15 de março de 2017

Um CEO Para Chamar de Meu - Lucy Berhends

Livro: Um CEO Para Chamar de Meu 
Autor (a): Lucy Berhends
Número de Páginas: 246
Editora: Qualis
Compre aqui.

Sinopse: Laís Oliveira é uma garota com grandes sonhos profissionais e que luta bastante para alcançá-los. Ela foi criada no interior, mas veio para a cidade grande em busca de vencer por seus próprios esforços. Quer terminar seu mestrado e se tornar professora universitária. 
Antony Cavalcanti é um CEO viciado em controle. Ele cuida de tudo o que lhe pertence e os mantêm em segurança, mas talvez precise aprender que pessoas não são propriedades de ninguém. 
Eles se esbarram, literalmente, e juntos vão construir uma história cheia de sedução, prazer e sentimentos que os confundem. Conflitos, ciúmes, obstáculos podem ser apenas alguns dos ingredientes que os desafiarão até que o amor fale mais alto e, finalmente, alcancem seu ‘happy end’. 
Laís e Antony o convidam a conhecer e a participar desse intenso enredo que envolve conquista, surpresas, raiva, sexo, e muito, muito amor.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é nacional. Um CEO Para Chamar de Meu é da autora Lucy Berhends e publicação da Qualis Editora.

Sou apaixonada pela capa deste livro desde o seu lançamento. Um homem lindo desses merece destaque em nossa estante.

A história gira em torno de Laís Oliveira e Antony Cavalcanti. Ela é uma moça estudiosa, está cursando mestrado e trabalha em uma editora como revisora. Laís é esforçada e tem sonhos a alcançar, a vida dela não é fácil, mas nem por isso desiste. O trabalho na editora é muito bom, mas não é o que ela quer para sua vida; Laís almeja mais, porém quando Antony aparece tudo muda.

Antony é o CEO da editora. O primeiro contato deles é meio estranho, pois até onde Laís sabe é a primeira vez dele na Editora, pois sua família é de fora do país. Quando eles se esbarram, Antony já sabe o nome dela e a repreende por chegar atrasada. Laís fica deslumbrada com a beleza dele, mas quando Antony abre a boca para repreendê-la pelo seu atraso ela muda de ideia e o acha um tremendo arrogante, só que Laís já desperta o interesse do CEO e o que Antony quer ele tem.

Um CEO Para Chamar de Meu é narrado em primeira pessoa e quase todos os capítulos são narrados por Laís, ainda bem que na parte mais crucial do livro o gostoso do Antony também dá sua contribuição. A história é gostosa e como os capítulos são bem curtos ela desenvolve rapidamente.

Gostei bastante do casal principal, mas achei a trama um tanto repetitiva. Muitos elementos que compõe o livro já li em outras histórias e isso me incomodou um pouco, parecia que eu estava repetindo algo; também achei que alguns capítulos não tinham continuidade, quando eu estava lendo em um bom ritmo o capítulo acabava e todo meu envolvimento com a cena também. Antony é controlador, mas Laís sabe colocá-lo em seu devido lugar. O relacionamento deles passa por altos e baixos e em alguns momentos ele é bem ciumento. Antony gosta de proteger, cuidar, e Laís, às vezes, não se sente confortável com isso.

A história pode ser clichê, mas é boa. Temos cenas quentes e uma ex bem ciumenta, que atormenta a felicidade dos nossos mocinhos. Laís também tem uma melhor amiga que adorei; Alana é engraçada e me diverti muito com os comentários dela.

Enfim, gostei da história. Um CEO Para Chamar de Meu é aqueles livros leves, parece um filme da sessão da tarde, que foi feito para nos distrair e acreditar em sonhos: encontrar o amor e viver um conto de fadas. Para quem gosta de livros com cenas quentes, onde o mocinho seja um gostoso e um tanto irritante por ser protetor, indico a leitura. Certamente vale ter o Antony na estante.

- Isso foi apenas uma resposta à sua ousadia. Parece que o seu corpo acha que tudo sobre você é da minha conta, Laís. Ele acaba de me dizer isso com todas as letras.

Leitura recomendada.


Nenhum comentário

Postar um comentário