20 de abril de 2017

Lembras-te de Mim? - Judith McNaught

Livro: Lembras-te de Mim?
(Remenber When)
Autor (a): Judith McNaught
Número de Páginas: 480
Editora: Asa/Portugal
Compre aqui.

Sinopse: É a contragosto que Diana Foster se encontra num extravagante baile de caridade, rodeada pela fina-flor do Texas. O noivo acabou de a deixar, trocando-a por uma herdeira italiana, e a jovem anseia apenas por um pouco de privacidade. Mas está em jogo a sua carreira e o bom nome da família. Como gestora da empresa familiar, Diana tem uma imagem a manter. E a fasquia não podia estar mais alta pois ela é editora da revista Beautiful Living, uma publicação de referência no que toca à tranquilidade doméstica.
Quando o bilionário Cole Harrison se aproxima dela com dois flûtes e uma garrafa de champanhe, Diana é apanhada de surpresa, pois reconhece nele o moço de cavalariça que desapareceu da sua vida vinte anos antes. E, fazendo jus à sua reputação de magnata, Cole tem uma proposta para ela: um casamento de conveniência, pois arrisca-se a perder uma fortuna se não se casar em breve. Diana dificilmente imaginaria nessa noite que iria reencontrar Cole, muito menos sucumbir ao esquema elaborado dele, para não falar no perigo de ceder a uma paixão avassaladora…

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi, como estão? Tudo bem?

O livro que trago hoje é Lembras-te de Mim?, de Judith McNaught, publicação portuguesa da Editora Asa, de 2016. Judith é uma escritora imensamente famosa, que já tem várias obras publicadas pelo mundo. Antes de ter sucesso como escritora, McNaught teve diversos trabalhos, entre eles, foi a primeira mulher produtora executiva em uma estação de rádio da CBS. Seu primeiro manuscrito foi "Whitney, My Love", que escreveu entre 1978 e 1982.

Este livro conta a história de Diana Foster, uma mulher empreendedora e maravilhosa, que mantém um verdadeiro império, aliando os negócios e a família maravilhosa que tem. Ela é uma mulher inteligente, bem sucedida e que comanda um verdadeiro clã, onde os dotes de sua família são contados e ensinados em uma revista de grande alcance nacional. Os Foster são verdadeiros mestres no que fazem e todos querem ser como eles. Acontece que Diana, espelho de tudo e todos, vê-se diante de um grande vexame e isso prejudicará ainda mais a imagem da revista, que já sofre com a concorrência.

Para preservar o nome da família e também o negócio que mantém a todos, ela passa por cima de seus sentimentos feridos e vai a um extravagante baile de caridade, que acontece anualmente e é frequentado pela mais alta sociedade texana. Ela só queria um pouco de privacidade, mas como gestora da empresa familiar, Diana tem uma imagem a manter e lá ela terá uma grande surpresa que mudará sua vida para sempre.

Diana vê o bilionário Cole Harrison salvá-la da situação mais embaraçosa de toda a sua vida e, junto deste importante acontecimento, ele lhe faz uma proposta irrecusável, um casamento de conveniência. Ela reconhece o moço de seu passado, quando ela, filha de um magnata, mantinha uma amizade com o moço que cuidava dos cavalos da propriedade vizinha. Ninguém sabe, mas a contida Diana amava esse rapaz, a sua companhia e a sua integridade. Os anos passaram e ele continua incrivelmente sedutor, com o bônus de ser agora um bilionário irresistível, que precisa casar com urgência, senão coloca em risco todo o seu patrimônio.

Diana, ao sucumbir ao esquema elaborado de Cole, muda sua vida para sempre, sem falar no perigo de ceder a um homem que já a conhece de tantos anos e que vive por ela uma paixão avassaladora.

Eu gostei muito desta história. Prepare-se para um livro completo, intrigante e cheio de emoção. A narrativa é inteiramente repleta de momentos da vida, de superação e de encanto. Diana e Cole, apesar de terem vivido tantas coisas distintas, acabam por se completar e se reencontrar nos fatos mais absurdos de vivência como casal. Os acontecimentos descritos na narrativa são arrebatadores e completos para quem gosta de uma bela história de amor.

Deliciei-me com esta história que se passa em um amplo espaço de tempo, pois vamos conhecer os personagens desde o começo de suas vidas, até a atualidade, com suas vidas formadas, Ultimamente, tenho vontade de ler tudo, absolutamente tudo o que foi publicado por essa diva dos romances e estou a correr atrás, para que em breve traga mais para vocês.

Hoje nem preciso implorar para que este seja publicado aí no Brasil, pois minha pesquisa revelou que este livro já foi publicado lá pelos anos 90. Bem poderiam republicar, né? (virei uma reclamona! Kkk)

Espero que gostem tanto quanto eu. Embora a história não seja tão atual, em nada prejudica a leitura; muito pelo contrário, adorei relembrar coisas de alguns anos atrás. Sempre me espanto com as mudanças tecnológicas, hehehe.

Beijinho e até a próxima ;)


Outras capas:

   




Um comentário

  1. Oi Lu, Aaaaaah Judith <3 sonho com o dia que terei todos os livros dela em minha estante haha, super encantada com suas história. Amei a resenha e saber um pouquinho mais sobre esse livro, que tenho buscado por aqui mas tá caro no sebo, então me junto a ti no coro pra ser republicado haha. Diana parece ser uma mulher bem forte e prevejo muitos problemas no desenrolar desse romance, porque se não fosse assim não seria Judith. Não sei bem o que dizer dessa capa, não amei e nem odiei, mas não tá entre as que acho mais lindas daí de Portugal.

    Resenha linda, traga muitas outras da Judith, porque eu amo <3 ;)

    ResponderExcluir