29 de julho de 2015

O Retorno de Izabel - J. A. Redmerski

Livro: O Retorno de Izabel (Reviving Izabel)
Na Companha de Assassinos #2
Autor (a): J. A. Redmerski
Número de Páginas: 232
Editora: Suma de Letras (parceria)
Compre aqui.

Sinopse: Determinada a levar o mesmo estilo de vida do assassino que a libertou do cativeiro, Sarai resolve sair sozinha em missão, com o propósito de matar o sádico e corrupto empresário Arthur Hamburg. No entanto, sem habilidades nem treinamento, os acontecimentos passam muito longe de sair como o planejado. Em perigo, Sarai nem acredita quando Victor Faust aparece para salvá-la — de novo. Apesar de irritado pelas atitudes inconsequentes dela, ele logo percebe que a garota não vai desistir de seus objetivos. Então não há outra opção para ele a não ser treiná-la. Com tamanha proximidade, para eles é impossível resistir à atração explosiva. Nem Victor nem Sarai podem disfarçar o que sentem, ou negar o desejo que os une. No entanto, depois de tantos anos de sofrimento e tantas cicatrizes emocionais, será que eles conseguirão lidar com um sentimento como amor? Só que Sarai — novamente na pele de Izabel Seyfried — ainda terá que passar por um último teste; um teste para provar se conseguirá viver ao lado de Victor, mas que, ao mesmo tempo, poderá fazê-la questionar os próprios sentimentos e tudo que sabe sobre esse homem.

RESENHA por Luciana Corrêa da Silva.

Olá, como vão?

A resenha de hoje é do segundo livro da Série Na Companhia de Assassinos, chamado O Retorno de Izabel. É escrito por J. A. Redmerski, batizada de Jessica Ann, autora best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal. Começou sua carreira em 2012 com um grande sucesso chamado Entre o Agora e o Nunca. Jessica mora no Arkansas, com seus filhos, seus gatos e um cão maltês.

O livro continua a história de Sarai, que começou no volume anterior, A Morte de Sarai, e se você quiser ler a resenha, clique aqui. Agora tenho em mãos O Retorno de Izabel e confesso que eu esperava mais dessa história, mas enfim contarei agora o que achei para vocês.

Alguns meses se passaram desde que Sarai viu Victor pela última vez. Ela tenta levar uma vida normal, tem um namorado e uma melhor amiga, mas ainda não conseguiu apagar a chama da vingança. Ela agora está determinada a levar uma vida de assassina, inspirada em Victor, o assassino impiedoso, cruel e frio, que a ajudou a fugir do cativeiro. Assim, num rompante de força e coragem, ela planeja um modo de matar um grande empresário, que é um sádico e corrupto. E assim ela faz, mas como nem tudo depende de boa vontade, sua falta de experiência e habilidade fazem com que o desfecho de seu assassinato fuja um pouco do planejado.

Sarai quase não acredita quando, em um último momento, quando ela está em grande perigo, Victor aparece para salvá-la, mais uma vez. Embora ele perceba que ela é imprudente e inconsequente, percebe também que ela não vai desistir do que quer e, por isso, não há outra opção a não ser ajudá-la.

Os dois ficam muito mais próximos, e assim fica impossível deixar de lado a atração incrível que os  devora. Eles não conseguem mais disfarçar o que sentem um pelo outro, mas ambos são tão abalados pela vida que tiveram, pelos danos que sofreram, que até o último momento temos dúvidas se eles conseguirão lidar com um sentimento tão nobre como o amor.

Enfim chego ao ponto em que tenho que lhes contar o que me perturbou nessa história: os dois estão tão próximos, tão confidentes, tão reais aos nossos olhos que os acontecimentos ao longo da história nos ferem. Claro que, se você também leu o primeiro livro, sabe que o Victor não é nenhum príncipe montado em um cavalo branco, mas ele vai submeter Sarai, agora Izabel, a coisas que eu não achei nem um pouco aceitáveis.

Sabemos que Sarai é forte, firme em seus propósitos, pois ela assim foi forjada, foi moldada desde seu cativeiro no México, mas pode ela pode ser tão imatura no início da trama? Ela é impetuosa e quase ridícula, pois o que mais quer agora é ser uma assassina, quer riscar do mapa esses homens abusadores, que usam as meninas como descartáveis, mas estará disposta a qualquer coisa para fazer parte desse novo círculo de assassinos? Poderá suportar tanta dor?

