31 de outubro de 2016

Especial A Decodificadora de Emi de Morais #7

Murilo e Babi tinham todas as desculpas para não se entregarem um ao outro.
Mas desculpas são pequenas perto da paixão e do amor.
A Decodificadora, romance de Emi de Morais, nos traz a possibilidade de conhecer dois lados de uma mesma moeda.
Venha descobrir e se encantar.


Quando desembarcou em Boston para atender a convocação do mais importante comandante da segurança nacional americana, o agente Murilo Marconi só tinha em mente sua ascensão profissional.
Entretanto, o que inicialmente parecia ser uma excelente oportunidade de trabalho, acabou se transformando em uma operação perigosamente sensual quando se vê dominado por sentimentos inesperados em relação à decodificadora do cartel: a pequena e deslumbrante Babi Savi, que era a chave do sucesso daquela missão, mas que não se mostrou propensa a colaborar.
Atraídos um pelo outro, Marconi e Babi enfrentam a batalha do coração e também a realidade de estarem trabalhando para lados opostos da lei.
Paixão, razão e adrenalina fazem de A Decodificadora um romance envolvente e sensual. O primeiro livro de uma série policial que vai te arrebatar da primeira até a última página. 



30 de outubro de 2016

Especial A Decodificadora de Emi de Morais #6

Já podemos pedir o Murilo Marconi em casamento? 
Que homem! 
Conheça o sexy agente da BSS, protagonista do romance A Decodificadora, da autora Emi de Morais.


Quando desembarcou em Boston para atender a convocação do mais importante comandante da segurança nacional americana, o agente Murilo Marconi só tinha em mente sua ascensão profissional.
Entretanto, o que inicialmente parecia ser uma excelente oportunidade de trabalho, acabou se transformando em uma operação perigosamente sensual quando se vê dominado por sentimentos inesperados em relação à decodificadora do cartel: a pequena e deslumbrante Babi Savi, que era a chave do sucesso daquela missão, mas que não se mostrou propensa a colaborar.
Atraídos um pelo outro, Marconi e Babi enfrentam a batalha do coração e também a realidade de estarem trabalhando para lados opostos da lei.
Paixão, razão e adrenalina fazem de A Decodificadora um romance envolvente e sensual. O primeiro livro de uma série policial que vai te arrebatar da primeira até a última página. 



29 de outubro de 2016

Especial A Decodificadora de Emi de Morais #5

Um agente que fará de tudo para proteger a missão... e também o seu amor.
Conheça A Decodificadora.



Quando desembarcou em Boston para atender a convocação do mais importante comandante da segurança nacional americana, o agente Murilo Marconi só tinha em mente sua ascensão profissional.
Entretanto, o que inicialmente parecia ser uma excelente oportunidade de trabalho, acabou se transformando em uma operação perigosamente sensual quando se vê dominado por sentimentos inesperados em relação à decodificadora do cartel: a pequena e deslumbrante Babi Savi, que era a chave do sucesso daquela missão, mas que não se mostrou propensa a colaborar.
Atraídos um pelo outro, Marconi e Babi enfrentam a batalha do coração e também a realidade de estarem trabalhando para lados opostos da lei.
Paixão, razão e adrenalina fazem de A Decodificadora um romance envolvente e sensual. O primeiro livro de uma série policial que vai te arrebatar da primeira até a última página. 



28 de outubro de 2016

In Flight - R. K. Lilley

Livro: In Flight 
Nas Alturas #1
Autor (a): R. K. Lilley
Número de Páginas: 336
Editora: Charme
Compre aqui.

Sinopse: Quando Bianca, uma reservada comissária de bordo, vê pela primeira vez James Cavendish, um bilionário proprietário de hotéis, ela perde toda a compostura conquistada a duras penas ao longo da vida. Para uma garota que consegue manejar facilmente uma bandeja com taças de champanhe a trinta e cinco mil pés de altura sobre saltos de oito centímetros, ela se vê surpreendentemente de pernas bambas diante do homem enigmático.
Bianca, sempre imperturbável, agora não consegue mais se desviar daqueles olhos azul-turquesa eletrizantes que apresentam um desafio e uma promessa irresistíveis. Ainda mais para ela, uma mulher acostumada a dizer “não” e a falar sério.
Bianca costuma lidar com supermodelos e estrelas de cinema em seu trabalho, mas James Cavendish coloca todos eles no chinelo quando o assunto é beleza. Se a aparência fosse o único aspecto destoante nesse homem, Bianca até poderia ter ignorado as atenções recebidas. Porém, o que a tenta como nunca antes é a força dominante que a atrai desde o momento em que eles se encontram e a promessa de prazer e dor que ela lê em seus olhos.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é sobre o livro In Flight da R. K. Lilley e publicação da Editora Charme. O livro faz parte da série Nas Alturas

Bom, li este livro há alguns anos e não me recordava muito da história, mas eu sabia que tinha gostado da leitura. Agora depois de terminá-lo novamente percebo que é impossível não gostar deste livro e isso se deve muito ao fato de ter um dos personagens masculinos mais maravilhosos de todos os tempos. O Sr. Cavendish é uma delícia e o “apelido” de Sr. Magnífico cabe muito bem a ele.

