5 de junho de 2017

Neve e Cinzas - Sara Raasch

Livro: Neve e Cinzas (Snow Like Ashes)
Neve e Cinzas #1
Autor (a): Sara Raasch
Número de Páginas: 320
Editora: HarperCollins
Compre aqui e aqui.

Sinopse: Dezesseis anos atrás o Reino de Inverno foi conquistado e seus cidadãos, escravizados, sem família real e sem magia. A única esperança de liberdade para o povo do reino jaz nos oito sobreviventes que conseguiram escapar, e que seguem esperando uma oportunidade para recuperar a magia de Inverno e reconstruir o reino. Meira, uma órfã desde a derrota de Inverno, passou a vida inteira como refugiada, criada por Senhor, o general dos inverninos. Treinando para se tornar uma guerreira — e desesperadamente apaixonada pelo melhor amigo e futuro rei, Mather —, Meira faria qualquer coisa para ajudar o Reino de Inverno a retomar seu poder. Então, quando espiões descobrem a localização de um medalhão antigo capaz de devolver a magia ao reino, Meira decide ela mesma encontrá-lo. Finalmente ela está escalando torres e lutando contra soldados inimigos como sempre sonhou. Mas a missão não sai como planejado, e logo Meira se vê mergulhada em um mundo de magia maligna e poderosos perigosos. De repente, ela percebe que seu destino não está, e nunca esteve, em suas mãos. A estreia de Sara Raasch é uma fantasia cheia de ação sobre lealdade, amor e a capacidade de determinar o próprio destino. 

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Oi, tudo bem aí?

A resenha de hoje é de uma fantasia épica e inédita. Sempre que posso, gosto de variar os estilos e gosto ainda mais quando leio uma obra muito boa, caso desta. Neve e Cinzas, publicação da HarperCollins, é o livro de estreia da autora Sara Raasch e o primeiro de uma trilogia emocionante.

O livro conta uma história de fantasia, cheia de ação, romance e envolvimento. Já faz dezesseis anos que o Reino de Inverno foi dizimado por Primavera. Os cidadãos que não foram mortos foram escravizados e ficaram também sem sua preciosa magia. Somente sobreviveram 25, que já são só oito, pois morrem muitos em cada incursão. Eles se arriscam, seja para conseguir comida ou então resgatar ao menos a metade do precioso medalhão que lhes dará novamente a magia e a possibilidade de reconstruir seu reino.

Dentre esses poucos e sofridos refugiados está Meira, uma garota que ficou órfã no dia da invasão ao seu reino. Ela não sabe o que é outra vida, que não seja a de nômade, mas, ao mesmo tempo em que é uma garota normal, ela é uma guerreira nata, que briga constantemente com Sir, seu guardião, por mais chances de lutar. Ela treina incansavelmente por mais espaço e também por ganhar o amor de seu melhor amigo e futuro rei, Mather. Meira não mede esforços para ajudar seu reino e seu rei.

Assim, em um dia de incursão pelas terras inimigas, Sir e seu grupo conseguem descobrir onde está a metade do medalhão que devolverá a magia ao reino. Meira decide que é a hora dela mesma conseguir um feito grandioso que a torne respeitada como guerreira que é e não só a menina que deveria estar entre os vestidos e as regras de etiqueta.

Meira é intrépida e, por mais medo que sinta, não desiste de entregar-se de corpo e alma à sua causa. Quando ela tem essa chance, enquanto escala o castelo do reino inimigo, desencadeia uma série de acontecimentos que fogem ao seu controle. As coisas nunca mais serão as mesmas e ela descobrirá que o destino de seu reino não está nem jamais esteve possível aos seus esforços.

A história é mergulhada num turbilhão de eventos que envolvem muita magia perigosa, malignos poderes, luta por poder e muito sofrimento. Assim que iniciei a leitura desse livro, pensei imediatamente que eu estava a ver um filme e que eu tinha iniciado este pela metade. É uma história dinâmica e que se desenvolve rapidamente diante de nossos olhos, os fatos são contados de forma não só a demonstrar o enredo como um todo, como a autora faz questão de nos envolver com as personagens de forma inevitável.

Eu sofri em muitos momentos, por vezes cheguei a comparar com Jogos Vorazes, pois são muitas as provações que Meira sofre, que estão bem além da fome e dos ferimentos. O livro é muito bem desenvolvido, nos apresenta um triângulo amoroso, do qual não consegui escolher nenhum lado. Os mocinhos são lindos, corajosos e incansáveis. Enquanto Mather é um garoto destemido, sofrido, que ganhou da vida uma rudeza, uma casca dura forjada pelos anos sem seu reino; o príncipe Theron é um verdadeiro príncipe ao desafiar as vontades do maldoso pai em prol daquilo que é justo e certo.

Ler Neve e Cinzas é mergulhar em uma aventura completa e incrível, que eu recomendo muito para quem gosta de ler livros de fantasia. Outro ponto positivo que a autora criou é que, embora seja uma trilogia, o livro tem um final super satisfatório que, ao mesmo tempo em que encerra essa etapa, nos deixa doidos por saber o que ainda vem por aí. Espero conhecer os demais livros em breve.

Obrigada por ler, até a próxima ;)

Sempre haverá um eles em nossa nova vida, Meira. Eles tomam as decisões, eles moldam o futuro. O truque é encontrar uma forma de ainda ser você no meio de tudo isso.

Neve e Cinzas:
01. Neve e Cinzas;
02. Gelo e Fogo;
03. Geada e Noite.

Outras capas:



2 comentários

  1. Oi, Lu!
    Sabe, li as primeiras páginas desse livro e não curti muito kkkkkk
    Acho que li pouco, pois adorei a resenha e fiquei com vontade retomar a leitura. Vou esperar tu ler o próximos e me contar.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, pois é... sabe que ele não chama a nossa atenção, mas depois que entendemos que é uma distopia, cheia de reinos incríveis... Vira um livro lindo e cheio de emoção. Eu adorei e lerei os outros com certeza, até porquê a autora teve a maior consideração em não deixar o livro sem final, kkk Beijo

      Excluir