O livro é bem interessante, muito rápido de ler, pois acontece muita coisa entre os personagens. A narrativa não chega a ser intercalada, mas é dividida entre Sarai e Victor conforme a necessidade da narrativa. Temos também a participação de outros personagens que deixarão as coisas mais interessantes e que nos colocam a par de tudo o que acontece nos bastidores dos assassinatos.

Talvez o que mais tenha me incomodado sejam os altos e baixos da história, ora temos momentos de felicidade, ora de grande tristeza e em alguns outros fiquei até entediada. Outra coisa que achei relevante contar aqui é que a autora talvez pudesse ter feito um único volume e não dividido a história em dois, pois temos momentos de excesso de detalhes e explicações desnecessárias, com muitos diálogos internos e alguns “flash backs”.

Bom, quando eu já estava quase desistindo de vez, quase dormindo durante os capítulos, aí o fascinante acontece, a leitura pega fogo, o casal aquece nosso coração e faz valer o livro. Fiquei completamente desperta e doida pelo próximo livro, pois esse deixou muitos ganchos para sabermos mais sobre o Fredrik.

O livro não é tão bom e nem tão fascinante quanto o primeiro, mas o saldo que fica é positivo. Agora é aguardar o que vem por aí no próximo.

Parece que fomos feitos um para o outro, como duas peças de um quebra-cabeça que de início parecem não se encaixar, mas que se adaptam perfeitamente quando vistas pelo mais improvável dos ângulos.

Obrigada por ter lido, até a próxima!

Leiam, divirtam-se!

Na Companhia de Assassinos:
02. O Retorno de Izabel;
03. O Cisne e o Chacal; 
04. Seeds of Iniquity;
05. The Black Wolf;

Outras capas:

 

Postagem válida para o Top Comentarista julho.


27 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. apagou pq? quero saber, kkkk

      Excluir
  2. Oi Lu,
    Bom, ontem comecei a leitura deste livro. Tô lá pela página 60 e me diz onde foi que colocaram aquele Victor frio e impiedoso?? Ele tá muito apaixonado e cheio de amor pra dar!!! kkkkkkkkkkkkk e a Sarai até agora tá um porre.
    Quem está ganhando minha total atenção é o Fredrik, ansiosa pelo livro dele.
    Adorei a resenha (percebi que não posso esperar muita coisa). :D
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu,
      Eu novamente kkkkkkkk... terminei de ler e olha fiquei um pouco passada com aquele final :o
      Achei que a autora poderia ter nos poupado dos mimimis da Sarai e concordo que poderia ter sido um livro único.
      Enfim, pesando tudo que li, gostei bastante da história.
      Frisando o que eu escrevi no comentário anterior: estou ANSIOSAMENTE esperando o livro do Fredrik.
      Beijooo

      Excluir
    2. Gêmea, a gente combina, né? kkkkkk beijo ;)

      Excluir
  3. Oi Lu...
    Excesso de detalhes não é comigo. Ainda quero ler A morte de Sarai, mesmo este não ter te agradado tanto. Que bom que algumas partes até valeram a pena. Acho que só eu lendo mesmo para saber.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leticia, eu gostei tanto mas tanto de a morte de Sarai que pro Retorno de Izabel eu acho que me atirei demais no pote e não perdoei certas coisas, kkkkkk

      Excluir
  4. Oie
    Eu adorei a Morte de Sarai e estou muito ansiosa para ler esse livro,já vi algumas resenhas e parece que ele perdeu um pouco da essência principal da história e seguiu pelo caminho dos New Adult.Mas mesmo assim parece valer a pena essa continuação,só espero que eu não me decepcione pois adorei demais o primeiro livro.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leticia, o livro não vai te decepcionar não, é que a autora fez muitas loucuras inesperadas, kkkkkk Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  5. Lu!
    Ganhei os dois livros de uma só vez e estou ansiosa para ler os dois.
    Nossa! Sarai para por tanta coisa que por vezes me surpreendo.
    Os livros NA são meus favoritos e nem vejo a hora de poder ler.
    Adorei sua sinceridade na resenha.
    “A vida é maravilhosa se não se tem medo dela.”(Charles Chaplin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rudy, que bom que gostou da minha sinceridade, eu uso ela em todas as resenhas... E nesse não podia ser diferente, né? Espero que leia e goste dos livros, eles valem a pena, beijo e obrigada!