In Flight é cheio de clichês, mas nem por isso deixa de ser lindo. Aqui temos um homem rico, no caso James Cavendish ou Sr. Magnífico e uma moça pobre, mas muito batalhadora, Bianca Karlsson. A Bianca é comissária de bordo, sempre foi muito centrada e orgulhosa do seu trabalho, mas quando percebe que o Sr. Cavendish está sempre em algum de seus voos ela fica muito perturbada, não sabe como lidar com ele e com os sentimentos que ele desperta nela. James começa a cercá-la, pois se vê encantado com a bela moça e quando Bianca cede eles viverão uma história muito intensa. 

O livro é narrado em primeira pessoa por Bianca. A história pode ter muitos elementos dos que já estamos acostumados a ler, mas mesmo assim prende desde a primeira página. Fiquei curiosa para saber o que aconteceria no próximo capítulo, curiosa para saber como Bianca e James iriam lidar com a situação que se apresentava. Algo que gosto muito neste livro é que cada capítulo leva o nome de alguma qualidade ou sentimento de James, alguns deles são: Sr. Irritado, Sr. Insaciável, Sr. Personalidade e por aí vai; através disso podemos sentir um pouco de como James é.


Não quero falar muito sobre como se dá o relacionamento dos dois, mas sinto que preciso dizer que eles passam a conviver como dominador e submissa (a imagem da contracapa revela isso), tem gente que não gosta deste tipo de leitura, mas por outro lado tem pessoas que adoram, estou no segundo grupo. Também não posso dizer que eles passam a conviver, pois o relacionamento deles é muito recente, neste primeiro livro estão apenas se conhecendo e há muitos segredos pairando entre os dois. Gostei muito de como a autora escreveu as cenas quentes entre eles e de como Bianca vai descobrindo o mundo de James.

O James é um amor, mas também é irritante e mandão. Ele parece um enigma, é um homem de poucas palavras, mas quando se solta é um querido, atencioso e muito amoroso. Fiquei um pouco frustrada por não conhecer um pouco mais dele, pois nem a Bianca consegue decifrá-lo. A Bianca é uma mulher inocente, mas forte; ela sabe impor suas vontades e não gosta de ser feita de boba. O passado dela é sofrido e é só no final do livro que temos uma dimensão de tudo que ela passou. Em algumas partes fiquei um pouco irritada com ela, me pareceu insegura e com algumas preocupações bobas, mas também entendo que tudo isso se deve pelo que ela já passou na vida.

In Flight nos traz também um personagem maravilhoso. Stephan é o melhor amigo de Bianca; ele é uma pessoa linda, querida e muito amigo. Eles se conhecem desde a adolescência e são inseparáveis, já passaram por muitas coisas juntos e hoje cuidam um do outro. 

Enfim, adorei a leitura! O final é um tanto desesperador e por isso estou ansiosa pela próxima publicação. Acredito que o próximo livro será bem esclarecedor, pois muitas pontas soltas ficaram em In Flight e o relacionamento de James e Bianca tem que passar por muitas provações. 

Se você gosta de livros de dominação, de tensão, de amor e de cenas quentes, este é o seu livro. Aproveite, o Sr. Cavendish está esperando por você. <3

— Vou arruinar você – ele sussurrou. — Vou ser o seu primeiro e vou te foder tão completamente que também vou ser o seu último. Você não vai querer nenhum outro homem depois que eu tiver posto minhas mãos em você. Em cada centímetro do seu corpo. — Um estremecimento percorreu meu corpo todo em resposta a essas palavras sussurradas roucamente.
— Viver dói. Contanto que não nos mate, temos que suportar.

Leitura recomendada.

Nas Alturas:
01. In Flight;
02. Mile High;
03. Grounded;
04. Mr. Beautiful.

Outras capas:

   



Especial A Decodificadora de Emi de Morais #4

É difícil resistir a um homem protetor, sexy e durão, né?
Nós não estamos muito dispostas a resistir.
Descubra o amor de Babi e Murilo em A Decodificadora, o romance de estreia da autora Emi de Morais.



Quando desembarcou em Boston para atender a convocação do mais importante comandante da segurança nacional americana, o agente Murilo Marconi só tinha em mente sua ascensão profissional.
Entretanto, o que inicialmente parecia ser uma excelente oportunidade de trabalho, acabou se transformando em uma operação perigosamente sensual quando se vê dominado por sentimentos inesperados em relação à decodificadora do cartel: a pequena e deslumbrante Babi Savi, que era a chave do sucesso daquela missão, mas que não se mostrou propensa a colaborar.
Atraídos um pelo outro, Marconi e Babi enfrentam a batalha do coração e também a realidade de estarem trabalhando para lados opostos da lei.
Paixão, razão e adrenalina fazem de A Decodificadora um romance envolvente e sensual. O primeiro livro de uma série policial que vai te arrebatar da primeira até a última página. 



27 de outubro de 2016

Especial A Decodificadora de Emi de Morais #3

Uma paixão arrebatadora, dois lados opostos da lei: um agente disposto a resolver uma missão e uma mulher preparada para lutar com unhas e dentes para proteger a quem ama.
Conheça A Decodificadora, da autora Emi de Morais.



Quando desembarcou em Boston para atender a convocação do mais importante comandante da segurança nacional americana, o agente Murilo Marconi só tinha em mente sua ascensão profissional.
Entretanto, o que inicialmente parecia ser uma excelente oportunidade de trabalho, acabou se transformando em uma operação perigosamente sensual quando se vê dominado por sentimentos inesperados em relação à decodificadora do cartel: a pequena e deslumbrante Babi Savi, que era a chave do sucesso daquela missão, mas que não se mostrou propensa a colaborar.
Atraídos um pelo outro, Marconi e Babi enfrentam a batalha do coração e também a realidade de estarem trabalhando para lados opostos da lei.
Paixão, razão e adrenalina fazem de A Decodificadora um romance envolvente e sensual. O primeiro livro de uma série policial que vai te arrebatar da primeira até a última página. 




