18 de março de 2014

Verão Cruel - Alyson Noël

Livro: Verão Cruel (Cruel Summer)
Autor (a): Alyson Noël
Número de Páginas: 184
Editora: Novo Século (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: Colby Cavendish, uma ex-nerd, decide mudar radicalmente sua própria imagem. Está ansiosa por participar de festas descoladas com a turma da praia e, se tudo der certo, ficar com o cara mais gostoso da escola, Levi Bonham. Mas seus planos vão por água abaixo quando seus pais a mandam passar férias forçadas na Grécia com sua tia. Presa em uma ilha sem shoppings e sem sinal de celular, ela teme ser rapidamente esquecida por seus amigos. Mas eis que conhece Yanni, um deus grego, e tudo muda. Colby acaba confusa e tudo indica que aquele sentimento será mais que uma simples paixonite de verão.

Colby está prestes a ter o pior verão de sua vida. Seus pais estão em pé de guerra por causa do divórcio e decidem mandar ela passar suas férias de verão na Grécia, onde mora um tia que todos julgam ser louca.

Colby está desesperada, ela irá ficar longe do garoto que gosta, o mais gato da escola, e longe de Amanda, a menina mais popular que se tornou sua melhor amiga. Quando chega na Grécia Colby odeia tudo, não sai de casa e reclama da maioria das coisas, mas tudo muda quando ela conhece o grego Yannis.

Eu relutei muito para ler um livro da Alyson Noël, sempre vi as pessoas falando que seus livros não eram bons, mas ainda bem que comecei por Verão Cruel. Adorei essa leitura, me diverti muito com Colby e agora espero dar mais oportunidades para Alyson.

Verão Cruel me conquistou por sua narrativa. Colby nos conta toda sua aventura na Grécia e o modo que ela faz isso é através de cartas, e-mails e postagens em um blog. Achei bem interessante a ideia do blog, ela o cria para contar como estão sendo seus dias e o quanto seu verão está sendo cruel.

Na maior parte do livro senti pena de Colby, ela sofre pelo descaso dos pais. Uma coisa que me incomodou e o quanto ela está apegada a seus amigos da escola (ela sabe que eles nem são seus amigos), apegada a sua antiga vida, está com medo de que quando ela retornar para sua cidade ninguém mais se lembre dela e todos esses anseios a impedem de aproveitar tudo que o esse paraíso que ela está passando férias tem a oferecer.

Tudo só começa a melhorar quando Yannis aparece na sua vida e mesmo assim ela está tão apegada ao passado que pode estragar tudo.

Verão Cruel é uma delícia de ler, tem uma capa linda e a narrativa é leve e divertida. Colby e sarcástica e engraçada, impossível não dar muitas risadas com ela. Pena que o livro é tão curtinho.

Se você tiver a oportunidade, leia logo esse livro.

Sei lá, talvez eles tenham razão, já que tudo é tão temporário, já que tudo tem um começo, meio e fim. Então, talvez seja melhor deixar a porta aberta, já que nunca sabemos quando precisaremos usá-la.

Leitura recomendada.

Postagem válida para o Top Comentarista março.

7 comentários

  1. Eu também já vi vários comentários a respeito da autora, ainda não li nada dela. Mas pelo que vejo nessa ela não errou a mão. rs Achei a capa bem simplesinha, podiam ter caprichado mais, mas de qualquer forma ainda assim gostei. Sobre o enredo, parece ser gostosinho de ser lido. Mas só isso né? pela resenha não me pareceu um livro que a gente devora, e sim um daqueles pra ler depois de um livro bem tenso. Quero conhecer a autora, mesmo muitos terem falado relativamente mal. kk

    ResponderExcluir
  2. Oi Katielle!
    O livro parece clichê, ainda bem que a narrativa é divertida, fluída e a protagonista é simpática. Outro ponto a favor é o fato de ser curtinho, uma leitura descompromissada. Gostei da premissa de um diário virtual contado através de emails e postagens, bem bacana ;)
    Férias de verão na Grécia, com um grego adorável, não tem como não funcionar!!!
    Na torcida pelo Yannis <3 rsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. A leitura parece ser divertida, mas pela capa e pelo que já li do livro parece ser uma leitura que não tem muito a acrescentar. Só pra passar o tempo mesmo. Se eu tiver oportunidade de ler, com certeza lerei, mas não é o tipo de livro que eu vou correr atrás.

    ResponderExcluir
  4. Oi Kati,tudo bem??
    Ainda não tive a oportunidade de ler nada do autor,mas sua resenha me deixou curiosa pela leitura, pois as vezes o que precisamos é de uma leitura bem leve e divertida, e este possui poucas páginas...Adorei a dica!!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi Kati,tudo bem??
    Ainda não tive a oportunidade de ler nada do autor,mas sua resenha me deixou curiosa pela leitura, pois as vezes o que precisamos é de uma leitura bem leve e divertida, e este possui poucas páginas...Adorei a dica!!
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  6. Já tinha lido algo relacionado a esse livro logo quando lançou e não fiquei muito curiosa para lê-lo mas agora lendo sua resenha ele me despertou algo, gostei bastante da história, ela faz o meu gênero de livros preferidos, gosto de leituras leves e pequenas, com certeza vou ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nada como uma boa leitura leve e divertida,gostei!
    beijinsss!

    ResponderExcluir