      Excluir
  6. Oi Lu,

    Depois de ver muitas resenhas positivas sobre o primeiro e o segundo livro, adquiri os dois , mas ainda não li. Você ter dito que tava te dando sono, me deixou meio com o pé atrás (rsr), mas vou ler pra ver se me agrada e ver se vou continuar com a série, que é longa, apesar de ainda não ter sido lançada completa por aqui.

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili, leia sim, tô doida pra saber sua opinião... Beijo, obrigada!

      Excluir
    2. Então Lu voltei... Finalmente terminei de ler os livros desta série e retornei pra dar minha opinião (rsr). Eu acho que o primeiro livro foi emocionante e surpreendente, ao menos pra mim, me senti no cinema vendo um filme de ação, aliás, se esses livros fossem pro cinema eu ia amar ver, já o segundo livro perdeu um pouco do fôlego e ao invés de se parecer com um filme ficou mais parecido com uma série, cheia de altos e baixos, realmente em alguns momentos a leitura fica arrastada, mas o livro como um todo é muito interessante, a personalidade de Sarai é bem diferente e apesar de que eu não concorde com os métodos de Victor, eu entendo que eles se completem e entendam. Já quero os outros livros, acho que vou amar a série como um todo, só não curti que a autora não sabe quantos livros serão. :)

      Excluir
    3. Oi Lili, que bom que vc leu e assim a gente pode conversar mais sobre esses livros tão bons, né? Concordo com vc em tudo o que disse e acho mesmo que o primeiro livro é sim bem melhor que o primeiro... Acho isso ruim pq nos deixa em dúvida sobre o que vem por aí mas mesmo assim não deixaremos de aguardar ansiosamente pela continuação, né?

      Excluir
  7. Depois de ver muitas resenhas falando bem do primeiro livro, acho que a escritora pegou aquela síndrome de acerta no primeiro livro e errar no segundo ¬¬ Numa boa não espera uma nota tão baixa pra essa série mas quem sabe a escritora acorda do mundo dos sonhos e desenvolve melhor a história no terceiro né ^^ Beijos e ótimo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rissia, querida... Se ela encaminhar as coisas como deu a entender, teremos um ótimo livro no próximo... Beijo e obrigada pelo comentário ;)

      Excluir
  8. Quero muito ler A Morte de Sarai e em seguida O Retorno de Izabel, os livros parecem ser ótimos, depois de ler sua resenha fiquei mais ansiosa ainda para começar a ler esta coleção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariele, que bom que gostou da dica, espero que leia e goste tanto quanto eu. beijo e obrigada!

      Excluir
  9. Ainda não li o primeiro livro A Morte de Sarai, estou doida pra começar a ler essa série, parece bem interessante e cada resenha que vejo me deixa ainda mais curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milena, espero que goste tanto quanto eu ;) Beijo, obrigada!

      Excluir
  10. Ainda não li o primeiro, mas ta aqui na minha lista. Engraçado que não faz muito tempo que li uma resenha de uma menina que AMOU esse segundo livro, rsrs. Gosto é gosto né, vc já não gostou tanto. Bom, eu fiquei animada pra ler os 2!! Não sabia que era uma série compridinha, mas vou encarar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Crika, me diz se hoje em dia existe uma série boa que seja pequena? kkkkkkkk Leia sim, depois me conta o que achou, ok? Beijo e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  11. o personagem que realmente roubou a cena neste volume, para mim, foi Fredrik Gustavsson, um personagem perturbadíssimo, sombrio e com especialidades e gostos bem peculiares. Apesar de ser muito intrigante e quase não revelar muito sobre o seu passado – que assim como o das outras personagens, não é muito colorido e feliz -achei-o muito carismático.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clarice, verdade... Esse próximo livro promete, hein? Beijo e obrigada pelo comentário!

      Excluir
  12. Oi.
    Ainda não li nada dessa série.
    Esse livro me pareceu muito, misterioso, afinal se trata de um assassino.
    Como você disse que não é tão fascinante como o primeiro, eu irei dá um olhada no primeiro, pra vê se fico mais interessada.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, espero que goste do livro, beijo

      Excluir