26 de outubro de 2016

A Irmã da Tempestade - Lucinda Riley

Livro: A Irmã da Tempestade (The Storm Sister)
As Sete Irmãs #2
Autor (a): Lucinda Riley
Número de Páginas: 528
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Em A irmã da tempestade, segundo volume da série As Sete Irmãs, as vidas de duas grandes mulheres separadas por gerações se entrelaçam numa história sobre amor, ambição, família, perda e o incrível poder de se reinventar quando o destino destrói todas as suas certezas.
Ally D’Aplièse é uma grande velejadora e está se preparando para uma importante regata, mas a notícia da morte do pai faz com que ela abandone seus planos e volte para casa, para se reunir com as cinco irmãs. Lá, elas descobrem que Pa Salt – como era carinhosamente chamado pelas filhas adotivas – deixou, para cada uma delas, uma pista
sobre suas verdadeiras origens. Apesar do choque, Ally encontra apoio em um grande amor. Porém mais uma vez seu mundo vira de cabeça para baixo, então ela decide seguir as pistas deixadas por Pa Salt e ir em busca do próprio passado.
Nessa jornada, ela chega à Noruega, onde descobre que sua história está ligada à da jovem cantora Anna Landvik, que viveu há mais de cem anos e participou da estreia de uma das obras mais famosas do grande compositor Edvard Grieg. E, à medida que mergulha na vida de Anna, Ally começa a se perguntar quem realmente era seu pai adotivo.

RESENHA por Katielle Borba.

Em momentos de fraqueza, você vai encontrar sua maior força.

Oi, pessoal! Tudo bem?

A resenha de hoje é do livro A Irmã da Tempestade, segundo volume da série As Sete Irmãs da autora Lucinda Riley. A publicação é da Editora Arqueiro.

Quero começar dizendo que estou apaixonada por essa série, sei que é apenas o segundo livro que leio, mas meu coração foi conquistado. Estou amando viajar com as Irmãs D’Aplièse pelo mundo, adorando ir em busca do passado junto delas e descobrindo que a as situações da vida podem ser tristes, mas também podem ser incríveis.

Para quem ainda não sabe, a série gira em torno da história de seis irmãs, todas adotadas por um homem, carinhosamente chamado de Pa Salt. O pai adotivo delas morreu e como herança deixou para cada uma um envelope com pistas sobre os seus nascimentos. No primeiro livro acompanhamos Maia em busca de sua verdadeira origem no Rio de Janeiro. Agora no segundo volume iremos acompanhar Ally e, ao contrário da primeira história, onde podemos nos encantar com as descrições do nosso Rio, aqui iremos conhecer as belezas da Noruega.

Ally foi a segunda menina adotada por Pa Salt, eles sempre tiveram uma ligação incrível, pois aproveitaram juntos uma das coisas que mais amavam, navegar. Ally gosta tanto que seguiu a carreira como velejadora; ela participa de regatas ao redor do mundo e não consegue imaginar como seria sua vida longe do mar. Quando recebe a notícia da morte do pai, Ally fica sem chão, ela não sabe como irá suportar a dor de não ter alguém tão amado por perto. Mas é claro que a vida sempre pode ser cruel e piorar ainda mais, então, acontece outra coisa horrível na vida dela e assim, para tentar fugir de tudo, ela parte em busca do seu passado, em busca das suas verdadeiras origens.

Assim como no primeiro livro a narrativa acontece no presente e no passado. Presente onde Ally irá conhecer pessoas novas, lugares novos, viverá novas emoções e aventuras. Passado onde é contado o início da história da verdadeira família dela, um passado que se iniciou há mais de 100 anos. A história é viciante e apaixonante, é impossível desgrudar da leitura, parece que a Lucinda tem magia nas suas palavras. A autora não usa de artifícios para prender o leitor, ela escreve de maneira simples e objetiva, vai lançando fatos na leitura que nos faz pensar, amar, odiar e quando achamos que tudo está resolvido, lá no final sempre acontece uma surpresa.

O primeiro livro da série foi permeado de arte, este aqui de música. A história do passado que vai se entrelaçar com a de Ally é cheia de amor e música. Com o decorrer do tempo, nossa protagonista também percebe que a música está na sua alma e depois de todas as descobertas será difícil fugir disso. É lindo ler sobre como a música pode mudar a vida de uma pessoa.

Os livros da Lucinda sempre me deixam feliz, ela passa uma mensagem tão linda nas suas histórias. Sinto como se eu estivesse lendo uma história real, pois os acontecimentos podem ser tristes, mas também podem ser maraavilhosos, assim como a vida de qualquer pessoa. Podemos sofrer e perder o que mais amamos, mas sempre iremos encontrar um motivo de ser feliz novamente.

Indico muito a leitura dessa série, estou amando os livros e quero logo iniciar o terceiro. Os livros da Lucinda são daqueles que agradam a todos, por isso peço mais uma vez para que deem oportunidade para As Sete Irmãs, é impossível não amá-las.

— Obrigada. – Ele então olhou para as estrelas, balançou a cabeça e olhou para mim. – Não é um milagre?
— Que parte?
— Tudo. Passe 35 anos me sentindo sozinho no mundo, e aí você apareceu, do nada. E de repente eu entendi tudo.
— Entendeu o quê?
Ele balançou a cabeça e ergueu os ombros de leve.
— O amor. 

