19 de novembro de 2013

Pequenos Cupidos - Debbie Macomber

Livro: Pequenos Cupidos (The Matchmakers)
Autor (a): Debbie Macomber
Número de Páginas: 192
Editora: Harlequin
Compre aqui.

Sinopse: Dori e Gavin começam a sair juntos para agradar os filhos, que querem que eles se casem. Era para ser uma coisa inocente, mas tudo muda quando de um simples beijo saem faíscas!

Pequenos Cupidos de Debbie Macomber é um dos últimos lançamentos da Harlequin. Eu estava um pouco receosa em começar essa leitura porque já li um livro dessa autora e não tinha sido agradável, porém Pequenos Cupidos foi uma grata surpresa.

Dori Robertson é viúva e cria sozinha seu filho de onze anos chamado Danny. Ele é um garoto muito esperto que está sentindo a falta de um pai e inusitadamente pede para a mãe  lhe arranjar um. Dori fica um pouco perplexa por esse pedido mas para tentar despistar o filho, propõe que eles façam uma lista com todas as exigências que o futuro pai deve ter.

Gavin Parker é ex-jogador de futebol, separado e também cria uma filha sozinho, Melissa. Ele não está à procura de um relacionamento sério, pelo contrário, ele quer ficar com as mulheres só para passar um tempo.

Por acaso do destino Gavin e Dori cruzam seus caminhos e Danny como é um garoto muito esperto percebe que Gavin tem todas as qualidades que ele procura em um pai, assim ele se junta com Melissa e os dois começam a fazer planos para juntar os dois. Já Gavin e Dori querem acabar com essa história dos filhos e os dois combinam de mentir que são namorados, é claro que essa história só poderia acabar em confusão.

Pequenos Cupidos é uma graça, parecia que eu estava assistindo uma comédia romântica da sessão da tarde. Gavin e Dori são pessoas totalmente opostas, quando encontram-se é somente para brigar, mas seus filhos estão convencidos que eles são perfeitos um para o outro.

Dori e Gavin passam por muitas situações, algumas até constrangedoras que são provocadas por seus filhos. Durante a leitura o amor deles é perceptível, porém Gavin nega esse amor, é um cabeça dura e faz com que Dori sofra com isso.

A narrativa da Debbie Macomber é bem gostosa, o livro tem uma história bem clichê, mas logo no início fui conquistada e não consegui largá-lo mais. É um livro de rápida e leitura e que vale a pena, apesar de ser clichê eu gostei bastante da história, achei bem fofa, por isso dei cinco estrelas.

- Primeiro temos que encontrar alguém da sua idade.
- Que tenha ao menos 33 anos – concordou Dori, puxando uma cadeira.
- E alto, porque papai era alto e seria esquisito termos um cara baixo aqui. Não quero terminar sendo mais alto que meu novo pai.
- Faz sentido. – Mais uma vez Dori ficou impressionada com quanto o filho estava levando aquilo a serio.
- Ele deve gostar de esportes, porque eu gosto de esportes. Você até tenta, mamãe, mas realmente gostaria de alguém que pudesse lançar uma bola um pouco melhor.
Aquele era um dos deveres que Dori passaria adiante com satisfação.
- Acho uma boa ideia.
- E seria legal se ele soubesse caratê.
- Por que não? – concordou Dori de boa vontade.
O lápis de Danny deslizava furiosamente sobre o papel enquanto ele acrescentava as últimas exigências à lista crescente.
- E o mais importante... – Os olhos azuis do menino ficaram sérios. – Meu novo pai deve amar você.

Leitura recomendada.


4 comentários

  1. Antes mesmo de chegar na parte da resenha em que você fala da Sessão da Tarde, já tinha chegado a essa conclusão. Mas eu fiquei bem curiosa! Eu achei fofo, parece que tem uma leitura bem gostosa apesar do clichê!

    E que quote mais fofo do mundo... "E o mais importante... – Os olhos azuis do menino ficaram sérios. – Meu novo pai deve amar você." Quero ler! haha <3

    ResponderExcluir
  2. Que graça! Esse livro é um dos poucos do estilo que senti vontade de ler, e aparentemente não deixa a desejar.
    E apesar de ser uma história "batida", parece gostosa de ler e a narrativa prende o leitor. É como sempre digo, um clichê bem contado é tão bom quanto uma história original.
    Fiquei encantada e pretendo ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me lembra operação cupido, o filme com a Lindsay Lohan quando era menor, eu amo aquele filme toda vez que passa na sessão da tarde eu assisto.
    Eu gosto dessa autora, ela me prende com suas estórias, amo um clichê. Com toda certeza esse livro vai para minha lista de "tenho que ler"

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir
  4. Na hora que li a resenha pensei 'Ownt', gostei da historia muito bonitinha, me lembrou um filme, mas enfim espero poder ler.


    xx

    ResponderExcluir