17 de janeiro de 2018

Enquanto Houver Tempo - Paola Scott

Livro: Enquanto Houver Tempo 
Autor (a): Paola Scott
Número de Páginas: 296
Editora: The Gift Box 
Compre aqui.

Sinopse: Dizem que a vida inteira passa diante dos seus olhos quando você está morrendo. Porém, o que não dizem, é que a vida que não viveu também te atinge em cheio nesse momento.
Dor...
Medo...
Arrependimento...
Dante, um respeitável homem de negócios, é obrigado a dar uma pausa no ritmo frenético no qual vive. Por sugestão da irmã, viaja para um lugar com hábitos totalmente diferentes aos quais está acostumado. E quando o tédio e desânimo parecem abater esse workaholic, uma pessoa o fará repensar o modo de enxergar a vida. 
Gaia vive para a terra, para o cultivo das maçãs e para os seus animais de estimação. Com a filosofia de viver cada dia como se fosse um novo presente da vida, essa mulher de expressão serena desperta o interesse no homem refinado, porém deslocado, que chega à região.
De repente, ambos parecem se completar. 
Enquanto houver tempo, é possível mudar o rumo de duas vidas?

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Enquanto Houver Tempo da Paola Scott e publicação da The Gift Box.

A The Gift Box está com um projeto muito legal para 2018. Além do The Gift Day, que acontecerá em junho, eles irão publicar um livro por mês até o final do ano. O primeiro eleito foi Enquanto Houver Tempo e não poderia ter começado de melhor jeito. A história é linda e o Franggy Yanez enfeitando a capa e em cada início de capítulo só me deixou mais encantada pelo livro.

No livro teremos a linda história de amor de Dante e Gaia. Ele é um renomado executivo de finanças, sua vida é somente voltada para o trabalho. Dante não tem amigos, não tem lazer e deixou sua família de lado. Mas o destino quis que ele desacelerasse e assim, de uma hora para outra, o nosso mocinho se vê em uma cidade do interior do sul do Brasil, passando alguns dias de férias, que para ele são forçadas. Os dias passam e ele começa a ficar entediado, mas isso até ele conhecer a bela Gaia.

Gaia é uma mulher que gosta do interior. Sua vida é cuidar da terra, dos animais e plantar. Ela vive um dia de cada vez e nenhuma de suas ações é apressada. Quando conhece Dante, sente algo diferente, mas sabe que não poderia dar certo, pois ele é um homem de cidade grande e ela sabe que ele jamais deixaria sua vida para viver no interior.

Enquanto Houver Tempo é narrado em primeira pessoa e os capítulos são alternados entre os dois protagonistas. Este não é o meu primeiro contato com a Paola e sei que dela sempre posso esperar coisas boas. A história é envolvente e fluída, desde o primeiro capítulo fiquei apaixonada pelo Dante, e constatar que eu podia imaginá-lo igualzinho ao modelo da capa, foi melhor ainda.

O Dante é um homem que vive para os negócios. Ele está sempre com pressa e ansioso. Sua vida é desregrada e por mais que ele seja um cara novo, a rotina agitada cobrou seu preço. A trama fala muito do tempo como o próprio título diz. A autora nos mostra como o tempo pode ser interpretativo; o que era uma coisa para Dante, já era completamente diferente para Gaia. Durante a história acompanhamos o nosso personagem em busca de paz e sossego, reaprendendo a viver e a Gaia será muito importante para essa transformação.

No final da história temos um Dante completamente diferente do início e foi bonito acompanhar as mudanças que ocorreram na vida dele; nada foi apressado, tudo ocorreu no seu devido tempo e Dante passou a valorizar coisas que jamais ele daria atenção.

A história de amor dois protagonistas é linda. Acompanhar cada passo deles e os percalços que encontram no caminho foi um aprendizado. No livro não existe um vilão, alguém que queira atrapalhar o amor dos dois. Os grandes vilões são o tempo e o sentimento que cresce no coração deles.

O livro é lindo do início ao fim. Achei a escrita da autora um tanto poética, com várias passagens e reflexões bonitas sobre o tempo. Os diálogos entre os personagens são inspiradores e eu terminei a história com uma sensação boa.

Enfim, recomendo a leitura. Se você gosta de romance apaixonante e de fazer suspirar pode começar logo a leitura. O livro está lindo e torço para que saia a edição física, afinal, seria um desperdício não ter uma capa dessas na estante.

Dizem que a felicidade é feita de momentos. E concordo plenamente. Eu tinha vários deles guardados na memória, cada qual com sua escala de intensidade. Todos tinham seu grau de importância e eu sabia que jamais haveria outro igual a um já vivido. Por isso, eu valorizava cada novo instante. Deixava que a sensação de euforia, vigor e alegria me invadissem, criando novas lembranças e emoções.
Leitura recomendada.


4 comentários

  1. Que mulher rápida, o livro foi lançado outro dia e já leu, arrasou rsrs.
    Ainda não tive a oportunidade de ler nada da Paola, mas vejo muitas resenhas positivas de seus livros e isso me desperta curiosidade, e somando isso ao fato dessa capa ter esse lindo, acaba comigo haha, quero ler sim, mas acho só tem em e-book né?!
    Eu curti a resenha, acho que autora escolheu um bom tema pra se trabalhar, a pressa e a ansiedade nos dias de trabalho em algum momento cobram um preço sim se não nos dermos aqueles momentos pra relaxar e desapegar e vou curtir acompanhar esse crescimento do protagonista e ele vai pro campo, amo histórias no campo <3
    Ótima resenha Kati, espero ler também mais a frente ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lili!
      Pois é, assim que liberou na Amazon já comprei o meu kkkkkkkk
      Não aguentei esperar. Por enquanto só e-book sim, mas espero que logo saia em físico.
      Você vai adorar a história, tenho certeza.
      Beijo.

      Excluir
  2. Ahhh Katielle,Que linda resenha. E que delícia saber que você gostou dessa história. Sim, ela nos faz pensar sobre o que estamos fazendo, da forma que estamos vivendo. Foi uma reflexão também para mim, enquanto escrevia. O rogada por suas palavras. E teremos o físico em junho 😉😍😘

    ResponderExcluir