Leitura recomendada.

As Sete Irmãs:
01. As Sete Irmãs;
02. A Irmã da Tempestade;
03. A Irmã da Sombra.

Outras capas:

   



Especial A Decodificadora de Emi de Morais #2

Vamos nos apaixonar mais um pouquinho por Murilo Marconi?





25 de outubro de 2016

Especial A Decodificadora de Emi de Morais #1

O novo lançamento da Editora Charme, A Decodificadora, está chegando em e-book para abalar os corações das leitoras apaixonadas por agentes secretos. 

Todos os dias será publicada uma imagem com um trechinho do livro. E, no último dia, iremos colocar uma entrevista exclusiva com o personagem principal, Murilo Marconi (suspiros). 

A Decodificadora - Emi de Morais.
Quando desembarcou em Boston para atender a convocação do mais importante comandante da segurança nacional americana, o agente Murilo Marconi só tinha em mente sua ascensão profissional.

Entretanto, o que inicialmente parecia ser uma excelente oportunidade de trabalho, acabou se transformando em uma operação perigosamente sensual quando se vê dominado por sentimentos inesperados em relação à decodificadora do cartel: a pequena e deslumbrante Babi Savi, que era a chave do sucesso daquela missão, mas que não se mostrou propensa a colaborar.

Atraídos um pelo outro, Marconi e Babi enfrentam a batalha do coração e também a realidade de estarem trabalhando para lados opostos da lei.

Paixão, razão e adrenalina fazem de A Decodificadora um romance envolvente e sensual. O primeiro livro de uma série policial que vai te arrebatar da primeira até a última página. 




24 de outubro de 2016

Insano - Andy Collins

Livro: Insano 
Originals #1
Autor (a): Andy Collins
Número de Páginas: 324
Editora: Planeta Literário
Compre aqui.

Sinopse: Gael Trent Malloy é o famoso vocalista da banda de Rock Originals, depois de um trágico acidente no palco que o deixa impossibilitado de andar, o sexy vocalista tenta recuperar seus movimentos com a ajuda dos seus amigos, o que ele não esperava era que, ao longo dessa jornada seu caminho cruzasse com o de Hanna Daves, a doce pintora que consegue quebrar suas barreiras sem nem ao menos mover um músculo.
Com ela, ele vai descobrir que suas limitações físicas não são nada diante do que a consome.
Ele nunca quis ser a salvação de ninguém, até hoje.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, tudo bem?

O comentário de hoje será sobre o livro Insano da autora Andy Collins e publicação da Planeta Literário. Insano faz parte da Série Originals.

Quando a autora anunciou a pré-venda do livro físico corri para adquirir o meu. Na última semana ele chegou aqui e eu, como uma pessoa que adora um tanquinho, resolvi apreciar aquele que tem na capa. Depois disso, resolvi ler a primeira página e quando vi já estava na 130, que livro viciante a apaixonante.

Insano conta a história de Gael, roqueiro sexy, sedutor e vocalista da banda Originals; ele tem sua vida mudada quando sofre um acidente no palco. De uma hora para outra, aquele cara cheio de energia e amor pelo seu trabalho está paralisado em uma cadeira de rodas. No hospital uma mulher linda cai no seu colo, Hannah parece um anjo e ajudará Gael a passar pelo pior momento de sua vida. Ela também tem muitos problemas e um segredo que pode acabar com o relacionamento que tentam construir.

Que surpresa linda foi este livro. Muitas pessoas que conheço já haviam falado maravilhas dele e Insano atendeu todas as expectativas que criei. Antes que alguém pergunte se a autora é internacional a resposta é não. Andy Collins é um pseudônimo para uma pessoa de talento incrível e que quer manter-se anônima. Eu já queria que ela aparecesse para eu poder abraçá-la e perguntar onde encontro um exemplar de qualquer cara da banda Originals.

Insano é narrado em primeira pessoa e alterna capítulos entre Gael e Hannah. A história é gostosa, os capítulos são pequenos deixando a leitura bem ágil. O livro todo é uma mistura de tensão e emoção, em muitos momentos senti meu coração apertado, com medo do que viria quando eu virasse a página. Gael é um querido, amoroso, mas foram tantas vezes que foi um babaca completo com a Hannah que eu tive vontade de dar uns socos nele.

Gael é roqueiro, então já sabemos que ele sempre vive rodeado de mulheres, é complicado para ele aceitar o que Hannah provoca. E muitas vezes ele toma decisões erradas porque não sabe lidar com o sentimento que ela provoca nele. A Hannah é encantadora, linda e cheia de fantasmas. A infância dela é sombria e a autora nos incita com pequenas revelações, mas em nenhum momento revelando a verdadeira história. Confesso que passaram milhares de situações na minha cabeça, mas eu não esperava a verdade quando ela foi revelada. Achei diferente, original e foi algo que eu nunca tinha lido a respeito. A autora ainda aborda outros temas que são da nossa realidade.

Além dos protagonistas, temos os outros integrantes da banda e a melhor amiga de Hannah. Micah, Braden, Josh e Mag são incríveis, passam por todas as situações juntos, sejam elas boas, ruins ou prazerosas, e no final do livro eles já se tornaram uma grande família.

