6 de abril de 2017

Ler é Fixe!


“Ler é sonhar pela mão de outrem.”
Fernando Pessoa
Oi, como vão?

Hoje resolvi falar sobre mais uma das tantas coisas boas que Portugal me proporciona. Tudo bem, que eu já reclamei porque os livros são caros e tudo mais, mas quase um ano depois, ainda fico extasiada quando vou às livrarias e até mesmo ao supermercado. Os livros são uma presença firme e forte entre os portugueses e são tantas as publicações que nos fascinam...

 

Eu não sei se já contei, mas aqui tanto o Miguel (quinto ano) quanto a Érica (primeiro ano), estudam em escolas públicas e a qualidade do ensino é excelente. Não bastasse ter uma incrível estrutura física, as escolas deles são muito bem equipadas de bibliotecas. Ambas as escolas possuem grande acervo, professoras capacitadas e que gostam muito do trabalho que fazem. Mais de uma vez durante o ano letivo, elas promovem atividades que fazem com que os alunos mostrem seu amor pelos livros e o gosto pela escrita.



Na semana passada, fui até as escolas deles, convidada pelas professoras, para contar histórias para as crianças e também partilhar com eles as leituras que eles têm feito. Espantei-me com a qualidade de tudo o que os miúdos desenvolvem, pois desde os pequeninos que ainda frequentam o jardim da infância, até os mais velhos (quarto ano), mostraram notável capacidade de leitura e interpretação. Os mais pequeninos decoraram poemas longos e que me fizeram ficar muito encantada, enquanto as crianças do quarto ano compuseram poesias lindas e significativas sobre o seu amor pelos livros.


Pude ver de perto o quanto a leitura é incentivada nas escolas, o quanto as professoras estão empenhadas em fazer desses miúdos leitores ávidos. Valorizam a participação das famílias, para que os pais tragam novas histórias, mesmo com sotaque brasileiro. Não é à toa que, para um país pequeno, Portugal tenha tanto a ensinar em termos de quantidade e qualidade de publicações. São tantas as bibliotecas acessíveis, tanto públicas, quanto nas escolas… Adoro viver tudo isso!



Na sexta-feira fomos eu e o João à escola do Miguel e lá, para grande surpresa dos estudantes, pois não sabiam que iríamos, fomos recebidos com rostos felizes e interessados pelo que lemos a eles. O diretor da instituição nos recebeu e a professora da biblioteca foi muito querida e nos presenteou com marcadores feitos pelos alunos.







Espero em breve trazer-vos um relato das minhas visitas pelas bibliotecas públicas da cidade. Acho que terei muito o que mostrar.

Beijinhos e até a próxima ;)


2 comentários

  1. Que lindo Lu e fico super feliz que você e sua família estejam gostando da experiência de morar em Portugal e que pelo visto os brasileiros são bem recebidos né? O Brasil tem que evoluir em muitos aspectos ainda, principalmente no que se refere a educação, que é a base e deve ser alimentada pela leitura também :) Amei o post e de conhecer um pouco mais de Portugal :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili, que bom que gostaste do texto e de saber mais daqui. Não é nada fácil deixar tudo para trás, deixar quem a gente ama do outro lado do oceano, mas por essas coisas acredito que vale muito a pena. Meus filhos crescem em sabedoria e aproveitam o melhor da vida. Obrigada por estar sempre comigo, beijo <3

      Excluir