21 de março de 2018

Um Sedutor Sem Coração - Lisa Kleypas

Livro: Um Sedutor Sem Coração
(Cold-Hearted Rake)
Os Ravenels #1
Autor (a): Lisa Kleypas
Número de Páginas: 320
Editora: Arqueiro
Compre aqui.

Sinopse: Devon Ravenel, o libertino mais maliciosamente charmoso de Londres, acabou de herdar um condado. Só que a nova posição de poder traz muitas responsabilidades indesejadas – e algumas surpresas.
A propriedade está afundada em dívidas e as três inocentes irmãs mais novas do antigo conde ainda estão ocupando a casa. Junto com elas vive Kathleen, a bela e jovem viúva, dona de uma inteligência e uma determinação que só se comparam às do próprio Devon.
Assim que o conhece, Kathleen percebe que não deve confiar em um cafajeste como ele. Mas a ardente atração que logo nasce entre os dois é impossível de negar.
Ao perceber que está sucumbindo à sedução habilmente orquestrada por Devon, ela se vê diante de um dilema: será que deve entregar o coração ao homem mais perigoso que já conheceu?
Um sedutor sem coração inaugura a coleção Os Ravenels com uma narrativa elegante, romântica e voluptuosa que fará você prender o fôlego até o final.

RESENHA por Katielle Borba.

Oi, gente!

A resenha de hoje é do livro Um Sedutor Sem Coração da Lisa Kleypas e publicação da Editora Arqueiro. Este é o primeiro volume da série Os Ravenels.

Que saudades eu estava dos livros da Lisa. Ela escreve tão bem que poderíamos ter publicações suas todos os meses. Recém li o primeiro livro da série, mas já sei que irei amar cada história e cada personagem.

O sedutor sem coração da história é o Devon Ravenel. Ele é bonito, libertino e leva uma vida desregrada; para ele não existem obrigações somente diversão. A boa vida de Devon termina quando ele herda um condado; tudo seria maravilhoso se não fosse pelo lugar estar falido e pelas muitas responsabilidades, e isto inclui cuidar das três irmãs e da esposa do falecido conde. Para piorar a situação, Devon fica encanto com Kathleen, a viúva, porém ela o detesta. Conforme os dias passam fica mais difícil eles conviverem, pois na mesma medida que não se suportam também sentem uma atração forte demais. Kathleen terá que decidir se entregará seu já machucado coração a um dos homens mais charmosos que já conheceu.

Como amei está leitura! Um Sedutor Sem Coração tem uma trama gostosa, divertida e muito envolvente. As mais de trezentas páginas passaram voando, devorei o livro em poucas horas e quando terminou eu já queria ter o próximo em mãos. Os personagens são cativantes e apaixonantes. A narrativa acontece em terceira pessoa e é alternada entre os dois protagonistas.

Devon e Kathleen não podem se enxergar. Se os dois estão no mesmo cômodo acontece briga e sobra para quem estiver presente no recinto. Eles discutem por tudo, têm opiniões diferentes sobre qualquer assunto e ainda assim se completam de uma maneira sem igual. Os dois cedem nas suas divergências, entendem que algumas coisas não podem ser seguidas na ponta do lápis e tomam algumas decisões juntos.

Devon não quer responsabilidades, isso é tão verdade que a primeira coisa que ele queria fazer quando herdou o condado era vendê-lo, mas algo tocou seu coração. De uma hora para outra Devon passou a se dedicar com afinco para mudar o condado e tirá-lo das dívidas, passou a se preocupar com os seus arrendatários e com as pessoas que trabalhavam diretamente para ele e foi bonito de ver isso. É nítida a mudança que o personagem passa durante a leitura, ele iniciou de uma maneira e terminou de outra. Passou a se preocupar com o próximo e deixou de ser egoísta. Em alguns pontos ele tenta arquitetar coisas, mas é sempre pelo bem da família.

A Kethleen é inteligente, teimosa e tem uma língua bem afiada. Ela ficou casada por pouco tempo, mas mesmo assim não tem boas recordações; ela guarda um pequeno segredo e uma culpa enorme. Quando Devon aparece na propriedade o que ela mais quer é manter-se afastada, só que não consegue. Parece que quanto mais distante ela fica mais a atração aumenta.

Um Sedutor Sem Coração tem uma história bastante dinâmica. Neste primeiro livro somos presenteados com muitos personagens e assim já ficamos familiarizados para as próximas publicações. Além da história dos protagonistas temos a introdução do segundo livro e depois de ler o que li, estou desesperada (quero!!). Também conhecemos outro personagem importante, West. Ele é irmão do Devon e me deixou um pouco irritada com algumas atitudes, mas depois ganhou meu coração, espero ter muito mais dele nos próximos volumes. E por último temos as irmãs do falecido conde, meninas travessas e espertas; ri tanto com elas, quando apareciam eu tinha certeza que a diversão estava garantida.

Enfim, amei da primeira a última página. A Lisa está entre minhas autoras favoritas da vida, sei que quando eu ler um livro dela ficarei encantada, apaixonada e darei muitas risadas.

Se você ainda não se aventurou pelos romances de época, pode começar por essa série, tenho certeza que não irá se arrepender.

- Nunca peça desculpas a uma mulher. Isso só confirma que você está errado e a deixa ainda mais irritada.
- Conheço muitos fatos científicos sobre o coração humano, e um deles é que é muito mais fácil fazer um coração parar de bater em definitivo do evitar amar a pessoa errada.

Leitura recomendada.

Os Ravenels:
01. Um Sedutor Sem Coração;
02. Uma Noiva Para Winterborne;
03. Um Acordo Pecaminoso;
04. Um Estranho Irresistível.

Outras capas: 

   




5 comentários

  1. Oi, Katielle
    Todas as resenhas que vejo dizem maravilhas a respeito dessa história. Já imagino o tanto que irei gostar. Eu curto a Lisa, mas não tanto, ta aí um livro que pode mudar minha experiência com ela.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Miriã!
      Sou suspeita para falar da Lisa. Amo todos os livros dela.
      Espero que você goste.
      Beijo.

      Excluir
  2. Oi Kati, tô apaixonada nesse livro... Amei! Parabéns pela resenha linda, beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga,
      obrigada pelo carinho de sempre.
      Beijo.

      Excluir
  3. Que resenha linda Kati, eu também amei essa história, a primeira de uma série que parece bem promissora. Sobre os protagonistas tive momentos de amor e de "não sei não" pra eles mas no final eles me conquistaram, o que ainda não aconteceu com Rhys e Helen mas espero que assim como aconteceu com o livro Pecados no Inverno eu os ame em seu próprio livro. Dos personagens secundários, amei West me lembrou de Leo (meu Hathaway favorito) e tô sofrendo que o livro dele ainda não foi lançado lá fora rsrs. A capa nacional tá belíssima e suas resenhas sempre me conquistam <3 Bjks.

    ResponderExcluir