Antes de iniciar a leitura, procurei algumas resenhas e em algumas delas dizia que a autora disponibilizou um bônus de certo acontecimento de Insano. Quando li o tal acontecimento, pensei: nossa, o bônus precisa ser disso aqui. Para minha alegria o bônus estava no final do livro é foi tão lindo, tão bem escrito, que já fiquei um pouco desesperada, pois eu quero mais e também quero um ventilador quando o livro for publicado, afinal o negócio ali é muito quente.

O livro está lindo, a capa é perfeita e a diagramação maravilhosa. Cada início de capítulo tem trechos de músicas e isso deixa a história mais encantadora. O próximo livro da série será do Micah e confesso que estou bem curiosa e ansiosa.

A autora escreveu um conto sobre Gael e Hannah, um e-book de poucas páginas que conta um pouquinho mais deles depois do final de Insano. Aqui o link do e-book na Amazon.

Enfim, amei a leitura. Se você de gosta de NA, de roqueiros, de muita música, de superação, amor, paixão, sem-vergonhice e de um livro intenso, pode embarcar na turnê da banda Originals, o show está apenas começando.

A cada dia me convenço que Gael e eu não somos como fogo e gasolina, nós dois somos chamas, que juntas se espalham causando o maior incêndio já visto. E o que acontece depois de tudo pegar fogo? Sempre nos queimamos. Ele tem a capacidade de me tirar do sério como nenhum homem fez. Faz-me sentir a mulher mais desejada e submissa, tudo ao mesmo tempo. Extrai o pior de mim, e eu não poderia estar mais fascinada.

Leitura recomendada.

Série Original's:
01. Insano;
1,5. Para Sempre e Mais Um Dia.


22 de outubro de 2016

Lançamento - Editora Charme

Oi, gente!
Confiram o novo lançamento da Editora Charme.
Por enquanto só terá o e-book.

Deixe o Amor Entrar - Melissa Collins.
O que aconteceria se você perdesse tudo? Se as pessoas que deveriam amá-la incondicionalmente não existissem mais, como seu mundo mudaria?

Madeleine Becker perdeu tudo aos dez anos de idade quando seus pais morreram. Arrancada de sua casa e de tudo o que sempre amou, ela é forçada a recomeçar a vida. A única maneira de seguir em frente é bloquear o coração e manter todos a uma distância segura. Sua lógica: ela não se machuca se não se apaixonar.

Essa teoria vai pelos ares quando ela conhece Reid Connely, no primeiro ano de faculdade. Ele é lindo e sombriamente misterioso. E entende bem demais a dor de Maddy, mas compartilhar a sua significa derrubar muros que ele mesmo ergueu em volta de seu coração. Em conflito entre amar Maddy e esconder o passado misterioso, Reid começa a reavaliar seu mundo. A força interior de Maddy, a personalidade espirituosa e a beleza de tirar o fôlego ajudam Reid a fazer as pazes com seu passado.

Juntos, eles descobrem o que acontece quando deixam o amor entrar.

Compre na Amazon - http://amzn.to/2eAuPIC.


20 de outubro de 2016

A Árvore da Mentira - Frances Hardinge

Livro: A Árvore da Mentira (The Lie Tree)
Autor (a): Frances Hardinge
Número de Páginas: 304
Editora: Novo Século.
Compre aqui.

Sinopse: Na inóspita ilha inglesa de Vane, em pleno século XIX, os Sunderlys desembarcam, atraindo atenções e suspeitas. Quando o reverendo Erasmus, patriarca da família e proeminente estudioso de ciências naturais, é encontrado morto em circunstâncias obscuras, sua fi lha, a jovem e impetuosa Faith, está determinada a desvendar o mistério. Para isso, precisará de coragem não apenas para confrontar dolorosos segredos mas também para desafiar as implacáveis tradições da sociedade em que vive. Investigando os pertences do pai em busca de pistas, ela descobre uma planta estranha. Uma árvore que se alimenta de mentiras sussurradas e dá frutos que revelam verdades ocultas. Quando a espiral das sedutoras mentiras de Faith fica fora de controle, ela compreende que as verdades estilhaçam muito mais. Combinação de horror, romance policial e realismo fantástico, esta arrepiante história da premiada escritora britânica Frances Hardinge, autora de "Canção do Cuco", promete arrebatá-lo do começo ao fim.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente!

Hoje trago a resenha de um livro diferente, inusitado e eletrizante. A Árvore da Mentira é uma publicação da Editora Novo Século e uma obra da escritora Frances Hardinge. Frances é uma inglesa, moradora de Kent, lugar onde o vento uiva, e isso despertou nela o gosto pelas histórias sombrias desde cedo. Este é seu sétimo livro e quem leu A Canção do Cuco recomenda a leitura.

O livro é muito original e conta a história de uma árvore. O cenário é uma ilha inglesa chamada Vane e é lá, no século XIX, que desembarca a família Sunderly atraindo olhares e suspeitas. O chefe da família, o reverendo Erasmus Sunderly, é um famoso estudioso de ciências naturais e em sua bagagem viajam muitas espécies de animais e plantas. Tudo isso é contado de forma tão conveniente, que esses espécimes elaborados e catalogados fazem o tom sombrio necessário para que o enredo ganhe o cunho amedrontador necessário para que cada página lida fique mais interessante.

A família é excêntrica e seus modos colocam o povo do local meio que em polvorosa. São muitas as risadinhas e as conversinhas escondidas, na casa que eles agora habitam. Isso desperta a ira de Faith, a esperta filha mais velha, uma jovem moça determinada a ganhar o amor dos pais e a atenção que uma mulher inteligente merece. Faith se acha incompreendida, ela acha que o fato dela ser mulher não deveria lhe tirar os sonhos, mas é o que ocorre a qualquer moça respeitável da sociedade daquela época. Faith se entristece ao ver que o desinteressado irmão mais novo, ainda uma criança, já tem muito mais possibilidades que ela.

