21 de novembro de 2016

O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida - Kate Eberlen

Livro: O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida
(Miss You)
Autor (a): Kate Eberlen
Número de Páginas: 432
Editora: Arqueiro.
Compre aqui.

Sinopse: Tess e Gus foram feitos um para o outro. Só que eles não se encontraram ainda.
E pode ser que nunca se encontrem... Tess sonha em ir para a universidade. Gus mal pode esperar para fugir do controle da família e descobrir sozinho o que realmente quer ser. Por um dia, nas férias, os caminhos desses dois jovens de 18 anos se cruzam antes que os dois retornem para casa e vejam que a vida nem sempre acontece como o planejado.
Ao longo dos dezesseis anos seguintes, traçando rumos diferentes, cada um vai descobrir os prazeres da juventude, enfrentar problemas familiares e encarar as dificuldades da vida adulta. Separados pela distância e pelo destino, tudo indica que é impossível que um dia eles se conheçam de verdade... ou será que não?
O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida narra duas trajetórias que se entrelaçam sem de fato se tocarem, fazendo o leitor se divertir, se emocionar e torcer o tempo todo por um encontro que pode nunca acontecer.

RESENHA por Katielle Borba.

Hoje é o primeiro dia do resto da sua vida.

Oi, pessoal! 

A resenha de hoje é do livro O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida da autora Kate Eberlen e publicação da Editora Arqueiro.

Fiquei apaixonada pela capa deste livro, mas a sinopse não me conquistou muito. Comecei a leitura meio receosa, afinal, não sabia se iria gostar da dinâmica, mas fiquei muito surpresa por adorar a leitura, por ficar apaixonada pelos personagens e por torcer fervorosamente que eles tivessem um final feliz e merecido.

O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida conta as histórias de Gus e Tess. Gus passou por um momento muito difícil na vida e quer fugir da pressão e do sofrimento que é morar com os pais. Já o sonho de Tess é entrar na universidade. 

O livro inicia quando os dois estão em uma viagem de férias, eles têm 18 anos e por um pequeno momento o caminho deles se cruza; é só um momento sem importância, você pede para algum desconhecido bater uma foto sua e depois vocês nunca mais se encontram na vida. Foi mais ou menos isso que aconteceu com Tess e Gus. Quando termina a viagem cada um volta para sua casa, eles estão cheios de planos, têm uma infinidade de oportunidades, mas nada acontece como planejado.

A história contada no livro tem um espaço de tempo de dezesseis anos. Os capítulos são intercalados entre os dois protagonistas e podemos acompanhar a vida deles durante esse tempo. A narrativa me envolveu de uma maneira que nem eu esperava, é tudo muito gostoso, cadenciado, não é cansativo e a autora escreve de uma maneira que não queremos largar o livro até o final. A cada novo capítulo existe uma oportunidade, um acontecimento e isso fez com que eu ficasse ávida para chegar à próxima página.

Durante os anos em que a história passa, acompanhamos Tess e Gus vivendo cada um a sua vida. Os amores, as tristezas, as dores e as alegrias de acordar a cada novo dia. Conforme vamos avançado pelas páginas fica mais do que claro que eles são perfeitos um para o outro, pois em muitos momentos eles se sentem sozinhos, perdidos, percebendo que falta alguma coisa para a vida deles ser completa. Em muitos momentos fiquei me questionando se o destino iria dar uma força, se, quem sabe, em alguma esquina de Londres eles poderiam encontrar-se e acredito que essa seja a magia do livro, pois eu, como leitora, fiquei esperando, ansiosamente, que algum caminho os unisse. 

A autora aborda temas da nossa atualidade e isso foi bastante interessante. Outra coisa que adorei foram as pequenas coincidências que a autora coloca na história e também os fato de a vida deles ser retratada de maneira tão real; eles vivem, amam, se apaixonam, comentem erros e a vida segue. 

Ler este livro foi como um sopro de novas possibilidades. Aprendi um pouco mais sobre como prestar atenção nas coisas que estão ao nosso redor, dar valor aos pequenos acontecimentos da vida, perdoar e sempre lutar pelos sonhos. 

Meu único pesar é que o final foi muito corrido, eu queria mais uns dois capítulos, pois assim a história ficaria mais perfeita ainda. 

Para quem gosta de um bom romance, de um livro gostoso e real recomendo a leitura de O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida. 💑❤

Pecar é como mentir. Depois que você fez uma vez, não parece mais pecaminoso pecar de novo.

Leitura recomendada.

Outras capas:

  


3 comentários

  1. Então Kati, esse parece ser um romance bem diferente e não consegui decidir se ele iria me encantar, afinal os mocinhos vivem suas vidas separadas e nos vamos acompanhando e torcendo pra eles se encontrarem, mas o encontro parece demorar e isso se acontecer... Contudo vou levar seus elogios em consideração e se pensar bem essa leitura me tiraria da minha zona de conforto e as vezes é bom arriscar rsr. Assim, vou pesquisar mais sobre ele e ver se me arrisco ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lili!
      Acho que tu iria gostar sim. Apesar de eles estarem separados é como se estivessem juntos. Não sei explicar, mas eles andam tão perto um do outro que eu só queria que eles se esbarrassem logo.
      Espero que tu de uma oportunidade. Eu adorei a leitura.
      Beijo.

      Excluir
  2. Ever wanted to get free Instagram Likes?
    Did you know that you can get them AUTOMATICALLY AND ABSOLUTELY FOR FREE by registering on Like 4 Like?

    ResponderExcluir