10 de fevereiro de 2017

Chamas do Passado - Jay Crownover

Livro: Chamas do Passado (Nash)
Homens Marcados #4
Autor (a): Jay Crownover
Número de Páginas: 298
Editora: V&R
Compre aqui.

Sinopse: Nash Donovan tem o corpo quase todo coberto por um enorme dragão. Seu jeito imponente de andar, a intensidade de seus olhos violeta e sua pecaminosa pele dourada garantem ao tatuador um mistério capaz de enlouquecer qualquer mulher. O bad boy não é do tipo que acredita no amor. Porém, por trás de todo o seu ar marrento, existe uma ferida que ainda está aberta.
A enfermeira Saint Ford nunca superou o bullying na adolescência e nem a dor causada por seu primeiro amor. Quando os anos de colégio acabaram, ela se mudou para outra cidade para tentar apagar as lembranças do passado. Agora, a ruiva voltou para Denver e tornou-se uma mulher encantadora e uma excelente profissional. Porém, ela ainda é insegura e não consegue confiar em homem algum.
Uma fatalidade fez com que o caminho deles voltasse a se cruzar. Somente Saint poderá curar as dores de Nash. Mas, para isso, ela deverá permitir que o calor das chamas dele derreta o seu coração. E Nash é o único homem capaz fazê-la se sentir uma mulher desejada de verdade.
Chamas do passado é um romance sobre autoaceitação e desejo. Uma história envolvente temperada com intensas cenas de paixão.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do quarto volume da série Homens Marcados da autora Jay Crownover e publicação da Editora V&R. Chamas do Passado conta a história de Nash e Saint. ❤

Quem leu as resenhas dos livros anteriores sabe que tenho um carinho especial por essa série. Estou amando os livros, cada história é cheia de amor e perdão e Chamas do Passado não seria diferente. O livro já ganhou o meu coração porque os protagonistas se conhecem desde a adolescência; gosto quando isso acontece, pois parece que a história fica mais real e é mais fácil  aceitar o amor que nasce ou que simplesmente está adormecido.


Os caminhos de Nash e Saint já estão se cruzando há algum tempo e enfim temos a história deles. Do lado da Saint o passado não foi muito agradável, ela guarda rancor de Nash desde a adolescência e isso foi o que moveu grande parte da vida dela. Já o Nash não sabe de nada, não entende porque Saint é tão arisca e não dá abertura para que pelo menos uma amizade possa acontecer entre eles; Nash não sabe que no passado fez algo para mudar a vida de Saint, ele não sabe que por mais que ela tente odiá-lo, não consegue, pois ele foi seu único amor.

Chamas do Passado é narrado em primeira pessoa e o capítulos são alternados entre os dois protagonistas. A narrativa é fluída e ágil, o livro é daqueles que nem vemos passar o tempo, pois a trama é tão boa que prende do início ao fim.

Este livro tornou-se um dos meus favoritos da série, pois a carga emocional que os personagens carregam é muito grande. Cada dia é uma luta para Saint, a cada amanhecer ela precisa aceitar a si mesma; isso é muito difícil, pois ela é traumatizada com o seu corpo desde a infância. Saint foi a quieta na escola, o patinho feio e por mais que hoje seja uma mulher linda não conseguiu superar o problema com a autoestima. Ela está sempre se cobrando, se comparando com outras mulheres e não entende o que Nash vê nela hoje, até porque ela acha que ele não viu nada no passado.

Nash acha que ela é a mulher mais maravilhosa do mundo, ele quer amar, cuidar e proteger, mas não consegue se aproximar dela. A Saint tenta manter as coisas superficialmente, ela quer um romance sem sentimentos e envolvimento, porém isso não existe, pois o nosso mocinho está envolvido de corpo e alma.

Gostei muito da forma como Saint foi se descobrindo e aprendendo a gostar mais de si mesma, foi um processo difícil e doloroso, mas necessário. Confesso que em alguns momentos (bem poucos) achei cansativa a forma como ela mesma se via, parecia que não entrava na cabeça dela que as coisas mudam e as pessoas também. Grande parte do problema é que ela é muito apegada aos acontecimentos do passado, só que isso já foi e os envolvidos nem lembram mais, só ela que fica se martirizando e achando coisas ruins sobre si mesma.

O livro ainda tem mais um pouquinho de drama, mas não vou falar sobre isso. Os personagens dos livros anteriores aparecem em peso e amo essa série por causa disso, a autora não some com as pessoas e elas estão todas juntas, se apoiando e tentando construir uma família ao lado daqueles que amam.

Ainda faltam dois livros para eu concluir a série e estou ansiosa pelo último, o do Asa, acho que será o melhor de todos. Antes tem o livro do Rowdy, que pretendo trazer a resenha em breve; já tivemos um gostinho de como será a história dele e estou bem curiosa.

Para quem gosta de livros com homens tatuados, amizades para a vida inteira e histórias quentes pode se jogar na leitura dessa série. Para quem também gosta de new adult é uma ótima pedida.

O Nash Donavan era uma chama bonita, perversa e ardente, que me queimava quando eu chegava perto.

Leitura recomendada.

Homens Marcados:
04. Chamas do Passado;
05. Desejos do Destino;
06. Riscos da Paixão.

Outras capas:

  



2 comentários

  1. Oi Kati, tô aqui pensando que tá na hora de retomar essa série haha, só li o primeiro e não sai encantada, mas acho que minha maior decepção do primeiro livro veio da forma como a editora traduziu a história, lembro que achei estranho as gírias e acabei não aproveitando tanto a leitura, mas já tinha visto em algumas resenhas dos outros livros que isso melhorou, e as resenhas que tenho lido por aqui tem me deixado curiosa, assim acho que vou dar mais uma chance aos amigos, afinal histórias que tem foco no amor e na amizade nunca são demais :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili,
      Tu sabe que esses dias eu estava vendo uma resenha em vídeo e a menina falou que tinha medo de ler por causa do que falaram da tradução, só que ela falou que o livro dela não era assim. Acho que eles deram uma revisada no primeiro livro, pq depois dele não existem mais aquelas gírias.
      Acho que você deve continuar sim, a série tá linda, estou ansiosa para ler o último livro.
      Beijo.

      Excluir