...Por acaso perdeu a cabeça, ou somente o senso de gratidão? Por acaso acha que merece as roupas que veste, o teto que te protege ou a comida que te servem? Não. Não merece. Toda criança começa a vida em dívida para com os pais, que a abrigam, dão roupas e comida. Um filho pode algum dia pagar essa dívida ganhando algum dinheiro no mundo para aumentar as fortunas da família. Como filha, você nunca fará isso. Nunca servirá com honra no exército, nem vai se destacar nas ciências, nem fazer um nome para si na Igreja ou no Parlamento, … Nunca será nada além de um fardo, e um dreno no meu bolso.

As coisas andam de mal a pior na família, na casa e nas escavações que são feitas para a descoberta de fósseis na Ilha... há rumores de que o reverendo é uma fraude. Então ele é encontrado morto, as circunstâncias são obscuras, há muitas pessoas envolvidas e, ao mesmo tempo, ninguém é suspeito. São mistérios difíceis de serem revelados e a destemida filha precisará vencer mais que uma batalha para provar a inocência do pai. O problema é que, quanto mais a menina investiga os pertences do pai, mais pistas descobre sobre uma estranha planta, que ao que parece, o pai deu a vida para salvar.

Essa planta é estranha e enigmática, alimenta-se de mentiras sussurradas e seus frutos permitem que verdades ocultas sejam reveladas. Faith percebe que não poderá fugir desse poder e quanto mais mentiras ela inventa, mais as verdades acabam com ela.

A mentira é como uma fogueira, Faith estava aprendendo. Primeiro precisa ser nutrida e alimentada, mas com cuidado e gentileza. Um sopro delicado atiçaria as chamas recém-nascidas, mas uma baforada vigorosa demais as apagaria. Algumas mentiras ganham corpo e se espalham, crepitando de empolgação, e não precisam mais ser alimentadas. Mas então estas não são mais as suas mentiras. Têm vida e forma próprias, e não há como controlá-las.

O livro combina esquisitices de forma a deixar a história incrível. Com uma mistura de romance policial, filme de terror (que não dá medo, só suspense), realismo fantástico e caos, A Árvore da Mentira é uma incrível e arrepiante história. Adorei ser arrebatada a cada novo capítulo, senti-me envolvida e inesperadamente comovida com a história de Faith. É bem aquele ditado, que diz que de onde menos a gente espera, é dali que saem coisas incríveis.

Gostei muito do livro e acredito que seja um ótimo companheiro para quem deseja ler algo diferente e envolvente. Se você gosta de mistério, fantasia, investigação, tudo aliado a leitura de diários extraordinários, relações familiares perturbadas e fotos de mortos, onde é preciso pintar os olhos abertos para ludibriar eventos criminosos, leia.

Obrigada por ler, até a próxima!

Outras capas:

   



18 de outubro de 2016

Meu Erro - Cinthia Freire

Livro: Meu Erro
Segredos #1
Autor (a): Cinthia Freire
Número de Páginas: 380
Compre digital aqui.
Compre físico aqui.


Sinopse: Segredos são como fantasmas nos assombrando e nos fazendo crer que são reais.
Todos tem os seus fantasmas.
Carol tem os seus e há algum tempo eles parecem estar adormecidos. 
Gabriel desistiu de tentar frear os seus fantasmas há muito tempo e decidiu o caminho mais fácil, vivendo uma vida sem regras e limites.
Eles estão na mesma estrada, mesmo que estejam em sentidos opostos. Enquanto ela tenta fugir da escuridão, ele só quer se perder ainda mais.
Uma história emocionante sobre até onde somos capazes de ir para salvar aqueles que amamos e sobre acreditar que todos tem uma segunda chance.
Mesmo que para o resto do mundo isso pareça um erro.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi gente, como vão?

A resenha de hoje é de mais uma bela surpresa que tive esse ano. Meu Erro é escrito por Cinthia Freire, uma brasileira que mora em São Paulo com o marido e os filhos. Li esse livro em e-book (da amazon) que eu baixei sem esperar muito e fiquei de queixo caído com a qualidade da narrativa e no enredo, que é maravilhoso. A autora já tem dois livros publicados e Meu Erro é o primeiro da livro da série Segredos que traz uma história de amor surpreendente e cheia de reviravoltas.

Meu Erro conta a história de Carol e Gabriel, dois jovens que, sem saber, trilham um mesmo caminho, onde seus fantasmas são perturbadores e mais reais do que gostariam. Carol já lida com suas angústias há mais tempo do que gostaria, já conseguiu se libertar das garras dos quartos de hospital e da constante e encarceradora presença dos preocupados pais em sua vida. Ela vive com a melhor amiga Verônica em um apartamento perto da faculdade e elas dividem absolutamente tudo. Carol sabe tudo da vida da amiga e vice-versa.

Enquanto Carol é reclusa e não sai de casa para quase nada, Verônica aproveita a vida como se ela fosse acabar a amanhã e não perde oportunidades de ser feliz em festas e ficando com garotos. Uma noite, Carol liga para a amiga justo na hora que Verônica estava com um garoto e Carol acaba ouvindo a transa dos dois. Depois desse dia ela nunca mais será a mesma. A voz, o timbre, os sussurros de prazer do cara perturbam sua vida até o dia em que ela o conhece e as coisas ficam ainda piores depois disso.

