário aos 13 anos e nunca sofreu bullying. Mas está cansado de ser rotulado como o garoto gay, o porta-voz de uma causa.
Por isso ele decide entrar numa escola só para meninos em outro estado e manter sua orientação sexual em segredo: não com o objetivo de voltar para o armário e sim para nascer de novo, como uma folha em branco.
O plano funciona no início, e ele chega até a fazer parte do grupo dos atletas e do time de futebol. Mas as coisas se complicam quando ele percebe que está se apaixonando por um de seus novos amigos héteros.

A Viajante do Tempo - Diana Gabaldon.
Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros.
Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro das Terras Altas, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo pelo escocês. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

Pecados no Inverno - Lisa Kleypas.
Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução... ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.

Veneno - Mia Sheridan.
Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Escorpião e fala sobre os acasos da vida.
Grace Hamilton tem 23 anos e é estudante de direito. Após as dificuldades enfrentadas na infância, ela faz de tudo para não decepcionar o pai, segue todas as regras, é dedicada e cheia de planos. Porém, após viajar para uma conferência de direito em Las Vegas e conhecer Carson Stinger, ela começa a repensar a vida.
Sexy e impulsivo, Carson é um ator que gosta de curtir o momento e nunca se apegou a ninguém. Mas isso muda quando seu caminho cruza com o de Grace, uma universitária certinha e diferente de todas as mulheres que ele já conheceu.
Ao longo de um fim de semana inesquecível, eles superam os próprios preconceitos e se entregam ao desejo. Pela primeira vez na vida, Grace se permite quebrar as regras e Carson se deixa envolver de verdade. Quando se despedem, nenhum dos dois é mais o mesmo, mas ambos têm certeza de que jamais voltarão a se ver.
Contudo, anos depois eles estão de novo frente a frente: ele, apoiando o amigo acusado de homicídio; ela, sendo a promotora encarregada do caso. Mais uma vez a chama da paixão se acende em Carson e Grace e as circunstâncias parecem afastá-los. Se a vida nem sempre pode ser planejada, será que o acaso conseguirá ajudá-los a ficar juntos?

A Longa e Sombria Hora do Chá da Alma - Douglas Adams. 
Kate Schechter devia ter prestado atenção aos avisos que o universo tentava lhe dar. No aeroporto de Heathrow, prestes a embarcar para a Noruega, a americana pensa em todos os sinais que lhe diziam para não fazer aquela viagem. Ainda assim, ela não está nem um pouco preparada para a explosão do balcão de check-in, que destrói parte do terminal.
Enquanto isso, no norte de Londres, o detetive Dirk Gently está no fundo do poço: sem dinheiro, vive de bicos como quiromante numa tendinha. Refletindo sobre seu fracasso, ele lembra de repente que, na verdade, tem um cliente e está absurdamente atrasado para o encontro aquela manhã.
Porém, o investigador chega tarde demais. Sentindo-se culpado pela sina do homem, ele resolve mais uma vez fazer uso da interconexão de todas as coisas e vê uma ligação do seu caso com os estranhos eventos no aeroporto.
Abrindo caminho em meio aos elementos mais absurdos, Dirk se depara com uma máquina de refrigerante que aparece nos lugares mais improváveis, uma águia hostil que insiste em atacá-lo, um hospital sinistro para casos exóticos, horóscopos insultuosos e uma calculadora de I Ching.
Neste delicioso livro que dá continuação à série de Dirk Gently, o leitor se surpreenderá ao observar como todas as peças do quebra-cabeça se encaixam para formar uma trama genial e hilária.

Para Sempre Minha - Abbi Glines.
Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la.
Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.