Esse cara é o Gabriel, um homem perturbado ao máximo, um cara cheio de fantasmas que o impedem de levar uma vida normal. Já há tempos que Gabriel desistiu de se esconder das sombras que interferem em sua vida e ele se jogou no caminho fácil e entorpecente. Vive uma vida sem limites, sem regras e sem esperar nada de ninguém.

O caminho deles é o mesmo, mas estão em lados opostos. Enquanto Carol vive uma vida limpa e foge a todo custo da escuridão e do mal; Gabriel se joga no que o corrompe e perturba, e se perde sempre e a cada dia mais. Mas é o senso do que é certo, de que ele precisa protegê-la que faz toda a diferença na vida deles. Carol será uma luz na escuridão.

O livro é emocionante e sofrido, é um doloroso resgate de duas pessoas que não sabem mais para onde ir, não sabem mais como lutar. A autora não romantiza o problema com as drogas e faz disso algo real e triste. O poder do amor é a única coisa que ensina, que encaminha e nos mostra até onde somos capazes de ir para salvar aqueles que amamos e como podemos dar a eles as chances que precisam. Ao mesmo tempo em que o livro tem sua carga de tristeza, cheio de idas e vinda perturbadoras, é uma história inspiradora e cheia de esperança.

- Isso é tudo que sou, você não vê, porra? Eu sou um fugitivo, toda a minha maldita vida tudo o que fiz foi fugir; fugir da vida, das pessoas, dessa merda de sentimento que me aprisiona. Neste exato momento estou tentando desesperadamente fugir dessa obsessão que tenho, que rasga minha garganta, fujo da voz em minha cabeça me pedindo para usar só mais uma vez.- Ele bate os punhos na cabeça me fazendo sufocar. - Eu fujo de tudo... Só não consigo fugir de você.

Em alguns momentos eu me perguntei porquê estava ali, me envolvendo com duas almas condenadas e sem nenhuma chance e aí me perguntei: e se eu passasse por isso? Se eu precisasse salvar no fundo do poço quem eu mais amo, eu faria? Eu teria a força que a Carol teve? Que história linda, que enredo enternecedor; suscita no leitor a ternura, a compaixão e nos mostra que, quando queremos de verdade, nada é capaz de nos impedir.

Confesso que em alguns momentos achei que as cenas de sofrimento foram exageradas e que tornaram a leitura um pouco arrastada (por isso não dei cinco estrelas), mas as cenas românticas e quentes foram bem dosadas e bem narradas, a ponto de compensar toda a tristeza. Quando cheguei ao final, vi que tudo valeu a pena e me fez perceber que eu leria novamente, com toda a certeza.

Indico a leitura para quem adora romances sofridos, permeados por momentos de real desespero e perda de esperança, com personagens bem construídos e reais que dão à trama não só veracidade, mas envolvimento e fluidez, que contribuem muito para que o livro seja brilhante.

E talvez o destino tenha nos escolhido, porque somente uma alma sombria e um coração quebrado poderia reconhecer outra alma igual à sua. De certa forma, o destino usou nossas tragédias para unir duas almas que se completam. Os pedaços de um se encaixam no outro de uma maneira que só quem tem um coração machucado pode compreender.

Encantem-se por mais essa bela história de amor e superação e mergulhem num mar de emoções, vocês não vão se arrepender.

Obrigada por ter lido, até a próxima.



17 de outubro de 2016

Cilada Para Um Marquês - Sarah MacLean

Livro: Cilada Para Um Marquês 
A Scot In The Dark
Escândalos e Canalhas #1
Autor (a): Sarah MacLean
Número de Páginas: 320
Editora: Gutenberg
Compre aqui.


Sinopse: Sophie Talbot é conhecida pela Sociedade como uma das Irmãs Perigosas – mulheres Talbot que fazem de tudo para se arranjar com algum aristocrata. O apelido chega a ser engraçado, pois se existe algo que Sophie abomina é a aristocracia. Mas parece que mesmo não sendo uma irmã tão perigosa assim, o perigo a persegue por todos os lugares.
Quando a mais “desinteressante” das irmãs Talbot se torna o centro de um escândalo, ela decide que chegou a hora de partir de Londres e voltar para o interior, onde vivia antes de seu pai conquistar um título. Em Mossband, ela pretende abrir sua própria livraria e encontrar Robbie, um jovem que não vê há mais de uma década, mas que jura estar esperando por ela.
No entanto, ao fugir de Londres, seu destino cruza com o de Rei, o Marquês de Eversley e futuro Duque de Lyne, um homem com a fama de dissolver noivados e arruinar as damas da Sociedade. Rei está a caminho de Cumbria para visitar o odioso pai à beira da morte e tomar posse de seu ducado. Tudo o que ele menos precisava era de uma Irmã Perigosa em seu encalço.
O Marquês de Eversley está convicto de que Lady Sophie Talbot invadiu sua carruagem para forçá-lo a se casar com ela e conquistar um título de futura duquesa. Já Sophie tenta provar que não se casaria com ele nem que fosse o último homem da cristandade. Mas e quando o perigo tem olhos verdes, cabelos claros e a língua afiada?
Essa viagem será mais longa do que eles imaginavam…

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Cilada Para Um Marquês da Sarah MacLean e publicação da Editora Gutenberg.

Cilada Para Um Marquês faz parte da Série Escândalos e Canalhas que já conta com dois livros publicados e um terceiro confirmado para 2017. Este é daqueles livros que quando terminamos de ler, temos vontade de abraça-lo, pois a história é fofa, linda e maravilhosa. A Sarah MacLean é uma ótima autora, não tem um livro dela que não seja menos que ótimo e, para quem ainda não iniciou no gênero de época/histórico, pode começar por este livro aqui.

Sophie Talbot é a mais nova das Irmãs Perigosas, que são mulheres conhecidas pela aristocracia por correrem atrás de maridos e serem muito escandalosas. A ironia desse apelido para Sophie é que ela é a única irmã que odeia a sociedade e a aristocracia, odeia os modos e as imposições. Ela é a irmã quieta, aquela que todos acham sem graça, mas como uma boa Talbot parece que os escândalos a perseguem e o último no qual está envolvida faz com ela fuja de Londres. No meio do caminho existe um Marquês, mais conhecido como Rei ou como o Marquês de Eversley e ainda um futuro Duque. Rei é conhecido por arruinar as damas e por acabar com casamentos e noivados. Ele também está viajando, mas ao contrário de Sophie, parece que está indo direto para inferno ao encontro do seu temido passado. Ele não quer companhia, não gosta de Sophie e abomina a presença dela, mas quem disse que Rei consegue se manter distante?

Que lindo incrível! Amei tudo, a capa maravilhosa, a narrativa empolgante e os personagens apaixonantes. A história alterna partes entre Sophie e Rei e o bom humor, divertimento, situações inusitadas que são características nas histórias da Sarah, estão presentes no livro.  A narrativa é ágil, não dá para piscar, pois os acontecimentos são frenéticos. São tantas coisas acontecendo na viagem deles que é até difícil imaginar que eles chegarão vivos no final desta aventura.

Que nome de personagem é esse, Rei? Fiquei apaixonada. Claro que esse não é o nome dele, mas uma diminuição de um dos muitos nomes que ele tem. Rei, a princípio, parece um verdadeiro canalha, mas isso é o que ele quer que as pessoas pensem ao seu respeito. Conforme vamos acompanhado a jornada dele, conhecemos um Rei amoroso, protetor e com muito medo do futuro. Ele não quer amar, não quer casar e nem pensa em ter uma mulher ao seu lado, mas conforme o tempo passa, e Sophie se mostra uma mulher diferente da que ele imaginava, Rei percebe que não querer não é uma opção, pois essa mulher que o tira do sério está penetrando no seu coração gelado.

Sophie é teimosa, mas encantadora, adorei ela. É forte, destemida e enfrenta a situação que for até mesmo para proteger um desconhecido. Como irmã mais nova das Talbot, é considerada a sem graça delas ou como Rei prefere “desdivertida”, mas ela não é assim e Rei percebe isso logo, nenhuma das mulheres que ele conheceu é igual a ela. O que me deixou com muita raiva foram as irmãs de Sophie, que vontade de dar uns tapas nelas, fúteis, sem graça e que só pensam na fortuna e no próximo escândalo que irão aprontar. Sophie as ama, mas até para ela é difícil aceitar o jeito das irmãs.

Outra coisa incrível neste livro são os diálogos. Se eu fosse personagem presente no livro iria me sentir igual num jogo de tênis aonde minha cabeça iria de um lado para o outro. É assim que são os diálogos entre Sophie e Rei, os dois têm personalidades fortes e a língua muito afiada.

Um dos muitos sonhos de Sophie é abrir uma livraria. Ela ama ler e desde pequena é julgada por isso. Afinal, por que mulher precisa ler? Por que gostar tanto de algo que faz a mulher pensar? Esses eram os pensamentos da época, pensamentos que não se aplicavam a Sophie e esse é só mais um dos motivos para amar este livro.

Para melhorar essa série o próximo livro será do amigo de Rei, Warnick, ele é escocês... Como não amar? A editora ainda não divulgou previsão de lançamento.

Enfim, amei! Livro lindo, divertido e cheio de amor. Leitura super indicada.  

Leitura recomendada.

Várias horas mais tarde, depois que a estalagem ficou no escuro e em silêncio, Reider, Marquês de Eversley, futuro Duque de Lyne, patife notório que tinha muito orgulho de sua reputação de canalha, estava em sua cama, deitado e acordado. Acordado e muito, muito irritado.
“Por que livros?”, ele quis saber.
“Não entendi”, ela arqueou as sobrancelhas.
“Por que eles são seu vício?”
Sophie pôs o prato de lado e limpou a mão nas saias antes de pegar o volume de cima em uma pilha de livros pequenos, encadernados em couro, logo ao seu lado e estendê-lo para Rei.
“Vamos”, ela disse.
Rei aceitou o volume.
“E agora?”
“Cheire o livro”, ela instruiu e ele inclinou a cabeça. Sophie não conseguiu deixar de sorrir. “Vamos.”
Ele levou o livro ao nariz e inalou.
“Não assim. Dê uma boa cheirada.”
Rei olhou desconfiado, mas fez o que ela mandou.
“O que você sente?”, Sophie perguntou.
“Couro e tinta?”
Ela negou com a cabeça.
“Felicidade! É esse o cheiro dos livros. Felicidade. Por isso eu sempre quis ter uma livraria. Existe vida melhor do que vender felicidade?”

Escândalos e Canalhas:
01. Cilada Para Um Marquês;
02. A Scot In The Dark;
03. The Day Of The Duchess.

Outras capas: